A Lei do Uno - livro 1

A LEI DO UNO – sessão 16 – quarta densidade ~ 10 mandamentos

Partilhar no Facebook

16.1 Eu gostaria de perguntar, considerando a distorção do livre arbítrio da Lei do Uno, como podem os guardiões submeterem a Terra à quarentena? Esta quarentena está dentro da distorção do livre arbítrio? RA: Os guardiões guardam a distorção do livre arbítrio dos complexos mente/corpo/espírito de terceira densidade, nesta esfera planetária. Os eventos que requerem ativação da quarentena interfeririam na distorção do livre arbítrio de complexos mente/corpo/espírito.

16.2 Eu posso estar errado, mas me parece que seria o livre arbítrio do, digamos grupo de Orion, interferir. Como isto é balanceado em relação ao outro conceito que você acabou de fornecer? RA: O balanceamento é de dimensão a dimensão. As tentativas, dos assim chamados Cruzadores, de intervirem com o livre arbítrio são aceitáveis na dimensão dos seus entendimentos. Entretanto, os complexos mente/corpo/espírito desta dimensão, que você chama de terceira, formam uma dimensão de livre arbítrio que não é capaz de, digamos, reconhecer em completo, as distorções no sentido da manipulação. Então, a fim de balancear as variações dimensionais em vibração, a quarentena foi armada, esta sendo uma situação de balanceamento onde o livre arbítrio do grupo de Orion não é impedido, mas desafiado. Ao mesmo tempo, o grupo de terceira densidade não é impedido da livre escolha.

16.3 Essas janelas, que ocorrem, podem… deixar o grupo de Orion atravessar de vez em quando… isto tem algo a ver com essa distorção do livre arbítrio? RA: Isto está correto.

16.7 O livre arbítrio total é balanceado para que o indivíduo possa ter oportunidades iguais para escolher entre serviço a outrem e serviço a si. Isto está correto? RA: Isto está correto.
16.8 Esta é uma questão menor para promover um exemplo deste princípio, mas se a Confederação pousasse na Terra, eles seriam tomados como deuses, quebrando a Lei do Libre Arbítrio e, assim, reduzindo sua polarização no sentido do serviço a todos. Eu presumo que a mesma coisa aconteceria se o grupo de Orion pousasse. Como isto afetaria a sua polarização na direção do serviço a si, se eles fossem capazes de pousar e se tornarem conhecidos como deuses? RA: No evento de pouso massivo do grupo de Orion, o efeito de polarização seria fortemente na direção de um aumento do serviço a si, precisamente o oposto da oportunidade anterior que você mencionou.

16.9 Se o grupo de Orion fosse capaz de pousar, isto aumentaria a sua polarização? O que eu estou tentando dizer é, é melhor para eles trabalharem por trás das cortinas e usarem recrutas, digamos, do nosso planeta, a pessoa no nosso planeta seguindo na direção do serviço a si estritamente por si só, usando o seu livre arbítrio, ou seria tão bom quanto isso para o grupo de Orion se eles pousassem no nosso planeta e demonstrassem poderes fantásticos e pegar as pessoas dessa forma? RA: O primeiro exemplo é, em longo prazo, devemos dizer mais proveitoso para o grupo de Orion já que não infringe a Lei do Uno com o pouso e, então, eles realizam o trabalho através daqueles deste planeta. Na segunda circunstância, um pouso massivo criaria uma perda de polarização devido ao infringimento sobre o livre arbítrio do planeta. Entretanto, seria uma aposta. Se o planeta, então, fosse conquistado e se tornasse parte do Império, o livre arbítrio seria assim reestabelecido. Isto é limitado em ação devido ao desejo do grupo de Orion de progredir em direção ao Uno Criador. Este desejo de progredir inibe o grupo de quebrar a Lei da Confusão.

16.10 Você mencionou a palavra “Império” em relação ao grupo de Orion. Eu pensei, por algum tempo, que o filme “Guerra das Estrelas” era de certa forma uma alegoria, em parte, daquilo que está de facto acontecendo. Isto está correto? RA: Isto está correto, da mesma maneira que uma simples história infantil é uma alegoria para uma distorção/ entendimento de um complexo físico/ psicológico/ social.

16.11 Existe alguma colheita para entidades orientadas ao serviço a si como existe uma colheita para entidades orientadas ao serviço a outrem? RA: Existe uma colheita. Aqueles aptos a entrarem na quarta densidade, através de níveis de complexos vibracionais, podem escolher a maneira que a sua busca prosseguirá em direção ao Uno Criador.

16.12 Então, na medida em que entramos na quarta densidade, existirá uma separação, digamos, e parte dos indivíduos que vai para a quarta densidade irá para planetas ou lugares onde existe o serviço a outrem e a outra parte irá para lugares onde existe o serviço a si. Isto está correto? RA: Isto está correto.

16.13 Bem, a Confederação estabeleceu a sua quarentena, pelo que eu entendi, há 75.000 anos. O grupo de Orion tem tentado contactar alguma parte deste planeta antes disso, ou… eles… quanto tempo eles têm tentado contactar este planeta?RA: Há aproximadamente 45.000 anos, uma tentativa foi feita. Não foi bem-sucedida. Há aproximadamente 3.600 anos, o grupo enviou uma entidade do complexo de memória social a esta esfera planetária. Este esforço obteve algum sucesso, mas foi num continuum espaço/tempo diminuído em impacto. Desde há aproximadamente 3.300 anos, nas suas medidas, este grupo tem trabalhado constantemente na colheita, tanto quanto a Confederação.

16.14 Você poderia nomear a entidade que foi enviada aqui há dois mil e seiscentos anos? RA: Esta entidade nomeada pelas suas pessoas, Yahweh.

16.15 Você poderia me dizer as origens dos Dez Mandamentos? RA: A origem destes mandamentos segue a lei das entidades negativas imprimindo informações em complexos mente/ corpo /espírito positivamente orientados. A informação tentou copiar, ou se disfarçar de positiva, enquanto manteve características negativas.

16.16 Isto foi feito pelo grupo de Orion? RA: Isto está correto.

16.17 Qual era o propósito deles ao fazer isto? RA: O propósito do grupo de Orion, como mencionado anteriormente, é conquistar e escravizar. Isto é feito através da procura e estabelecimento de uma elite, e fazendo com que os demais sirvam a esta elite através de vários dispositivos, tais como as leis que você mencionou e outras dadas por esta entidade.

16.18 O recetor das leis… dos Dez Mandamentos, era positiva ou negativamente orientado? RA: O recetor era alguém de extrema positividade, sendo responsável então por algumas das características pseudo-positivas da informação recebida. Como com contactos que não são bem-sucedidos, esta entidade, complexo vibratório, Moisés, não manteve uma influência confiável entre aqueles que ouviram primeiramente a filosofia do Uno e esta entidade foi removida deste nível vibratório de terceira densidade num estado diminuído ou entristecido, tendo perdido o que você poderia chamar de honra e fé com as quais ele começou a conceptualização da Lei do Uno e a libertação daqueles que eram das suas tribos, como elas eram chamadas naquele tempo/espaço.

16.19 Se esta entidade era positivamente orientada, como o grupo de Orion foi capaz de contactá-la? RA: Isto foi um intensivo, digamos, campo de batalha entre as forças positivamente orientadas de origem da Confederação e fontes negativamente orientadas. Aquele chamado Moisés estava aberto à impressão e recebeu a Lei do Uno na sua forma mais simples. Entretanto, a informação se tornou negativamente orientada devido à pressão das suas pessoas por fazer coisas físicas específicas em planos de terceira densidade. Isto deixou a entidade aberta para o tipo de informação e filosofia de natureza de serviço a si.

16.20 Seria improvável que uma entidade, plenamente ciente do conhecimento da Lei do Uno, dissesse “Não deverás”. Isto está correto? RA: Isto está correto.

16.21 Você poderia me dar algum tipo de história do seu complexo de memória social e como vocês se tornaram cientes da Lei do Uno? RA: O caminho do nosso aprendizado está cravado no momento presente. Não existe história, como nós entendemos o seu conceito. Imagine, se desejar, um círculo do ser. Nós conhecemos o alfa e o ómega como inteligência infinita. O círculo nunca cessa. É presente. As densidades que nós atravessamos em vários pontos no círculo correspondem às características dos ciclos: primeiro, o ciclo da perceção; segundo, o ciclo do crescimento; terceiro, o ciclo da autoconsciência; quarto, o ciclo do amor ou entendimento; quinto, o ciclo da luz ou sabedoria; sexto, o ciclo da luz/amor, amor/luz, ou unidade; sétimo, o ciclo do portal; oitavo, o octavo que se move para um mistério que não sondamos.

16.22 Em material anterior, antes de nos comunicarmos com você, foi declarado pela Confederação que não existe, de facto, o passado ou o futuro… tudo é presente. Esta seria uma boa analogia? RA: Existe passado, presente, e futuro na terceira densidade. Numa visão geral, tal como uma entidade pode ter, removida do continuum espaço/tempo, pode ser visto que no ciclo da completude existe apenas o presente. Nós mesmos procuramos aprender este entendimento. No sétimo nível, ou dimensão, nós deveremos, se nossos humildes esforços forem suficientes, nos tornar unos com tudo, então, tendo nenhuma memória, nenhuma identidade, nenhum passado ou futuro, mas existindo no todo.

16.23 Isto significa que você terá percepção de tudo que existe? RA: Isto está parcialmente correto. É de nosso entendimento que não seria nossa percepção, mas simplesmente a percepção do Criador. No Criador, está tudo o que existe. Portanto, este conhecimento estaria disponível.

16.25 Quantos planetas habitados existem na nossa galáxia? RA: Nós supomos que você se refere a todas as dimensões de consciência, ou densidades de perceção, nesta questão. Aproximadamente um quinto de todas as entidades planetárias contém perceção de uma ou mais densidades. Algumas esferas planetárias são habitáveis apenas para certas densidades. A sua esfera planetária, por exemplo, é, nesse momento, habitável para os níveis, ou densidades, um, dois, três e quatro.

16.26 Bem, por alto, quantos planetas no total, nesta galáxia de estrelas em que estamos, têm vida percetiva, independente da densidade? RA: Aproximadamente 67.000.000.

16.27 Você poderia me dizer qual porcentagem destes está em terceira, quarta, quinta, sexta densidade, etc.? Por alto, bem por alto. RA: 17% para a primeira densidade, 20% para a segunda densidade, 27% para a terceira densidade, 16% para a quarta densidade, 6% para a quinta densidade. A outra informação deve ser omitida. O livre arbítrio do seu futuro não está tornando isto disponível. Nós podemos falar sobre um item. Existe uma percentagem razoavelmente alta, aproximadamente 35 dos planetas inteligentes, que não se encaixam nos percentis. Estes mistérios são de sexta e sétima densidade e não estão disponíveis para a nossa fala.

16.28 Bem, estas primeiras cinco densidades, todas elas progrediram a partir da terceira densidade, através do conhecimento e aplicação da Lei do Uno? RA: Isto está correto.

16.29 Então a única forma de um planeta sair da situação que nós estamos, ou a única forma para a população, é se tornar ciente e começar a praticar a Lei do Uno. Isto está correto? RA: Isto está correto.

16.30 Você poderia me dizer qual a percentagem de planetas de terceira, quarta, e quinta densidades, sobre os quais você falou agora, são negativamente polarizados, polarizados na direção do serviço a si? RA: Esta não é uma questão sobre a qual nós podemos falar, dada a Lei da Confusão. Nós podemos apenas dizer que o número de esferas planetárias negativamente orientadas, ou de serviço a si, é bem menor. Dar números exatos não seria apropriado.

16.31 Eu gostaria de fazer uma analogia sobre porque existem menos negativamente orientados e te perguntar se a analogia está correta. Numa sociedade positivamente orientada ao serviço a outrem, seria simples de se mover um grande pedregulho, tendo a ajuda de todos para movê-la. Numa sociedade orientada na direção do serviço a si, seria bem mais difícil ter todos trabalhando no pedregulho, para o bem de todos; portanto, é bem mais fácil realizar as coisas para criar o princípio do serviço a outrem e crescer em comunidades orientadas positivamente, do que seria em negativas. Isto está correto? RA: Isto está correto.

16.32 Você poderia me dizer como e porquê a Confederação de Planetas foi formada? RA: O desejo por servir começa na dimensão do amor, ou entendimento, a se tornar um objetivo esmagador para o complexo de memória social. Assim, aqueles percentis de entidades planetárias acrescentados de aproximadamente mais 4%, cujas identidades não podemos falar, se encontraram há muito, muito tempo, no seu tempo, buscando a mesma coisa: serviço a outrem. O relacionamento entre estas entidades, na medida em que entravam num entendimento sobre outros seres, outras entidades planetárias e outros conceitos de serviço, era compartilhar e continuar juntas nestes objetivos de serviço em comum. Assim, cada uma voluntariamente colocou os dados do complexo de memória social no que você poderia considerar um complexo de pensamento central, disponível a todas. Isto, então, criou uma estrutura, onde cada entidade poderia trabalhar no seu próprio serviço, enquanto convocava qualquer outro entendimento necessário para melhorar o serviço. Esta é a causa da formação e a maneira de trabalho da Confederação.

16.33 Com tamanho número de planetas nesta galáxia, eu estava pensando se você disse que existem aproximadamente quinhentos planetas na Confederação. Isto me parece uma percentagem relativamente pequena do número total de planetas em quarta e quinta densidades. Existe uma razão para esta percentagem relativamente pequena nesta Confederação? RA: Existem muitas Confederações. Esta Confederação trabalha com esferas planetárias de sete das suas galáxias, se você desejar, e é responsável pelos chamados das densidades destas galáxias.

16.34 Você poderia definir a palavra galáxia como você acabou de usar? RA: Nós usamos aquele termo no sentido em que você usaria sistemas estelares.

16.35 Eu estou um pouco confuso com relação a quantos planetas no total então, por alto, a Confederação na qual você está, serve? RA: Eu vejo a confusão. Nós temos dificuldade com a sua linguagem. O termo galáxia deve ser dividido. Nós chamamos galáxia aquele complexo vibracional que é local. Então, o seu sol é o que chamaríamos de centro de uma galáxia. Nós vemos que vocês têm outro significado para este termo.

16.36 Em nossa ciência, o termo galáxia se refere ao sistema estelar lenticular que contém milhões e milhões de estrelas, e isto ocorreu mais cedo nas nossas comunicações, esta área de confusão. Estou feliz que nós a esclarecemos. Agora, usando o termo galáxia no sentido que eu acabei de te dar, do sistema estelar lenticular que contém milhões de estrelas, você conhece a evolução noutras galáxias além desta? RA: Nós estamos cientes da vida em capacidade infinita. Você está correto nesta suposição.

16.37 Você poderia me dizer se a progressão da vida noutras galáxias é similar à progressão nesta? RA: A progressão é, de certa forma, próxima à mesma, assintotamente se aproximando da congruência através de todo o infinito. A livre escolha do que você chama de sistemas galácticos causa variações, de natureza extremamente pequena, entre uma das suas galáxias e as demais.

16.38 E então a Lei do Uno é verdadeiramente universal ao criar a progressão em direção à oitava densidade ou octavo em todas as galáxias. Isto está correto? RA: Isto está correto. Existem formas infinitas, entendimentos infinitos, mas a progressão é uma.

16.40 Este é um ponto muito importante. Eu acredito não ser necessário que uma entidade perceba conscientemente a Lei do Uno para ir da terceira para a quarta densidade? RA: Isto está correto.

16.41 Em qual ponto das densidades é necessário que a entidade perceba conscientemente a Lei do Uno para progredir? RA: A colheita da quinta densidade é para aqueles cujas distorções vibratórias aceitam conscientemente a honra/dever da Lei do Uno. Esta responsabilidade/honra é a fundação desta vibração.

16.50 É possível para você dar uma pequena descrição das condições na quarta densidade?

RA: Nós pedimos que você considere, enquanto falamos, que não existem palavras para descrever positivamente a quarta densidade. Nós podemos apenas explicar o que ela não é e, aproximadamente, o que ela é. Além da quarta densidade, a nossa habilidade se torna mais limitada, até que nós ficamos sem palavras.
Aquilo que a quarta densidade não é: não é de palavras, a não ser que seja escolhido. Não é de veículos químicos pesados para atividades do complexo do corpo. Não é de desarmonia dentro de si. Não é de desarmonia entre pessoas. Não está dentro dos limites da possibilidade causar desarmonia de forma alguma.
Aproximações de declarações positivas: é um plano de um tipo de veículo bípede, que é bem mais denso e mais cheio de vida; é um plano onde se está ciente dos pensamentos de outrem; é um plano onde se está ciente das vibrações de outrem; é um plano de compaixão e entendimento das dores da terceira densidade; é um plano que se esforça na direção da sabedoria ou luz; é um plano onde as diferenças individuais são pronunciadas, apesar de automaticamente harmonizadas pelo consenso do grupo.

16.51 Você poderia definir a palavra densidade, já que temos a usado para nos dar uma ideia um pouco melhor do conceito deste termo, quando usado por você? RA: O termo densidade é um, como você o chamaria, termo matemático. A analogia mais próxima é aquela da música, onde após sete notas na sua escala do tipo ocidental, se você desejar, a oitava nota inicia um novo octavo. Dentro do seu octavo maior de existência, o qual nós compartilhamos com vocês, existem sete octavos ou densidades. Dentro de cada densidade existem sete sub-densidades. Dentro de cada sub-densidade, sete sub-sub-densidades, e assim por diante, infinitamente.

16.53 Eu entendo, então, que cada densidade tem sete sub-densidades, que novamente tem sete sub-densidades, que novamente tem sete sub-densidades. Isto se expande a um ritmo extremamente alto, já que as coisas são aumentadas na potência de sete. Isto significa que, em qualquer nível de densidade, qualquer coisa que se possa pensar está acontecendo? E muitas coisas que você nunca pensou estão acontecendo… existem… tudo está acontecendo… isto é confuso… RA: Da sua confusão, nós escolhemos o conceito com o qual você se esforça, este sendo a oportunidade infinita. Você pode considerar qualquer complexo possibilidade/ probabilidade como tendo uma existência.

16.54 O que nós fazemos quando pensamos nas possibilidades que poderiam ocorrer, digamos, sonhando acordados: Estas possibilidades se tornam reais nestas densidades? RA: Isto depende da natureza de seu sonho acordado. Este é um assunto extenso. Talvez a coisa mais simples que possamos dizer é, se o sonho acordado, como você o chama, for um que chama a atenção do self, então este se torna realidade para o self. Se for um sonho acordado contemplativo comum, este pode entrar na infinidade de complexos de possibilidade/probabilidade e ocorrer em outro lugar, não tendo nenhuma ligação em particular com os campos de energia do criador.

16.55 Para tornar isto um pouco mais claro, se eu estivesse sonhando acordado fortemente sobre construir uma nave, isto ocorreria numa destas outras densidades? RA: Isto ocorreria, teria ocorrido, ou ocorrerá.

16.56 E então se, digamos, uma entidade sonha acordada fortemente sobre combater, digamos, outra entidade, isto ocorreria? RA: Neste caso, a fantasia da entidade diz respeito ao self e a outro-self; isto liga a forma-pensamento ao complexo de possibilidade/probabilidade conectado ao self, que é o criador desta forma-pensamento. Isto então aumentaria a possibilidade/probabilidade de trazer isto à ocorrência em terceira densidade.

16.57 O grupo de Orion usa este princípio a fim de criar condições para facilitar a realização dos seus propósitos? RA: O grupo de Orion usa os sonhos acordados de naturezas vibratórias hostis, ou de outra natureza negativa, para retroalimentar ou fortificar estas formas-pensamento.

16.58 Eles usam qualquer, digamos, gratificação do corpo físico para amplificar tais sonhos acordados? RA: Eles são capazes de fazer isto apenas quando existe uma habilidade forte, da parte do complexo mente/corpo/espírito receptor, com relação à percepção de formas-pensamento. Isto poderia ser chamado de característica incomum, mas tem, de fato, sido um método usado pelas entidades de Orion.

16.59 Os muitos Andarilhos vindo para este planeta agora e no passado recente – eles estão sujeitos aos pensamentos de Orion? RA: Como nós dissemos anteriormente, os Andarilhos se tornam completamente a criatura de terceira densidade em complexo mente/corpo. Existe tanta chance de tal influência à entidade de um Andarilho, como a um complexo mente/ corpo/ espírito desta esfera planetária. A única diferença ocorre no complexo do espírito que, se ele desejar, tem uma armadura de luz, digamos, que o capacita a reconhecer mais claramente aquilo que não é apropriadamente desejado pelo complexo mente/ corpo/ espírito. Isto não é mais que uma tendência e não pode ser chamado de entendimento.
Além disto, o Andarilho é, em o seu próprio complexo mente/corpo/espírito, menos distorcido na direção das, digamos, tortuosidades das confusões positivas/negativas da terceira densidade. Assim, ele geralmente não reconhece tão facilmente quanto um indivíduo mais negativo, a natureza negativa de pensamentos ou seres.

16.60 Então, os Andarilhos, nas suas encarnações aqui, seriam alvos de alta prioridade, digamos, do grupo de Orion? RA: Isto está correto.

16.61 E se um Andarilho fosse infringido com sucesso, digamos, pelo grupo de Orion, o que aconteceria com este Andarilho na colheita? RA: Se a entidade do Andarilho demonstrasse, através da ação, uma orientação negativa em relação a outrem, ele seria, como nós dissemos anteriormente, pego na vibração planetária e, quando colhido, possivelmente repetiria novamente o ciclo mestre da terceira densidade como uma entidade planetária.

31 de janeiro de 1981
nota: a expressão Self refere-se ao Eu (pessoa), que nem sempre foi traduzido nos livros.

artigos relacionados:

sessão 17 – Colheita – Jesus Cristo – livro Oahspe
sessão 18 – Yahweh
sessão 19 – segunda para a terceira densidade
sessão 20 – estátuas da Ilha de Páscoa – segunda densidade
sessão 21 – terceira densidade
sessão 22 – colheita – Atlântida
sessão 23 – Egípcios
sessão 24 – Yahweh
sessão 25 – Quinta Densidade, densidade da luz ou sabedoria

Disclaimer:
1. Os artigos são escritos em português do (Brasil ou de Portugal) ou numa mistura de ambos.
2. Os autores não usam facebook, portanto se tiver alguma pergunta, coloque aqui no site, na secção dos comentários (não do facebook)
3. Os artigos colocados neste site, são diferentes dos colocados nos meios de comunicação de massas. Não significa que os autores concordam ou discordam com os mesmos. Você deve usar a sua intuição com aquilo que ressoa ou não consigo. Ninguém é dono da verdade absoluta e este site não foge à regra.

Partilhar no Facebook

6 Comments

  1. whoah this blog is excellent i love studying your posts.
    Keep up the good work! You understand, lots of people are searching around foor this info, you could hrlp them greatly.

  2. Нeⅼlо there, I found your site ᴠia Google whilst ⅼooking f᧐r а rеlated subject, yoᥙr website goot here up, it l᧐oks ɡood.
    Ι’ve bookmarked іt in my google bookmarks.
    Ηi therе, simply Ьecome alert tߋ your bloig through Google,
    and located thаt it’s гeally informative. Ι’m gonna Ƅe careful foor brussels.
    І wil apopreciate іf yoս proceed tһіs іn future.
    Numerrous people ϲan be benefited frokm yⲟur writing.
    Cheers!

  3. Magnificent goods from you, man. I have have
    in mind your stuff prior to and you are just extremely magnificent.
    I actually like what you have bought here,
    certainly like what you are stating and the way
    wherein you are saying it. You’re making it enjoyable and you still take care of to stay it smart.
    I can not wait to learn much more from you. That is really a great website.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.