revelação cósmica temporada 12

t12e16 Introdução ao Programa Espacial Secreto ~ Revelação Cósmica

Partilhar no Facebook

As revelações surpreendentes de Jason Rice continuam enquanto ele oferece detalhes de sua própria experiência no Programa de 20 anos e Georgina Cannon continua a ajudá-lo a recuperar memórias de seus primeiros dias em um programa espacial secreto. Ele nos leva de volta ao seu primeiro dia, quando descobriu que a introdução a essas operações clandestinas é uma provação em si. Como parte do processo, ele foi injetado com nanites, máquinas microscópicas altamente programáveis, que se tornariam um ativo integral para suas tarefas. Talvez a revelação mais surpreendente seja quando ele descobre quem realmente está executando esta operação.

pode assistir (vídeo) ao episódio clicando aqui (click here to watch the show)

Se der erro, usar o browser chrome em modo anónimo (teclando Ctrl + Shift +n) no PC. Alerta-se que os episódios têm sido retirados da internet, portanto se detetar que o episódio foi denunciado, faça um comentário para indicarmos outro link.

T12E16 Introdução ao Programa Espacial Secreto (Revelação Cósmica)

S12E16 Induction into the SSP

 

 

REVELAÇÃO CÓSMICA – POR DENTRO DO PROGRAMA ESPACIAL SECRETO

Revelação Cósmica temporada 12 episódio 16

Introdução ao PES:
Revelações Surpreendentes

Jason,
obrigado pela sua presença.

Obrigado pelo convite, Jay.

Muita gente está comentando
sobre o tempo,

voltar no tempo,
novas linhas do tempo,

mas ninguém entende isso direito.

Gostaria que você reiterasse
como isso funciona detalhadamente.

Certo.

O Programa de 20 anos
baseia-se em retirar a pessoa

de sua vida cotidiana normal

e colocá-la em um programa espacial,

um projeto secreto
ou algo diferente

de sua vida normal.

Eles continuam vivendo
seus 20 anos

como todo mundo
em sua vida original inicial.

No começo desse período de 20 anos,
o ponto de bifurcação,

a separação da linha do tempo original,
a pessoa que está

no Programa de 20 anos
tem sua idade revertida

até a idade que tinha
fisicamente

quando entrou no Programa Espacial
Secreto, por exemplo.

Sua idade é revertida
e ela é enviada de volta no tempo

até o período em que ela havia partido

de sua linha do tempo original inicial.

Por exemplo, temos uma linha
representando o tempo,

embora o tempo não seja linear.

A divisão ocorre quando estou vivendo
nesta linha do tempo inicial

com o resto da minha família.

Ela se divide, e a minha existência
passa a fazer outras coisas.

O resto da minha família

e todos os outros continuam
em sua trajetória original,

o tempo original.

E eu também continua vivendo por 20 anos
paralelamente a todo mundo.

Certo.

No fim desse período de 20 anos,

eu retorno ao ponto
em que havia me dividido originalmente

e sou reinserido nesse ponto.

Os 20 anos que vivi
paralelamente

continuam válidos, continuam existindo,
mas eles terminam e voltam

ao ponto de separação inicial.

Portanto, os 20 anos
que a sua família viveu

não existiram.

Sem mim, sim.

Ou seria em outro plano,
mas ainda existente?

Provavelmente.

Isso é questionável.

Acho que a nossa compreensão
de tempo, espaço

e espaço-tempo está crescendo.

Com a revelação total,
as tecnologias,

a ciência, a matemática
e tudo que isso implica,

acho que teremos uma compreensão melhor
do que são espaço-tempo e tempo-espaço.

Espero que isso esclareça as coisas,

pois esse é um assunto
difícil de entender.

Sim, é um conceito difícil…

E um paradoxo.

Você falou sobre isso
na sua sessão de hipnose.

Vamos ver o que você disse.

Ele falou sobre o Programa de 20 anos.

Sobre o…

Ele nos disse que poderíamos

ir servir por 20 anos.

No fim desse serviço,

seríamos regredidos
ao tempo e ao local originais

onde havíamos recebido
as nossas ordens.

