Forum

Breadcrumbs do fórum - Está aqui:FórumOEvento.pt: Forum - O EventoFilmes e Séries
Por favor ou Registo para criar artigos e tópicos

Filmes e Séries

DE OLHOS BEM FECHADOS (Eyes Wide Shut, 1999, Stanley Kubrick)

Último filme deste realizador (morreu cinco dias depois de entregar a versão final) e o mais problemático pois durou alguns anos a ser concretizado e passou por vários percalços e atritos com a produção, tendo o cenário de Nova Iorque sido recriado em Londres nos estúdios Pinewood. Foi o argumento possível na altura e a escolha dos principais actores acabou tendo relevância pelo conhecimento e envolvimento que tinham (têm?) com esses bastidores trevosos. Hoje sabemos qual a extensão e profundidade que têm muito pelas denúncias de quem vivenciou esses sinistros ambientes, como Fiona Barnett, que deu ao seu livro, (disponivel no site) um título idêntico mas de sentido contrário 'Eyes wide open'.

https://xfrxqu.s.cld.pt

Ficheiros carregados:
  • Tem de iniciar a sessão para ter acesso aos carregamentos.
Carla Mota, Bellator Lucis e 3 e outros utilizadores reagiram a este artigo.
Carla MotaBellator LucisMarcelo CapuchoReal VialdisFelismina

A ILHA (The Island, 2005, Michael Bay)

Filme que recria em 2005 um cenário futurista e dominado totalmente pela tecnologia, ambientado em 2019. Já está ultrapassada essa data e ainda estamos longe desses ambientes, mas não das implicações para a humanidade pensante que esse domínio está cada vez mais a ter. Acção bem musculada garantida ou não estivesse por conta de Michael Bay. Prestações dos actores normais mas parecendo sofrer os efeitos de alguma robotização, ao contrário do 'humano' James McCord (Steve Buscemi).

(este argumento faz lembrar 'O Mito/Alegoria da Caverna' de Platão, 'Admirável Mundo Novo' de Aldous Huxley e do filme do australiano Peter Weir 'O Show de Truman'

https://mega.nz/file/p1pHAKAK#omkNOXHp49G4IhSLZu6Mv95R-ajYw4q-hsbcuEXt8wg

Ficheiros carregados:
  • Tem de iniciar a sessão para ter acesso aos carregamentos.
Krystal, Anna e 3 e outros utilizadores reagiram a este artigo.
KrystalAnnaMiriam RSlipSystemFelismina

TOMORROWLAND - A TERRA DO AMANHÃ (Tomorrowland, 2015, Brad Bird)

Caríssimas Carla e Anna, este é o filme d'aonde foram extraídas as cenas do clip 'The Future' no post do Cobra de 29/10 e que, como disse aí, me espicaçou a revê-lo pelos vossos comentários, o que fiz com agrado. Já na estreia no cinema me havia entusiasmado, para  mais tendo sido no IMAX do Colombro, mas desta vez o que me interessou foi dar uma atenção actualizada às mensagens expressas e subliminares em que ele é bem rico. Pena é que elas se vão misturando e confundindo por se pretender quer dizer coisas de mais sem o necessário desenvolvimento e entendimento. Valem os incríveis cenários futuristas, muito bem conseguidos e as prestações dos actores, sobretudo Britt Robertson (Casey) que literalmente toma conta do filme, sobretudo na primeira parte, pela expressividade, dinamismo, entusiasmo que irradia.

https://mega.nz/file/xpYRVKgZ#HgQ08f42hqZB5NowhM3vm2eFSAiMTasZ8NseUnGzG1U

Ficheiros carregados:
  • Tem de iniciar a sessão para ter acesso aos carregamentos.
Krystal, Anna e Mario Jorge correia da dilva reagiram a este artigo.
KrystalAnnaMario Jorge correia da dilva

OUTBREAK - FORA DE CONTROLO (Outbreak, 1995, Wolfgang Petersen)

Um vírus desconhecido extermina a população e os animais de uma pequena tribo no Zaire no ano de 1967,e é decidido pelos responsáveis americanos em conluio com o governo local criar a operação "Limpeza Total", eliminando com o lançamento de uma bomba todo o acampamento. Porém, alguns macacos cobaias conseguiram fugir e um deles é  é contrabandeado para a uma pequena cidade nos Estados Unidos infectando o contrabandista acabando por o virus se espalhar a uma velocidade enorme. Um médico militar e sua ex-mulher são chamados para o combater e descobrir um antídoto. Mas começa a desconfiar que há interesses ocultos por parte das chefias militares e que o que estava a acontecer não passava da continuação das experiências que realizavam nos bastidores. Uma luta contra o tempo se inicia por parte do médico e sua equipa para conseguir arranjar o antidoto antes que a decisão de exterminar toda essa população fosse tomada.

