revelação cósmica temporada 05

S05E04 Relações Simbióticas da Ascensão

Partilhar:

S05E04 Relações Simbióticas da Ascensão (Revelação Cósmica ~ Corey Goode ~ William Henry)

Assista ao episódio clicando no link abaixo, usando o browser chrome:
https://drive.google.com/file/d/1A_lNIBbKs-y0PSqB0FgDwcsPmhZ-2J4b/view?usp=sharing

Se der erro, use o browser chrome em modo anónimo (teclando Ctrl + Shift + n) no PC e se necessário, antes tem de fazer logout do seu gmail. Se ainda não conseguir, aceda a partir de outro PC. Alerta-se que os episódios têm sido retirados da internet, portanto se detetar que o episódio foi denunciado, faça um comentário (não no facebook), para indicarmos outro link.

Episódio com legendas em português do Brasil (para quem não deseja assistir ao vídeo):

revelação cósmica temporada 5 episódio 4

REVELAÇÃO CÓSMICA – POR DENTRO DO PROGRAMA ESPACIAL SECRETO COM COREY GOODE E DAVID WILCOCK

Relações Simbióticas da Ascensão

Bem-vindos ao ”Revelação Cósmica”.
Sou David Wilcock.

Estamos aqui com Corey Goode,
o maior dos informantes.

E temos como convidado especial,
o historiador e mitólogo, William Henry

E o motivo pelo qual gosto muito
do que Henry fez…

é, primeiro, ele está envolvido nisso
pelo mesmo tempo que eu.

Ele é um verdadeiro veterano
nesse campo.

Mas, mais importante…

ele está falando sobre ascensão
trazendo informações práticas.

Há muitas pessoas que estão envolvidas
nisso há muito tempo.

Elas falam sobre isso, mas dizendo:
“Estou pressentindo isso e aquilo.”

Não há um ponto de referência,
não há como provar o que estão dizendo.

Mas, William, você está trazendo
dados concretos.

Você tem coisas para as quais
podemos olhar…

coisas que claramente têm uma história
por trás.

E você estava nos falando
sobre essa pintura de Jesus aqui.

Vamos voltar a falar disso.
Estas estrelas que estamos vendo.

O que elas representam?

Bem, elas representam o cosmos.

Quando estamos olhando para Jesus
em uma esfera azul…

que onde ele está dentro,
cheia de estrelas…

leio aquilo como portal estelar
da nossa perspectiva contemporânea.

E quando você pesquisa
os Manuscritos do Mar Morto…

que eram os livros dos Essênios,
é impressionante.

E mesmo na Bíblia também.

É impressionante o número de vezes
que eles fazem referências a portais.

E escadas para o céu.

Então isso não é uma ideia maluca.

Está, na verdade, nesses textos
onde eles estão descrevendo seres…

indo e voltando dos reinos celestiais
via portais estrelares.

Com os termos que eles tinham…

Com os termos daquela época.
Hoje podemos dizer buracos de minhoca.

Podemos falar sobre esferas Calabi.

Podemos usar termos científicos
se quisermos. Mas vamos simplificar.

Porque as pessoas hoje, graças a filmes
como Stargate, Contato, Interestelar…

temos a física por trás disso.

Agora temos o lado visual.
Temos uma consciência que diz…

certo, alcançamos esses seres
super avançados…

que viajam o cosmos em portais,
buracos de minhocas ou esferas azuis.

Este é um jeito de fazer isso.

Corey, você disse que acha
que o portal em si…

a esfera azul está viva.

Sim. Bem, a esfera azul
é um dos cinco seres…

-na Aliança dos Seres Esféricos.
-Certo.

Então ela é um ser de alta densidade.

É um ser de fato.

Sim. Certo. Eu concordaria com isso.

Então isso é como uma simbiose
entre e pessoa dentro do ser…

e o próprio ser, a esfera.

E tanto o povo do Interior da Terra
quanto os Aviários Azuis…

explicaram que eles estão
em uma relação simbiótica…

com a humanidade e nossa
co-criativa…

Nossa consciência co-criativa
e nossa consciência em massa.

O que é mais bizarro sobre isso…

é que qualquer um que assista
Wisdom Teachings…

sabe que eu fiz uma longa sequência
sobre Wilhelm Reich…

e a ideia dela de que o precursor
da vida biológica…

Sempre falo sobre a vida ser
um efeito de campo quântico.

A vida é precipitada do vácuo quântico.

Reich olhou para a vida
que foi formada…

que se transformou em células
onde elas não haviam existido.

E na sua forma primordial,
ela aparece como uma esfera azul…

nesse caso, em um nível microscópico.

Mas ela se manifesta.

E depois a esfera azul…

une a água ou o material em volta dela…

e forma vida onde não havia nada.

-Incrível.
-Não havia ouvido falar disso.

Então isso é como traçar uma linha
entre “macro” macro.

Porque qual é o tamanho da maior
dessas esferas no sistema solar?

A maior dela contém…

Nosso sistema solar está contido
em uma delas.

-A barreira externa é uma esfera.
-Sim.

-Nossa!
-Pense nos poderes siddhi.

Os poderes espirituais hindus,
que são os oito grandes poderes.

Materialização instantânea de desejos…

invisibilidade, levitação e a capacidade
de fazer você mesmo ficar…

o maior que quiser
ou o menor que quiser.

Quer dizer, esses seriam parte
dos poderes conscientes desses seres.

-Manifestação co-criativa.
-Sim.

O ponto também, em termos de escala…

quando estávamos lidando
com um universo holográfico…

no holograma, em fractais,
independente do zoom que você dá…

no fractal, você vê o mesmo padrão.

E eu adoro essa palavra, escala,
nesse contexto.

Jacob escalou a escada para o céu.
Então ele ascendeu, certo?

Mas escala é um termo musical.
Então ele elevou sua vibração.

-Sim. Eu ia falar disso.
-Certo?

Sobre para os reinos celestes
depois escala de volta para baixo.

-Sobe para as oitavas e desce.
-Isso.

William, qual é o ensinamento?

Porque você obviamente
é maior conhecedor da Bíblia do que eu…

e de textos religiosos em geral.

Estamos olhando para um…

Foi a partir da descida original que vida
foi criada fora dessa perfeição divina?

E temos que ressuscitar dessa descida?

Sim. Essa é a visão exotérica disso,
a visão mística judaica…

era que Adão e Eva eram originalmente
seres de luz.

E então quando fomos expulsos
do Paraíso…

Lembre-se da história bíblica,
o Livro do Gênesis.

Eva come a maçã da sabedoria
e somos expulsos do Paraíso.

Jeová , o Deus do Antigo Testamento,
faz duas coisas.

Ele cria um portal no leste do Éden…

por onde saímos, coloca um querubim
de cada lado do portal.

As pessoas esquecem que ele fez
uma cobertura de pele para humanidade.

A visão tradicional é que são peles
de animais…

-que estão cobrindo o corpo.
-Certo.

-A visão exotérica…
-Porque eles estavam nus.

Isso. Mas a visão exotérica é que
a cobertura de pele é a pele…

nossa pele humana, porque
originalmente, nós éramos seres de luz.

-Luminosos.
-Luminosos, radiantes, seres perfeitos.

Esse é o termo que eles usaram.
Eles eram perfeitos.

Isso aparece no filme Noé,
com o Russel Crowe.

Sim. Eles abordam isso.

-As pessoas no Éden são seres de luz.
-Exatamente.

Essa também é uma parte chave
disso, porque…

Jesus é o segundo Adão
que parte da sua missão é nos mostrar…

como recuperar a nossa forma
original de corpo de luz…

e ascender, certo?

-Ele vai nos mostrar o jeito de fazer isso.
-Para sair daqui.

Para sair daqui. E tenho uma imagem
para você, Corey. Veja.

Pense sobre essa.

Isso é Ravenna, Itália, século V.

-Certo?
-E ele não está em uma piscininha.

Certo.

Quer dizer, eles dizem
que isso é uma nuvem.

Mas quem já viu uma nuvem
que parece uma esfera azul, certo?

Para o que estamos olhando aqui?

A Terra? Pode-se argumentar
que ele está na Terra.

Mas, não. Voltando
às imagens egípcias…

que vimos no último episódio…

eles estão indicando que isso é,
no mínimo, uma esfera de consciência.

Também é um veículo de transporte.

Uma esfera de consciência
é um modo interessante de colocar.

Corey, esses seres falaram
que só estão fazendo isso para nós aqui…

os Seres Esféricos, ou eles são
galácticos ou mesmo intergalácticos…

Isso está acontecendo nesse
aglomerado estelar local de 50 estrelas…

Certo.

…que eles estão, de alguma forma,
amarrados pelo carma…

ou que há algum tipo de não apenas
relação simbiótica…

mas há um tipo de ligação…

que nós precisamos ascender…

para eles poderem ascender
e retornar para fonte.

Também vi isso no meu trabalho, com
a tradição tibetana do Corpo Arco-Íris…

porque os tibetanos ensinam que
essa ressurreição ou ascensão…

o Corpo Arco-Íris é ensinado em 13
sistemas estelares, incluindo o nosso.

E você tem seres indo e voltando
desses diversos sistemas estelares…

provavelmente através de um sistema
de buracos de minhoca.

Se pensar nisso, a Terra, talvez sejamos
uma colônia em uma federação…

Odeio usar o termo Jornada nas Estrelas,
mas federação de sistemas estelares…

onde esse ensinamento é passado.

Então a pergunta é… Talvez você possa
responder isso, Corey.

…somos os elos mais fortes dessa cadeia
ou talvez os mais fracos?

-Aparentemente…
-E se tivermos que mostrar o caminho?

Bem, nós temos que mostrar o caminho.
Nós somos…

A mensagem é que eles não estão aqui
para nos salvar.

Eles não são seres salvadores. Estão
aqui para transmitir uma mensagem.

E nós temos que receber, fazer
as mudanças e salvar a nós mesmos.

Sim. É incrível.

Pensar que estamos ligados a 13
sistemas estelares, que vão…

E está dizendo que são 50.
Mais de 50?

Certo. O aglomerado estelar local
tem por volta de 50 ou mais.

William, estou curioso sobre onde estão
as referências desses sistemas estelares.

-Onde viu isso?
-Isso é interessante.

Participei de uma conferência
na Califórnia, e um casal me abordou.

E eles me disseram que ambos eram
PhD da Harvard Divinity School.

São especializados
no ensino do Corpo Arco-Íris…

e me disseram que isso significa
que acreditam que o corpo…

o corpo humano é desenhado
para girar em um vórtice de energia…

que se dissolve em uma luz arco-íris
de cinco cores…

deixando cabelo, dedo do pé e unhas, que
não têm nervos para ser transmutados.

E o que eles me disseram foi que
eles trabalharam com o Dalai Lama.

Eles traduziram textos tibetanos.
Essa é a especialidade deles.

E eles sempre quiseram saber…

os próprios tibetanos, isso faz parte
dos seus ensinamentos secretos…

disseram que uma vez que você atinge
o Corpo Arco-Íris…

você consegue viajar através
desses outros 13 sistemas estelares.

Eles sempre quiseram saber
como chegar lá.

Eles disseram que estavam assistindo
uma das minhas palestras…

sobre os arcos antigos de milhões
de anos como os que vimos…

onde eu os identifiquei
como buracos de minhocas.

Eles disseram que tiveram sua resposta,
que depois que atinge o Corpo Arco-Íris…

o próprio corpo se transforma no portal.

Ele vira um buraco de minhoca, e você
pode viajar para esses outros sistemas.

Vamos pensar sobre isso
por um momento.

Se você pesquisar mitos
e tradições sagradas pelo mundo…

você pode desenvolver uma lista pronta.

Estamos falando de Órion, Sirius,
Plêiades, Ursa Maior.

Só citei cinco.

Mas os tibetanos dizem
que há mais oito.

E tenho certeza que existem
mais de 13.

-Deve haver mais…
-E alguns deles são sistemas estelares…

com muitas estrelas, como o Plêiades.

Certo. Então todos esses
são sistemas estelares familiares…

que podemos olhar para o céu
à noite…

e apontar Sirius ou a Ursa Maior…

-Alpha Centauri.
-Exatamente.

Mas, agora, a mensagem verdadeira
é que estamos conectados…

a esses sistemas estelares,
mesmo estando na nossa forma terrena.

E podemos levantar dúvidas
sobre eles.

Mas adoro sua mensagem,
e concordo com ela.

-Eles precisam de nós como nós deles.
-Sim.

Então, William, onde é isso?

-Está dentro de um templo?
-Sim, na verdade, é em Ravenna, Itália.

-Certo.
-Em uma igreja em Ravenna.

Basílica de São Vital.

E estamos vendo Jesus novamente
na esfera azul.

-Aquilo é folha de ouro?
-Sim.

-Nossa.
-Sim, mosaicos.

E você tem os anjos de cada lado
indicando…

certo, estamos lidando
com são seres celestiais.

E eles escoltando ele
ou dando uma fonte de poder para ele.

E também gosto muito de usar
a palavra evolução…

porque no meu programa aqui no Gaia,
The Awakened Soul…

fiz um episódio sobre a Jornada
do Herói…

mas da perspectiva da alma…

que o objetivo da nossa encarnação
aqui na Terra é evoluir.

Você acha que Jesus está segurando
sua coroa de espinhos ali?

-O que exatamente ele tem nas mãos?
-Aquilo é uma coroa.

-Mas também é um aro, e…
-Certo.

E quando você rastreia aquele símbolo
do aro cósmico…

você também vai ver aquilo
no zoroastrismo.

Você verá em imagens sumérias
onde o deus está segurando um aro.

Eles chamam aquilo, o título disso,
veja só, é o aro da soberania cósmica.

Eu quero um.

Não está a venda nas lojas agora,
mas talvez em breve.

O aro da soberania cósmica.

Isso significa que ele pode ir, ser,
ver, fazer tudo o que quiser.

Ele tem a vibração do aro, que ele é
um ser completamente soberano…

e ele é um ser cósmico.

-É quase um selo…
-Exatamente.

-…de realeza.
-Certo.

-Ou algum tipo de título.
-Exatamente.

Mas aqui está a chave para essa arte.

O que eles queriam que você visse
quando olha para uma imagem destas…

novamente, não uma obra de arte
estática, mas um convite.

Eles acreditam que a vibração
de esfera azul…

e o aro da soberania cósmica…

é transmissível através da arte.

Como pode? Bem, você está lidando
com gurus.

Está lidando com avatares
super avançados…

que conseguem se manifestar
até através de uma obra de arte…

e transmitir aquela vibração
para você.

É por isso que a Igreja diz:
“Certo.

Se as pessoas precisam
de uma obra de arte para chegar lá…

para que precisam de mim?”

Não precisamos da Igreja.
Não precisamos de livros.

Não precisamos da hierarquia
dos sacerdotes.

Tudo o que a pessoa precisa fazer
é abrir seu coração…

conectar com essa mentalidade,
física, espiritual e emocionalmente…

e ela pode começar a elevar
sua própria vibração.

-O que mais temos aqui?
-Vejamos.

Aqui está um anjo e uma esfera azul.

-Um ser celestial no cosmo.
-Parece que está rodeado por eles.

-Exatamente.
-E naquela época…

eles não acreditavam que a Terra
era um globo.

-Não. Exatamente.
-Certo.

Então isso é tipo uma matriz
de esferas chegando.

Sim. Você pode ler isso
quase como uma interligação…

ou um elo, talvez de sistemas estelares.

-Poderiam ser espirais…
-Sim.

-Com certeza.
-Dentro das esferas.

Corey, você também disse que um monte
dessas esferas vieram…

-para nosso sistema solar recentemente.
-Sim. Milhares.

-Agora estamos…
-Aí está.

Está bem aí.

Sim, então esta é uma obra de arte.

Este é um ícone de transfiguração.

Este é um evento na Bíblia.