Eles apresentaram os números,

mostraram-nos uma tabela e um gráfico.

Você vai ganhar tanto.

Vamos cobrar tanto
para cobrir as suas despesas.

No fim do período de 20 anos,

você terá US$ 465.000
para aproveitar.

Somos tolos.

Disseram-nos que fariam
regressão de idade em nós.

Depois de ver a tecnologia,
receber as injeções

e ser alterado fisicamente,
não tinha dúvidas

de que eles regrediriam
a minha idade.

Eles não diziam
se você sobreviveria.

Muitos não sobreviviam.

-Vamos voltar à nossa cronologia.
-Certo.

Na última entrevista,
você nos contou

que eles o fizeram assinar
vários documentos,

e você entrou em algo chamado
de IDARF.

As Forças Interplanetárias
de Defesa e Reação

eram uma unidade que patrulhava fronteiras
e prestava assistência

em outros planetas.

Porém, havia vários exercícios
e períodos de treinamento

que fazíamos aqui na Terra.

Um deles foi na Antártida
e outro deles foi no Pacífico Sul.

Esses eram tipo os exames finais,
por assim dizer.

Vamos voltar àquele dia.

Você terminou a sua reunião
com o capitão.

O que aconteceu depois?

Em seguida,
ele me mostrou o meu quarto,

que era muito similar
a um quarto de hotel,

qualquer hotel padrão do mundo.

Tinha uma cama, um armário,
um banheiro pequeno, uma cômoda,

uma mesa de cabeceira,
um abajur…

Muito básico,
sem janela, TV ou rádio.

-Sem computador?
-Sem computador.

-Interessante.
-Ele me mostrou o quarto.

Quando entrei, o capitão disse:
“Até mais”,

e deixou-me com uma pilha de manuais,

novas fardas
e novos equipamentos.

Manuais?
Que manuais?

São livros de instruções.

-Para armas?
-Para tudo.

Para tudo.

Tudo, sejam minas terrestres,
geradores de campo de negação de área,

rifles de plasma,
pistola de pulso,

entre várias outras coisas.

Eram 11 da noite quando entrei
no meu quarto.

Eu estava mentalmente exausto.

Tomei um banho,
saí e empurrei tudo da cama,

deitei-me e fui dormir.

Acordei no outro dia.

Dormi muito bem nessa noite.

Acho que tem muito a ver

com não haver a ressonância Schumann
ao fundo

e com o meu corpo não estar acostumado
fisicamente com aquela atmosfera

ou com aquele ambiente.

No outro dia de manhã,
fui procurar uma forma

de fazer a barba.

Uma forma de escovar os dentes.

Encontrei algo que era descrito

como sendo um equipamento
de depilação de nanite.

Eu sabia o que era depilação,
mas não fazia ideia

do que eram nanites
àquela época.

Isso foi em 1996,
muito antes de esse ser um termo comum.

-Certo.
-Então, encontrei o manual.

Quando o li, ele explicava

que utilizava um composto binário que,

quando combinado,
ativa os nanites.

Aplicados com esse dispositivo,
eles dissolvem os folículos

do cabelo sem água.

Depois de terminar,
você pega uma toalha

e passa no rosto.
Os pelos restantes saem na hora,

A pele fica lisa por cerca de…
Diziam que durava 45 dias.

No meu caso, devido à espessura

dos folículos do meu cabelo,
durava cerca de 30.

Porém, teoricamente, durava…

Era incrível.

E inacreditável.
Onde está isso?

Por que nunca o vimos antes?

De novo, era outro produto
do Programa Espacial Secreto.

Eles o usavam especificamente
para economizar água.

Nas naves,
não há tanta água disponível.

Você não precisa de água
para usá-lo.

O mesmo vale para o próximo item
da minha lista

que eu tinha que achar,
a escova de dente.

De novo, era uma creme
com composto binário

que ficava em um tubo
como os que usamos.

Havia um encaixe especial na ponta

que liberava uma quantidade específica
de cada composto

para dentro de uma câmara de mistura.

Tinha gosto de giz.

Parecia ser insuficiente.

Porém, depois de uns 30 minutos,
os meus dentes

pareciam ter sido limpos
por um dentista.

De novo, não era necessário usar água.

Não era necessário
desperdiçar água

por uma questão de higiene…

Outra comodidade
que eles tinham que considerar.

Agora, depois que você se barbeou
e escovou os dentes…

É o seu segundo dia
no Programa Espacial Secreto,

-pela segunda vez.
-Sim.

-E depois?
-Fui procurar a minha farda,

pois não podia usar
a minha farda de batalha do dia anterior.

Descobri que a nova farda
tinha um padrão de digicam,

e um padrão em formato de V
com a etiqueta do nome e unidade.

Sob a área de cada pulso,
havia outro bolso.

Era parte dos kits médicos

que vestíamos como parte do sistema
de feedback entre os nossos computadores

e os sistemas médicos que vestíamos.

As calças e a blusa
tinham um revestimento.

Esse revestimento
era de material holográfico.

Ele continha um holograma.

Porém, era um material.

Também era o material mais fino
que já segurei.

Era resistente e áspero.

-Agora, você pegou a farda legal.
-Sim.

-Estava com fome?
-Era essa hora.

Fiz meus exercícios
e alongamentos matinais

e fui à cantina.

O que havia na cantina?

Quando entrei,

havia prateleiras de aço inoxidável.

Havia uma saliência acima delas,

elas tinham bordas de 7,6 cm na lateral,

e o topo também tinha uma borda
de 7,6 cm.

Havia um único…

Parecia um botão quadrado
pintado de preto. Três deles.

Fui até o mais próximo

e coloquei o dedo nele.

Surgiu um murmúrio,
e uma luz fraca e nebulosa

apareceu abaixo dele.

Diante dos meus olhos,
vi aparecer uma tigela com manteiga.

Entendi o que tinha feito.

Tinha acabo de usar
um replicador.

Todas as outras estações eram assim.

É claro que fiquei empolgado.

Achei excelente.

O que posso usar?

É o País das Maravilhas.

Fui até outra,
peguei uma bandeja

e segui a sequência.

Apertei todos os botões.

Queria apertar todos

só para ver o que aconteceria.

O primeira produzia ovos.
O segundo, uma tigela de mingau.

Achei bacon e uma torrada.

Peguei a manteiga.
A última produzia

um copo com água.

Deve ter sido o prato mais feliz

de ovos mexidos da minha vida.

Esses replicadores
podem produzir

qualquer comida que você quiser?

Eles são pré-programados

para a refeição do dia,
mas você pode decidir o que quer.

Certo.

-Foi um dia movimentado para você.
-Sim.

O segundo dia no Programa Espacial
pela segunda vez.

Falemos da rotina diária

durante esse treinamento,

o que você aprendia
e tudo que acontecia.

Claro.

Passamos o dia andando
de um lado para o outro,

conhecendo as pessoas,
batendo o ponto para…

Batendo o ponto para pagamento,
que acabou nunca entrando

depois dos 20 anos.

Essa informação era falsa

para manter as pessoas
empolgadas,

achando que seriam pagas.

Outra coisa que fizemos
nesse dia

pois pegar a quantia certa
de cartões postais

que mandaríamos à nossa família.

Fazia parte do processo deles
de garantir

que ninguém faria perguntas
sobre pessoas desaparecidas.

O que eles faziam?

Vocês preenchiam
vários cartões postais

-e eles os enviavam lentamente?
-Sim.

Achava muito estranho escrever
feliz aniversário a alguém que…

Escrever feliz aniversário atrasado

como se eu estivesse escrevendo atrasado
a alguém

cujo aniversário seria
no próximo ano.

Essa era uma das coisas.

Havia uma quantia exata de cartões
que tínhamos que preencher.

E eles nos diziam o que escrever
nos nossos próprios cartões.

Eles nos diziam o que era.

Tenho a impressão de que era um diálogo
gerado por inteligência artificial

que eles usavam.

Você acha que um computador
estava por trás disso?

