2017 Artigos B.F., Benjamin Fulford

Benjamin Fulford 19-4-2017 Henry Kissinger foi visto na base militar da Flórida tentando iniciar a 3ª Guerra Mundial

Partilhar:

Henry Kissinger foi visto na base militar da Flórida tentando iniciar a 3ª Guerra Mundial

Henry Kissinger foi visto no início de abril em uma base militar dos EUA na Flórida, disseram fontes do Pentágono. Foi Kissinger quem escreveu o plano para a reunião de cúpula de abril entre o Presidente chinês Xi Jinping e o Presidente Corporativo dos Estados Unidos, Donald Trump, dizem as fontes.

O ataque ilegal de mísseis Tomahawk contra o pessoal da Força Aérea da Rússia e Síria dentro da Síria, ocorrido durante a cúpula, também foi ordenado por Kissinger, acrescentam as fontes. O General Norte-Americano Joseph Dunford não soube do ataque até 15 minutos depois de ter acontecido, continuam as fontes do Pentágono.

Kissinger também está orquestrando as tentativas de provocar uma guerra com a Coreia do Norte, dizem eles. Por esta razão, o pessoal militar e naval norte-americano precisa estar em alerta máximo para que os desonestos oficiais sejam subornados e ataquem a Coreia do Norte, dizem eles. Nenhum ataque à Coreia do Norte será autorizado pela cadeia regular de comando.

Kissinger está lutando pela sobrevivência da Máfia dos adoradores de Satanás Khazarianos e sua grade de controle financeiro. Ele precisa ser preso o mais rápido possível.

Aquele que seria o pistoleiro para falso ataque de terror muçulmano nos EUA pede proteção

Um Norte-Americano de origem Egípcia chamado Amin Amin contactou-me para pedir proteção, porque sentia que a sua vida estava em perigo e que ele estava sendo contactado para atuar como um pistoleiro para um ataque terrorista “muçulmano” nos EUA.

Amin, que está atualmente no Tennessee, diz que tanto a CIA quanto a inteligência Sudanesa o contactaram e tentaram convencê-lo a trabalhar para eles. Amin diz que os oficiais de inteligência Sudaneses incluíram pessoas que passavam pelo nome de Tarik e Wahir. Ele diz que os conhecia desde a infância, e que eles são sobrinhos do Primeiro-Ministro israelense Benyamin Netanyahu que, na realidade, é um árabe e não um judeu.

As outras pessoas que tentaram recrutá-lo são uma pessoa judaica com o nome de Andrew Lamont e um FreeMaçon palestino do 33º grau, chamado Jamal Abuseyada.

Amin diz que lhe foi oferecido grandes somas de dinheiro para cooperar, mas quando ele se recusou, ele foi demitido de seu trabalho como assistente de ensino numa escola muçulmana no Tennessee. Amin pediu-me para informar ao mundo que ele é limpo, sóbrio e não-violento, e que ele não está planeando qualquer ataque terrorista. Ele gostaria que os chapéus brancos da comunidade de inteligência venham a contactá-lo.

Ele também disse que conhecia um palestino chamado Nazar que costumava ser colega de quarto do Unabomber. Ele disse que Nazar lhe disse que o ex-chefe da Organização da Libertação da Palestina, Yasser Arafat, foi “morto num ataque e substituído por um duplo”.

https://benjaminfulford.net/

Disclaimer:
1. Os artigos são escritos em português do (Brasil ou de Portugal) ou numa mistura de ambos.
2. Os artigos colocados neste site, são diferentes dos colocados nos corruptos meios de comunicação de massas. Não significa que os autores concordam ou discordam com os mesmos. Você deve usar a sua intuição com aquilo que ressoa ou não consigo. Ninguém é dono da verdade absoluta e este site não foge à regra.

Partilhar:

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments