Confederação Galáctica

Código Galáctico

Partilhar no Facebook

O planeta Terra é o último planeta neste universo sob ocupação das forças das trevas, a última relíquia das guerras galácticas que alastraram por toda a galáxia ao longo de milhões de anos.

À medida que a galáxia era libertada das garras das forças das trevas, as Forças da Luz evoluíram a partir de uma força militar criada pela necessidade urgente de defender as liberdades básicas dos seres sencientes, para uma sociedade galáctica harmoniosa e cósmica.

Como os seres na Confederação Galáctica evoluíram espiritualmente e fizeram o seu alinhamento e união com os Mestres Ascensos, eles descobriram um código interior que regula todas as inter-relações entre os seres da Luz e a sua relação para com as forças das trevas e planetas ocupados. Este código é chamado de Código Galáctico e representa a base jurídica para todas as ações da Confederação nesta e noutras galáxias. Este Código não é um conjunto rígido de leis externas, mas um código sistematizado de éticas internas de todas as almas da Luz e que todos os seres da Luz aceitam com o seu livre-arbítrio, pois reflete a sua verdade interior.

Vamos agora declarar o Código Galáctico de uma forma que seja compreensível para uma pessoa medianamente desperta numa sociedade humana.

Secção I: A Lei da Graça Divina
Cada ser senciente tem o direito incondicional e inalienável a uma experiência de vida positiva.

Para explicarmos a Secção I é necessário entender que a dor e o sofrimento não tem valor algum numa sociedade galáctica esclarecida e liberta da influência das Forças da Escuridão e de outros aspetos das anomalias cósmicas. O valor do sacrifício, do sofrimento e da dor como parte da experiência do crescimento é parte da programação das Forças da Escuridão com o objetivo de escravizar a população dos planetas ocupados com mais facilidade.

A experiência positiva de vida de cada ser pensante no universo livre é garantida pela conexão interior de cada ser vivo com a Fonte e é reforçada pelo poder dos Mestres Ascensos sobre a matéria, o que lhes permite auxiliar todos os seres vivos nas suas aspirações com respeito à Fonte e a provê-los das necessidades essenciais à vida. A vida nunca foi concebida para ser de trabalho árduo e esforço, mas uma jornada de alegria e criatividade. As diferentes subsecções da Seção I regulam toda a vida num Universo livre e todas as relações entre os seres da Luz de modo a que conflitos nunca precisem de ocorrer. Vamos explicar as subsecções:

Secção I/1: Cada ser senciente tem o direito incondicional e inalienável à abundância física e espiritual.

Esta subsecção garante uma experiência positiva de vida a cada ser num universo livre. Os Mestres Ascensos providenciam todas as necessidades da vida, para a riqueza e beleza física e espiritual usando os poderes que tem sobre a matéria resgatada num universo libertado.

Secção I/2: Cada ser senciente tem o direito incondicional e inalienável à Ascensão.

Esta subsecção explica como os Mestres Ascensos usam o seu conhecimento avançado da tecnologia espiritual da Ascensão e como, ao utilizarem o Fogo Elétrico da Redenção, auxiliam a todos os seres que através do livre-arbítrio escolheram a Ascensão.

Seção I/3: Cada ser senciente tem o direito incondicional e inalienável de se fundir com outros seres proporcionalmente à posição na sua Família/Mandala de Alma.

Esta subsecção é um instrumento para a regulação de todas as relações dentro de uma Família de Almas. Ela garante a fusão de seres de polaridades opostas (almas gémeas) e o alinhamento de todos os outros seres independentemente do seu estado de desenvolvimento e condições externas.

Secção I/4: Cada ser senciente tem o direito incondicional e inalienável à informação.

Esta secção é a garantia de que todos os seres receberão toda a informação que necessitarem para entender o seu papel no Universo, uma perspetiva ampla da evolução e tudo o que for necessário para o seu crescimento, bem-estar e tomada de decisão. Todos estes dados são providos pelos Mestres Ascensos e outros seres que supervisionam a evolução de várias raças e civilizações.