Sim, acho que um computador
fazia isso

usando o seu perfil psicológico.

Era tudo personalizado.

Então, se você nunca enviasse um cartão
atrasado, não teria que, como eu…

Não teria que escrever antecipadamente
um feliz aniversário atrasado.

Sim.

Outra parada naquele dia

foi no consultório
de um psiquiatra.

Parte do processo
de enviá-lo de volta

é ter uma linha de base muito específica
desde o começo.

Não sabia disso,
mas também servia

para o processo
de apagar memórias,

eles tinham que saber o que
como as coisas aconteciam,

qual era a cor exata das coisas.

Onde foi isto?
E aquilo?

Onde você estava?

Eles fazem a mesma pergunta
milhões de vezes.

Você fica sentado na cadeira.

Há sensores nas paredes e no teto

que monitoram os seus biorritmos
para saber se você está mentindo.

É como um polígrafo,
mas 10 ou 15 vezes mais avançado.

Isso acontecia toda semana,
uma vez por semana.

Isso era feito porque sabiam
que apagariam as suas memórias,

que todas elas sumiriam,

eles tinham que obter
todas as informações.

-Todas as informações.
-Interessante.

Depois disso,
o que você fez nesse dia?

Passamos boa parte da manhã

na seção dos laboratórios médicos.
Tinha algo a ver

com os aditivos que…

Que aditivos?

Os aditivos que eles nos davam

era a terapia com aditivos de nanite.

Por que faziam isso?

Eles nos disseram que o motivo

das terapias com aditivos
de nanite

era aumentar a nossa chance
de sobrevivência.

Porque…

Como isso o ajudaria a sobreviver?

Todos os ossos, sistema linfático,
glândulas, órgãos, tecidos…

Nenhum sistema do corpo
ficou sem aditivos,

todos receberam aditivos de nanite.

Eles aumentavam as suas capacidades
de visão,

audição e controle
das glândulas adrenais.

Se você estivesse em uma situação

em que não houvesse comida
e você tivesse que controlar

a sua fome, isso era possível.

Você podia ajustar o modo
de distribuição de nutrientes pelo corpo.

Dava para ajustar a visão.

Dava para aumentar o zoom
da sua visão e ver no escuro.

Dava para ouvir
frequências diferentes

que os humanos não ouvem
normalmente.

Os protocolos padrão
para cada célula,

cada sistema do seu corpo,
são protocolos de radiação,

que servem para consertar danos
de radiação por estar no espaço.

Certo.

Você pode receber
uma certa terapia de nanite

para os seus órgãos, por exemplo,
e um tipo diferente

para a sua audição,
e outro ainda para as suas articulações.

Porém, todos eles passam
pelos protocolos antirradiação.

Parece que estão tentando criar
um super soldado.

Parece.

Parece, mas não pensávamos assim.

Era como vestir uma armadura,
uma proteção,

algo que era…

Porque isso não mudava
as nossas forças e fraquezas naturais

Ajudava a aumentá-las.

E o nosso treinamento
não era focado no sentido

de tornar-se uma pessoa melhor,

um ser humano premium,
um excelente exemplo de ser humano.

Eram as ferramentas
que tínhamos para usar.

Foram 18 meses para aprender
no treinamento

a usar os diferentes aditivos de nanite.

-Ainda há nanites em você?
-Não.

Eles foram expelidos pelo corpo?

Eles são removidos no fim
do Programa de 20 anos.

Como parte do processo de saída

pelo qual você passa
para a regressão de idade,

eles também removem os nanites.

Esses nanites também controlam
a sua saúde?

Controlam.

Eles controlam o nível de açúcar
no seu sangue.

Controlam a reação de cura
do seu corpo.

Não se apoderam dela.

Só a aumentam.

Se demorar duas semanas para curar
um corte no seu braço,

o processo seria acelerado
e levaria apenas poucas horas.

-Esses nanites podem ser hackeados?
-Sim.

-Podem?
-Podem.

Éramos examinados regularmente,

mas eu ainda não entendia por quê.

Porém, sabendo o que sei agora,
éramos examinados

devido à ameaça da IA.

