Corey Goode RC, revelação cósmica t02

S02E17 Limpeza da mente e implantação de memórias (Rev. Cósmica)

Partilhar:

Repomos mais um episódio, agora com legendas transcritas. Este episódio é sobre perguntas e respostas que ainda se mantêm bem atuais como a lavagem cerebral que é feita há muitos anos.

S02E17 Perguntas do Público – Parte 2 (Revelação Cósmica ~ Corey Goode) S02E17 Viewer Questions Part 2

revelação cósmica temporada 2 episódio 17

Episódio com legendas em português do Brasil formatadas por Renato Suffert (para quem não deseja assistir ao vídeo):

REVELAÇÃO CÓSMICA – POR DENTRO DO PROGRAMA ESPACIAL SECRETO COM COREY GOODE E DAVID WILCOCK

-Bem-vindos a outro episódio de ”Revelação Cósmica”. Sou seu apresentador, David Wilcock. Estamos aqui com Corey Goode. E estamos respondendo às suas perguntas para deixar o programa mais interativo. Então, como disse antes, estamos lendo as mensagens que vocês deixaram nos comentários, e estamos começando a selecionar perguntas das pessoas que valem a pena serem incluídas. E espero que gostem desse episódio. É um pouco diferente. Em vez de focar em apenas um assunto, vamos escolher vários temas que vocês estão nos perguntando. E isso por sua vez é passado ao Corey, para aqueles que têm a sorte de ter suas perguntas selecionadas. Então, nesse episódio, vamos falar mais daquelas coisas interessantes. Então, Corey, seja bem-vindo de volta.

[Corey] -Obrigado.

-Muito bem. Obviamente, você é uma figura controversa. Isso foi uma pergunta, vou parafrasear um pouco a pergunta de albacore. Você foi colocado nisso muito jovem, e… primeiro vamos montar o cenário: você mencionou antes que estava em um programa na escola chamado programa Explorador. Então, poderia descrever o que exatamente era isso?

[Corey] -Nos anos 70 e 80 havia esses programas para crianças que eram dotadas. Havia programas para crianças que tinham necessidades especiais. Havia todos esses tipos diferentes de programas que não eram as aulas convencionais para crianças. E se você se destacasse nos testes, por ser uma criança que se encaixaria ou que seria “beneficiada”, então, em um desses programas, eles fariam mais testes com você, pediriam permissão aos pais, e então o colocariam em um desses diferentes programas.

-Então havia um componente ao programa Explorador na escola? Você foi colocado em salas de aula especiais e deram a você…

[Corey] -Sim. Sim. Eu estava… Eu estava na escola na maior parte do tempo. Eu não saía da escola todos os dias. Era aos poucos, até chegar a duas ou três dias na semana. E então eu estaria na escola.

-Certo. O programa Explorador envolve você ter aulas diferentes das outras crianças?

[Corey] -Eu estava em aulas completamente diferentes.

-O dia inteiro?

[Corey] -Sim, uma vez que isso acontecia, uma vez que eu chegava… foi depois do ensino fundamental.

-Certo.

[Corey] -Durante o ensino fundamental, eu tinha as mesmas aulas.

-Certo.

[Corey] -Mas eu tinha… eu participava da maioria das aulas. Eu tinha algumas aulas diferentes. E então, às vezes, durante o dia todo, eu e as outras crianças éramos levadas para passeios da escola.

-Que coisas aconteciam em algumas dessas aulas que eram diferentes do que as outras crianças estavam fazendo – as coisas que aconteciam quando você estava na escola?

[Corey] -Algumas delas teriam foco em… se fosse para crianças dotadas, elas teriam foco em um currículo que era um ano à frente do que eles estariam cursando. Dependia do programa que você estava. Eu acabei saltando por programas diferentes. Em certa altura, eles me colocaram… E meu amigo, John, disse: “O que está acontecendo?” Eles me colocaram, por um semestre, em uma turma com crianças que ainda estavam usando fraldas.

