covid-19, Notícias

Hospitais de NI tratam pacientes que têm Covid-19 com vitamina C

Partilhar:

Hospitais nova-iorquinos tratam pacientes que têm coronavírus com vitamina C, após ter sido utilizado na China

Os pacientes gravemente doentes do maior sistema hospitalar do estado de Nova Iorque estão a receber doses maciças de vitamina C – com base em relatos promissores de que ajudou pessoas na China duramente atingida, informou o The Post.

O Dr. Andrew G. Weber, pneumologista e especialista em cuidados intensivos afiliado a duas instalações da Northwell Health em Long Island, disse que seus pacientes de cuidados intensivos com o vírus corona recebem imediatamente 1.500 miligramas de vitamina C intravenosa.

Quantidades idênticas do poderoso antioxidante são então readministradas três ou quatro vezes ao dia, disse ele.

A guerra contra a vitamina D ~ Uma ameaça à Indústria Farmacêutica

Cada dose é mais de 16 vezes a dose diária recomendada pelo National Institutes of Health de vitamina C, que é apenas 90 miligramas para homens adultos e 75 miligramas para mulheres adultas.

O regime é baseado em tratamentos experimentais administrados a pessoas com o coronavírus em Xangai, China, disse Weber.

“Os pacientes que receberam vitamina C se deram muito melhor do que aqueles que não receberam vitamina C”, disse Weber.

“Ajuda imenso, mas não é destacado porque não é uma droga sexy”.

Um porta-voz da Northwell – que opera 23 hospitais, incluindo o Lenox Hill Hospital no Upper East Side de Manhattan – disse que a vitamina C estava sendo “amplamente utilizada” como tratamento para o vírus corona em todo o sistema, mas observou que os protocolos de medicação variavam de paciente para paciente.

” Tal como o médico decidir”, disse o porta-voz Jason Molinet.

Cerca de 700 pacientes estão sendo tratados por coronavírus em toda a rede hospitalar, disse Molinet, mas não está claro quantos estão recebendo o tratamento com vitamina C.

A vitamina C é administrada além de medicamentos como o medicamento anti-malária hidroxicloroquina, o antibiótico azitromicina, vários produtos biológicos e anticoagulantes, disse Weber.

A partir de terça-feira, os hospitais de Nova York têm permissão federal para dar um cocktail de hidroxicloroquina e azitromicina a pacientes desesperadamente doentes, numa base de “cuidados compassivos”.

Cúrcuma: o antibiótico poderoso que nem os médicos conseguem explicar

O presidente Trump tweetou que a terapia de combinação não comprovada tem “uma chance real de ser uma das maiores mudanças de jogo na história da medicina”.

Weber, 34 anos, disse que os níveis de vitamina C em pacientes com coronavírus caem drasticamente quando sofrem de sépsis, uma resposta inflamatória que ocorre quando seus corpos reagem exageradamente à infecção.

“Faz todo o sentido no mundo tentar manter esse nível de vitamina C”, disse ele.

Um ensaio clínico sobre a eficácia da vitamina C intravenosa em pacientes com coronavírus começou em 14 de fevereiro no Hospital Zhongnan em Wuhan, China, o epicentro da pandemia.

fonte: nypost.com/new-york-hospitals-coronavirus-patients-vitamin-c

98% das mortes este ano não se devem ao covid-19 (18-ago)

Retalhistas (varejistas) e fornecedores chineses informaram um enorme aumento nos pedidos de suplementos de vitamina C

O gigante chinês do comércio eletrônico, JD, informou que as vendas na sua plataforma de suplementos dietéticos de vitamina C, subiram cinco vezes, após o anúncio do novo coronavírus (COVID-19). Esta situação comprova que a China, usou a vitamina C para tratamento do COVID-19.

nutraingredients-asia.com/China-retailers–demand-Vitamin-C

Verificadores de FAKE NEWS, alertaram que a Vitamina C não tinha benefício contra o COVID-19

Infelizmente, as notícias dizendo que a Vitamina C era bastante benéfica contra o Covid-19, foram alvo de censura, isto é, aparece a informação como “Falsa informação”.

Até uma das principais televisões de Portugal, através do programa SIC Polígrafo que se dedica a analisar as FAKE NEWS, optou pelo mesmo discurso.

Com a divulgação desta notícia, logo se vê a pouca credibilidade destes verificadores de FAKE NEWS (Falsas Notícias) que claramente continuam ao serviço do sistema:

O que acontece quando 90% da mídia é controlada por 6 corporações?

nota final deste site:

Isto vai de encontro ao publicado desde o início desta falsa pandemia:

Consumir alimentos alcalinizantes evita que o nosso corpo contraia doenças, prevenindo a ação de fungos e bactérias no organismo. O organismo trabalha menos quando está alcalino e a ingestão desses alimentos, ajudam a manter a faixa de pH adequada, evitando assim doenças ou até mesmo ajudando na cura delas. Principalmente a vitamina C, Vitamina D, cúrcuma e vitamina A são elementos que não podemos prescindir deles na nossa alimentação (combatem vírus, etc), além de 2 litros de água alcalina.

Dieta Alta Vibração (artigo desatualizado)

 

Disclaimer: Os artigos são escritos em português do (Brasil ou de Portugal) ou numa mistura de ambos. Este site publica artigos próprios e de outros informantes em que se limita a publicá-los: quer dizer que pode não concordar com os mesmos. Você deve usar a sua intuição com aquilo que ressoa ou não consigo.

Partilhar:

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

7 Comentários
Most Voted
Newest Oldest
Inline Feedbacks
View all comments