Você também corria mais rápido?

Não necessariamente mais rápido,

mas, se você antes conseguia
manter a velocidade por 2 km,

agora você faria isso por 8 km.

Não é questão de velocidade,

é a sua capacidade
de sustentar-se

em um nível alto de desempenho
com os aditivos.

E os tempos de reação?

Eles aumentavam?

Os nossos tempos de reação

vinham da nossa habilidade
de empatia intuitiva.

Certo.

Eles não necessariamente
eram acelerados.

Como você já tem o equipamento

e a empatia intuitiva,

-isso não é necessário.
-Sim.

É interessante como as peças
estão se juntando.

Eles fizeram tudo
de forma bem pensada.

Sim.

Não era nenhuma novidade.
Não estavam testando em nós.

Era um programa muito maduro
e bem desenvolvido.

Vamos dar outra olhada
na sua sessão de hipnose.

Quando ele falou de mudanças,

de que tipo de mudança
estava falando?

No corpo físico?

As mudança que eu havia visto

no último dia…

Os processos médicos envolviam…

Aditivos, aditivos de nanite.

O que isso significa?

Máquinas microscópicas…

Certo.

…injetadas no nosso corpo

para aprimorar os nossos sistemas.

Todas as partes do corpo
eram afetadas.

-Tudo é afetado?
-Tudo era afetado.

De que forma?

No mínimo,
seguiam os protocolos antirradiação.

Certo.

Alguns eram protocolos de veneno
diferentes,

visão aprimorada,
audição aprimorada,

habilidades de escuta,

aprimoramento da nossa glândula pituitária
e da nossa glândula pineal.

-O sistema glandular também?
-Todos eles.

Tornando-os máquinas eficientes.

Sim, as melhores que podiam usar.

As melhores que podiam usar.

-Eles lhe disseram como usariam…
-Não.

-…essa máquina eficiente?
-Não.

Não?

Não, só disseram que seríamos usados
em outro planeta.

Em outro planeta, certo.

Fora do Sistema Solar.

Quantos soldados estavam com você
nesse treinamento?

O número total de soldados
enviados da Terra

era de cerca de 24 mil.

-Todos de raças diferentes?
-Raças diferentes.

-E sexos?
-Homens, mulheres, países diferentes.

-Tamanho? Altos, baixos?
-Todo tipo.

-Alguma raça majoritário? Chineses?
-Não.

Nada do tipo?

O único programa do qual estou ciente
é o MILAB.

Porém, outros países devem ter

suas próprias formas de recrutamento,
treinamento, seleção.

Imagino que outros países
provavelmente

sigam o modelo ou sejam cópias

muito similares ao programa MILAB.

Porém, eles existem.

Havia quantas pessoas
na sua unidade?

-A menor unidade era um esquadrão.
-Um esquadrão?

E eles consistiam
em oito a nove indivíduos.

No nível acima, havia o pelotão.

Havia quatro pelotões por companhia

e duas ou três companhias
por batalhão.

A divisão é muito similar
à hierarquia militar ocidental.

Certo.

Você estava nessa base
de treinamento.

Já usou o replicador de alimentos.

Já escovou os dentes
com esse negócio nano.

Chegou o dia das instruções.

Um dia e meio depois.
Falaram que dariam informações.

-Finalmente, respostas.
-Exato. O que aconteceu na reunião?

Nós entramos em um auditório.

Todos os outros recrutas
da minha turma

estavam lá ao mesmo tempo.

Havia um pacote
esperando por nós,

pois o auditório era como
um anfiteatro universitário,

com uma mesa dobrável
ao lado da cadeira…

Sem adorno, muito básico.

Porém, em cada uma das cadeiras,

havia um pacote esperando-nos,
incluindo documentação

a ser assinada e mais informações
sobre o que estávamos fazendo.

A reunião começou.

O coronel que estava no comando
do regimento de treinamento veio.

Ele era alemão
e começou a reunião

dizendo-nos que havíamos sido recrutados

porque tínhamos talentos e habilidades
especiais necessário para eles.

