revelação cósmica temporada 10

S10E08 Confirmação de Civilizações Subterrâneas

Partilhar no Facebook

Um breve resumo do episódio:

Emery Smith regressa ao programa e fala dos satélites que conseguem ver através das paredes e detetar as civilizações do interior da Terra.

Agora desenvolveram um radar especial que é um dispositivo de padrões de onda de dispersão retrógada e de baixa frequência que penetra o solo e gera uma imagem volumétrica cerca de 400 vezes melhor que uma tomografia. Assim você consegue ver de que tipo de material é feito o que estiver a observar… Depois estavam a verificar onde havia ouro, mas o radar mostrou muito mais abaixo no interior da Terra um grande espaço vazio e depois mostrou uma pirâmide gigante (10 vezes maior que a de Gizé) e também elementos desconhecidos da tabela periódica. Portanto, posso confirmar que existem civilizações com a sua própria atmosfera, a sua própria luminescência, sua própria vida e sua própria fonte de água no interior da Terra…

… Você acha possível que os Templários soubessem disso? Emery: existe um pequeno grupo de humanos que conseguem enxergar um espectro especial de luz azul. Por algum motivo, esse ouro emana através da terra e da folhagem, e eles conseguem ver esse tom. Eles têm essa habilidade especial.Nunca li nada disse na internet. Essa informação vem dos militares. Pessoas que têm essa capacidade são usadas para encontrar grandes reservas de ouro e outras coisas ao redor do mundo, para ajudar a proteger os EUA. Por meio de satélites, eles detetaram um sinal nessa área específica da América do Norte…

… Deserto do Saara, abaixo no solo há ruínas de uma civilização…Só sei que eles fizeram análises por satélite com um radar que penetra o solo. Foi fácil, pois não é muito profundo. Essas áreas menos profundas são fáceis de ver até certo ponto, principalmente areia, mas é mais difícil em rochas…

Fala de um inventor que tem o aparelho e que decidiu não o vender ainda aos EUA. Recorde-se que esse radar permite visualizar as células, por exemplo consegue precisar as células cancerígenas ao detalhe e no futuro poderá representar um grande avanço para a medicina.

S10E08 Confirmação de Civilizações Subterrâneas (Revelação Cósmica)
S10E08 Confirming Underground Civilizations (Cosmic Disclosure)

Assista ao episódio clicando no link abaixo, usando o browser chrome:
https://drive.google.com/file/d/1uyIcZk1DuuJfvN0tsRVI77q6B6p573J9/view?usp=sharing

Se der erro, use o browser chrome em modo anónimo (teclando Ctrl + Shift + n) no PC e se necessário, antes tem de fazer logout do seu gmail. Se ainda não conseguir, aceda a partir de outro PC. Alerta-se que os episódios têm sido retirados da internet, portanto se detetar que o episódio foi denunciado, faça um comentário (não no facebook), para indicarmos outro link.

Episódio com legendas em português do Brasil (para quem não deseja assistir ao vídeo):

revelação cósmica temporada 10 episódio 8

REVELAÇÃO CÓSMICA – POR DENTRO DO PROGRAMA ESPACIAL SECRETO COM COREY GOODE E DAVID WILCOCK

Bem-vindos ao
”Revelação Cósmica”.

Sou David Wilcock e estou
aqui com Emery Smith.

Neste episódio, vamos falar sobre
civilizações subterrâneas.

Emery, bem-vindo.

Obrigado, David. É um prazer.

No passado, você me falou

sobre uma tecnologia muito
interessante que é capaz de enxergar

muito mais abaixo da superfície

que os nossos cientistas convencionais
acreditam ser possível.

Poderia falar um pouco
mais sobre isso?

Claro.

Tudo começou com os satélites
usados para observar os oceanos.

Enquanto estavam em órbita, os
astronautas observavam os oceanos

e viam embarcações e navios
naufragados que eles sabiam

que continham muito ouro.