-Com deficiência de desenvolvimento?

[Corey] -Isso. E eu estava sentado lá, basicamente sem nada para fazer. E foi muito bizarro.

-O que poderia ter causado isso?

[Corey] -Fui colocado naquela turma.

-Estava com estresse pós-traumático por causa dessas coisas que estava passando quando foi afastado da escola?

[Corey] -Não. Estavam testando minha compreensão de texto. Eu estava quatro séries à frente. Quer dizer, eu estava sendo testado antecipadamente. Eu tive alguns problemas comportamentais. Eu estava me envolvendo em brigas e esse tipo de coisa, mas…

-Você disse que seu apelido era Corey Valentão.

[Corey] -Sim, esse era meu apelido. Mas, não havia lógica, naquele semestre, de eu estar naquela turma.

-Estranho.

[Corey] -E durante aquele semestre, fui tirado do campus várias vezes. Mas eu tinha um amigo, John. Nós fazíamos as mesmas… quase todas as mesmas aulas no ano anterior. E ele disse: “Por que está fazendo essa aula? Nunca vejo você.” Então foi bizarro.

-Seus pais sabiam que levavam você para fora do campus?

[Corey] -Se eles soubessem que estava acontecendo alguma coisa, acho que eles não conseguiriam admitir para eles mesmos. Eu os sondei. Eu acho que eles não sabiam a dimensão do que estava acontecendo.

-Certo. Mas, vamos nos aprofundar nisso. Deram a você… eles mostram um filme para mascarar suas lembranças de infância? Se eles tiraram você da escola tanto assim, e eles têm que ficar colocando lembranças falsas na sua mente, eles podem usar a mesma fita? Ou eles têm muito trabalho para gerar lembranças de infância para você? Eles mostram filmes para você? Eles narram alguma coisa no seu ouvido?

[Corey] -Bem…

-Foi isso que você fez na escola hoje. Disso que vai se lembrar. Como isso funciona?

[Corey] -Há um… é como se supostamente você foi ao Museu de História Natural naquele dia, você teria uma lembrança implantada de ir ao Museu de História Natural naquele dia. E para a maioria das crianças, a lembrança ficaria intacta. As crianças que foram colocadas no programa, que eram mais intuitivas na escala móvel, eram um pouco mais difícil de criar lembranças. Um quadro em branco de lembranças. E elas tinham que ser acompanhadas de perto. E eles também tinham pessoas… havia crianças que não conseguiam completar todo o programa, que seriam “cortadas”, que não conseguiriam acompanhar o programa, vamos dizer. E elas teriam suas lembranças apagadas, e não seriam mais escolhidas para o programa. Muitas delas tinham problemas de abandono, que elas não entendiam. Eles se sentiam rejeitadas, mas… na vida consciente, não havia motivos para isso. E elas… os grupos ficavam de olho nelas para ter certeza de que as lembranças delas não voltariam.

-Como eles implantavam essas lembranças na sua mente? Você via um filme? Alguém falava no seu ouvido enquanto você estava sobre influência de drogas, ou… Como era?

[Corey] -De diferentes maneiras. Primeiro, você levava uma injeção de escopolamina sintética.

-Sério?

[Corey] -Sim. Misturada a outras drogas sintéticas. E havia situações onde teria uma pessoa sentada lá, que falava com você hipnoticamente, com um determinado tom de voz. E…

-Depois da injeção?

[Corey] -Depois da injeção. E então, eles descreveriam a situação para você, ao mesmo tempo que limpavam sua mente e implantavam as lembranças. E, em seguida, eles…

-O que eles descreviam?

[Corey] -Basicamente o que você fez naquele dia, havia uma descrição… onde eles faziam anotações ou filmavam.

-Discutindo sobre o que você fez no dia…

[Corey] -Certo

-…onde você dividiria com eles o que você treinou, seu treinamento, suas experiências naquele treinamento.

[Corey] -Certo. E então eles passariam pelo processo de dizer: “Você vai se esquecer disso e daquilo.” E eles implantariam palavras de acionamento, ou palavras-chave que iriam travar ou destravar a informação. E depois eles prosseguiriam para o processo onde eles tinham jeitos diferentes de fazer isso, onde eles mostrariam um filme, um vídeo, usando fones de ouvido. Havia tipo uns óculos escuros onde eles conseguiam mostrar imagens. E quando as crianças eram mais novas, eles liam um livro para elas sobre… para tentar dar a elas um cenário de sonho. Liam um livro para elas ou mostravam imagens em vídeo. Havia diferentes… muitos métodos diferentes de fazer isso.

-Agora vou…

[Corey] -E também havia o componente de realidade virtual, que eles usariam quando havia pessoas em estado alterado, dando a elas um tipo de realidade virtual cobrindo a lembrança.

-Eles já mostram a você filmes que conteriam as informações para a sua lembrança… para aquele dia?

[Corey] -Sim.

-Eles fariam filmes com esse objetivo?

[Corey] -Sim.

-As drogas que deram a você aumentaram o efeito psicodélico do filme, como se fosse real e não um filme?

[Corey] -Sim. Sim, há um documentário muito interessante que uns caras fizeram sobre escopolamina. Acho que se chama The Devil’s Flower, ou coisa parecida. Eu incentivo as pessoas a verem esse documentário. Ele mostra, na sua forma mais crua, as pessoas perderem o controle do livre arbítrio e fazerem o que mandarem.

-É verdade que se pode soprar isso no rosto de uma pessoa?

[Corey] -Acho que sim. Normalmente, eles dão… em bebidas ou coisa assim. E elas ficam completamente abertas a sugestão hipnótica.

-Sim, eu vi o documentário. Há uma mulher que diz: “Sim, vou deixá-lo entrar na minha casa… e vou dar a ele todos os meus móveis e todos os meus pertences, feliz.”

[Corey] -Certo.

-“E sorrir enquanto levam tudo embora.”

[Corey] -E ajudá-los a carregar tudo. E eles criaram… eles já usavam outras drogas sintéticas que faziam coisas parecidas. E eles criaram uma escopolamina sintética, e fizeram um coquetel. Mas escopolamina sintética era uma das coisas que continha nele. Mas descobriram que isso estava causando… o uso pesado estava causando surtos psicóticos em algumas pessoas. O efeito químico não era muito bom para as pessoas. Então, eles descobriram uma maneira tecnológica de afetar a química das pessoas e as memórias magnéticas no cérebro, sem serem quimicamente invasivas.

-//-

-A próxima pergunta é de Noahward. E a pergunta é: “Temos uma linha do tempo para o vazamento de dados?”

[Corey] -Disseram-me que o vazamento de dados vai ocorrer após um evento catalizador que vai acontecer aqui embaixo, na superfície.

Não significa necessariamente que vai ser isso, mas me deram um exemplo de uma coisa tipo um colapso econômico global, que se torna óbvio para todas as pessoas na superfície, para toda a massa, de que foi uma enorme operação fraudulenta. Todos em quem eles votaram e apoiaram eram criminosos nas mãos dessas pessoas. E as pessoas, a massa… a massa de pessoas que estava dormente e não daria ouvidos a coisas consideradas “teorias da conspiração”… agora estará aberta à informação. Depois desse ponto, a informação será lançada para a população através de várias fontes diferentes de mídia, incluindo a Internet.