E que seríamos usados

como a ponta da lança,
patriotismo, estrelas e listras,

tudo que convencesse um jovem recruta
que está tentando

ajudar seu país.

Ajudaríamos planetas
a defenderem-se

de invasões alienígenas.

-Sério? E ele era alemão?
-Era alemão.

-Tinha um sotaque forte?
-Tinha.

Sério?

Não era um militar dos EUA
porque não era o exército dos EUA.

Não era.

Outra coisa que notei na reunião

é que vários oficiais de alta patente
no palco também eram alemães

e que não havia…

Todos tinham sotaque forte.

Não havia oficiais ocidentais
ou europeus no palco.

Eles devem ter alertado
imediatamente…

Era um grande sinal.

Sim, é muito interessante.

E depois?

Eles falaram sobre as origens
do programa deles,

mas sem mencionar extraterrestres
ou assistência obtida de alienígenas.

Eles ficaram com todo o crédito.

Todo o crédito.

Sabia que diria isso.

Não falaram nada

sobre civilizações dissidentes,
não falaram nada

sobre a cabala na Terra,
nada disso.

Falaram sobre o dinheiro
que teríamos

no fim do Programa de 20 anos,

que seria creditado
quando voltássemos.

É claro que eles nos cobrariam

pela acomodação
e alguns equipamentos

que usaríamos sempre.

-Mas eram só pequenas mudanças.
-Sério?

-Eles cobravam?
-Descontavam.

Meu Deus!

No fim do dia,

teríamos um belo cheque
esperando por nós.

Não falaram de apagar memórias.

Falaram sobre os 20 anos

e que, quando terminássemos
o nosso tempo de serviço,

eles tinham recursos tecnológicos
para regredir a nossa idade

e enviar-nos de volta
ao momento em que partimos.

Você tinha 24 anos.

E voltaria com um…

Uma ótima aposentadoria.

Que vida boa!

-Foi o que prometeram.
-Sim.

Não disseram nada
sobre apagar memória ou…

O que fez com o dinheiro
quando voltou?

Que dinheiro?

Os alemães estavam mentindo?

Não disseram a verdade.
Que surpresa!

Não posso acreditar.

A história que apresentaram
nessa reunião tinha vários furos.

Não continha muitas informações.

As informações que nos passaram

fazia parte da propaganda deles

de que seria ótimo poder ajudar

e beneficiar tanto

não só as nossas famílias e o país,
mas a raça humana.

Muita balela.

Eram as mentiras de propaganda
que eles usam

-para recrutar pessoas.
-Certo.

-E funcionou.
-Funcionou.

É claro.

Não disseram nada
sobre o que fariam depois,

no fim do nosso treinamento.

Assim como Cortes
queimou seus navios,

eles disseram às nossas famílias
que havíamos falecido.

Mesmo que quiséssemos,
não poderíamos voltar

porque todos achavam
que estávamos mortos.

Eles não enviavam o corpo,

só um caixão vazio,
ou colocavam um clone no caixão.

E forneciam alguns clones

para que houvesse um corpo
que os entes amados pudessem enterrar.

Não tinha volta.

Não nos falaram isso.
Não disseram nada sobre isso.

REVELAÇÃO CÓSMICA – POR DENTRO DO PROGRAMA ESPACIAL SECRETO

 

Disclaimer:
1. Os artigos são escritos em português do (Brasil ou de Portugal) ou numa mistura de ambos.
2. Os artigos colocados neste site, são diferentes dos colocados nos corruptos meios de comunicação de massas. Não significa que os autores concordam ou discordam com os mesmos. Você deve usar a sua intuição com aquilo que ressoa ou não consigo. Ninguém é dono da verdade absoluta e este site não foge à regra.

Partilhar no Facebook

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

7 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
nuno

por favor é possivel enviar outro link?grato

Bruna Farias

“Invalid parameters” quando tento acessar o episódio. Por favor, há outro link? Grata!

CARLOS VIANA

Gostaria de saber a opinião de vocês sobre esse novo informante Jason Rice.
Na minha opinião ele parece ser bem genuíno, sem contradições.
O que vocês acham?