Os caçadores de tesouros também
começaram a negociar dentro do governo

para comprar tempo com
esses satélites incríveis

capazes de enxergar
essas coisas.

Então, não é algo ao qual as
pessoas normais tenham acesso.

Não, só quem está lá dentro.

Algumas organizações têm
seus próprios satélites,

ou são privadas e os utilizam
para atravessar paredes

e ver se estão infestadas de insetos
em outros países, acredite ou não.

Eles conseguem ver o
interior de uma parede

usando um satélite para ver que
tipo de inseto está lá dentro.

Isso foi avançado ainda mais para
enxergar um pouco dentro do subsolo,

mas eles já desenvolveram
um radar especial.

É um dispositivo de padrões de
onda de dispersão retrógrada

e de baixa frequência que penetra o
solo e gera uma imagem volumétrica

cerca de 400 vezes melhor
que uma tomografia.

Assim, você consegue ver

de que tipo de material ela
é feita, o que muito útil.

Por exemplo, para os
sultões da Arábia Saudita,

se um terrorista estiver
correndo com uma mochila,

eles podem sobrevoar a
região com um drone

ou atirar nele com essa onda
para saber quantos explosivos

ele está carregando na mochila
antes que se aproxime do local.

Esse tipo de dispositivo já foi
usado pelos militares e pelo DOD.

Não posso dizer quem tem a
posse, ele é de posse privada.

Uma pergunta rápida.

Temos a tabela periódica
dos elementos.

São uns 120.

Certo.

Existem certos elementos que não
podem ser vistos com esse aparelho?

Se não forem elementos já
descobertos, você não saberá o que é.

O resultado será desconhecido
ou desconhecido da Terra.

Certo.

Mas o resto…

Todos já foram registrados. Como uma
máquina de Rife com frequências,

eles fizeram o mesmo
com esse aparelho.

Eles mediram todos os tipos
de elemento que existem

e mediram a frequência de cada um.

É por isso que podem gerar não
só uma imagem volumétrica,

mas podem dizer exatamente
do que se trata.

Algo muito interessante
nesse aparelho

é que posso colocá-lo em um drone,
levá-lo até um navio-tanque…

Nós fizemos esse teste.

Em um desses navios gigantes

que carregam milhares
de litros de petróleo,

colocamos uma pequena quantidade de
urânio dentro de uma caixa lacrada,

dentro de um barril de
petróleo de 200 litros,

no fundo desse navio-tanque,

sobrevoamos um drone a 16 km
antes de atracar no porto,

e ele dizia exatamente
onde estava o urânio,

o que era e onde estava
dentro do navio.

É muito detalhado.

É uma proteção muito incrível
e útil que nós temos,

espero que as pessoas
que estão assistindo…

E espero que o…

O presidente dos EUA meio que sabe
disso, mas meio que não sabe.

Acho que isso o ajudaria na
guerra contra o terrorismo,

pois o aparelho faz
uma varredura geral,

e você fica sabendo de
tudo antes que aconteça.

Quando eu e a minha
equipe fomos contratados

para procurar um local não revelado

dentro dos EUA, para visualizar
remotamente uma área conhecida

que poderia ser uma
reserva de ouro,

fomos lá e conhecemos os cientistas

e uma equipe incrível
que estava procurando

um tesouro especial,
por assim dizer.

Posso falar disso depois.

Porém, estavam procurando
um tesouro especial.

Eles me contrataram junto
com alguns colegas meus

para irmos lá hastear a bandeira

na montanha onde
achávamos que estava.

E nós…

Sim, só preciso dizer, Emery…

Para os que estão nos assistindo e que
não sabem disto, mas nós sabemos.

Eu pude falar com a sua equipe.

Nada disso é novidade para mim.

É verdade.

Ficamos envolvidos
nisso por um tempo.

É verdade.

Sim, com certeza.

Então, nós fomos lá,

hasteamos as bandeiras e fizemos uma
leitura com esse radar especial,

com uma eficácia de 99,9%.

-Então… -Que eficácia?

Para descobrir onde estava o ouro.

Havia uma grande
quantidade de ouro…?

Sim. Estavam atrás de uns
caçadores de tesouros

que trabalhavam com o governo
ou não, é só uma especulação.

Mas a parte mais
legal da história…

A parte mais legal é que o cientista
que desenvolveu esse sistema,

uma pessoa incrível,
chamou a minha equipe

e contou-nos que…

Ele nos mostrou um grande espaço
vazio dentro da Terra onde…

Muito abaixo do ouro.

Nós perguntamos a ele: “O
que é esse espaço vazio?

E o que é aquela pirâmide gigante?”

Ele disse: “Como vocês…?

Como sabem disso?

Viram os meus arquivos?”

Eu disse: “Não, nós vimos tudo quando
fizemos a visualização remota.

Por que não escreveu
isso no seu relatório?”

“Porque o aparelho detectou
elementos desconhecidos.

Só estou aqui para fazer uma coisa:

confirmar a existência do ouro.”

Eu disse: “É a coisa mais incrível
e revolucionária do mundo.”

Ele disse: “Sim, com
o meu dispositivo,

posso ver tudo que existe
no interior da Terra.

Imagine o que já vi.

O que farei com essas informações?”

É a mesma tecnologia que usaram

para encontrar os túneis no México
que atravessam a fronteira.

Eles usaram essa tecnologia.

E o cartel mexicano
queria matar esse homem

porque eles descobriram, pois o governo
também já havia sido infiltrado.

Embora ele tenha salvo os EUA…

Ele é um grande homem
por ter tido a coragem

de salvar os EUA com
essa tecnologia.

Ele quase foi morto
por causa disso.

Além disso, também descobrimos
várias coisas interessantes.

As pirâmides de lá eram umas 10
vezes maiores que as de Giza.

Era uma espaço vazio enorme
aqui na América do Norte.

Era uma área muito grande

rodeada por um grande aquífero.

E tinha sua própria atmosfera.

Ele consegue medir a pressão
atmosférica, o que é interessante.

Ele pode fazer várias coisas
com esse dispositivo.

Portanto, posso confirmar
que existem civilizações

com sua própria atmosfera,
sua própria luminescência,

sua própria vida e sua
própria fonte de água

no interior da Terra.

Você também já havia mencionado,
quando conversamos sobre isso,

que vocês encontraram
algumas salas cúbicas

que não tinham nem
entradas nem saídas.

Isso é muito interessante.

O radar de difusão retrógrada
e baixa frequência

mostrou cubos…

Salas cúbicas gigantes e salas
cúbicas pequenas e vazias

esculpidas com perfeição.

Podemos medir o
tamanho dessas salas

com precisão milimétrica.

Elas foram cortadas
como cubos perfeitos.

E essa camada rochosa… Estamos
falando de 300 a 1.000 metros

de profundidade.

Como foi que esses
cubos foram parar

perto dessa área?

Talvez haja algo
dentro desses cubos,

mas não temos a tecnologia
para ver ou analisar o que é,

o aparelho diz que é desconhecido.

Um dos elementos que descobrimos…

Foi por isso que fomos chamados.

Uma das coisas que acharam lá embaixo foi
uma grande reserva de ouro branco puro.

Ouro branco não quer dizer…

Esse ouro que é misturado
com metal hoje em dia,

o ouro branco de colares.

Estamos falando de
civilizações antigas,

o ouro branco em pó…

O maná do qual ouvimos falar.

Quando falamos dos
trajes inteligentes,

você disse que havia um
combustível de ouro branco

-que gerava antigravidade.
-Correto.

-É a mesma coisa?
-Sim.

Isso é muito interessante.

Interessante que o governo foi lá

e comprou todas as
terras até essa parte,

o que é uma grande confirmação.

Exato.

Lembro-me que você me mostrou
uma imagem volumétrica

do que parecia ser uma escadaria
que havia sido aterrada.

Poderia falar sobre isso?

Sim, achamos escadarias
gigantes no subsolo.

E vãos imensos…

Estamos falando de
centenas de acres

que se estendem por
milhares de quilômetros.

E não são só cavernas.

São cavernas,

mas também contêm
algo diferente.

Certas partes das
cavernas são estranhas,

com degraus…

Degraus que descem por
milhares de metros.

Degraus perfeitos.

Achamos o contorno de naves

e sarcófagos grandes.

Você acha que era uma espécie
de humanos gigantes?

Sim.

Ele tinham de 9 a 10
metros de altura.

Essas coisas são mais
antigas, é claro.

Sim, mas também achamos algo
no radar que era muito legal.

Bem no meio no aquífero,

havia uma rocha gigantesca

que não parecia estar ligada
ao continente principal.

Estava boiando lá.

Ela se estendia por quilômetros…

-Tipo um grande rochedo?
-Imagine um rochedo rodeado de água,

mas um rochedo oco
que continha ruínas.

Exato.

E um dos motivos pelos quais
precisávamos dos trajes

era perfurar e atravessar o aquífero
com os trajes para entrar lá,

mas não queríamos inundar tudo.

Não tinha como não inundar
esse ovo gigante,

e isso levaria embora
todo o ouro branco.

-O ouro branco estava dentro do ovo?
-Sim.

-Sério?
-Sim.

-E ele estava submerso?
-Sim.

E como o traje inteligente o
ajudaria a entrar no ovo?

Dava para perfurar com
o traje ou algo assim?

Sim, havia uma forma de levar
equipamentos e perfurá-lo,

mas não dava…

Nós queríamos descobrir se havia
uma cavidade de ar perto dele.

Por algum motivo, não
conseguimos encontrar isso,

mas havia uma parte da rocha que encostava
na superfície da parte terrestre.

Então, nós pensamos…

Assim que perfuramos,
começou a sair água.

Estávamos a menos de um
metro do rochedo gigante.

Bilhões de litros de
água estavam saindo

pelo buraquinho que havíamos
perfurado para alcançar esse ovo.

Porém, havia um metro
entre nós e o ovo.

Como faríamos…?

Decidimos levar bilhões de
litros de nitrogênio líquido,

congelar essa parte do aquífero
e perfurá-lo para poder entrar.

Você acha que esse ovo era
tipo um asteroide esvaziado

que eles podem ter mudado de fase e
feito com que pousasse dentro da Terra?

Acho que, em algum momento,

era um asteroide que acabou
se misturando com a terra,

provavelmente por meio de
lava derretida ou algo assim.

Depois de milhões de anos, ele
foi separado da terra pela água.

Agora, ele está nessa área
cercado por um metro de água.

É uma área altamente pressurizada.

Espere um pouco.

Um asteroide teria vindo
do Sistema Solar.

Você está dizendo que
ele se formou na Terra?

Acho que ele veio há muito tempo.

Ele foi usado como porto seguro.

Um asteroide caiu na
Terra na antiguidade,

sendo um rochedo
enorme dentro da Terra

que alguém encontrou e esvaziou?

Exato. Provavelmente… Sim.

Eles devem ter esvaziado,
ou talvez já fosse oco.

Então, por centenas ou milhares de anos,
as pessoas guardaram seus tesouros lá,

que é um lugar muito
seguro, por muito tempo.

Então, acho que agora, é só…

A terra em si consolidou-o em
um lugar de difícil acesso.

Você está mencionando essas
ruínas e civilizações

de forma muito vaga. Poderia
ser mais específico

quanto ao conteúdo do ovo?

Como ele é? O que
veríamos lá dentro?

Dentro do ovo, existem esses
degraus que mencionei.

Temos uma imagem volumétrica disso.

São degraus que levam a
uma cavidade gigante.

O problema é que está
entrando água lá.

Para descrever melhor
o que está lá dentro,

já disse que havia
naves e sarcófagos.

Foi isso que chamei de cavidade.

E era uma raça de gigantes, então?

Sim, no passado.

Porém, com o passar dos anos,

acho que as pessoas consideravam
esse lugar especial.

Dentro desse asteroide gigante
ou seja lá o que for…

Não sei ao certo
se é um asteroide,

pois a sonda diz que há
vários minerais diferentes

e outras coisas lá.

Não encontramos uma grande quantidade de
ferro, mas é estranho que esse objeto

seja um rochedo gigante e
oco no meio de um aquífero.

É meio intrigante.

Especula-se que seja um asteroide…

Achamos que talvez não.

Dentro desse objeto, já encontramos
vários resquícios de humanos…

Mais de 300 restos mortais.

Também achamos armaduras.

Achamos baús de ouro

que nem o maior barco do mundo
seria capaz de carregar.

Ao lado dessa área gigantesca,
que também é muito alta,

existem divisões.

Não é só uma área gigantesca.

Existem outras áreas.

Os cubos também ficam tanto fora
quanto dentro desse objeto.

Existem partes sólidas
dentro do ovo.

Nós o chamamos de ovo.

Dentro dele, há vários
tipos diferentes

de túnel, áreas ocas,
pirâmides, sarcófagos,

naves e outras coisas.

Existe algo de diferente nos
esqueletos, talvez o tamanho deles?

As armaduras e os vasos cheios
de ouro que encontramos

são os mesmos que eram usados
na era dos Templários.

Sério?

Temos um pressentimento

de que a Arca da
Aliança, o Santo Graal

e as 1700 tábuas de pedra
estão escondidos lá.

Você acha possível
que os Templários

soubessem disso por meio
de sabe-se lá o quê…?

Textos antigos ou extraterrestres
sobreviventes com quem tinham contato?

Eu sei como eles sabiam disso.

Como eles sabiam?

Existe um pequeno grupo de humanos

que conseguem enxergar um
espectro especial de luz azul.

Por algum motivo,
esse ouro emana

através da terra e da folhagem,
e eles conseguem ver esse tom.

Eles têm essa habilidade especial.
Nunca li nada disso na Internet.

Essa informação vem dos militares.

Pessoas que têm essa capacidade são usadas
para encontrar grandes reservas de ouro

e outras coisas ao redor do mundo,

para ajudar a proteger os EUA.

Por meio de satélites,
eles detectaram um sinal

nessa área específica
da América do Norte.

Antigamente, os índios
e as pessoas que…

Mesmo da Europa, dava para ver esse
tom específico de azul no horizonte.

Então, eles velejavam até esse
lugar, encontravam o ouro

e pegavam o ouro com sucesso.

Continuaram fazendo isso até
que chegaram a Corpus Christi…

Um dos navios dos Templários.

Achamos que eles
foram até essa parte

da América do Norte,
que não posso revelar,

e enterraram-no nessa
área, onde ficava

a maior reserva
de ouro da Terra,

pois acharam que
seria mais seguro.

Muito interessante.

Porque eles achavam
que, durante a guerra…

Eles acharam melhor mover… A família
Sinclair pegou todo o dinheiro

e ajudou a pagar pelos navios, e os
Templários ajudaram essa família.

E os Templários ficaram para
proteger o ouro até a morte.

Outra coisa que ouvi e que
acho importante discutir agora

é que vários informantes já me
contaram sobre o Deserto do Saara,

o terço superior da África.

É um grande deserto agora,
mas eles disseram que,

se você descer entre 12
e 120 metros na areia,

é incrível.

Existem várias ruínas
enormes de uma civilização.

Já ouviu falar disso?

Já ouvi falar.

O que você sabe sobre isso?

Só sei que eles fizeram
análises por satélite

com um radar que penetra o solo.

Foi muito fácil, pois
não é muito profundo.

Essas áreas menos profundas são
fáceis de ver até certo ponto,

principalmente areia, mas
é mais difícil em rochas.

Existem algumas anomalias lá que
contêm exatamente isso que você disse.

Também ouvi que…

Não são informações
de segunda mão.

Eu ouvi por acaso durante uma reunião que
tinha a ver com essa parte do mundo.