Logo depois que Jesus é batizado,
ele ganha esses novos poderes.

A primeira coisa que ele vai fazer
é ir demonstrar…

para alguns discípulos
suas capacidades.

Ele os leva para o topo de uma montanha
e se revela como um ser de luz.

Ele se transfigura, o que significa
que ele muda sua forma…

de carne, osso e sangue
para um corpo de luz.

-E a Bíblia…
-Mas ele sai da tumba…

-Isso acontece antes daquilo.
-…e as pessoas não o reconhecem.

Isso é antes da crucificação
e ressurreição.

É bem no começo.

Então ele demonstra:
“Pessoal,

aqui está uma prévia
do que virá depois.

Vou mudar minha forma para mostrar
que todos vocês têm essa capacidade.”

E nas descrições, os discípulos dizem…

certo, uma nuvem se abriu
por trás dele.

E aquilo é o que é sua visão tradicional,
esta esfera azul por trás dele…

cheia de luz radiante e a luz saindo
do seu corpo é, na verdade, uma nuvem.

As pessoas com quem voei
pelo Triângulo das Bermudas…

elas reportaram ter visto uma névoa azul.

Sim. É uma imagem muito importante…

porque acho que quando o portal de abre,
um tipo de névoa emerge dele.

Por isso que pensam que é uma nuvem…

porque eles não têm a concepção
de um portal ou buraco de minhoca.

-Claro.
-Certo?

O que também acontece aqui,
estão vendo as duas figuras de cada lado.

São Moisés e Elias, que repentinamente
se manifestam do nada.

Eles também devem ser
seres ascendidos…

que têm a capacidade de se transformar
caso queiram.

Eles provavelmente estão
em esferas azuis.

Então é uma imagem muito importante…

e, mais uma vez, o ensinamento
que vai com isso…

é que isso é como eles transmitiam
a vibração da transfiguração…

é através desta arte, destes ícones.

Eles chamam de portais sagrados
ou espelhos sagrados.

Este é o termo deles para cones
como este.

Para mim é impressionante que você
esteja vendo isso desde 2002.

Sim.

Também estou pensando na física disso.

O Dr. John Searl desenvolveu
o disco levitacional Searl…

onde há aros rodando
que criam antigravidade.

E aquilo depois foi replicado
por dois cientistas russos…

Roschin e Godin.

Eles conseguiram criar levitação.

E o que eles notaram foi que uma vez
que você cria o campo antigravitacional…

que havia essa reação física,
essas bolhas.

E você podia pegar um termostato…

um termômetro e medir alterações
muito distintas na temperatura.

Ficava mais frio…

ao ir em direção ao centro
em paredes muito discretas…

assim como você vê aqui.

São esferas dentro de esferas
igualmente separadas umas das outras.

Então isso na verdade é física.

-Sim, sem dúvida.
-Isso é como…

Esses campos de energia, há precedente
científico para se manifestarem assim.

Acho que existe uma energia física
que acompanha imagens como essa.

Você acertou.

Ela leva você até as esferas azuis…

como um modo de ser transportado
através do cosmos.

Porque, novamente, isso é um convite
para se juntar a eles…

para elevar sua vibração,
mudar sua forma…

porque como diz a Bíblia, carne e sangue
não podem herdar o reino dos céus.

Então está dizendo
que vamos em uma forma diferente.

E a esfera azul é o método
que você vai.

E isso assusta algumas pessoas. Elas
acham que você perde sua pele e morre.

-Certo.
-Você tem que passar…

-por um processo de morte doloroso.
-Certo.

Certo.

-Aquela parte assusta as pessoas.
-Sim.

É por isso que a mensagem de servir,
o amor e o perdão são importantes.

É assim que elevamos nossa vibração
e começamos a perceber:

“Posso deixar essa forma para trás
e entrar no próximo nível de evolução.”

Vamos ver outra imagem.
Vamos ver o que temos.

-Outra transfiguração.
-É a mesma coisa.

Sim, mas veja o que ele tem
nas mãos.

-Artista diferente, mesma época?
-Mesma época, artista diferente.