-Uma das coisas que cobri sobre a Aliança – A Aliança terrestre Baseada na Terra – foi… claro, tivemos a bomba em Oklahoma City. Um evento muito estranho. Como essa pequena van (carrinha) tinha explosivo suficiente para destruir toda a frente do edifício? Não faz sentido. Parece que foi um teste para o 11 de Setembro. O que muitas pessoas não sabem é – e você pode voltar e achar artigos sobre isso – dois dias antes da bomba em Oklahoma City, um avião comercial lotado de oficiais, oficiais da marinha de alto nível, caiu, e todos eles morreram.

[Corey] -Eu me lembro disso.

-E Sherman Skolnick tinha dados dizendo que aquelas pessoas estavam prontas para ir para Washington com provas de que ainda havia prisioneiros de guerra vivos sendo torturados no Vietnã, e que tudo isso havia sido encoberto, porque eles tinham informações comprometedoras sobre o governo, e que estava com eles uma cara que deveria estar morto, que foi dado como morto, que havia sido prisioneiro esse tempo todo… e tinha essa informação, que eles iam apresentar denúncia formal de traição ao presidente, que na época era William Jefferson Clinton. E, claro, eles tiveram sucesso. Então, eu acho… você ouviu falar desse evento?

[Corey] -Ah, sim.

-Você ouviu?

[Corey] -Sim.

-Certo, você sabe de mais alguma coisa do que eu disse?

[Corey] -Não. Mas, houve… sabe-se de uma coisa. Houve várias tentativas de frustrar as autoridades. E, de alguma forma, uma coisa como essa sempre acontece. Um acidente de avião esquisito, ataque cardíaco, doenças. Eles sempre parecem estar um passo a frente, e sabem que vai acontecer.

-Se você tivesse a resposta da pergunta do vazamento de dados… isso, por si só, não compromete a segurança operacional? Se soubéssemos como e quando isso fosse acontecer, e se você tivesse essa informação, você não poderia contar, porque o Cabal vai fazer um movimento de defesa contra isso, de alguma forma.

[Corey] -Certo. E eu duvido seriamente que eles me dessem essa informação.

-Você disse que soube pelo Gonzales que eles estão retendo muita coisa de você, sobre os passos e os planos da Aliança, porque agora você está aqui fora dividindo o que está acontecendo em público.

[Corey] -Certo.

-Então é possível que possa haver um plano muito mais específico e detalhado que você e eu não temos acesso, e que talvez as coisas que nos contam… até possam ser distrações deliberadas para que o Cabal não antecipe como isso vai ocorrer.

[Corey] -Certo. E o Cabal está usando essa tecnologia avançada de inteligência artificial, que fornece a eles futuros cenários prováveis, que tem os ajudado a ficar um passo a frente esse tempo todo. Eles encontraram uma saída para isso e eles estão confiantes que conseguirão fazer o vazamento de dados, se a Aliança em solo cooperar.

-Bem, eu também gostaria de destacar, como outro detalhe dessa pergunta, assistam o meu episódio Wisdom Teachings, onde falo sobre o abertamente anunciado no Pravda, a mídia Russa, de que Putin tem filmagens, gravações em áudio, provas concretas de a administração Bush estar por detrás do 11 de Setembro, usando armas nucleares. Eles rastrearam as armas nucleares e vão soltar essa informação na hora certa. E isso foi abertamente anunciado pela mídia Russa. Então esse poderia ser outro exemplo. Um tipo de bomba sobre o 11 de Setembro poderia ser o estopim. Há muitas coisas que potencialmente poderiam ser o estopim.

11 Setembro 2001 – o dia em que as torres vieram abaixo por detonação nuclear e não pelo embate dos aviões

[Corey] -Certo. Mas, se o vazamento dos dados acontecer cedo demais, o Cabal vai poder atenuar, chamar de teoria conspiratória, despedaçar e acabar com isso.

-E você disse que algumas das pessoas na Aliança Baseada na Terra disseram ao Cabal o que está no vazamento de dados.

[Corey] -Mostraram a eles.

-O que dá a eles a oportunidade… de preparar álibis e contra-argumentos para isso.

[Corey] -Certo. E eles também… Também os fez quererem criar um cenário de Terceira Guerra Mundial e esse tipo de coisa.

-//-

-Não sei o quanto você pode fazer com essa aqui, mas vamos tentar. É de KD, e é uma pergunta muito simples e curta: “Quantos mundos paralelos existem?”

[Corey] -Eu sei de apenas um, sobre o qual eu li, mas há razões para afirmar que há infinitos, um número infinito.

-Certo.

S01E14 Portais: Terra Paralela ~ Projeto Filadélfia (Corey Goode)

[Corey] -Recordo-me que havia alguma coisa sobre eles indo… há uma realidade paralela e depois outra realidade paralela nesse sentido. E elas vão em círculos ou em certo modo de que há vários… mas viajando entre… Só estamos viajando entre esse que já falei, onde eles usam a sala da Xerox, que envia pessoas através desse tipo de portal desagradável.

-Certo, então vamos voltar ao que você sabe sobre isso. Um mundo paralelo poderia ser uma coisa disfarçada de viagem no tempo. Digamos que você volta para a Terra, você volta no tempo, mas está aqui na Terra. Existem agora duas cópias suas? Você clonou a si próprio? Como funciona isso?

[Corey] -Considerando que tempo é basicamente uma ilusão, e tempo é tudo acontecendo ao mesmo tempo, não é… ele apenas parece ser linear para nós na nossa consciência. Consciência… Para responder à sua pergunta, quando você viaja no tempo, você está criando uma nova linha do tempo, mas você também… essa linha do tempo na qual você está é uma coisa que você está criando na sua consciência. E se você fizer alguma coisa para afetar aquela linha do tempo, e depois viajar para o futuro, sua consciência vai afetar… Digamos que se você matar seu bisavô e viajar de volta para o futuro e esperar que toda a linhagem da sua família esteja morta, pode não necessariamente ser assim. Isso pode ter ocorrido em uma linha do tempo paralela.

-Certo.

[Corey] -E para uma grande mudança acontecer, muitas pessoas têm que ter uma mudança de consciência e percepção da mudança do tempo.

-Você poderia ir e ver a si mesmo? Você poderia ir e achar o Corey como um garoto de 10 anos, e ficar parado na frente dele e olhar… e olhar nos seus próprios olhos? Quer dizer, isso é teoricamente possível?

[Corey] -Teoricamente e especulativamente sim, isso quer dizer, é possível.

-Isso, de alguma forma, criaria um paradoxo de tempo, onde, se você visse a si mesmo, então você sabe que existe no futuro e isso altera seu futuro de alguma forma?

[Corey] -Talvez em uma linha do tempo ou realidade paralela, mas não necessariamente na linha do tempo… Quando você volta, isso não necessariamente vai afetar sua linha do tempo nativa, ou…

-Certo. Então, acho que a solução seria que nós teremos, em uma linha do tempo, uma narrativa linear que se mantém consistente, que se você muda o passado, tudo vai mudar. Mas é como se a linha do tempo existe onde você está, aqui, e você avança, mas essa aqui também existe, onde você volta. E agora você está colocando outra na camada de cima. E agora as duas são um sanduíche.

[Corey] -Certo.

-Então, o que aconteceria se você tentasse fazer isso exageradamente? Se as pessoas estivessem voltando ao passado, isso não causaria problemas? Você disse que havia um amortecimento nas naves para evitar essa viagem no tempo. Por que eles estavam tão preocupados sobre viagens no tempo?

[Corey] -Sim, na tecnologia temporal, tipo unidades temporais. Eles não queriam pessoas aparecendo acidentalmente em diferentes linhas do tempo. Ou propositalmente.

-Quais problemas isso causaria, se eles fizessem isso?