Quão prevalentes você acha
que essas salas cúbicas são?

Você só as viu em um lugar.

Você acha que veremos coisas do tipo na
maioria dos lugares que explorarmos?

Acho que é uma área significativa.

A propósito, nós analisamos

centenas de quilômetros quadrados.

Não foi só uma área,

mas foi uma parte muito
pequena do planeta, isso sim.

E temos dados suficientes para
provar que havia uma civilização lá

que tinha ligações com outras
civilizações e outros túneis.

E os principais aquíferos
subterrâneos são todos interligados,

o que é muito assustador,
pois não sabíamos disso.

Então, se a água
for contaminada,

como, por exemplo, em Wisconsin, em
Dakota do Norte ou em Dakota do Sul,

no fim das contas,
depois de muitos anos,

pode ser que tudo
fique contaminado.

Também existe um sistema
subaquático de transporte

que liga todas essas áreas.

Alguns informantes já revelaram

que existe um canal subaquático
que pode ser atravessado

e que vai do litoral
ocidental dos Estados Unidos

até o Nebraska, onde há
uma grande base militar

que também pode ser acessada
pelas passagens subaquáticas.

Sim, é verdade.

Faz muito tempo

que os militares vão de leste
a oeste usando os aquíferos.

-Sério?
-Sim.

Eu gosto da base naval que
fica no meio de Nevada.

Como ela se chama?

Fica no caminho de Las Vegas.

John Lear disse que era
uma base submarina.

Sim.

Eu conheço a família Lear.

É verdade.

É uma estação intermediária.

E ela vai até o litoral.

Não tenho um mapa de lá,

mas tenho certeza de
que vai até o litoral

porque fizeram um estudo secreto
usando tintas especiais.

Um grupo entrou lá, uma
organização privada,

e tingiu a água de
lá e de San Diego

com moléculas especiais, um
material orgânico inofensivo.

Algumas semanas depois, encontraram
essas moléculas no Oceano Atlântico.

Então, com certeza,

existe algum tipo de passagem
que liga as duas áreas.

Você acha que até
pessoas que servem

em submarinos nucleares usam
essas passagem com frequência?

Sim, acho que sim.

E várias dessas coisas
clandestinas usam essas passagens.

Também existem outras bases
subterrâneas no caminho.

Eu gostaria de
discutir isto também,

pois você tem coisas muito
interessantes a dizer

sobre como essa tecnologia estranha
começou a ser desenvolvida.

A tecnologia que discutimos antes, o raio
de baixa frequência que penetra o solo,

também pode ser usada…

Aliás, ela pode ser
instalada em um iPhone.

Você pode colocar isso
na mão ou no peito,

e ela mostra a sua mão.
Você pode ampliar a imagem

até o nível das células e dizer:
“Tenho três células aqui nesta região.

Esta aqui é metastática.

Digo, é uma célula cancerígena.

Esta é uma célula de tecido.”
Então, você a destrói.

Assim, você acabou de
se curar de um câncer.

A resolução desse
dispositivo é incrível.

Você pode colocá-lo na mão,

ampliar e mover a
imagem até a célula.

-Isso é ótimo.
-É lindo.

É a tecnologia mais linda de todas.

E ela existe.

Está só esperando.

Espero que esta entrevista
inspire o inventor

e o presidente dos EUA a
fazerem algo a respeito.

Além de ser um grande recurso
de segurança para o mundo,

também faz bem para a saúde.

É algo lindo e incrível
que pode ajudar…

Você pode se curar.

Imagino que a energia
que o aparelho utiliza

não é radioativa nem prejudicial.

Não, não é.

Sim.

Acho que falamos ao
telefone com o inventor,

em algum momento, e
ele me deixou louco

ao explicar como essa tecnologia
começou a ser desenvolvida,

a essência dos metais ou
materiais da tabela periódica,

e a visão que ele tem disso.

Você se lembra do que ele disse?

Não consigo me lembrar…

Foi uma conversa muito técnica.

Sim. Que eu saiba, só existem umas
duas ou três pessoas, inclusive eu,

que sabem como o sistema é
operado e como funciona.

Não posso discutir isso em
público por vários motivos,

e pela segurança de todos.

Se isso cair nas mãos erradas,
é necessário ter cuidado.

É como outros aparelhos
de energia incríveis,

portais, antigravidade
e coisas do tipo.

Tudo isso envolve riscos, e
esse inventor entende isso.

Ele foi resgatado de outro país

e virou cidadão dos EUA.

Ele quer ajudar a
proteger os EUA primeiro,

proteger a si mesmo e sua família.

Ele já passou por coisas
horríveis, coitado.

Porém, como eu já disse, a
única coisa que posso revelar

é que ele usa uma
frequência muito baixa…

Uma onda de difusão retrógrada
que chamamos de padrão.

E ele retorna algoritmos.

Só ele tem o programa.

E só mais duas
pessoas, que eu saiba…

Lembro-me que você me disse
algo engraçado sobre…

O governo teve que ir até ele,
pois só ele tinha o aparelho.

Você poderia falar um
pouco sobre como…?

Como é a relação do inventor
dessa tecnologia com o governo?

Eles estão com muita
raiva porque não…

Ele não quer vender a invenção.

Ele está esperando a
Cabala ser destruída

antes de dá-la ao
presidente dos EUA

ou colocá-la nas mãos certas.

Ele acha que ainda não
estamos estáveis.

Ele sabe muito bem que
ainda somos crianças

e não seríamos capazes
de lidar com isso.

Porém, ele usou o aparelho
nos túneis do México

e em outros projetos
clandestinos incríveis

para proteger os EUA.

Há várias coisas acontecendo sem
que as pessoas estejam cientes…

Informações dos bastidores, como
bombas nucleares em mochilas

passando pelo México
e coisas do tipo.

Esse produto poderia detectar
essas coisas imediatamente

a centenas de quilômetros
de distância.

Assim, poderíamos tomar
medidas de precaução

para que essas armas nucleares
não cruzem as nossas fronteiras.

É isso que a equipe, os militares e
o presidente dos EUA estão fazendo.

Eles não podem falar sobre isso

porque não querem assustar
a população dos EUA.

Por que ele está construindo um
muro, ou quem está fazendo…?

O que os militares estão
fazendo nessa região?

É difícil explicar isso
às pessoas porque,

se o inimigo souber o
que você está fazendo,

eles vão tentar inverter as coisas.

Agora, trata-se de quem você conhece
e como o dispositivo será usado.

Como você sabe, esse cientista
não está interessado

em bilhões de dólares.

Ele está mais preocupado com a
segurança dos cidadãos dos EUA.

E ele quer se certificar de que,
quando entregar o aparelho…

Ele quer estar presente
em toda operação.

Quando analisarmos a área,

isso tem que ser feito
por ele, é claro.

Muito bem.

Temos muitas outras perguntas, mas
vamos deixá-las para a próxima.

Obrigado, Emery.

E obrigado por assistirem.
Sou David Wilcock.

Este é o ”Revelação Cósmica”
com o convidado especial, Emery Smith.

REVELAÇÃO CÓSMICA – POR DENTRO DO PROGRAMA ESPACIAL SECRETO COM DAVID WILCOCK

Corey Goode temporada 10 episódio 8

 

 

Disclaimer:
1. Os artigos são escritos em português do (Brasil ou de Portugal) ou numa mistura de ambos.
2. Os autores não usam facebook, portanto se tiver alguma pergunta, coloque aqui no site, na secção dos comentários (não do facebook)
3. Os artigos colocados neste site, são diferentes dos colocados nos meios de comunicação de massas. Não significa que os autores concordam ou discordam com os mesmos. Você deve usar a sua intuição com aquilo que ressoa ou não consigo. Ninguém é dono da verdade absoluta e este site não foge à regra.

Partilhar no Facebook

4 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.