Mas ele tem aquele bastão na mão,
exatamente como vimos…

na imagem do Egito antigo
no episódio anterior.

Chamo isso de Bastão da Ressurreição.

É o bastão que abre os portões
do paraíso ou do inferno.

Estamos falando de um objeto
ou tecnologia…

ou um símbolo para um nível de
consciência que esses seres possuem.

Eles vão e voltam, se transformam.

Parece uma antena…

uma coisa que enviaria
ou receberia vibração.

Isso. Exatamente.

Então estamos falando mais uma vez
de elevar nossa vibração.

E ele está dizendo, tudo bem,
aqui está a ferramenta que você precisa.

O Corey pode me ajudar com isso.

Um dos meus informantes é um cara
que trabalhou com extraterrestres…

e engenharia reversa
de 13 OVNIs diferentes…

e criou oito métodos diferentes
de antigravidade.

Uma das coisas que ele fica repetindo
para mim.

Ele disse: “David,
você tem que se lembrar disso.

Quanto mais tecnologia você tem,
menos tecnologia você precisa.”

-Adorei.
-“Você tem um dispositivo multifuncional.”

E acho que o equivalente para você…

seriam os tablets de vidro.

Seriam mais os tablets de pedra…

que encontrávamos
que não sabíamos o que eram…

-que acabaram sendo…
-No interior da Terra.

Isso. Que acabaram sendo tecnologia.

E extraterrestres queriam
que a gente trocasse por bugigangas.

Paramos de trocar depois
que descobrimos que era uma tecnologia.

Interessante.

Isso lembra os Me tablets
das histórias antigas sumérias.

Os Anunnaki estão trocando esses
Me tablets…

os tablets do destino.

Eles são pedras.
São descritos como pedras.

Alguns contêm os segredos
da ascensão, segredos para a civilização.

-Também podiam ser tecnologia.
-Provavelmente a mesma coisa.

Porque você disse que esses tablets,
a grande jogada é paralização.

Não exatamente os tablets,
mas a paralização…

é essa tecnologia similar.

Eles conseguem alterar o fluxo do tempo.
Criar uma bolha de tempo.

-Certo.
-Certo.

E um adendo a isso é que Moisés
tinha aquelas…

Originalmente tinha as safiras azuis.

Ele fez duas viagens ao Monte Sinai,
lembram?

Na primeira ele sobe
e recebe todos os ensinamentos…

em pedras azul safira.

Ele desce do Monte Sinai, vê os israelitas
adorando o Bezerro de Ouro…

e ele parte as pedras azul safira.

E todos os iniciados estão falando:
“Lá se vão elas”.

Depois ele sobe o Sinai novamente
e desce de volta…

com os Dez Mandamentos,
o código penal.

Então aquelas pedras azul safira
são muito importantes.

Uma das lendas é que o cajado que
Moisés usa para abrir o Mar Vermelho…

também era feito de safira azul.

E era tão pesado que precisou de muitas
pessoas para levantar essa coisa.

Pode não ser pesado fisicamente,
mas isso está indicando…

certo, isso é tecnologia avançada
de consciência.

Humanos não conseguem levantar
essa pedra.

-Não conseguimos lidar com isso.
-Exatamente.

Não conseguimos lidar com esse poder.
E levaram embora aquelas pedras azuis.

E me pergunto se é isso
que você está descrevendo.

Porque aquela descrição da safira azul,
porque elas são safiras azuis…

a menos que estejam ligadas
às esferas azuis?

Bem, em um nível exotérico…

é muito bizarro que você tenha
essas pinturas egípcias…

onde você tem Hórus ou Osíris
com esse cajado…

e depois o mesmo tipo de coisa
em volta dele.

Agora você está vendo Jesus
retratado com isso.

-Exatamente. Não é…
-Mesma escola secreta, pessoal.

As pessoas iriam olhar para aquilo
e argumentar que é a cruz.

Mas não é a cruz porque a cruz
onde ele é crucificado…

seria muito maior.

-Certo.
-Então isso é outra coisa.

-E ela tem o “T” na base-
-Sim.