[Corey] -Você pode usar sua imaginação. Se uma das naves modernas aparecesse em uma linha do tempo antiga e ficasse lá, aquela nave poderia alterar o desfecho daquela linha do tempo paralela, dando a eles uma nova tecnologia que é muito mais avançada do que eles tinham. Mas também me disseram que as linhas do tempo… as pessoas que estavam voltando, tentando corrigir as linhas do tempo, voltando antes de fazer besteira, notaram que estragaram uma linha do tempo. E eles estavam voltando cada vez mais, tentando consertar as linhas do tempo. E outra raça finalmente nos disse para parar de brincar com ela, que o tempo é mais elástico do que percebemos, e que as coisas voltam e seguem como deveriam, de acordo com a consciência cocriativa de massa da raiz da linha do tempo de onde você é. E que há um componente sobre o qual recebi algumas informações, que segue um componente de viagem no tempo, do qual não se deve falar, que está acontecendo em um certo grupo. Não se pode chamá-los de Senhores do Tempo, esse tipo de coisa, mas há um grupo que viaja no tempo e fica de olho em outros grupos que têm tecnologia temporal.

-Interessante.

-//-

-Temos uma pergunta de cukos que diz: “Como a sonda espacial Voyager atravessou a heliosfera, se há uma barreira?

[Corey] -Não havia uma barreira erguida na época que ela cruzou. Aquela…

-Certo. Quando a barreira foi formada e qual foi o motivo disso? Só para revisar, embora já tenhamos falado disso.

[Corey] -Certo. Isso ocorreu em Dezembro do ano passado.

-2014.

[Corey] -Sim. 2014. E ela estava programada para acontecer, mas ocorreu logo após os grupos Cabal terem disparado uma arma de energia em uma das esferas que estava na órbita da Terra. Isso acendeu a esfera. A esfera, usando um princípio de arte marcial, redirecionou a energia de volta para eles e destruiu a base. E parece que as coisas tomaram grande proporção muito rápido depois disso.

S2E16 Guerra à IA ~ Draco Branco Real ~ Ataque a uma Esfera da Aliança

-Claro.

-//-

-Há um protocolo de meditação que as pessoas poderiam seguir, para ajudá-las a entrar em contato com extraterrestres?

[Corey] -Qualquer pessoa pode alcançar isso com sua mente. Há inúmeros modos de meditar, como já falamos. Mesmo sonhar acordado, orar, meditação, qualquer… Todos os diferentes tipos de meditação levam sua mente para esse estado. E quando você difunde sua consciência, qualquer um pode fazer. E, você deveria estar fazendo isso? É a pergunta que deveriam fazer… Há muitos seres que estão sentados lá, esperando as pessoas os alcançarem com suas mentes, para entrar em contato com eles. E a maioria deles é traiçoeira. Eles têm a habilidade de fazer você se sentir relaxado, de fazer você sentir amor, amor e luz. Eles podem dar a você… eles podem manipular seu corpo para sentir todo tipo de coisas, e eles podem baixar todo o tipo de informação complicada e interessante… que não é necessariamente precisa.

-Jacob, o outro informante do Programa espacial, disse que havia um grupo extraterrestre em particular, da Alpha Centauri, que eles chamavam de Centaurianos, e que foi feito um tipo de trato onde esse Centaurianos – que pareciam essencialmente espanhóis, mas albinos, e eles eram muito fortes, com cabelo claro e pele muito pálida – estavam tendo permissão de começar a se misturar na nossa sociedade. Mas ele disse que, se um Centauriano soubesse que você o havia reconhecido como extraterrestre, era muito perigoso, porque eles poderiam então rastrear você telepaticamente. E que isso poderia acabar muito mal.

S19E03 Missão a Alpha Centauri (Revelação Cósmica)

[Corey] -Todos esses grupos podem rastrear você telepaticamente. Isso é… muitas dessas pessoas que estão fazendo esses cursos online e dizendo: “Sou um visualizador remoto agora” e tentam visualizar remotamente diferentes bases e áreas, saiba que eles têm pessoas que são influenciadores remotos, que tem tecnologia melhor e estão trabalhando como grupos que protegem aqueles lugares. E eles conseguem rastrear você de volta para sua casa, de volta para a sua cama, e podem dar a você… eles podem causar muitos problemas para você.

