COBRA, Entrevistas

COBRA – Entrevista 10.10.2017

Partilhar no Facebook

Cobra – Entrevista 10 de Outubro de 2017

Aaron – Olá Cobra. É Sempre é bom ouvi-lo. Começaremos com a primeira pergunta. Esta é uma questão interessante. Tem muitas notícias. É um dos maiores eventos. É sobre as filmagens de Las Vegas que ocorreram acerca de 10 dias atrás. Começaremos com um ouvinte que tem uma pergunta e depois entraremos em pormenores específicos. Este é um tema complicado. Existe muita informação na internet e no youtube. Eu só quero ouvir os seus comentários sobre isso. A questão começa por: no dia 1 de Outubro, acabamos de experienciar um evento de tiroteio em massa / bandeira falsa em Las Vegas, Nevada. Foi relatado que 58 pessoas morreram. Alguém “maior” está por detrás desse ataque? COBRA – Essencialmente, é apenas um dos muitos ataques que os engenheiros da cabala usaram para criar mais medo e pânico. Este é um dos objetivos e também adicionarei a opinião de Benjamin Fulford: isso foi desenhado para promover mais controlo sobre as pessoas com a desculpa da segurança e as empresas de segurança esperavam ganhar dinheiro com isto. Esta foi a outra questão por detrás do que ocorreu.

Aaron – Então, em referência a Steven Paddock, eles perguntam: foi alegado que ele foi o atirador. Existem várias opiniões se era ele ou não. O ouvinte pergunta: quem o treinou? Essa pode não ser uma questão válida, supondo que ele seja o atirador. COBRA – São simplesmente vários aspetos da cabala que podem simplesmente contratar esse tipo de pessoas e são treinados com bastante antecedência, sendo que por isso é uma pequena operação para o… nada de muito complicado. Aaron – Também foi dito que ele era um negociante de armas. COBRA – Na realidade, existiram muitos atiradores e não apenas um atirador, então temos algumas pessoas envolvidas nessa situação. Aaron – Diria que Steven Paddock é um “bode expiatório” no meio disto tudo? Eles matam sempre o suposto atirador e os meios de comunicação tentam retratá-lo como sendo o único. COBRA – Sim, exatamente. Aaron – E todos agora têm um smartphone e por isso foram feitas muitas gravações. Pode ouvir os disparos de armas automáticas à distância e as pessoas na Baía Mandalay podiam ouvir os mesmos disparos de forma igualmente audível quase ao mesmo tempo e não era eco. Disse que haviam vários atiradores. COBRA – Sim. Aaron – Foi dito que vinham do 34º andar, o piso 12 no 4º andar e também na multidão. As pessoas que fugiam dos atiradores na baía de Mandalay estavam a ser alvejadas pela frente. Bem, isso prova isso também. Diria que também haviam alguns atores de crise lá? COBRA – Que tipo de crise? Aaron – Bem, sabe se as armas, os atiradores e as balas eram reais (Sim, sim sim), pessoas reais obviamente ficaram feridas, mas existiram atores? COBRA – Oh sim, atores, sim, é uma situação mista. Existiram vítimas reais, atiradores reais e sangue verdadeiro mas também atores para aumentar o número de vítimas para empolar o evento para criar mais medo, criar mais pânico, criar… Inicialmente uma das coisas que eles pretendiam era que toda a comunidade alternativa analisasse interminavelmente o que aconteceu, como aconteceu e porque é que aconteceu. É na realidade uma grande distração. É contraproducente gastar muito tempo a analisar isto, porque é apenas um dos muitos ataques que aconteceram e na verdade eu gostaria pôr as coisas em perspetiva: a quimioterapia mata mais pessoas todos os dias em clínicas nos Estados Unidos e em todo o mundo e ninguém parece importar-se.

Aaron – certo. COBRA – E a cabala está a matar pessoas com quimioterapia e outros fármacos diariamente sem que ninguém perceba e isso acontece numa escala muito maior do que o que aconteceu em Las Vegas. Aaron – A quimioterapia tem sido bem tolerada. E está tudo bem porque é uma das terapias aprovadas. COBRA – Sim, mas se quer ver o que está a acontecer o tempo todo, pode colocar as coisas em perspetiva.

Aaron – Então, as 58 pessoas que supostamente morreram, esse número pode ser menor ou as 500 mais vítimas que foram feridas que podem ser muito menos na realidadeCOBRA – De acordo com minhas fontes o número é menor, sim. Aaron – É menor? Está bem. COBRA – Mas também existem outros aspetos da situação. As pessoas foram pisadas por causa do pânico na multidão e isso é algo mais que precisa de ser tido em consideração. Aaron – Eles ficaram feridos, mas não com balas? COBRA – Muitos deles, em particular aqueles que não foram mortalmente feridos, foram pisados pela multidão e, na realidade, um dos aspetos do plano, um dos planos que eles tinham, a cabala, era o de criar pânico na multidão. Aaron – Foi uma espécie de experiência para eles ver como corre? COBRA – Sim. Aaron – Interessante. Sim, poderíamos continuar e continuar a falar disso, mas provavelmente devemos prosseguir para a próxima pergunta, visto ter dito que é uma grande distração.

Lynn – Agora vamos olhar para a Arábia Saudita: as mulheres agora podem conduzir carros no país autoritário e opressivo que é a Arábia Saudita, que pratica à Lei da Sharia. É a primeira vez desde… sempre. A Arábia Saudita é um país onde as mulheres têm que cobrir os seus rostos com lenços negros, e não podem caminhar na mesma calçada que os homens, onde as mulheres adultas são obrigadas a obedecer aos seus guardiões, ao seu marido, ao seu pai, ao seu irmão, onde as mulheres têm de obter permissão para viajarem e obterem uma nota assinada pelo seu marido para qualquer assistência médica, porque a Lei da Arábia Saudita impõe a falta de capacidade das mulheres na tomada de decisões por elas mesmas. Para além disso, a Arábia Saudita é um país onde as mulheres podem ser condenadas à morte por serem violadas, mas sem punição para o violador, e também permitem que um pai mate a sua filha se ela o desonrar. Sim, esta é a Lei da Sharia no seu melhor. Mas Cobra, como é que é possível, que um país com tanta riqueza seja tão atrasado? Parece que eles estão na Idade da Pedra há talvez 50 mil anos atrás!! Pode comentar sobre isto Cobra? COBRA – Na realidade existem muitos países que ainda estão nos tempos medievais se falarmos sobre o desenvolvimento da sociedade e muitos desses países são bastante ricos. Riqueza não significa… não pode ser equiparada ao estado de desenvolvimento da sociedade. Significa simplesmente que, na Arábia Saudita, a cabala dominante é simplesmente mais poderosa e pode reprimir mais. Então, esse é o tipo de sociedade que eles criaram.

Aaron – tem havido muita conversa sobre as moedas mortas que estão a voltar à vida novamente. A história e o senso comum dizem-nos que quando uma moeda é hiperinflacionada até o ponto em que o papel higiénico vale mais, a moeda está praticamente morta. Mas agora a nota Zim [moeda do Zimbabué] de 100 triliões de dólares está à venda no eBay por 1 a 70 dólares, como item de colecionador. E, de momento, o banco central do Zimbabué vai comprar a nota de 100 triliões por 40 centavos de dólar. Compreendendo que aqueles que colectaram muitas dessas moedas hiperinflacionadas estão a vendê-las e a pressionar a ideia de que, magicamente, elas voltarão à vida e todos ficarão ricos. Isso inclui o Dong Vietnamita e o Dinar iraquiano. Poderia comentar sobre isso Cobra? COBRA – Na realidade eu falei sobre isso muitas vezes antes. As pessoas que esperam ficar drasticamente ricas pela negociação dessas moedas estão enganadas. Isso não vai acontecer. É simplesmente quando… na verdade, se tem uma situação de hiperinflação, o que acontece é que o país desvaloriza a moeda, eles podem remover 3, 6 ou 10 zeros. Emitir um novo dólar do Zimbabué, por exemplo, vinculado ao dólar dos EUA faz com que todo esse dinheiro antigo de repente valha menos. Talvez agora valha 40 centavos, então depois talvez valha 20 centavos. Portanto, é muito arriscado trocar moedas que estão em espiral de hiperinflação. Esse tipo de notas de banco são realmente interessantes para os colecionadores mas, para além disso, não vejo nenhum motivo para que alguém colecione grande número desses títulos bancários. Aaron – Então, se um país decidir fazer a sua própria moeda novamente, como eu acho que o Zimbabué está usando o dólar americano para fazer, mas se eles decidirem usar a sua própria moeda, eles imprimiriam uma nota nova. Isso é verdade? COBRA – Essencialmente, o que acontece nesse tipo de situações é que, geralmente, o país emite uma nova nota bancária, cria uma nova imagem para a sua moeda, remove um certo número de zeros e o banco central durante algum tempo troca a moeda antiga, mas a uma taxa muito baixa, (como 40 centavos), pelo que então isso é o que provavelmente acontecerá. Este é um dos cenários possíveis.

Lynn – Foi estabelecido que o custo real da imigração ilegal dos EUA é de 135 biliões de dólares por ano para os cidadãos americanos. E para os “Sonhadores”, as crianças que foram trazidas para aqui quando eram jovens, será especialmente difícil ser deportado como adultos de volta para o México ou para o país de onde vieram. Se os Sonhadores ficarem aqui, isso terá um efeito de bola de neve, na medida em que, eventualmente, todas as suas famílias e amigos também migram para os EUA. A América não pode apoiar o influxo massivo de trabalhadores não qualificados que migram para este país. Há apenas um número limitado de casas que precisam de jardineiros, zeladores e criadas. Pode comentar sobre isso Cobra? COBRA – Essencialmente, esse tipo de situações só podem ser resolvidas com O Evento quando houver igualdade entre todas as nações e todas as partes da população humana. A razão pela qual as pessoas estão a fugir de outros países e a entrar nos Estados Unidos é porque nos seus próprios países eles têm dificuldades em sobreviver ou ter uma vida feliz. É por isso que eles migram e as pessoas continuarão a migrar até que este equilíbrio seja abordado, de uma forma ou de outra. Portanto, não há uma política que possa resolver isto sem abordar a desigualdade básica que existe neste planeta.

Aaron – As cidades que são Santuários são outra questão relacionada com o problema da imigração. Eu sei que é tema difícil, mas naqueles locais onde os democratas apoiam os programas gratuitos de assistência social e de saúde naturalmente, se os imigrantes não documentados recebem privilégios de voto como planos de saúde gratuitos, e foi o que aconteceu, os imigrantes votarão todos nos democratas para continuarem a receber esses benefícios gratuitos. E Trump quer pôr um fim a tudo isso e disponibilizar o dinheiro para os americanos não migrantes. Pode comentar sobre isso Cobra? COBRA – Ok, isso são apenas os dois lados da mesma moeda. Novamente isso não será resolvido antes da desigualdade básica ser abordada. Não pode ser resolvido de forma polarizante comparando os democratas com os republicanos.

Lynn – Cobra, como de costume, os meios de comunicação ainda chamam a proibição que Trump impôs aos visto para cidadãos de países que patrocinam terrorismo a “Proibição de Muçulmanos”. Esse nome equivocado é típico dos meios de comunicação, sempre a distorcerem as palavras e tão somente a caluniarem Trump. Os 8 países proibidos são o Chade, o Irão, a Líbia, a Coreia do Norte, a Somália, a Síria, a Venezuela e o Iêmen. Isto não parece lógico, ver esses países são terroristas, pelo que precisamos de ser cautelosos com isso. Pode comentar sobre isso Cobra? COBRA – Basicamente o terrorismo é uma criação da cabala e eles têm a sua principal base nos Estados Unidos, pelo que então não me preocuparia tanto com as pessoas provenientes dos países nomeados porque “os terroristas estão em todos os lugares “.

Aaron – O documentário de Ken Burns emitido na televisão pública chamado “Vietname”, que foi transmitido ultimamente, foi muito perspicaz. Isso revelou o facto de que o Vietname era um território francês, ocupado pelos franceses e pelos japoneses. A França foi aliada do Japão, o nosso antigo inimigo. Os vietnamitas do sul odiaram os franceses e os japoneses. Ho Chi Minh começou uma revolução e queria a nossa ajuda para libertar o povo vietnamita do Sul. Adicionando os comunistas norte-vietnamitas à mistura ficamos com um problema muito complexo de controlo e de desejo de liberdade. Os EUA estavam numa posição muito estranha. Eu sei que isso é uma simplificação excessiva mas, Cobra, pode comentar sobre toda essa situação do Vietname nas décadas de 1960 e 1970. COBRA – Essencialmente eu simplesmente simplificaria isto ainda mais. A cabala queria ter outra guerra e tiveram outra guerra, só isso. Existem sempre complexidades locais que podem ser usurpadas para criar uma desculpa para outra guerra e isso também aconteceu com o Vietname. Lynn – John McCain foi piloto de caça no Vietname e foi abatido, capturado e quase morreu. No documentário, ele parecia um verdadeiro patriota. Mas agora, no congresso, McCain é um obstrucionista contra a administração Trump. O que aconteceu com John McCain, Cobra? COBRA – Ele é um escravo mentalmente controlado da rede Illuminati e isso explica todo o seu comportamento.

Lynn – Robert Mueller, num esforço para ir atrás de Trump por ter despedido o diretor do FBI, James Comey, foi alvo do ex-assessor da casa branca, Roger Stone, e do juiz Andrew Napolitano, para ser demitido por Trump, algo em que Trump tem todo direito e autoridade. Uma vez que todo esse assunto do FBI tem sido uma caça às bruxas desde o princípio contra o Trump, seria ótimo ver Mueller a sair, juntamente com o resto das criaturas do pântano que precisam de ser removidas. Tem algum comentário sobre isso Cobra? COBRA – Eu diria que todas perguntas vem na linha de alguém que está polarizado entre Trump e anti-democratas. Eu diria que ambas as partes e toda a situação foram projetados para criar exatamente esse tipo de polarização dentro da Sociedade Americana. E eu diria que nenhuma dessas partes são as pessoas boas e as outras são bandidos. Não é verdade. Basicamente existe infiltração da cabala em ambas as partes e, na verdade, a cabala no topo, os jesuítas e os outros membros superiores da cabala estão manipulando as partes e os políticos de ambas as partes para criarem exatamente esse tipo de divisão.

Aaron – Provavelmente, em linha com a pergunta anterior: o procurador-geral Jeff Sessions está a arrastar-se para perseguir e levar à justiça aqueles que violaram a lei de forma tão descarada. Algum comentário novamente Cobra? COBRA – Mais uma vez, eu diria novamente o mesmo.

Lynn – No que diz respeito a Traidores e Traição, descobriu-se que os republicanos superiores tentaram deliberadamente sabotar as eleições Trump, bem como a Administração Trump. Estes incluem, mas não estão limitados a: Paul Ryan, Carly Fiorina, John Kasich, Lindsey Graham e John McCain. Algum comentário aqui Cobra? COBRA – Sim, isto é, eu diria que isso é verdade e isso foi o que aconteceu, sim.

Aaron – O nosso novo fogueteiro – Kim Jong-un, como Trump o chama, tem continuado com o seu comportamento incendiário. Não estou preocupado com uma troca nuclear entre a Coreia do Norte e os EUA, mas outros não estão tão confiantes. Eu acho que há salvaguardas em vigor que evitarão que as coisas se desviem demasiado. Cobra, pode-nos garantir que não nos precisamos de preocupar com a 3ª Guerra Mundial? COBRA – No que diz respeito à Coreia do Norte, não haverá troca nuclear em grande escala. Isso não acontecerá. Haverá apenas a tensão habitual entre Trump e a liderança coreana, porque a cabala precisa dessa tensão para criar o medo de manter todos nesse estado de tensão. Eles precisam disso, em particular no plano do plasma, para manterem essa tensão no plano do plasma e a Humanidade escravizada.

Aaron – Para além disso, acho que Fulford disse algo como “bombardearam a Coreia do Norte apenas para que eles saibam que não vamos mais ficar a vê-los a fazer experiências com foguetes”. É verdade? COBRA – Na realidade sim, houve uma pequena arma nuclear que foi detonada abaixo da superfície na Coreia do Norte sem qualquer perda de vidas, e isso deveria ter sido um aviso, mas a Coreia do Norte não percebeu isso como um aviso.

Aaron – De acordo com Fulford, ele diz que não estão a fazer mais testes. COBRA – Eles estão a planear fazer mais testes. Espera-se que este jogo continue por algum tempo. Mas, novamente, eu não me preocuparia com esta situação.

Lynn – Continuamos agora com a classificação de líderes e de outros indivíduos proeminentes, pelo que temos mais algumas pessoas que gostaríamos que avaliasse em termos de maldade Cobra.

Aaron – Mais uma vez, a fim de lidar com o grau de maldade que algumas pessoas proeminentes no mundo têm, poderia-nos dar, na sua opinião, uma classificação numa escala de um a dez, em que 1 é uma boa pessoa e dez é o epítome do mal. Iniciando com a primeira pessoa a avaliar:

COBRA

1. Como classificaria Henry Kissinger?Um puro 10.

2. Dick Cheney?Um puro 10.

3. Donald Rumsfeld? – 9

4. George H. W. Bush Senior?Bush Senior é um 10.

5. George W Bush Junior? 8.

6. Barack Obama? – Barack Obama um 5 (então ele é quase um tipo bom)

7. Vladimir Putin classificaria? – entre 2-3 Eu diria.

8. Angela Merkel? 8.

Lynn – Podemos assumir que todas essas pessoas estão realmente vivas ou algumas delas foram substituídas por clones? COBRA – Todos estão vivos, sim.

Lynn – A guerra climática da cabala nas ilhas do Sul da Flórida e por todo o mundo criou confusão, devastação, mortes e mais refugiados. Pode falar sobre algumas das principais anomalias climáticas e qual fação negativa manipula propositadamente o clima? COBRA – Basicamente este foi um acordo entre as várias fações da cabala porque eles estão cada vez mais e mais a perceber que o seu tempo está a acabar e eles estão a fazer o que podem para impedir o processo de libertação planetária, e é dessa forma que o fazem.

Lynn – Estas diferentes fações, ou países diferentes, causam a maior parte dos danos? COBRA – Basicamente são fações. Não é dividido por países porque todas as fações principais da cabala estão por todo o planeta.

Lynn – Quanto do que está a acontecer é natural e quanto a cabala ainda tem acesso às tecnologias que pioram as coisas? COBRA – Basicamente, o que está a acontecer é que o próprio planeta está a reagir às energias crescentes do centro galáctico e, posteriormente, a cabala perverte as tempestades existentes e tenta orientá-las para onde elas podem causar muitos danos e onde elas podem.. por exemplo, eles fizeram isso em Porto Rico ultimamente.

Aaron – Existe um fundo europeu Rothschild com mais de 250 anos usado para chantagem, doações para favores políticos (frequentemente para os Bush e Clintons), subornos e encobrimento de crimes. Desde quarta-feira, 27 de Setembro, esse fundo foi confiscado e não está mais acessível para eles. Comentários Cobra? COBRA – Eu não acreditaria que esse fundo tivesse sido confiscado e que eles não tivessem mais acesso a ele. De onde vem essa informação? (não sei) Então eu não acreditaria que, de acordo com isso, e ainda está em funcionamento perfeito e operacional.

Aaron – Eles ainda têm muita riqueza para usarem da forma que quiserem? COBRA – Eles ainda têm riqueza suficiente para que possam continuar a usa-la como quiserem.

Lynn – As autoridades catalãs dizem que 90% das pessoas votaram “sim” à independência da Espanha no referendo proibido pelo governo central desse país. O líder catalão disse que a região “ganhou o direito” ao seu próprio estado”. Sabemos que a Catalunha é um grande motor económico da Espanha. Pode falar sobre esta eleição na Espanha e porque é que o governo espanhol quis suprimir essa eleição? COBRA – Essencialmente, o governo espanhol quis suprimir as eleições e um dos principais motivos é aquele que acabou de mencionar, porque é a fonte de uma grande percentagem de riqueza desse governo central espanhol. E parte da política europeia… Na realidade, a cabala quer manter a Catalunha sob o controlo do governo espanhol. Eu diria que muitos catalães queriam libertar-se disso… Ainda não se sabe como tudo isso se vai desenrolar porque as forças de supressão são ainda bastante fortes e também este referendo foi feito sob várias condições stressantes. Destaco que a maioria dos catalães não votou, pelo que então o referendo não reflete a vontade da maioria dos catalães. Então, aqui também precisamos de ter cuidado com a interpretação disso.

Lynn – E neste momento, acha que esse movimento de independência é um movimento positivo, para as forças da Luz que estão lá? COBRA – Sim, é positivo se for feito da forma correta. Se for orientado da forma correta a partir de agora, ele pode tornar-se muito positivo.

Na atualização de 5 de Setembro de 2017 sobre os efeitos da Meditação do Eclipse Solar, ele disse que ainda é importante para nós continuarmos a fortalecer a rede de energia da Nova Atlântida (leia, é um dos artigos importantes para a Ascensão) ao redor do planeta com pedras e meditações Cintamani.

Aaron – Ouvi dizer que a Grã-Bretanha NÃO vai deixar a União Europeia. Afinal, eles teriam de pagar uma taxa astronómica se eles saíssem. É verdade Cobra? COBRA – Isso faz simplesmente parte das táticas de negociação, e vai ouvir diferentes histórias polarizadas sobre isso nos próximos meses, porque eles estão a tentar, ambos os lados estão a tentar extrair o máximo possível de toda essa situação. Aaron – Mas as pessoas que votaram querem deixar a E.U., pelo menos as que votaram, a maioria? COBRA – Sim, é verdade.

Lynn – Numa recente reunião nas Nações Unidas, um ultimato foi dado seguindo as ameaças dos Rothschilds de que, a menos que fossem instalados como controladores pelos membros da U.N. eles iriam começar uma guerra biológica, um genocídio por todo o planeta. O prazo para o ultimato foi a segunda-feira, 25 de Setembro de 2017, e deveria ser entregue a todos os governos e a todas as outras agências o financiamento prometido. O prazo passou sem qualquer resposta por parte dos Rothschilds e, na segunda-feira de manhã, as consequências da acção foram lançadas. A remoção de qualquer pessoa associada, trabalhando para ou associada de qualquer forma aos Rothschilds estão agora a ser removidas, assim como os Rothschilds. 78 países lançaram ataques. 1100 funcionários do governo foram demitidos e cerca de 600 foram presos e alguns não estão mais connosco. Este processo está em andamento e não vai parar até ser concluído. Isso ajuda o Movimento de Resistência a avançar? Tem algum comentário sobre esta afirmação Cobra? COBRA – Sim, não posso confirmar completamente que essa afirmação seja verdadeira. Lynn – Então não vê esse tipo de números, ou não acha que isso é verdade? COBRA – Eu não vejo esse tipo de números. Os números reais são muito, muito, muito, muito menores. Certas coisas que são citadas aqui não estão a acontecer da forma que foram apresentadas, pelo que então eu não posso concordar com essa afirmação.

Aaron – Temos um novo tema. É chamado: ESPIRAL QUE BRILHA SOBRE A RÚSSIA. No dia 26 de Setembro uma espiral brilhante apareceu sobre a Rússia. Pode contar-nos mais sobre isso? COBRA – Isso foi simplesmente o teste de uma arma escalar. Aaron – E.T.’s estiveram envolvidos nisso? COBRA – Não. Aaron – O que isso significará, se é que significa alguma coisa? COBRA – Foi simplesmente um teste de uma arma escalar, e é tudo.

Lynn – Quando tivermos replicadores ainda haverá arte e outros produtos artesanais? COBRA – Na realidade sim. Os replicadores replicarão objetos para uso diário, mas a arte genuína será algo que não será replicado da mesma forma porque o original…. se houverem cópias feitas com replicadores, serão carimbadas com uma assinatura que as identificará como tal, pelo que então saberá quais os originais e quais aqueles que foram feitos pelos replicadoresLynn – Esta pessoa pergunta: será fácil copiar uma obra de arte? COBRA – Sim mas, novamente, todos os replicadores terão um certo mecanismo de proteção porque cada peça de arte tem uma assinatura energética única que não pode ser replicada facilmente. (o que deixará os artistas felizes.

Aaron – Esta próxima pergunta é sobre as atualizações, mais especificamente sobre a Coreia do Norte: Cobra, pode atualizar-nos sobre a Coreia do Norte? Existe algo que os Trabalhadores da Luz possam fazer sobre o problema norte-coreano? COBRA – Sim, é claro que eles sempre podem meditar e essas meditações ajudarão a acalmar a situação.

Aaron – Essa é a mesma solução do Movimento de ResistênciaCOBRA – Sim, é claro que quando O Evento acontecer tudo isso será resolvido.

Lynn – Cobra, descreva brevemente quaisquer contratos que existam entre as forças da Luz e das Trevas que ainda estejam a ser honrados e sustentadas pelas Forças da Luz. COBRA – Eu não diria que são acordos, eu diria que existe um equilíbrio dinâmico em relação ao que cada um faz. As Forças da Luz não atravessam certas linhas e as Forças das Trevas também não. As Forças da Luz não estão a fazer contacto físico directo com as populações da superfície. E as Forças das Trevas também não desencadeiam genocídios massivos no planeta. Estas são as duas polaridades que temos agora.

Aaron – Cobra, você pode actualizar-nos sobre o yaldaboath, a Pedra Negra e as bombas de topletCOBRA – A Pedra Negra foi completamente removida. O yaldaboath, está a perder grande parte do seu poder, mas existem outras entidades que estão a ser eliminadas também. E as bombas de toplet estão a ser progressivamente removidas, como falamos.

Lynn – Porque tenho a sensação de que as coisas desaceleraram. Isto é correto ou estarei eu ansioso demais? COBRA – É simplesmente uma resposta psicológica à situação quando nada muda tão rápido quanto gostaríamos, pelo que essa é uma reação normal. Não é uma avaliação objetiva. É simplesmente as coisas estarem a demorar muito tempo, mas a coisa está a demorar muito desde há muito tempo. Não é nada de novo, é algo que está em acontecer e em progressão.

Lynn – Eu sei que não gosta de perguntas quantitativas, mas parece que estamos num ponto em que estamos a progredir, mas é edificante quando nos dá um número ou uma percentagem que indica que estamos melhor do que estávamos. Esta pessoa está a pensar o mesmo que eu. COBRA – OK, eu não gosto de dar uma percentagem simplesmente porque não somos os únicos a ouvir isto e em particular quando existem operações críticas das Forças da Luz em curso. E nós temos muitas operações críticas desse género a acontecerem este ano. Não é aconselhável dar muita informação e essa é uma das razões pelas quais as minhas atualizações são mais curtas, porque não posso dizer muito mais sem comprometer as operações críticas neste momento.

Aaron – Quando ocorrer O Evento, será seguro estar na rua ou vão ocorrer mudanças na Terra nesse momento? COBRA – Será seguro estar na rua. Não existirão mudanças drásticas na Terra nesse momento.

Lynn – Cobra, quando é que a encarnação ocorre no útero ou no nascimento? COBRA – Na maioria dos casos ocorre entre eu diria o 2.º e o 3.º mês até ao 6.º ou 7.º mês. Em casos raros ocorre antes e em raras ocasiões ocorre depois. Eu vou apenas dar-lhe uma orientação aproximada para ter uma ideia para se guiar. Lynn – Então entre os 2-4 meses. COBRA – Eu diria entre o 2.º e o 6º mês.

Aaron – A Civilização Central conseguiu tornar-se altamente evoluída sob a manipulação dos arcontes? Pode dizer-nos o que pensa sobre isso Cobra? COBRA – A Civilização Central desenvolveu-se de forma completamente independente dos arcontes.

Lynn – Disse que: “Até 11 de Novembro de 2011 todas as linhas temporais negativas para o planeta Terra já tinham entrado em colapso e o futuro positivo do planeta é certo. Também não haverá nenhuma Terra alternativa. Portanto, o futuro brilhante para o planeta é certo… e para a maioria dos habitantes do planeta”. Isso também é verdade para a Terra paralela? Existem Terras paralelas e “Eus” paralelos? COBRA – Sim, eu entendi, mas a resposta é não. Lynn – Mas continua a concordar com o que disse inicialmenteCOBRA – Sim, sim, eu concordo com o que eu disse então. Sim. Lynn – Qual é a diferença entre a Terra paralela e as linhas temporais? COBRA – Linhas temporais são simplesmente os futuros possíveis. “Terra pararela” é um conceito que algumas pessoas estão a usar quando tentam explicar o que está a acontecer.

Aaron – Quais são as etapas ou protocolos exctos que elevam a nossa vibração o suficiente para mudar a fisiologia do nosso corpo? COBRA – Existem protocolos de Ascensão que ativam a ligação com o corpo de Luz e, então, podem e mudam em certo medida a fisiologia do corpo. Aaron – Eles comentaram mencionando a Biocinética? COBRA – Não, não, não, não.

Aaron – E eles perguntam: São estes os mesmos passos que podem ter resultado no que diz respeito ao crescimento dos nossos ossos e até mesmo mudar a nossa cor dos nossos olhos? COBRA – Eu diria que em certa medida pode ser o resultado final, mas ainda não estamos lá.

Lynn – Cobra, qual é o seu sentimento sobre a possibilidade de recriar as 24 cadeias de ADN? COBRA – Eu não concordaria com a ideia das 24 cadeias de ADN. É apenas outro conceito da Nova Era que foi introduzido.

Aaron – É verdade ou não é verdade? COBRA – Novamente, é apenas um conceito da Nova Era que foi introduzido na população de superfície.

Aaron – Eu gostaria de elaborar um pouco sobre isso. O nosso ADN tem 2 cadeias. COBRA – Sim, o ADN tem 2 cadeias.

Aaron – Não vejo como pode passar de 2 para 12 ou 24. COBRA – Exatamente, o nosso ADN físico não passa para 12 ou 24.

Aaron – É o que é. Nós ouvimos isso há anos. Acho que é apenas outro rumor ou mito. COBRA – É um conceito da Nova Era que foi introduzido e eu diria que todos precisam de usar o seu bom senso ao lerem livros ou artigos de internet ou qualquer coisa que tenha sido introduzida através dos meios de comunicação alternativos.

Aaron – Eu tive dificuldade em acreditar da primeira vez que ouvi. Fico feliz por ter esclarecido isso. COBRA – Sim. Basicamente, temos 12 cadeias de ADN no plano etérico, mas não no plano físico. Aaron – Ah, isso faz toda a diferença. COBRA – É uma história diferente, sim.

Lynn – Embora exista uma grande quantidade de informações on-line sobre fazer projeção astral, será sensato fazer isso? COBRA – É sensato se souber o que está a fazer. Não é sensato se estiver apenas a explorar diferentes dimensões por curiosidade.

Lynn – Esta pessoa continua dizendo: podemos confiar em experiências de projeção astral? COBRA – Eu diria que muitas coisas são possíveis quando se projeta, de modo que nem sempre é seguro.

Lynn – Então, se uma pessoa quiser fazer isso, deverá pedir orientação no início. Como discernimos se é seguro ou não? COBRA – Eu prefiro recomendar que não o faça. Se está a fazer esse tipo de perguntas, talvez seja melhor não o fazer.

Aaron – O que significa “extensão monádica” em relação ao comportamento humano e ao nosso atual estado de Consciência humana escravizada? COBRA – Eu precisaria saber o que quer dizer com uma extensão monádica. Porque extensões monádicas é um termo usado de formas distintas por pessoas diferentes.

Aaron – Eles escreveram isso entre aspas, mas eu não sei o que significa.

Lynn – Pode comentar a ideia de que existem várias versões de nós mesmos ao mesmo tempo? COBRA – De certa forma, sim, porque há um EU superior, um EU verdadeiro e há uma extensão disso no corpo físico na nossa encarnação física. Lynn – Essas versões estão em realidades paralelas ou dimensões ou linhas temporais? COBRA – Acabei de responder a esta pergunta.

Aaron – É verdade que uma grande parcela da população humana já foi clonada? COBRA – Não, não é verdade.

Aaron – Que existem “cópias” de pessoas a caminharem pelo planeta e a serem usadas por programas controlo da mente? COBRA – Na maioria dos casos, não é verdade.

Aaron – E por favor comente sobre isto. Qual a percentagem da população que é clonada neste momento? COBRA – Muito, muito pequena.

Aaron – Não será complicado clonar uma pessoa? Eles ainda precisam passar pelos anos de… COBRA – Pode clonar o corpo, mas não pode clonar a Alma pelo que não seria capaz de replicar completamente um ser humano.

Aaron – Para além disso, existem fatores ambientais à medida que crescem. COBRA – Existem muitos fatores envolvidos e também fatores ambientais.

Lynn – É possível colocar a Alma de uma pessoa num clone? COBRA – Sim, é claro.

Lynn – Então essa pessoa teria que morrer, certo? COBRA – Se quiser sim, um clone é apenas uma cópia do corpo físico, pelo que então é claro que pode pôr lá uma pessoa ou também tirá-la.

Aaron – Quanto tempo leva um clone a crescer? COBRA – Um clone pode crescer muito rápido, mesmo em alguns meses com tecnologias muito avançadas.

Lynn – É verdade que “a velocidade da órbita do globo” é de 106.000 Km/h? COBRA – Precisa de medir a velocidade relativamente a algo. Portanto, a velocidade é sempre relativa. Precisa de definir a velocidade do globo relacionada com o quê?

Lynn – Esta pessoa continua por dizer: que a “curvatura é a raíz quadrada de 1.6Km” é 0,202 metros? e que “a inclinação do eixo” é de 66,6 graus? COBRA – Essa história não é verdadeira.

Lynn – Qual é o significado esotérico e oculto destas dimensões planetárias interessantes em relação à redução ou elevação da nossa Consciência? Existe alguma associação aqui? COBRA – Não há nenhuma relação porque eu já disse que pelo menos um desses números não está correto. (mas 2 deles estão corretos?) COBRA – Pode ser se eu receber mais informações sobre aquilo que essa pessoa em particular está medir a velocidade. Pode ser correto em certas circunstâncias, mas eu não tenho informações suficientes dessa essa pessoa sobre a definição que essa pessoa significa.

Aaron – Cobra, passei 10 anos fazendo análises GPS e análises globais e, no que diz respeito à física e à matemática esses são números erróneos. Eu não consigo nem mesmo entender a questão dos 106.000 Km/h. COBRA – Isso poderia ser uma velocidade relativa ao movimento da Terra em relação com um certo ponto dentro da galáxia. Pode ser algo assim, mas eu precisaria de mais informações. (Ao afastarmo-nos da Terra pode ser verdade a partir de algum lugar)

Lynn – Cobra, os sonhos lúcidos são úteis? COBRA – Podem ser úteis sim. Mais uma vez se for feito com a Consciência certa.

Lynn – Devemos despender do nosso tempo para fazer ou aprender isso? COBRA – Sim, se se sentir guiado nesse sentido e se se sentir confiante relativamente a isso, e se puder lidar com isso, sim.

Lynn – Tem algumas fontes confiáveis ​​que possa dar-nos para podermos aprender mais sobre isso? COBRA – Precisaria de me enviar um e-mail e eu poderia procurá-las. Eu não as tenho agora.

Aaron – As pessoas estão fascinadas com a invisibilidade – uma pesquisa do Google mostrou que existem quase 140 filmes como “ O Homem Invisível” ou mesmo o livro de Harry Potter e a camuflagem de invisibilidade. Porquê este fascínio pela invisibilidade? COBRA – As pessoas sentem-se fascinadas por tudo o que vai além das realidades comuns, pelo que então essa é uma dessas fascinações.

Aaron – A invisibilidade é uma tecnologia de camuflagem e é por isso que ela usa revestimentos e não torna as coisas realmente invisíveis? COBRA – Na verdade, sim é uma tecnologia de camuflagem que pode refletir os raios de uma certa forma que não são visíveis aos olhos. Tecnologias de camuflagem mais avançadas podem até mesmo teletransportar os fotões e outras ondas electrónicas para que não sejam detetadas. Existem muitas abordagens diferentes para isso.

Aaron – É uma das muitas formas pelas quais os humanos foram controlados – por ter visão limitada? COBRA – Não, não, não.

Aaron – Outra: É uma das muitas formas pelas quais os seres humanos foram controlados pelas forças das trevas fazendo com que estas sejam invisíveis para nós? COBRA – Não, isso não está a acontecer exceto em ocasiões muito raras pelo grupo quimera.

Aaron – Alguns psíquicos ou intuitivos são capazes de “ver” os campos de energia das pessoas ou os seres, tanto da Luz como das Trevas. Eles parecem poder “ver” um espectro de luz mais amplo. Isso é preciso? COBRA – Na maioria dos casos, não.

Lynn – Depois do Evento ou durante ou após a Ascensão, a nossa visão expandir-se-á para poder visualizar mais comprimentos ou dimensões de onda de Luz para ver o que era invisível para nós? COBRA – O que acontecerá é que muitas pessoas poderão ver os planos não físicos com os seus chacras mais elevados.

Lynn – Isso acontecerá depois do Evento ou precisamos de esperar até à Ascensão? COBRA – Após o Evento, numa determinada fase no decurso do processo de Ascensão.

Lynn – Então, existe um espaço entre o Evento e a Ascensão? COBRA – Sim, claro. Eu expliquei isso tantas vezes.

Aaron – É possível que, se as pessoas pedirem mais intervenção divina, isso possa acelerar o processo de libertação do planeta Terra? Os seus pensamentos Cobra? COBRA – Sim, sim.

Lynn – Os orbes são veículos de transporte? COBRA – A maioria dos orbes são apenas… Na verdade, a maioria dos orbes apelidados como tal são apenas reflexos da lentes das câmaras.

Lynn – Poderá falar um pouco sobre os orbes que não são reflexões? COBRA – Que não são reflexões (sim) – São seres etéreos e de plasma que realmente estão impactando a área próxima da superfície do planeta e, em certas condições, as pessoas podem vê-los.

Lynn – Muitas pessoas vêm-nos em fotografias ou através de equipamentos de visão noturna ou com óculos de visão noturna. Existem diferentes tipos de orbes? E as cores significam qualquer coisa? COBRA – Sim, existem diferentes tipos de orbes.

Lynn – E as cores? COBRA – Também simplesmente existem diferentes espécies de orbes e com cores diferentes, e isso simplesmente significa que elas são provenientes de diferentes espécies ou ramos.

Lynn – Eles são de uma certa dimensão? COBRA – Mais uma vez, a maioria deles vivem nos planos etéreo e de plasma.

Lynn – Existem orbes negativos? COBRA – Muito, muito raro.

Lynn – Podemos comunicar-nos com orbes ou chamá-los? COBRA – Sim, podem.

Lynn – Eles ajudam-nos na cura? COBRA – Sim, eles ajudam.

Aaron – Às vezes eu vejo estrelas que brilham muito rapidamente e depois começam a mover-se, geralmente em pares. Serão estas naves camufladas no céu? COBRA – Sim, em muitos casos, sim.

Aaron – E se eles estão camuflados, e se nos ouvem telepaticamente, é possível comunicar com eles? COBRA – Pode tentar.

Aaron – Quão perto eles estão? COBRA – Depende da situação. Às vezes eles podem aproximar-se bastante.

Lynn – Esta pessoa diz: vejo uma nave Pleiadiana no céu ocidental. Estará ela a limpar a poluição na atmosfera? Caso contrário, o que é que elas estão a fazer? COBRA – OK, depende se está realmente a ver uma nave Pleiadiana. E sim, existem muitas naves Pleiadianas que estão a limpar a poluição.

Aaron – É verdade que 25% da raça humana é humana? COBRA – Não.

Aaron – Se 75% não forem humanos, o que é que eles são? COBRA – A maioria das pessoas neste planeta são humanas, a grande maioria sim.

Lynn – Os 144.000, são de algum outro lugar e vieram para ajudar. COBRA – De muitos sistemas estelares, sim.

Lynn – Cobra, quero agradecer uma vez mais por estar connosco hoje e agradecemos sempre a sua visita e espero que as pessoas apreciem estas informações da nossa actualização de Outubro consigo.

COBRA – OK. ESTÁ BEM. Muito obrigado por esta entrevista.

Aaron – Obrigado e Adeus.

Para terminar, gostaria de agradecer a toda a equipa que tornou possível esta entrevista:

Ao Cobra por ser um convidado gracioso. O seu site é: http://2012portal.blogspot.com/

 

 

 

Atualização sobre o Malawi a 10 de Outubro de 2017

Não houve atualização sobre o Malawi durante os meses de Verão, pelo que então farei um rápido resumo agora. Keyason tem estado muito ocupado com o crescente número de órfãos nos últimos 3 meses. Nós mantemos as crianças alimentadas com a farinha de milho. A sua dieta não é propriamente completa com os alimentos, na mesma medida dos países desenvolvidos. Um saco de farinha de milho de 50 quilos custa cerca de 24 dólares. A imagem mais recente que Keyason me enviou mostrou aproximadamente 25-30 sacos de farinha de milho. Este é a reserva que tem para uma semana.

Keyason está a cultivar um jardim de frutas e vegetais não geneticamente modificados que está a ajudar, em pequena escala, a completar a dieta. Existiram problemas com as pragas de jardim e que, graças a vídeos do YouTube, soluções orgânicas foram encontradas para ajudar a resolver esses problemas. Alguns alimentos foram, infelizmente, perdidos. Keyason comprou 2 pequenas vacas e apenas uma sobreviveu nos últimos meses. Pergunto-me se o problema está relacionado com a alimentação insuficiente.

Uma ocorrência bastante triste sucedeu no final de Agosto. Uma das crianças ficou gravemente doente e um cuidador chamado Mevisi foi convidado a levar Joseph ao hospital em Blantyre. A bicicleta é o modo de transporte utilizada a maior parte das vezes. Blantyre é a cidade mais próxima com um hospital e de bicicleta é uma longa viagem. Em algum momento da viagem ao hospital tanto Mevisi como Joseph foram atingidos por um carro a velocidade muito elevada e ambos foram mortos.

Mevisi deixou 4 filhos que agora são órfãos e estão sob o cuidado de Keyason. E Joseph tem 3 irmãs que estão sob o cuidado de Keyason. Não só Keyason perdeu Mevisi que o ajudava a cuidar dos órfãos, mas agora ele tem 7 filhos aflitos que perderam o irmão e mãe.

Harrison tem 15 anos de idade e é a criança mais velha de Mevisi. Ele é bastante pequeno para um jovem de 15 anos. Harrison gosta de jogar futebol e voleibol. Ele é um bom cuidador dos seus irmãos mais novos. Ele gostaria de ser piloto quando crescesse. O seu maior problema, agora mesmo, é que quando ele está sozinho, ele chora quando sente a falta da sua mãe.

O segundo filho de Mevisi é Dina de 13 anos. Ela é surda e incapaz de falar. Keyason diz-me que ela é inteligente, mas devido às condições no Malawi, não existe uma escola especial para crianças com deficiência. Dina está numa turma padrão 4 com crianças que podem ouvir. Ela gosta de jogar voleibol com os seus pares. Dina é uma alma pensativa e gostava de ser enfermeira.

Malita é a terceira filha de Mevisi. Ela tem 8 anos de idade e está na 3.ª classe na escola. Malita é uma boa aluna, mas está a ter dificuldade em lidar com a morte da sua mãe. Keyason diz que deixa a escola a chorar enquanto pensa na sua mãe. Eles tentam distraí-la com outras coisas, mas não há brinquedos e actividades adequadas a uma menina de 8 anos. Keyason diz que o dinheiro semanal que enviamos também paga pelos cuidados médicos e necessidades, como o óleo e o sabão. Não há dinheiro que sobre no final da semana. As crianças criam o seu próprio entretenimento e jogam várias coisas.

O quarto filho de Mevisi é Daniel. Keyason diz que ele tem cerca de 1 ano de idade e como ele ainda é um bebé precisa de cuidados constantes.

Em nome de Keyason, peço que alguns Trabalhadores da Luz generosos intensifiquem e ajudem no apoio a esses 7 filhos. Se 7 Trabalhadores da Luz puderem intensificar o seu esforço enviando suporte mensal para Keyason, isso aliviaria a sua carga, que me parece esmagadora a mim, quando percebo o que ele tem de fazer diariamente. Imagens e informações sobre essas crianças estarão no site. Visite o nosso site para ver essas crianças muito reais que precisam da nossa ajuda. Se pode ajudar, escreva para [email protected]

Aqueles que desejam uma dedução fiscal podem fazê-lo através do Preparem-se para a Mudança, pois agora somos uma organização de caridade. Como um bónus adicional a partir dos primeiros 3 dias depois desta entrevista ser publicada, qualquer novo doador do Prepararem-se para a Mudança para os nossos órfãos do Malawi terá a sua doação igualada por um Trabalhador da Luz Especial. Aproveite esta oportunidade para ajudar uma causa digna. Esses órfãos do Malawi são a próxima geração que vai criar uma África próspera, abundante e pacífica. Eles ficarão eternamente gratos pela oportunidade de vida que lhes está a dar.

Disclaimer:
1. Os artigos são escritos em português do (Brasil ou de Portugal) ou numa mistura de ambos.
2. Os autores não usam facebook, portanto se tiver alguma pergunta, coloque aqui no site, na secção dos comentários (não do facebook)
3. Os artigos colocados neste site, são diferentes dos colocados nos meios de comunicação de massas. Não significa que os autores concordam ou discordam com os mesmos. Você deve usar a sua intuição com aquilo que ressoa ou não consigo. Ninguém é dono da verdade absoluta e este site não foge à regra.

Partilhar no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.