Então ele está carregando outra coisa,
um símbolo para uma capacidade…

ou um nível de consciência
ou algo nessa linha.

E é idêntico ao que vimos no Egito.

-Vamos ver mais uma.
-Vamos ver o que temos aqui.

Certo, esta é outra imagem
de ascensão…

um detalhe dela, onde ele está vestindo
esse traje branco brilhante…

indicando que ele é um ser de luz.

Ele também tem a auréola iluminada
em volta da sua cabeça.

E ele está novamente na esfera azul,
ascendendo através desta esfera.

-Que época é essa?
-Isso é o século VI D.C.

-Século VI.
-Sim. Século VI ou VII D.C.

Então nesse ponto, no século VI…

só estamos lidando com um número
pequeno de gerações…

-desde que estes eventos aconteceram.
-Certo.

Então podem ser tradições orais,
documentos escondidos…

que poderiam ter estado disponíveis
naquela época.

E também deve ter havido mais imagens.

Depois entramos nesta era,
que eles chamam de Iconoclastia…

aonde o Islamismo também chega
no século VI…

e eles declaram que estas imagens são…

-Isto é adoração de ídolos.
-Heresia.

Então eles destroem muita coisa.

E não há como saber
o que perdemos em termos de imagens…

e outras coisas que nos dariam
mais pistas sobre essa tecnologia.

A mesma coisa que os espanhóis fizeram
quando vieram para a América do Sul.

Exatamente. Que perda.

Uma grande perda para nós. Mas acho
que estamos resgatando isso hoje.

Temos exemplos suficientes
para podermos começar a montar tudo.

Não pude deixar de notar que há
imagens em forma de aro em vermelho.

Isto é parte do que do que você
queria que a gente visse?

Sim, exatamente. Aqueles vão ser
os seres angelicais…

que são simbólicos do poder celestial
e poder de luz.

-Como o serafim e querubim.
-Exatamente. Sim.

Muito legal.

Essa é muito provocativa.

Essa é Man in Sapphire Blue,
de Hildegarda de Bingen.

E ela descreve uma experiência
onde esse homem na safira azul…

manifesta-se por um flash azul,
como estávamos falando antes.

E ela o vê.

E agora ele está aqui
emanando essa energia para ela.

Toda vez que você vir na arte uma pessoa
com suas mãos assim…

ela está emanando energia para você.

Chame de Reiki, Espírito Santo,
o termo que quiser.

Somos um espelho dessa imagem
na arte sagrada.

-Temos que erguer as mãos e conectar.
-E receber.

E receber. Exatamente.

E estabelecer uma ligação,
uma ligação energética…

porque a ideia é todos nós queremos
elevar nossa consciência…

para termos essa experiência
que você teve, certo?

Corey, é possível que os Aviários Azuis…

podiam mudar sua aparência para ficar
mais parecidos com um humano…

se quisessem se retratar desse jeito?

Com certeza. Nunca vi um exemplo disso,
mas sim, com certeza.

Quer dizer, eles são um ser
de alta densidade…

que estão se manifestando no vazio…

na minha frente como Aviários Azuis.

Eles provavelmente poderiam aparecer
como humanos se quisessem.

Mas não vi nenhum exemplo disso.

E eles pediram para você ler
a Lei do Uno.

E se eles são da sexta densidade…

e na Lei do Uno diz que
seres da sexta densidade…

são, na verdade, apenas esferas azuis.

Eles não têm nenhuma forma a menos
que queriam que você veja uma forma.

Isso está escrito lá.

-Então aqui está…
-Esferas azuis?

Sim. Então isso pode ser
um dos mesmos Seres Esféricos.

E Hildegarda de Bingen, claro,
é muito importante…

porque das muitas visões proféticas
que ela teve…

que previram a chegada da ascensão…

e as condições que apareceriam
na Terra durante este processo.

Suas profecias batem com Nostradamus,
Edgar Cayce.

-Com certeza.
-Todos aqueles caras.

Sim. Eu nunca…
Quando foi isso?

Misticismo alemão, século XV, XVI.

Sim. Ela teve muitas profecias que já
haviam sido provadas como certas…

visão remota do futuro, ver a civilização
quer iríamos ter…

e prever a ascensão.

Não é interessante? Eu não sabia disto
até você falar disto.

E este cara, ele disse que este cara
a visitou, e esta é a ilustração disto.

Isto é a visualização dela
dessa experiência.

Ele está vindo em uma esfera azul.

Ele está vindo em uma esfera azul
composta de aros concêntricos.

Certo. É a mesma experiência
energética.

E ele está convidando ela: “Junte-se
a mim, venha ter essa experiência.”

Quando comecei a fazer leituras,
e entrei com contato com esses seres…

que eram os Seres Esféricos Azuis,
estávamos ouvindo…

os cantos Gregorianos
de Hildegarda de Bingen o tempo todo.

E quando você toca essa coisa,
a santidade, é como um portal.

-A música é um portal.
-Certo. Ela cria aquele espaço sagrado.

-A música muda sua vibração.
-Totalmente. Sim.

Não fazia ideia de que ela tinha sido
visitada por um ser angelical. É incrível.

The Man in Sapphire Blue.

Ela está enfatizando que ele está
nessa esfera azul…

e que ele é um Ser Esférico Azul.

-E ele tem a pele azul.
-Sim.

Exatamente.

Muito bem. Então, William,
vamos ver mais uma…

porque nosso tempo já vai acabar.

Mas vamos ver mais um slide
e ver o que temos aqui.

Vimos a transfiguração onde Jesus
dá sua demonstração original.

“Aqui está o que todos vocês
serão capazes de fazer.

Abandone sua pele, se torne um ser
de luz e abra esse portal atrás de você.”

Depois, na ascensão, ele de fato
ascende nessa nuvem.

E aquele é o jeito que eles descrevem
na Bíblia, ele subiu nessa nuvem.

E o ponto chave nos Atos dos Apóstolos
é que eles descrevem Jesus indo.

De repente, dois homens vestidos de
branco, que são muito misteriosos…

parece que seres angelicais
ou anjos apareceram e disseram:

“Homem da Galileia, por que
está olhando para o céu?

Enquanto vê Jesus indo…

ele vai retornar exatamente do mesmo
jeito que acabou de partir.”

Então ele está indo e voltando
nessa nuvem de ascensão.

Tenho que falar uma coisa.
Isso é muito bom.

Peter Lemesurier, o cara que escreveu
Great Pyramid Decoded…

tem um capítulo inteiro do livro…

onde ele explica que Galileia
é uma metáfora…

para o nosso mundo logo antes de
ascender ou enquanto está ascendendo.

-Caramba. Isso é incrível.
-Então, homem da Galileia…

-Homem da Galileia…
-Ele vai voltar do jeito que partiu…

-Homem que vai ascender…
-Isso é uma loucura.

E na arte Cristã, eles devem ter pegado
essa ideia do Egito…

que essa nuvem de ascensão
é, na verdade, um portal.

-E é azul.
-Sim.

E aqui está ele no arco de arco-íris…

com um pé no escabelo,
nessa esfera azul.

-Claramente levitando.
-Claramente levitando.

Subindo aos céus nesses
aros concêntricos cheios de luz.

Se isso não for um buraco de minhoca
ou uma esfera azul…

que eles estão indicando aqui,
não sei o que é, certo?

Certo.

Esse é todo o tempo que temos.
Queremos agradecer pela audiência.

Esse é o ”Revelação Cósmica”,
e nos vemos no próximo episódio.

REVELAÇÃO CÓSMICA

POR DENTRO DO PROGRAMA ESPACIAL SECRETO
COM COREY GOODE E DAVID WILCOCK

Disclaimer:
1. Os artigos são escritos em português do (Brasil ou de Portugal) ou numa mistura de ambos.
2. Os artigos colocados neste site, são diferentes dos colocados nos corruptos meios de comunicação de massas. Não significa que os autores concordam ou discordam com os mesmos. Você deve usar a sua intuição com aquilo que ressoa ou não consigo. Ninguém é dono da verdade absoluta e este site não foge à regra.

Partilhar:

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments