A Lei do Uno - livro 3

A LEI DO UNO ~ sessão 52 e 53 ~ efeito estilingue (fisga) ~ contactos imediatos ~ grupo de Orion

Partilhar no Facebook

52.1 QUESTIONADOR: Na sessão anterior, você declarou que “o outro tipo de experiência é a quarta, quinta, e sexta densidades de outras galáxias e algumas da sua própria galáxia que aprenderam disciplinas da personalidade necessárias para ver o universo como um ser, e portanto são capazes de seguir de logos para logos apenas pelo pensamento, materializando a nave necessária.” Eu gostaria de te perguntar, quando você diz que “quarta, quinta, e sexta densidades de outras galáxias, e algumas da sua própria galáxia,” você está declarando aqui que mais das entidades em outras galáxias desenvolveram as habilidades de personalidade do que nesta galáxia para este tipo de, eu diria, viagem? (Eu estou usando o termo galáxia com relação à forma lenticular de 250 bilhões de estrelas.)
RA: Eu sou Ra. Nós mais uma vez usamos um significado para este termo, galáxia, que não está em seu vocabulário neste momento, se você chamá-lo assim. Nós nos referimos a seu sistema estelar.
É incorreto supor que outros sistemas estelares são mais capazes de manipular as dimensões mais que o seu. É meramente por existir muitos outros sistemas além do seu próprio.

52.2 QUESTIONADOR: Eu acho que possivelmente estou em um ponto importante aqui, pois me parece que o grande trabalho na evolução é a disciplina da personalidade, e parece que nós temos dois tipos de movimentação através do universo, um derivado das disciplinas da personalidade, e o outro derivado do que você chama de efeito estilingue (fisga). Eu não vou nem chegar nas velocidades sub-luz porque eu não considero isto tão importante. E eu só considero este material importante pela relação com o facto de que nós estamos investigando a disciplina da personalidade. O uso do efeito estilingue (fisga) para viagem, seria um que você poderia chamar de um tipo de envolvimento de entendimento intelectual ou do cérebro esquerdo ao contrário de um tipo do cérebro direito?
RA: Sua percepção deste ponto é extensiva. Você penetra o ensinamento externo. Nós preferimos não usar a terminologia de cérebro direito e esquerdo devido às inexatidões desta terminologia. Algumas funções são repetitivas ou redundantes em ambos lobos, e além disso, para algumas entidades, as funções do direito e esquerdo são invertidas. Entretanto, ao coração da questão vale alguma consideração.
A tecnologia com a qual vocês, como complexo social, estão tão enamorados neste momento não é nada além do nascimento da manipulação da energia inteligente do sub-Logos que, ao ser levada bem adiante, pode evoluir para a tecnologia capaz de usar os efeitos gravitacionais dos quais nós já falamos. Nós notamos que este termo não é preciso, mas não há termo mais próximo.
Portanto, o uso de tecnologia para manipular aquilo fora do self é muito, muito menos útil para evolução pessoal que as disciplinas do complexo mente/corpo/espírito resultando no conhecimento completo do self no microcosmo e macrocosmo.
Para a entidade disciplinada, todas as coisas estão abertas e livres. As disciplinas que abrem os universos, abrem também os portais para evolução. A diferença é aquela da escolha entre pegar carona (boleia) para um lugar onde a beleza pode ser vista ou andar, passo a passo, independente e livre nesta independência, para louvar a força para caminhar e a oportunidade da percepção da beleza.
A carona (boleia), pelo contrário, é distraída pela conversação e excentricidades da estrada e, dependendo dos caprichos de outrem, está preocupada em chegar ao compromisso a tempo. A carona (boleia) vê a mesma beleza mas não se preparou para o estabelecimento, nas raízes da mente, da experiência.

52.3 QUESTIONADOR: Eu perguntaria esta questão a fim de entender as disciplinas mentais e como elas evoluem. Os complexos de memória social de quarta, quinta e sexta densidades positivas, ou orientados ao serviço a outrem, usam ambos os tipos de efeito estilingue e de disciplina da personalidade para viagem ou eles usam apenas um?
RA: O complexo de memória social orientado positivamente tentará aprender as disciplinas da mente, corpo e espírito. Entretanto, existem alguns que, tendo a tecnologia disponível para usar forças da energia inteligente para realizar viagem, o fazem enquanto aprendem as disciplinas mais apropriadas.

52.4 QUESTIONADOR: Então, eu suponho que nos complexos de memória social orientados positivamente, uma porcentagem bem maior deles usam as disciplinas da personalidade para esta viagem. Isto está correto?
RA: Isto está correto. Na medida em que a quinta densidade positiva se move para a sexta, virtualmente não existem mais entidades que ainda usam tecnologia externa para viagem ou comunicação.

52.5 QUESTIONADOR: Você poderia me dar a mesma informação sobre os complexos de memória social negativamente orientados com relação às proporções, como eles usam o estilingue (a fisga) ou o outro efeito das ([disciplinas] da personalidade)?
RA: A quarta densidade negativa usa o efeito de luz gravitacional de estilingue (fisga), talvez 80% de seus membros sendo incapazes de dominar as disciplinas necessárias para métodos alternativos de viagem. Na quinta densidade negativa, aproximadamente 50%, em algum ponto, ganha a disciplina necessária para usar o pensamento a fim de realizar viagem. Quando a sexta densidade se aproxima, a orientação negativa é jogada em confusão e pouca viagem é tentada. Qual viagem é feita talvez seja 73% de luz/pensamento.

52.6 QUESTIONADOR: Há alguma diferença então, na, digamos, aproximação do final da quinta densidade, nas disciplinas de personalidade requeridas para esta viagem entre orientação negativa e positiva, na quinta densidade mais alta?
RA: Eu sou Ra. Existem diferenças patentes entre as polaridades, mas nenhum tipo de diferença na conclusão do conhecimento do self necessário para a realização desta disciplina.

52.7 QUESTIONADOR: Estou correto, então, em presumir que disciplina da personalidade, conhecimento do self, e controle, digamos, no fortalecimento da vontade seria o que qualquer entidade da quinta densidade veria como aquelas coisas de importância?
RA: Na realidade, estas coisas são de importância da terceira até o início da sétima densidade. A única correção em nuance que nós faríamos é seu uso da palavra controle. É supremo que seja entendido que não é desejável ou útil ao crescimento do entendimento, digamos, de uma entidade, controlar, por si mesma, processos de pensamento ou impulsos, exceto onde eles possam resultar em ações não consoantes com a Lei do Uno. Controle pode parecer ser um atalho para disciplina, paz, e iluminação. Entretanto, este mesmo controle potencializa e necessita mais experiências encarnatórias, a fim de balancear este controle, ou repreensão, daquele self que é perfeito.
Ao invés disso, nós apreciamos e recomendamos o uso de seu segundo verbo com relação ao uso da vontade. Aceitação do self, perdão do self, e a direção da vontade; este é o caminho para a personalidade disciplinada. Sua faculdade da vontade é o que é importante em você como co-Criador. Você não pode atribuir a esta faculdade importância demasiada. Assim, ela precisa ser cuidadosamente usada e direcionada ao serviço a outrem para aqueles sobre o caminho positivamente orientado.
Há grande perigo no uso da vontade quando a personalidade se torna mais forte, pois ela pode ser usada até subconscientemente de formas que reduzem a polaridade da entidade.

52.8 QUESTIONADOR: Eu sinto, possivelmente, uma conexão entre o que você acabou de falar e porque tantos Andarilhos escolheram a época de colheita neste planeta para encarnar. Estou correto? Esta é uma noção vaga.
RA: É correto que, na chance de se lembrar daquilo que foi perdido no esquecimento, há um excesso de oportunidade para polarização positiva. Nós acreditamos que esta é a essência específica de sua questão. Por favor, pergunte mais se não for.

52.9 QUESTIONADOR: Bem, eu apenas incluiria a questão com relação ao porque da época de colheita ser escolhida por tantos Andarilhos como época para encarnação?
RA: Existem diversas razões para encarnação durante colheita. Elas podem ser divididas pelos termos self e outro-self.
A razão predominante para a oferta destes Irmãos e Irmãs da Dor em estados encarnatórios é a possibilidade de auxílio a outros-selfs pela iluminação das distorções da consciência planetária e a probabilidade de oferecimento de catálise a outros-selfs que aumentará a colheita.
Existem duas outras razões para a escolha deste serviço que têm a ver com o self.
O Andarilho, se ele se lembrar e se dedicar ao serviço, irá se polarizar muito mais rapidamente do que seria possível nos domínios muito mais estiolados das catálises nas densidades mais altas.
A razão final está dentro da totalidade mente/corpo/espírito ou totalidade do complexo de memória social que pode julgar que uma entidade ou membros de uma entidade societária podem fazer uso da catálise de terceira densidade para recapitular um aprendizado/ensinamento que é julgado como menos que perfeitamente balanceado. Isto se aplica especialmente àqueles entrando e prosseguindo através da sexta densidade por onde o equilíbrio entre compaixão e sabedoria é aperfeiçoado.

52.10 QUESTIONADOR: Apenas como algo que eu estou um pouco curioso a respeito, não muito importante, mas eu gostaria de fazer uma declaração que eu intuitivamente vejo, que pode estar errada.
Você estava falando do efeito de estilingue (fisga) e este termo me deixou intrigado.
A única coisa que eu consigo ver é que você deve colocar energia na nave até que ela se aproxima da velocidade da luz e isto, é claro, requer mais e mais e mais energia. A dilatação do tempo ocorre e me parece que seria possível, com a mudança de 90° da direção da viagem, de alguma forma mudar esta energia armazenada em sua aplicação de direção ou sentido de tal forma que você se moveria para fora do espaço/tempo em tempo/espaço com uma deflexão de 90°. Então, a energia seria retirada em tempo/espaço e você reentraria espaço/tempo ao final desta reversão de energia. Estou correto de alguma forma sobre isso?
RA: Você está bem correto dentro dos limites da sua linguagem e, devido a seu treinamento, mais capaz que nós de expressar o conceito. Nossa única correção, se você desejar, seria sugerir que os 90°, dos quais você fala, são um ângulo que poderia ser melhor entendido como uma porção de um tesserato.

52.11 QUESTIONADOR: Obrigado. Apenas um pequeno ponto que estava me incomodando de nenhuma importância real.
Bem, existe então, do ponto de vista de um indivíduo que deseja seguir o caminho de serviço a outrem, a partir de nossa posição atual em terceira densidade, existe algo de importância além das disciplinas da personalidade, conhecimento do self, e fortalecimento da vontade?
RA: Isto é técnica. Isto não é o coração. Deixe-nos examinar o coração da evolução.
Deixe-nos lembrar que nós somos todos um. Este é o grande aprendizado/ensinamento. Nesta unidade, encontra-se amor. Este é um grande aprendizado/ensinamento. Nesta unidade, encontra-se luz. Este é o ensinamento fundamental de todos os planos de existência em materialização. Unidade, amor, luz, e alegria; este é o coração da evolução do espírito.
As lições de segunda classe são aprendidas/ensinadas em meditação e em serviço. Em algum ponto, o complexo mente/corpo/espírito estará tão maciamente ativado e balanceado por estes pensamentos, ou distorções centrais, que as técnicas que você mencionou se tornam bem significantes. Entretanto, o universo, seu mistério inquebrável, é um. Sempre começa e termina no Criador, não em técnica.

52.12 QUESTIONADOR: Ao mencionar, na sessão anterior, a colheita, você mencionou os portadores de luz do octavo. Eu devo entender que aqueles que provêm a luz para gradação da graduação são de um octavo acima daquele que nós experienciamos? Você poderia me dizer mais sobre estes portadores de luz, quem eles são, etc?
RA: Esta densidade de octavo que nós mencionamos é ambos ômega e alfa, a massa espiritual dos infinitos universos se tornando um grande sol central ou Criador novamente. Então, nasce um novo universo, um novo infinito, um novo Logos, que incorpora tudo que o Criador experienciou de si mesmo. Neste novo octavo, também existem aqueles que são andarilhos. Nós sabemos muito pouco do outro lado dos limites do octavo, exceto que estes seres vêm para auxiliar nosso octavo em sua conclusão do Logos.

53.3 QUESTIONADOR: Durante minha viagem para Laramie, certas coisas se tornaram aparentes para mim com relação à disseminação do primeiro livro da Lei do Uno àqueles que tiveram experiências com Óvnis e outros Andarilhos, e eu terei que perguntar algumas questões agora que eu talvez tenha que incluir no Livro Um para eliminar um mal-entendido que eu estou percebendo como uma possibilidade no Livro Um. Portanto, estas questões, apesar de transitórias em suas maiores partes, estão apontadas para a eliminação de certas distorções de entendimento com relação ao material no Livro Um. Eu espero fazer a abordagem correta aqui. Você talvez não seja capaz de responder algumas, mas tudo bem. Nós simplesmente seguiremos para as outras então, se você não puder responder as que eu perguntar.
Primeiramente eu vou perguntar se você pode me dizer a afiliação das entidades que contactaram Betty Andreasson.
RA: Eu sou Ra. Esta questão é marginal. Nós faremos a concessão na direção da informação com alguma perda de polaridade devido ao livre arbítrio estar sendo abreviado. Nós solicitamos que questões desta natureza sejam mantidas a um mínimo.
As entidades neste e em alguns outros casos vividamente relembrados são aquelas que, sentindo a necessidade de plantar o imaginário da Confederação de tal forma que não anule o livre arbítrio, usam os símbolos de morte, ressurreição, amor e paz como meios de se criar, sobre o nível do pensamento, a ilusão tempo/espaço de uma sequência de eventos sistemática que dão a mensagem de amor e esperança. Este tipo de contacto é escolhido através de considerações cuidadosas de membros da Confederação, que estão contactando uma entidade de vibração semelhante à de seus lares, se você desejar. Este projeto então, vai ao Conselho de Saturno e, se aprovado, é concluído. As características deste tipo de contacto incluem a natureza indolor de pensamentos experienciados e o conteúdo da mensagem que não fala de destruição mas do alvorecer da nova era.

53.6 QUESTIONADOR: Obrigado. Você poderia me dizer sobre as várias técnicas usadas pelos contactos da Confederação orientados positivamente, ou ao serviço a outrem, com as pessoas deste planeta, as várias formas e técnicas deles fazendo contacto?
RA: Nós poderíamos.

53.7 QUESTIONADOR: Você faria isto, por gentileza?
RA: O modo de contacto mais eficiente é aquele que vocês experienciam neste espaço/tempo. O infringimento sobre o livre arbítrio é enormemente indesejado. Portanto, aquelas entidades que são Andarilhos sobre seu plano de ilusão serão os únicos sujeitos às projeções de pensamento que formam os assim chamados “contatos imediatos” e encontros entre complexos de memória social positivamente orientados e Andarilhos.

53.8 QUESTIONADOR: Você poderia me dar um exemplo de um destes encontros entre um Andarilho e um complexo de memória social com relação ao que o Andarilho experienciaria?
RA:  Um tal exemplo, com o qual você está familiarizado, é aquele daquele conhecido como Morris. Neste caso, o contacto prévio que outras entidades, no círculo de amigos desta entidade, experienciaram foi negativamente orientado. Entretanto, você se lembrará que a entidade, Morris, foi impenetrável para este contacto e não pôde ver, com o aparato ótico físico, este contacto.
Entretanto, a voz interior alertou aquele conhecido como Morris para ir por si mesmo para outro lugar e ali uma entidade com o formato e aparência forma-pensamento do outro contacto apareceu e fitou com esta entidade, assim despertando nela o desejo de buscar a verdade desta ocorrência e das experiências de sua encarnação em geral.
A sensação de estar sendo despertado ou ativado é o objetivo deste tipo de contacto. A duração e imaginário usado variam dependendo das expectativas subconscientes do Andarilho que está experienciando esta oportunidade para ativação.

53.9 QUESTIONADOR: Em um “contacto imediato” de um tipo de nave da Confederação eu suponho que este “contacto imediato” seria com uma nave do tipo forma-pensamento. Os Andarilhos nos últimos anos tiveram “contactos imediatos” com naves pousadas do tipo forma-pensamento?
RA: Isto ocorreu apesar de ser bem menos comum que os assim chamados tipos de “contactos imediatos” de Orion. Nós podemos notar que em um universo de unidade sem fim o conceito de um “contacto imediato” é cômico, pois não são todos os contatos de uma natureza de self com self? Portanto, como poderia qualquer contacto ser menos que muito, muito imediato?

53.10 QUESTIONADOR: Bem, falando sobre este tipo de encontro do self com o self, algum Andarilho de polarização positiva já teve um assim chamado “contacto imediato” com Orion ou de polarização negativamente orientada?
RA: Eu sou Ra. Isto está correto.

53.11 QUESTIONADOR: [Interrompendo] por que isto ocorre?
RA: Quando isto ocorre é bem raro e ocorre tanto devido à falta de percepção das entidades de Orion da profundidade de positividade a ser encontrada ou devido ao desejo das entidades de Orion de, digamos, tentar remover esta positividade deste plano de existência. Táticas de Orion normalmente são aquelas que escolhem as simples distorções da mente que indicam menos atividade do complexo mental e espiritual.

53.12 QUESTIONADOR: Eu me tornei ciente de uma variação bem grande de contactos com indivíduos. A Confederação, eu estou supondo, usa uma forma de contacto para despertar, como você diz, Andarilhos, e você poderia me dar exemplos gerais de métodos usados pela Confederação para despertar ou parcialmente despertar os Andarilhos que eles estão contactando? RA: Os métodos usados para despertar Andarilhos são variados. O centro de cada abordagem é a entrada no consciente e subconsciente de tal forma a evitar causar medo e maximizar o potencial para uma experiência subjetivamente compreensível, que tenha um significado para a entidade. Muitos dos quais ocorrem no sono; outros, em meio a muitas atividades durante as horas despertas. A abordagem é flexível e não necessariamente inclui a síndrome do “contacto imediato” como vocês estão cientes.

53.13 QUESTIONADOR: E sobre a síndrome do exame físico. Como isto se relaciona aos Andarilhos e aos contactos da Confederação e de Orion?
RA: As expectativas do subconsciente das entidades causam a natureza e detalhes da experiência em forma-pensamento oferecida pelas entidades em forma-pensamento da Confederação. Assim, se um Andarilho espera por um exame físico, este será, forçadamente, experienciado com o menor nível de distorção no sentido de desconforto ou alarme quanto seja permissível pela natureza das expectativas das distorções subconscientes do Andarilho.

53.14 QUESTIONADOR: Bem, ambos aqueles que são levados em naves da Confederação e de Orion então experienciam um aparente exame físico?
RA: Sua questão indica linha de pensamento incorreta. O grupo de Orion usa o exame físico como meios de aterrorizar o indivíduo e fazer com que ele sinta as sensações de um ser avançado de segunda densidade tal como um animal de laboratório. As experiências sexuais de alguns são um sub-tipo desta experiência. A intenção é demonstrar o controle das entidades de Orion sobre o habitante terráqueo.
As experiências forma-pensamento são subjetivas e, em sua maior parte, não ocorrem nesta densidade.

53.15 QUESTIONADOR: Então ambos contactos da Confederação e de Orion estão sendo realizados e “Contactos Imediatos” são de uma natureza dual como eu entendi. Eles podem ser tanto do tipo de contato da Confederação quanto de Orion. Isto está correto?
RA: Isto está correto, apesar do predomínio dos contactos serem orientados por Orion.

53.16 QUESTIONADOR: Bem, nós temos um grande espectro de entidades na Terra com relação à capacidade de colheita, tanto orientadas positivamente quanto negativamente. Orion buscaria alvos nos finais deste espectro, tanto orientado positiva e negativamente, para contacto – com entidades Terrenas, eu digo?
RA: Esta questão é de certa forma difícil de responder com exatidão. Entretanto, nós tentaremos respondê-la assim.
A abordagem mais típica das entidades de Orion é escolher o que você poderia chamar de entidade mentalmente fraca a qual elas possam sugerir uma quantidade maior de filosofia de Orion para ser disseminada.
Algumas poucas entidades de Orion são chamadas por entidades mais altamente negativamente polarizadas de sua ligação espaço/tempo. Neste caso, elas compartilham informação bem como nós estamos agora fazendo. Entretanto, isto é um risco para as entidades de Orion devido à frequência com a qual as entidades planetárias negativamente colhíveis então tentam comandar e ordenar o contacto de Orion da mesma forma que estas entidades comandam contactos planetários negativos. O resultado é uma luta por comando que, se perdida, é danosa à polaridade do grupo de Orion.
Similarmente, um contacto errôneo de Orion com entidades altamente orientadas positivamente pode infligir distúrbio nas tropas de Orion, a não ser que estes Cruzadores sejam capazes de despolarizar a entidade erroneamente contactada. Esta ocorrência é quase inexistente. Portanto, o grupo de Orion prefere fazer contacto físico apenas com a entidade fraca mentalmente.

53.17 QUESTIONADOR: Então, no geral, eu poderia dizer que se um indivíduo tem um “contacto imediato” com um Óvni ou qualquer outro tipo de experiência que pareça ser relacionada a Óvnis, ele deve olhar para o coração do contacto, e para o efeito sobre ele mesmo, para determinar se foi um contacto de Orion ou da Confederação. Isto está correto?
RA: Isto está correto. Se há medo e destruição, o contacto foi, bem provavelmente, de uma natureza negativa. Se o resultado é esperança, sensações amigáveis, e o despertar de um sentimento positivo e resoluto de serviço a outrem, as marcas do contacto da Confederação estão evidentes.

53.18 QUESTIONADOR: Eu gostaria de perguntar, entretanto, se você puder me dizer como, na maioria, ou a maior parte das entidades da Confederação, como elas se parecem?
RA: A entidade de quarta densidade da Confederação se parece variadamente dependendo da, digamos, derivação de seu veículo físico.

53.19 QUESTIONADOR: Algumas delas se parecem connosco? Elas passariam por pessoas da Terra?
RA: Aquelas desta natureza são mais frequentemente de quinta densidade.

53.20 QUESTIONADOR: Eu suponho que a mesma resposta se aplicaria ao grupo de Orion. Isto está correto? Até onde a quarta e quinta densidades vão?
RA: Eu sou Ra. Isto está correto.

19 e 25 de maio de 1981
nota: a expressão Self refere-se ao Eu (pessoa), que nem sempre foi traduzido nos livros.

A LEI DO UNO ~ sessão 54 sub-logos ~ catálise

Partilhar no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.