Conceitos

BF ~ Quem são os sionistas? – são o grupo “culto da morte de Chabad”

Partilhar:

Este artigo serve para esclarecer o termo Sionista que Benjamin Fulford costuma usar nos seus artigos semanais e na verdade  no futuro passará a se referir a estes como elementos do “culto da morte de Chabad”.

CARTA DE ISRAEL

Caro Benjamin Fulford,

Eu sou israelita e não compreendo quem são os sionistas de que está sempre a falar.

Em Israel, sionista é um termo utilizado para definir os judeus que regressaram a Israel após 2000 anos no exílio, seguindo a fé judaica Sião foi a terra prometida aos judeus por Deus e temporariamente tomada durante 2000 anos.

Em Israel, o uso do termo sionistas não se refere a nenhum grupo violento de pessoas que procuram a destruição de outros, como sugerido por si.

Pode gentilmente definir quem são os sionistas, quem os dirige, de onde operam, quais são os seus objectivos, quais são as suas relações com Israel, pelo que também constituem qualquer ameaça aos cidadãos israelitas, caso contrário, quem são os seus alvos e porquê?

Obrigado,

PC

GOLDFISH REPORT #133 – COBRA, Benjamin Fulford, Kauilapele 20.09.2017

RESPOSTA DE BENJAMIN FULFORD

Caro PC

Em primeiro lugar, fique descansado que as pessoas do mundo garantirão que nunca mais haverá outro holocausto. Os judeus serão autorizados a viver pacificamente nas suas próprias casas, agora e para sempre.

Agora, para alguma dura verdade. Antes de mais, um holocausto é uma oferta queimada a Moloch, também conhecido como Ba’al ou Set. Isto é conhecido pelos cristãos como Satanás. Durante a Segunda Guerra Mundial, os judeus da Europa foram mortos como holocausto a Moloch.

As pessoas a que por vezes me refiro como os sionistas são um grupo específico conhecido como os judeus sabbattianos ou franquistas. Estas pessoas acreditam que lhes cabe fazer com que as profecias dos livros sagrados se tornem realidade. Foram financiados e dirigidos pelos Rothschilds e outras famílias pseudo-judaicas proeminentes. Quando os judeus da Europa se recusaram a aceitar incentivos financeiros para se mudarem para Israel, estas pessoas usaram um dos seus familiares, um certo Adolf Hitler (Saxe Gotha) para forçar os judeus a sair da Europa sob pena de morte.

Imagine se um grupo de chineses fosse submetido a uma lavagem cerebral para acreditar que eram os verdadeiros Francos e que a França era a sua pátria ancestral. No início, alguns destes fanáticos chineses mudaram-se para França e compraram terras em redor da Bretanha. Depois, quando os habitantes locais se recusaram a mudar-se, começaram a queimar as suas aldeias e a forçá-los a sair.

Entretanto, na China, muitos dos Franquistas chineses não queriam deixar a sua pátria ancestral para irem para França. Por esta razão, os seus governantes armaram um ditador que começou a matá-los e a forçá-los a fugir. Ao mesmo tempo, os governantes subornaram líderes de outros países para não os aceitarem. O único lugar para onde podiam fugir era a sua “pátria ancestral”, de França.

CoBra ~ O que é o Evento?

Foi o que aconteceu aos judeus Ashkenazi, incluindo membros da minha família judaica polaca e alemã que foram mortos ou forçados a fugir da sua ancestral pátria europeia pelos Nazis (Nacional-Socialistas Sionistas). Eles opuseram-se aos Sabbatteanos, dizendo que só Deus fez a obra de Deus e que era uma blasfémia para os humanos tentarem assumir esta tarefa. Foi por isso que foram perseguidos e mortos. Os judeus precisam de compreender que foram os pseudo-judeus adoradores de Satanás que estiveram por detrás do holocausto.

A pior parte é que estes ainda estão a tentar iniciar uma guerra entre Gog e Magog para matar 90% da humanidade e escravizar os sobreviventes. Não li sobre isto numa espécie de “site de conspiração” na Internet, fui convidado por representantes de David Rockefeller para me juntar a eles neste enredo. Tenho as cassetes para o provar. Há muitas outras provas sólidas de rocha que mostram que este enredo é muito real.

O rasto forense mostra que a liderança deste culto da morte tem a sua sede no complexo familiar Rothschild, perto de Zug, Suíça. Eles estão agora a ser sistematicamente perseguidos e levados à justiça.

Outra coisa que os judeus precisam de perceber é que os habitantes dos Ghettos não eram apenas judeus. O grupo mais perseguido de todos foi o dos ateus, que também viviam nos Ghettos. Outro grupo era o dos descendentes dos Cartagineses, que praticam o sacrifício de crianças. Eles aparecem no Livro de Rute. Foi o assassinato de crianças por esta seita que foi frequentemente o gatilho de ataques de pogroms e perseguições.

A verdadeira pátria ancestral dos judeus Khazars ou Ashkenazi é aproximadamente correspondente à actual Polónia e Ucrânia. Se os Ashkenazi desejam realmente regressar à sua pátria ancestral, então é para lá que devem ir. Os palestinianos são os habitantes originais da região que, num certo momento da história, se converteram ao Islão.

No entanto, os judeus em Israel vivem agora na sua pátria espiritual e merecem que lhes seja permitido continuar a viver lá em paz. Só têm de chegar a um acordo justo com os palestinianos. Isto poderia ser feito dando-lhes a cidadania israelita ou criando uma pátria palestiniana viável. Israel também precisa de fazer a paz com os seus vizinhos.

Em qualquer caso, por respeito pelos judeus pacíficos e cumpridores da lei em Israel, a partir de agora deixarei de usar o termo sionista intercambiavelmente com a máfia khazariana, o termo que uso para descrever o culto satânico que finge ser judeu, cristão, muçulmano, etc. Irei referir-me ao grupo específico que está a tentar provocar o Armagedão como o culto da morte de Chabad.

A história da Máfia Khazariana (MK); os Rothschilds; 11 de setembro

No entanto, os judeus precisam de aprender que não existe tal coisa como um Goyim ou um Gentio. Deus não escolhe um povo, todos nós somos filhos de Deus.

Em conclusão, no que me diz respeito, estou a lutar para libertar o meu povo de milhares de anos de escravidão por um culto adorador de satanás.

BF

Quem é Benjamin Fulford? e uma entrevista concedida

nota 10-01-2021:

Há também informação relevante no fórum sobre este assunto (inclui livro):

oevento.pt/forum/topic/cartilha-iluminati-os-protocolos-dos-sabios-de-siao/

Fonte original do artigo: Site do Benjamin Fulford

2021/04/09/letter-from-israel/

Disclaimer: Os artigos são escritos em português do (Brasil ou de Portugal) ou numa mistura de ambos. Este site publica artigos próprios e de outros informantes em que se limita a publicá-los: quer dizer que pode não concordar com os mesmos. Você deve usar a sua intuição com aquilo que ressoa ou não consigo.

Partilhar:

Author: Krystal

colaborador

5 1 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

4 Comentários
Most Voted
Newest Oldest
Inline Feedbacks
View all comments