-Há armadilhas Cabal online, onde eles tentam achar pessoas que estão começando a acordar, e atraí-los para alguma coisa?

[Corey] -Sim.

-Como isso funciona?

[Corey] -Alguns dos lugares aonde você vai, que fazem testes de personalidade, eles enganam você para fazer testes que vão dizer mais sobre si. Alguns desses sites de paquera (encontros) que fazem muitas perguntas pessoais, eles estão criando um perfil seu. Mesmo alguns desses sites onde você pesquisa informações sobre sua árvore genealógica – há muito desses…

-Ou suposto “teste de QI”.

[Corey] -Sim, o teste de QI… Sim. Todos esses tipos de testes. Há muitos tipos diferentes de armadilhas que eles têm. E depois, claro, eles pesquisam o tráfego de internet das pessoas.

-Eles entram em fóruns tipo Above Top Secret e UFO, para procurar pessoas?

[Corey] -Sem dúvida.

Vamos falar em algum ponto sobre como… quando eu estava trabalhando, ajudei a montar uma central de dados com computadores virtualizados, montados por todas as partes do mundo… onde as pessoas iriam sentar nas suas mesas, com seis monitores, fingir ser uma dúzia de pessoas diferentes, entrando em fóruns e diferentes sites, discutindo entre si com endereços de IP de diferentes partes do mundo, causando problemas, achando pessoas que estavam postando informações que eles não gostavam… atacando elas e as difamando, e esse tipo de coisas.

-Vamos terminar deixando uma mensagem positiva. Você acredita que temos um Eu Superior?

O EVENTO – transição suave por Therese Zumi Sumner

[Corey] -Sim.

-E sobre entrar em contato com seu eu superior? Qual seria um jeito apropriado de começar a buscar informação espiritual?

[Corey] -Primeiro, você tem que se voltar para dentro. Começar a buscar no seu interior. Você começa a trabalhar cada vez mais alto. Quando você começa a trabalhar, você começa a meditar mais, olhando mais para dentro, para as coisas más sobre si próprio. Você começa a tentar se perdoar por essas coisas, mudá-las, e perdoar os outros. É liberada energia, e você começa a se expandir. E você começa a trabalhar cada vez mais alto, perto do eu superior… até o eu sair da equação e você atingir o superior. E é assim que você alcança o que as pessoas chamam de “fonte”.

-Muito legal. Esse é todo o tempo que temos para esse episódio. Então veremos vocês num futuro episódio de ”Revelação Cósmica”. Sou seu apresentador, David Wilcock, e agradeço pela audiência.

Assista ao episódio clicando no link abaixo, usando o browser chrome: https://drive.google.com/file/d/1cUqMq48HnyxbxBDcw05PK1Gh2duIXQQ1/view?usp=sharing

Se der erro, use o browser chrome em modo anónimo (teclando Ctrl + Shift + n) no PC e se necessário, antes tem de fazer logout do seu gmail. Se ainda não conseguir, aceda a partir de outro PC. Alerta-se que os episódios têm sido retirados da internet, portanto se detetar que o episódio foi denunciado, faça um comentário para indicarmos outro link.

revelação cósmica temporada 2 episódio 17

FIM

Disclaimer: Os artigos são escritos em português do (Brasil ou de Portugal) ou numa mistura de ambos. Este site publica artigos próprios e de outros informantes em que se limita a publicá-los: quer dizer que pode não concordar com os mesmos. Você deve usar a sua intuição com aquilo que ressoa ou não consigo.

Partilhar:

5 1 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

4 Comentários
Most Voted
Newest Oldest
Inline Feedbacks
View all comments