Mais um filme bem conseguido e que levanta muitas questões que importa ter em conta sobretudo nestes tempos em que estamos sendo cobaias numa experiência planeada e programada e que é bem mais assustadora. Boa prestação dos actores com destaque para Kevin Spacey que ganhou vários prémios pela sua actuação.

https://rws4ez.s.cld.pt

Ficheiros carregados:
  • Tem de iniciar a sessão para ter acesso aos carregamentos.
Anna, Patricia Afonso e 3 e outros utilizadores reagiram a este artigo.
AnnaPatricia AfonsoMarcelo CapuchoFelisminaMario Jorge correia da dilva

37 SEGUNDOS (37 Sekanzu, Hikari (Mitsuyo Miyazaki) , 2019)

É altura de mudar de temática e de origem pois há muito por onde escolher por esse mundo fora, pois diversidade e qualidade é o que não falta, felizmente e graças à disponibilidade e empenho de gente dedicada à arte, tendo em conta que tudo se encontra acessível neste 'armazém global', basta procurar nos sítios certos. E é o que sempre fiz por me catalogar como cinéfilo' e me empenhar em o ser da melhor maneira possível.

Desta vez a escolha vai para uma pequena obra-prima japonesa na qual a nossa sensibilidade é testada de um modo que diria, incómodo. Obra especial mas sem recurso a nenhum efeito especial aborda a vivência diária de uma jovem que num mundo aonde as deficiências genéticas (neste caso) são um transtorno a assumir sejam quais forem os obstáculos a ultrapassar.

Primeira longa (metragem) duma realizadora que é conhecida sobretudo pelas suas curtas, nas quais a sua capacidade de tratar de temas sensíveis já era evidente, pelo que consta, pois nenhuma delas e infelizmente, foi até agora disponibilizado por aqui. Valeu esta e por isso estamos gratos. Acresce adiantar que já agregou vários prémios importantes por onde passou até agora, o que, quanto a mim, não é de admirar, bem antes pelo contrário.

https://i7hruu.s.cld.pt

Ficheiros carregados:
  • Tem de iniciar a sessão para ter acesso aos carregamentos.
Carla Mota e Mario Jorge correia da dilva reagiram a este artigo.
Carla MotaMario Jorge correia da dilva

THE BLACKOUT (Аванпост, 2019, Egor Baranov)

Novo filme, desta feita a sugestão de Bruno2000.

É uma obra de origem russa e que não foi muito bem recebida tanto no seu país como por onde foi exibido. Conforme constam as crónicas tal deveu-se talvez a que era para ter sido uma série (seriado) e que o enredo não era para ser este. Passou por vários precalços e o que resultou ficou assim uma misturada confusa e desarrumada. Custa entender o que se passa, aonde e porquê e a introdução no enredo de personagens não humanos acaba por vir complicar ainda mais. Bruno caracteriza-os como 'annunakis', mas eu perguntaria, quais? É que essa designação significa 'os que vieram do alto' e muitos foram os que andaram por aqui. Os que mais têm a ver connosco como humanos e que se encaixam no que expressa o personagem que lida com as chefias militares, de nome ID, parecem ser os pleiadianos de Nibiru (Anu/Enki/Enlil/Inanna/Marduk, etc) mas a alusão a RA, como sendo o seu mestre acaba baralhando pois a entidade que se conhece com essa designação, nada tem a ver com esses 'annunakis'

.Enfim, é um filme com algum impacto visual mas com uma violência exagerada,embora bem encenada. O recurso a tanques estilo anos 70 à mistura com alguma tecnologia avançada vem criar um ambiente estranho e algo inverosímil e o facto de se passar quase sempre em ambientes escuros acaba por prejudicar o resultado final. Mas vale como entretenimento.

O filme está na língua original mas optei por deixar acessível a dobragem/dublagem em inglês, pois foi dessa versão que os diálogos foram traduzidos e assim poderão confirmar, se interessar. Se correspondem ao que é dito e descrito, aí, só mesmo quem entender o russo, que não é o meu caso bem como não será o vosso, não é mesmo (rs)?

https://mega.nz/file/pxY0WL7L#7LNX-jinSRfSYfZyDGGNvmTCUXwD3AH0zGoOnZtfXDg

Ficheiros carregados:
  • Tem de iniciar a sessão para ter acesso aos carregamentos.
Carla Mota, Anna e Mario Jorge correia da dilva reagiram a este artigo.
Carla MotaAnnaMario Jorge correia da dilva

ESPECIAIS - HERÓIS ANÓNIMOS (Hors Normes, 2019, Éric Toledano/Olivier Nakashe)

Caríssimos, mais um filme, este priorizado em relação à lista de espera tanto de minha selecção como das vossas sugestões, em atenção à situação familiar de Carla pois aborda a temática 'autista' de um modo muito directo, realista mas vincando mensagem optimista.

Centra-se no dia-a-dia de organização que 'funciona' um tanto 'fora das normas' (daí o título original 'Hors Normes') e que providencia assistência e acompanhamento pessoal a casos graves que os organismos oficiais recusam.

A dupla de realizadores que apesar de um 'curriculum' ainda curto têm vindo a impor-se no mercado pela capacidade em reinventar géneros, tanto de pura comédia como do mais candente, drama, muitas vezes mesclados. Neste caso o humor é claro mas contido e o drama ganha protagonismo de uma forma que constrange e angustia, pelo realismo.

Funciona igualmente como denúncia pois muito do que é exposto não é novidade para quem lida com esses casos diariamente, que no filme se misturam e confundem ao ponto de se ficar na dúvida do que é verdadeiro e do que é ficcionado.

É assim uma obra a ser devidamente vista, apreciada e ponderada e que, dada a confusão e descontrole em que todos os sistemas de saúde passaram a funcionar, havendo mesmo quem esteja seleccionando os que têm direito a tratamento e os demais, descartáveis, pergunta-se: O que será destes infelizes se esses 'heróis anónimos' deixarem de ter quaisquer condições de os auxiliar e acompanhar?

Uma palavra de louvor aos actores, sobretudo Vincent Cassel, capaz de brilhar em todos os registos por mais difíceis que sejam (e foram muitos, basta atentar à sua já longa carreira) e que faz juz aos 'genes' artísticos familiares pois seu pai foi um 'icon' do cinema francês, Jean-Pierre Cassel.

https://dhbv28.s.cld.pt

Saudações e até...

Ficheiros carregados:
  • Tem de iniciar a sessão para ter acesso aos carregamentos.
Krystal, Carla Mota e Mario Jorge correia da dilva reagiram a este artigo.
KrystalCarla MotaMario Jorge correia da dilva

ELES VIVEM (They Live, 1988, John Carpenter)

Mais um filme que selecciono não por sugestão directa mas por ter encontrado em recente pesquisa no item 'livros' do site, uma lista de filmes recomendados pelo administrador e um deles é até referenciado com destaque, como sendo um dos seus preferidos. E aqui o deixo para que seja revisto e para que o pessoal mais novo, que certamente o desconhece, lhe dê uma olhada.

John Carpenter foi um artífice de múltiplas funções na indústria do cinema americano mas foi como realizador que mais se distinguiu e os géneros que abarcou foram dos mais diversos e quase sempre mesclados, tornando por vezes dificil defini-los. E um dos que se destacou foi a chamada 'ficção científica', embora sempre abordada com espalhafato e alguma ironia. Mas os argumentos escolhidos reflectiam uma abertura e interesse por esse tema e agora com o conhecimento que se tem dessa 'ficção' que já o não é, dá para entender o que na altura apenas se subentendia ou se apresentava como simples entretenimento.

Portanto e dando de barato quanto às ingenuidades e exageros da tecnologia da época, o que importa extrair é a certeza que hoje temos de que uma boa parte da humanidade não é, de facto, o que aparenta (e eu que o diga, eheheh)

E já agora, aproveitando esta chamada de atenção para este realizador, deixarei aqui em breve duas das suas obras que exploram a componente ET, de ópticas bem distintas.

https://st4raa.s.cld.pt

 

Ficheiros carregados:
  • Tem de iniciar a sessão para ter acesso aos carregamentos.
Aniron oevento.pt, Krystal e 4 e outros utilizadores reagiram a este artigo.
Aniron oevento.ptKrystalTheVortexCarla MotaMarcelo CapuchoRuna2020

Olá Álvaro,

Tinha um documentário gravado na minha TV mas foi se sem eu perceber ...dada a memória do mesmo e gravou por cima..

Porventura terá o documentário do canal História " Jesus a sua Vida"?

Grata

Carla Mota reagiu a este artigo.
Carla Mota
Citação de Anna em 22 Dezembro, 2020, 18:23

Olá Álvaro,

Tinha um documentário gravado na minha TV mas foi se sem eu perceber ...dada a memória do mesmo e gravou por cima..

Porventura terá o documentário do canal História " Jesus a sua Vida"?

Grata

Caríssima, Anna,

Antes de mais, peço que dê atenção ao que deixei na parte final da resposta à Carla.

E quanto a esse documentário, lamento mas não tenho, primeiro porque não tenho TV nem box de nenhuma operadora, como decerto já deixei exposto tanto no site como por aqui. E depois porque 'Jesus' o que tem mais por aí são 'vidas'. Dê uma olhada ao que expus na resposta a José Augusto quanto às Cartas de Cristo. Tenho sim alguns livros e creio que ebooks e filmes também. Vou procurar e depois deixarei no tópico 'Intercâmbio' a resposta, se interessar, claro, ok?

Saudações e até...

 

Carla Mota e Anna reagiram a este artigo.
Carla MotaAnna

Caro Álvaro

A entrevista que foi feita a simon pelo bill do project avalon, que está  no outro tópico..tem na sua parte final, uma relíquia,  entre entrevistador e entrevistado. Como são  sempre poucas palavras que dizem tanto. Sim naquela parte em que aborda exactamente  esse ser. Tão  humilde e sábio..

Anna e AlvaroBarriaMaio reagiram a este artigo.
AnnaAlvaroBarriaMaio

Obrigada Alvaro

AlvaroBarriaMaio reagiu a este artigo.
AlvaroBarriaMaio

FELIZ NATAL (Joyeux Noël, 2005, Christian Carion)

Caríssimos, apesar de já nada me ligar a estas comemorações que se alienaram e conspurcaram sem remissão, aqui lhes deixo este 'presente' dum  incrível e muito especial evento, passado precisamente em vésperas de um outro natal, em que a verdadeira fraternidade e solidariedade entre os povos se manifestou duma forma maravilhosamente espontânea e natural apesar da adversidade vivida então, mas que teve consequências lamentáveis por conta das chefias, que já então como agora não aceitam nem toleram essas liberdades.

Realço a importância da legendagem em detrimento da dobragem/dublagem (muito mais implantada no Brasil do que aqui), pois foi imperativo da produção que os actores fossem genuínos de cada país.

É assim mais um filme que tal como todos os demais, aliás, deve ser integralmente apreciado, visto, ouvido e sentido, nas melhores condições possíveis, o que hoje em dia até é muito fácil de se conseguir, basta empenhar-se nisso. É o que eu faço, mas como sou um cinéfilo assumido e de longa data, sou assim suspeito, portanto... (rs).

UMAS BOAS FESTAS PARA TODOS, GENERICAMENTE FALANDO e até...

https://mega.nz/file/10owxYbY#iPw5PLtKOBcMZ0OA6i6-Bbm5HIifD2SD5wH7KBJtfVc

Ficheiros carregados:
  • Tem de iniciar a sessão para ter acesso aos carregamentos.
Krystal, Carla Mota e Mario Jorge correia da dilva reagiram a este artigo.
KrystalCarla MotaMario Jorge correia da dilva

Séries WestWorld, ainda estou na primeira tenporada, mas fiquei bem surpreendida com toda a narrativa. Pode ser uma boa analogia da nossa vida...

Ficheiros carregados:
  • Tem de iniciar a sessão para ter acesso aos carregamentos.
Krystal, Carla Mota e 3 e outros utilizadores reagiram a este artigo.
KrystalCarla MotaAnnaMarcelo CapuchoMario Jorge correia da dilva
Citação de Miriam R em 28 Dezembro, 2020, 15:17

Séries WestWorld, ainda estou na primeira tenporada, mas fiquei bem surpreendida com toda a narrativa. Pode ser uma boa analogia da nossa vida...

Caríssima Miriam R, venho saudá-la por ter 'inaugurado' sua presença no fórum, neste tópico, mas, dado que não acompanhou desde o princípio, não ficou sabendo das alterações que fui fazendo para melhor arrumação destes espaços que criei. Deverá por isso postar qualquer sugestão, simples comentário ou desabafo no tópico que criei para esse efeito Intercâmbio (AlvaroBarriaMaio) aonde encontrará este link com as informações mais pormenorizadas  https://www.oevento.pt/forum/topic/intercambio-alvarobarriamaio/#postid-126

E quanto à série que indica eu acrescentaria que será uma boa analogia de como será a vida por aqui quando as máquinas tomarem conta da humanidade que restar ainda como tal. Eu tenho as três temporadas (não por via da NetFlix) que saíram até agora mas só terminei a segunda (é espectacular mas bem sombria, para dizer o mínino). E não sei quando a verei pois são mais de 250 as séries que tenho guardadas e muitas não param de crescer (rs)

Seja benvinda e aproveite alguns dos filmes que já por aqui estão disponíveis, pois merece atenção acurada.

Krystal e Miriam R reagiram a este artigo.
KrystalMiriam R

Obrigada,

Não me apercebi que estava no tópico errado 🙏

Como só vi a primeira temporada não posso comentar muito, mas estava a comparar-nos a eles e a referir-me ao facto de eles estarem a despertar a consciência para a verdade e como tudo é manipulado no mundo deles...

Mas é só um ponto de vista...

Mario Jorge correia da dilva reagiu a este artigo.
Mario Jorge correia da dilva
Citação de AlvaroBarriaMaio em 15 Dezembro, 2020, 18:40

ELES VIVEM (They Live, 1988, John Carpenter)

Mais um filme que selecciono não por sugestão directa mas por ter encontrado em recente pesquisa no item 'livros' do site, uma lista de filmes recomendados pelo administrador e um deles é até referenciado com destaque, como sendo um dos seus preferidos. E aqui o deixo para que seja revisto e para que o pessoal mais novo, que certamente o desconhece, lhe dê uma olhada.

John Carpenter foi um artífice de múltiplas funções na indústria do cinema americano mas foi como realizador que mais se distinguiu e os géneros que abarcou foram dos mais diversos e quase sempre mesclados, tornando por vezes dificil defini-los. E um dos que se destacou foi a chamada 'ficção científica', embora sempre abordada com espalhafato e alguma ironia. Mas os argumentos escolhidos reflectiam uma abertura e interesse por esse tema e agora com o conhecimento que se tem dessa 'ficção' que já o não é, dá para entender o que na altura apenas se subentendia ou se apresentava como simples entretenimento.

Portanto e dando de barato quanto às ingenuidades e exageros da tecnologia da época, o que importa extrair é a certeza que hoje temos de que uma boa parte da humanidade não é, de facto, o que aparenta (e eu que o diga, eheheh)

E já agora, aproveitando esta chamada de atenção para este realizador, deixarei aqui em breve duas das suas obras que exploram a componente ET, de ópticas bem distintas.

https://st4raa.s.cld.pt

 

olá aLVARO

Não consegue o ficheiro das legendas?

desta forma publicava um artigo sobre este filmeque muita gente quer ver.

obg

Carla Mota e Anna reagiram a este artigo.
Carla MotaAnna
Citação de Aniron oevento.pt em 29 Dezembro, 2020, 15:46
Citação de AlvaroBarriaMaio em 15 Dezembro, 2020, 18:40

ELES VIVEM (They Live, 1988, John Carpenter)

Mais um filme que selecciono não por sugestão directa mas por ter encontrado em recente pesquisa no item 'livros' do site, uma lista de filmes recomendados pelo administrador e um deles é até referenciado com destaque, como sendo um dos seus preferidos. E aqui o deixo para que seja revisto e para que o pessoal mais novo, que certamente o desconhece, lhe dê uma olhada.

John Carpenter foi um artífice de múltiplas funções na indústria do cinema americano mas foi como realizador que mais se distinguiu e os géneros que abarcou foram dos mais diversos e quase sempre mesclados, tornando por vezes dificil defini-los. E um dos que se destacou foi a chamada 'ficção científica', embora sempre abordada com espalhafato e alguma ironia. Mas os argumentos escolhidos reflectiam uma abertura e interesse por esse tema e agora com o conhecimento que se tem dessa 'ficção' que já o não é, dá para entender o que na altura apenas se subentendia ou se apresentava como simples entretenimento.

Portanto e dando de barato quanto às ingenuidades e exageros da tecnologia da época, o que importa extrair é a certeza que hoje temos de que uma boa parte da humanidade não é, de facto, o que aparenta (e eu que o diga, eheheh)

E já agora, aproveitando esta chamada de atenção para este realizador, deixarei aqui em breve duas das suas obras que exploram a componente ET, de ópticas bem distintas.

https://st4raa.s.cld.pt

 

olá aLVARO

Não consegue o ficheiro das legendas?

desta forma publicava um artigo sobre este filmeque muita gente quer ver.

obg

Caríssimo, grato por referenciar este filme que foi resultado da tal pesquisa que fiz no site. Mas antes venho também dar-lhe conta, como tenho feito aos demais, do que pedi ao abrir o tópico 'Intercâmbio...' e que está aqui para facilitar: https://www.oevento.pt/forum/topic/intercambio-alvarobarriamaio/#postid-126

Quanto à legenda desse filme, segue deste jeito porque não dá para incluir no anexo. Na generalidade os filmes vêm com elas à parte (ou terão de ser encontradas noutro sítio) mas eu estou a embuti-las para ficar apenas com um ficheiro no formato 'mkv', que dá para a extrair caso interesse, como é este o caso.

https://0hd43j.s.cld.pt

Qualquer coisa mais, é só pedir... lá no 'Intercâmbio...', ok?

Saudações e até...

E estou a ver que tenho que alargar o horário de 'trabalho' pois as solicitações estão a aumentar (rs).

Krystal, Carla Mota e Anna reagiram a este artigo.
KrystalCarla MotaAnna

NA NATUREZA SELVAGEM (Into the Wild, 2007, Sean Penn)

Caríssima Carla, aqui tem finalmente uma de suas sugestões, o soberbo filme de Sean Penn, baseado no livro do jornalista Jon Krakauer.

E só poderia ser mesmo um outro 'rebelde' a reproduzir em sublimes imagens o percurso imaginado pelo jornalista de como teria sido o do jovem Christopher.

Basta ter conhecido, p.ex, o que foi a 'rebeldia' dele aquando foi casado com a Madonna (outra rebelde) pois chegou a estar preso por um bom tempo por ter dado cabo do 'canastro' a um 'paparazzi'(rs). Agora anda mais calmo mas a rebeldia continua e dela darei conta num filme em que ambos (e Emile Hirsch) entram, como actores.

E não digo mais, apenas que tomem boa conta da incrível banda sonora ('trilha' para os BR's) que se ajusta e enquadra na melhor perfeição nos fabulosos cenários.

E para quem interesse, deixo no tópico da Anna o livro do jornalista.

https://ygqj6x.s.cld.pt

 

Ficheiros carregados:
  • Tem de iniciar a sessão para ter acesso aos carregamentos.
Anna reagiu a este artigo.
Anna

A CONTAGEM FINAL (The Final Countdown, 1980, Don Taylor)

Como estamos em tempos de todos os paradoxos e contagens finais nada como apreciar estes que 'aconteceram' em 1980, neste muito bem conseguido filme. E como curiosidade acrescida há a salientar que estão passados agora precisamente 40 anos...!

E como complemento segue igualmente a espectacular música da banda 'Europe' que lhe está associada, embora não tenha feito parte da banda sonora.

E atenção aos 'paradoxos' que temos pela frente para não ficarmos 'presos' nalguns deles (rs)

Saudações Luminosas e até

FILME

https://xg8nb6.s.cld.pt

CLIP

https://g5jslo.s.cld.pt

Ficheiros carregados:
  • Tem de iniciar a sessão para ter acesso aos carregamentos.
Carla Mota e Mario Jorge correia da dilva reagiram a este artigo.
Carla MotaMario Jorge correia da dilva