Secção I/5: Cada ser senciente tem o direito incondicional e inalienável à Liberdade.

Esta subsecção explica que cada ser tem um potencial ilimitado para o seu crescimento e experiência de vida. Como todos os seres de um Universo livre criam somente o positivismo, a sua liberdade nunca entra em conflito com a Liberdade de outros seres.

Secção II: A Lei da Divisão das Partes em Conflito
Cada ser senciente tem o direito incondicional e inalienável a ser separado e protegido das ações negativas de outros seres sencientes.

Esta secção regula as condições nas zonas do universo que tenham acabado de ser libertadas da influência das Forças da Escuridão mas que ainda não tenham sido aceites na Confederação. Ela exige que as Forças da Luz estejam sempre a servir de barreira para os grupos em conflito, prevenindo-os de causar danos mutuamente. Então as Forças da Luz mediarão os conflitos até que eles estejam resolvidos. Esta secção é frequentemente usada para acabar com guerras e outros conflitos armados.

Secção III: A Lei do Equilíbrio
Cada ser senciente que tenha escolhido viver e agir contra os princípios do Código Galáctico, e que se recuse ou não esteja apto a aceitá-lo de imediato, e que tenha medido as consequências das suas ações no passado, será levado para o Sol Central e reestruturado na essência elementar básica para viver um novo ciclo de evolução.

Esta secção regula as relações entre as Forças da Luz e as Forças da Escuridão. Quando derrotados, os seres pertencentes às Forças da Escuridão têm a oportunidade de aceitar o Código Galáctico, fazer o melhor que puderem para corrigir os erros cometidos e depois viver positivamente. Caso eles aceitem, serão perdoados e poderão juntar-se à Confederação. Caso eles não estejam aptos ou não queiram aceitar, eles são levados para o Sol Central; as suas personalidades e essências da alma são reestruturadas com o Fogo Elétrico e a sua centelha divina começa um novo ciclo de evolução.

www.oevento.pt/2017/04/22/sol-central-galactico/

Secção IV: A Lei da Intervenção
A Confederação Galáctica tem o direito incondicional e inalienável para intervir em todas as situações onde o Código Galáctico seja violado, independentemente das leis locais.

Esta secção descreve a política das Forças da luz sobre os planetas ocupados. A Confederação reserva-se o direito de intervir em todas as áreas, civilizações, planetas ou sistemas solares onde o Código Galáctico seja violado. Ela tem o direito de agir assim independentemente da posição das civilizações locais a respeito dessa intervenção. Ela sempre terá o direito de utilizar todos os meios pacíficos de educação e regulação. Se a massa crítica dos princípios do Código Galáctico tenha sido violada, ela terá o direito de utilizar força militar. Planetas sob ocupação direta das Forças da Escuridão são considerados casos especiais. As Forças da Escuridão normalmente fazem a população local refém para impedir o progresso das Forças da Luz. Na Terra, eles utilizaram a guerra nuclear como ameaça caso as Forças da Luz resolvessem intervir. Esta é a principal razão para que as Forças da Luz ainda não tenham libertado este planeta (e não as afirmação absurdas comuns nós-não-vamos-intervir-porque-respeitamos-o-livre-arbítrio ou vamos-ficar-só-observando-enquanto-o-sofrimento-continua). Como em qualquer situação com reféns, isso requer muita habilidade de negociação e uma abordagem tática. Esta situação está sendo resolvida e em breve o planeta Terra será libertado.

oevento.pt/2017/04/22/bombas-strangelet-e-toplet-de-plasma/ (impedem do Evento acontecer)

Secção IV/1: Cada ser senciente tem o direito incondicional e inalienável de convocar a Confederação Galáctica quando tiver necessidade e a Confederação Galáctica tem o direito a ajudá-lo, independentemente das leis locais.

Esta subsecção fornece as bases legais para a intervenção e auxílio para todos os reféns das Forças da Escuridão. As Forças da Luz sempre fazem o melhor que podem para assistir e melhorar as condições de vida de todos os seres pensantes, até mesmo na Terra. A situação do planeta Terra indica quanto poder as forças das trevas tiveram sobre a Luz neste planeta. Felizmente, isto está a mudar.

Secção IV/2: A Confederação Galáctica tem o direito incondicional e inalienável de implementar o Código Galáctico e de conquistar as áreas onde ele tenha sido violado, usando a força militar se necessário.

Esta subsecção dá as bases legais para a libertação de planetas ocupados com o uso de força militar. As forças militares da Confederação removem, ou dão assistência, para a remoção dos representantes das Forças da Escuridão e libertam os reféns. Então outras forças da Confederação guiam o processo de aceitação do planeta na Confederação através da educação da população local.

oevento.pt/2017/04/22/confederacao-galatica/

Talvez alguns humanos sintam que a Confederação não tenha o direito de intervir e que a Humanidade tem o direito de resolver os seus próprios problemas. Isto simplesmente não é verdade. A quantidade de guerras por todo o planeta, somada ao constante abuso dos direitos humanos provou que a Humanidade não é capaz de cuidar da sua própria situação. Sendo assim, é muito melhor que ela seja guiada por sábios guardiões. A Confederação Galáctica dará assistência na substituição dos atuais controladores (Forças da Escuridão) que a Humanidade aceitou há muito tempo na época de Atlântida. Então o Código Galáctico será finalmente o código de ética universal em todo o Universo e não existirão mais trevas.

nota final do autor deste site:
Quando acontecer O Evento, este planeta deixará de ser uma prisão e 99% do que foi contado até agora à humanidade, deixará de ser verdade!

Código Galáctico

Todos os detalhes em https://www.oevento.pt/2017/04/23/codigo-galactico-galactic-codex/O planeta Terra é o último planeta neste universo sob ocupação das forças das trevas, a última relíquia das guerras galácticas que alastraram por toda a galáxia ao longo de milhões de anos.À medida que a galáxia era libertada das garras das forças das trevas, as Forças da Luz evoluíram a partir de uma força militar criada pela necessidade urgente de defender as liberdades básicas dos seres sencientes, para uma sociedade galáctica harmoniosa e cósmica.Como os seres na Confederação Galáctica evoluíram espiritualmente e fizeram o seu alinhamento e união com os Mestres Ascensos, eles descobriram um código interior que regula todas as inter-relações entre os seres da Luz e a sua relação para com as forças das trevas e planetas ocupados. Este código é chamado de Código Galáctico e representa a base jurídica para todas as ações da Confederação nesta e noutras galáxias. Este Código não é um conjunto rígido de leis externas, mas um código sistematizado de éticas internas de todas as almas da Luz e que todos os seres da Luz aceitam com o seu livre-arbítrio, pois reflete a sua verdade interior.Vamos agora declarar o Código Galáctico de uma forma que seja compreensível para uma pessoa medianamente desperta numa sociedade humana.Secção I: A Lei da Graça DivinaCada ser senciente tem o direito incondicional e inalienável a uma experiência de vida positiva.Para explicarmos a Secção I é necessário entender que a dor e o sofrimento não tem valor algum numa sociedade galáctica esclarecida e liberta da influência das Forças da Escuridão e de outros aspetos das anomalias cósmicas. O valor do sacrifício, do sofrimento e da dor como parte da experiência do crescimento é parte da programação das Forças da Escuridão com o objetivo de escravizar a população dos planetas ocupados com mais facilidade.A experiência positiva de vida de cada ser pensante no universo livre é garantida pela conexão interior de cada ser vivo com a Fonte e é reforçada pelo poder dos Mestres Ascensos sobre a matéria, o que lhes permite auxiliar todos os seres vivos nas suas aspirações com respeito à Fonte e a provê-los das necessidades essenciais à vida. A vida nunca foi concebida para ser de trabalho árduo e esforço, mas uma jornada de alegria e criatividade. As diferentes subsecções da Seção I regulam toda a vida num Universo livre e todas as relações entre os seres da Luz de modo a que conflitos nunca precisem de ocorrer. Vamos explicar as subsecções:Secção I/1: Cada ser senciente tem o direito incondicional e inalienável à abundância física e espiritual.Esta subsecção garante uma experiência positiva de vida a cada ser num universo livre. Os Mestres Ascensos providenciam todas as necessidades da vida, para a riqueza e beleza física e espiritual usando os poderes que tem sobre a matéria resgatada num universo libertado.Secção I/2: Cada ser senciente tem o direito incondicional e inalienável à Ascensão.Esta subsecção explica como os Mestres Ascensos usam o seu conhecimento avançado da tecnologia espiritual da Ascensão e como, ao utilizarem o Fogo Elétrico da Redenção, auxiliam a todos os seres que através do livre-arbítrio escolheram a Ascensão.Seção I/3: Cada ser senciente tem o direito incondicional e inalienável de se fundir com outros seres proporcionalmente à posição na sua Família/Mandala de Alma.Esta subsecção é um instrumento para a regulação de todas as relações dentro de uma Família de Almas. Ela garante a fusão de seres de polaridades opostas (almas gémeas) e o alinhamento de todos os outros seres independentemente do seu estado de desenvolvimento e condições externas.Secção I/4: Cada ser senciente tem o direito incondicional e inalienável à informação.Esta secção é a garantia de que todos os seres receberão toda a informação que necessitarem para entender o seu papel no Universo, uma perspetiva ampla da evolução e tudo o que for necessário para o seu crescimento, bem-estar e tomada de decisão. Todos estes dados são providos pelos Mestres Ascensos e outros seres que supervisionam a evolução de várias raças e civilizações.Secção I/5: Cada ser senciente tem o direito incondicional e inalienável à Liberdade.Esta subsecção explica que cada ser tem um potencial ilimitado para o seu crescimento e experiência de vida. Como todos os seres de um Universo livre criam somente o positivismo, a sua liberdade nunca entra em conflito com a Liberdade de outros seres.Secção II: A Lei da Divisão das Partes em ConflitoCada ser senciente tem o direito incondicional e inalienável a ser separado e protegido das ações negativas de outros seres sencientes.Esta secção regula as condições nas zonas do universo que tenham acabado de ser libertadas da influência das Forças da Escuridão mas que ainda não tenham sido aceites na Confederação. Ela exige que as Forças da Luz estejam sempre a servir de barreira para os grupos em conflito, prevenindo-os de causar danos mutuamente. Então as Forças da Luz mediarão os conflitos até que eles estejam resolvidos. Esta secção é frequentemente usada para acabar com guerras e outros conflitos armados.Secção III: A Lei do EquilíbrioCada ser senciente que tenha escolhido viver e agir contra os princípios do Código Galáctico, e que se recuse ou não esteja apto a aceitá-los de imediato, e que tenha medido as consequências das suas ações no passado, será levado para o Sol Central e reestruturado na essência elementar básica para viver um novo ciclo de evolução.Esta secção regula as relações entre as Forças da Luz e as Forças da Escuridão. Quando derrotados, os seres pertencentes às Forças da Escuridão têm a oportunidade de aceitar o Código Galáctico, fazer o melhor que puderem para corrigir os erros cometidos e depois viver positivamente. Caso eles aceitem, serão perdoados e poderão juntar-se à Confederação. Caso eles não estejam aptos ou não queiram aceitar, eles são levados para o Sol Central; as suas personalidades e essências da alma são reestruturadas com o Fogo Elétrico e a sua centelha divina começa um novo ciclo de evolução.Secção IV: A Lei da IntervençãoA Confederação Galáctica tem o direito incondicional e inalienável para intervir em todas as situações onde o Código Galáctico seja violado, independentemente das leis locais.Esta secção descreve a política das Forças da luz sobre os planetas ocupados. A Confederação reserva-se o direito de intervir em todas as áreas, civilizações, planetas ou sistemas solares onde o Código Galáctico seja violado. Ela tem o direito de agir assim independentemente da posição das civilizações locais a respeito dessa intervenção. Ela sempre terá o direito de utilizar todos os meios pacíficos de educação e regulação. Se a massa crítica dos princípios do Código Galáctico tenha sido violada, ela terá o direito de utilizar força militar. Planetas sob ocupação direta das Forças da Escuridão são considerados casos especiais. As Forças da Escuridão normalmente fazem a população local refém para impedir o progresso das Forças da Luz. Na Terra, eles utilizaram a guerra nuclear como ameaça caso as Forças da Luz resolvessem intervir. Esta é a principal razão para que as Forças da Luz ainda não tenham libertado este planeta (e não as afirmação absurdas comuns nós-não-vamos-intervir-porque-respeitamos-o-livre-arbítrio ou vamos-ficar-só-observando-enquanto-o-sofrimento-continua). Como em qualquer situação com reféns, isso requer muita habilidade de negociação e uma abordagem tática. Esta situação está sendo resolvida e em breve o planeta Terra será libertado.Secção IV/1: Cada ser senciente tem o direito incondicional e inalienável de convocar a Confederação Galáctica quando tiver necessidade e a Confederação Galáctica tem o direito a ajudá-lo, independentemente das leis locais.Esta subsecção fornece as bases legais para a intervenção e auxílio para todos os reféns das Forças da Escuridão. As Forças da Luz sempre fazem o melhor que podem para assistir e melhorar as condições de vida de todos os seres pensantes, até mesmo na Terra. A situação do planeta Terra indica quanto poder as forças das trevas tiveram sobre a Luz neste planeta. Felizmente, isto está a mudar.Secção IV/2: A Confederação Galáctica tem o direito incondicional e inalienável de implementar o Código Galáctico e de conquistar as áreas onde ele tenha sido violado, usando a força militar se necessário.Esta subsecção dá as bases legais para a libertação de planetas ocupados com o uso de força militar. As forças militares da Confederação removem, ou dão assistência, para a remoção dos representantes das Forças da Escuridão e libertam os reféns. Então outras forças da Confederação guiam o processo de aceitação do planeta na Confederação através da educação da população local.Talvez alguns humanos sintam que a Confederação não tenha o direito de intervir e que a Humanidade tem o direito de resolver os seus próprios problemas. Isto simplesmente não é verdade. A quantidade de guerras por todo o planeta, somada ao constante abuso dos direitos humanos provou que a Humanidade não é capaz de cuidar da sua própria situação. Sendo assim, é muito melhor que ela seja guiada por sábios guardiões. A Confederação Galáctica dará assistência na substituição dos atuais controladores (Forças da Escuridão) que a Humanidade aceitou há muito tempo na época de Atlântida. Então o Código Galáctico será finalmente o código de ética universal em todo o Universo e não existirão mais trevas.nota final: adicione este site www.oevento.pt aos seus sites favoritos para adquirir conhecimento e se preparar para O Evento e a posterior Ascensão, se se sentir guiado!

Publicado por O Evento em Domingo, 18 de fevereiro de 2018

artigos relacionados, a ler com atenção:

O que é o Evento?

O Véu e a Quarentena

Superonda Galáctica

COBRA – A Nova Atlântida – 2017

Grupo Quimera

Sol Central Galáctico

Replicadores – replicarão tudo gratuitamente

O que aumenta/diminui a nossa Energia, Frequência e Vibração


fonte original do artigo (em inglês): http://2012portal.blogspot.pt/2012/04/galactic-codex-normal-0.html

Partilhar no Facebook

29 Comments on “Código Galáctico

  1. Obrigado!Independente de onde tenha vindo essa mensagem, se ela é real ou se é tudo ficção saída da cabeça de um adolescente do outro lado da tela ou ainda mesmo um forma de identificar um publico alvo pra venda de produros esotéricos e coisas do tipo criando assim um mailing, o fato é que: condição em que vivemos nesse mundo cruel nos leva a criar esperança a respeito de qualquer que seja a história contada se verdadeira ou falsa se for verdade só temos a ganhar, se for mais uma coisa criada pra ganhar clicks pelo menos os criadores têm boa imaginação espero o primeiro.
    Um abraço e paz!

  2. Que assim seja e assim será!
    Quantos milhões de seres humanos na hora da libertação não estão despertos e preparados? O que vai acontecer-lhes? Eu não me sinto preparada.

  3. Quando eu digo pras pessoas pararem de ter medo de ‘ir para o inferno’ porque elas já estão nele, elas riem de mim. Mas basta olhar ao redor, vivemos num mundo de dor, doenças, sofrimento físico e emocional, de vida espiritual limitada e rasa. Trabalhamos nos desgastando para apenas pagarmos as contas sem grandes chances de desfrutar de maneira saudável do fruto do nosso trabalho, sendo explorados com impostos extorsivos e pouquíssimo retorno, violência, corrupção, fraudes por todos os lados, religiões que mantém as pessoas aprisionadas pelo medo. Se isso não é o inferno eu não sei o que é! E, sim, estamos mudando, é visível! A sujeira está saindo debaixo do tapete, as consciências despertando, instituições desmoronando, estamos mudando! A vida é graça, é experiência rica em saúde, amor, crescimento, paz, é farta e boa, chegará esse tempo! Talvez não para a minha geração mas virá!

  4. Está demorando muito a acontecer. As Forças da Luz precisam intervir de forma urgente. Espero que mais uma vez não sejamos objeto de manipulação.

    1. autor deste site oevento.pt : a minha missão nesta reencarnação é o de despertar outras pessoas, neste caso pessoas que falam a língua portuguesa e mantendo o anonimato, sendo que cada pessoa desperta deverá despertar outros para alcançarmos uma maior consciência

  5. Sei que tem muitas pessoas que duvidam ou não acreditam, e entendo a forma de pensar. Eu mesma jamais acreditaria se não tivesse vivido e vivenciando ainda. Mas é muito real.
    No texto chamam de Forças da Luz Militar. Eu as chamo de Hostes Celestiais. É a mesma coisa. E sim, eles têm força bélica, no entanto preferem atuar de maneira pacífica e preventiva abrindo mão de tecnologia extremamente avançada. São seres muito amorosos, com um respeito à vida incrível. E atuam em multidimensões para nos ajudar,. Isto para proteger pessoas públicas importantes nacional ou internacionalmente, ou até mesmo para proteger pessoas comuns. E o fazem apenas pelo puro amor.
    Eles aparecem até mesmo quando há uma simples tristeza ou choro, somente para verificar se está tudo bem. Se necessário fecham o espaço aéreo. São a expressão do Amor Divino.
    O texto é real, muito verdadeiro. E um dia, todos terão a mesma oportunidade que tenho para crer e aproveitar o melhor de Deus e de nossos irmãos.

  6. Nem sempre as coisas acontecerão conforme nosso tempo ou expectativa… a frustração, pode baixar nossa guarda… Se o Evento ACONTECER NESTA GERAÇÃO, tudo bem… e se, somente SE NÃO ACONTECER????… no meu parco conhecimento de livros e afins… acho humildemente…. O foco principal, sempre será nossa mudança interna (ESSE É O VERDADEIRO EVENTO… E JA ESTA ACONTECENDO… AGORA MESMO… ESTAMOS DIGITANDO AQUI….), não busque fora, o EXTERNO será a SEMPRE consequência e não a CAUSA. Um excelente vida a Tds.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.