Forum

Por favor ou Registo para criar artigos e tópicos

Canais espiritualista no Youtube

12

Quais canais espiritualistas do censuratube recomendam?

Começo com um video de hoje do canal do Fabio Santos, Educação Consciencial

Fala sobre Portugal e como tem muitos portugueses neste site creio que seja de bom grado trazer o video

Outros canais que indico

Canal do Thiago Lima

Canal da Debora G Barbosa

Despertar com Joyce Elisa

E canal da Andresa Molina, espaço humanidades

Citação de Arturiando em 8 Fevereiro, 2021, 1:07

Quais canais espiritualistas do censuratube recomendam?

Começo com um video de hoje do canal do Fabio Santos, Educação Consciencial

Fala sobre Portugal e como tem muitos portugueses neste site creio que seja de bom grado trazer o video

https://youtu.be/4cDIf1bkf8Y

Caríssimo, grato por 'puxar' para aqui esse destacado e influente membro da comunidade espiritualista brasileira que conheci através de Rodrigo Romo, a quem ele fez várias entrevistas e estiveram ambos em missão de resgate no Canadá há poucos meses. Está na minha lista de subscritos tal como muitos outros, a qual vou mantendo só e apenas para quando algum deles se destacar com informação relevante, o que, da minha actual perspectiva, raramente está acontecendo. Ele estará por aqui lá mais para o final do ano no evento 'Experience 2021', do qual é organizador e esse video, deduzo que será ja parte da sua promoção. Aguardemos. 

Saudações e até...

Arturiando reagiu a este artigo.
Arturiando

Boa tarde irmãos,

Venho pedir uma opinião a respeito do casal, Rogério e Luciana Attoresi, que me foi apresentado pelo whatsapp à poucos dias por uma amiga minha.

A senhora Luciana faz comunicação com Saint Germain.

Partilho aqui um vídeo a titulo exemplificativo, https://www.youtube.com/watch?v=JjxKwnRrHw4&ab_channel=LucianaeRog%C3%A9rioAttorresi

Podiam por favor dizer-me qual a veracidade/genuinidade das informações?

Como sabemos hoje em dia o nosso discernimento é e será cada vez mais importante no que toca a separar o trigo do joio, mas também ouvir/ler uma opinião de quem poderá ter experiência com determinado assunto é importante.

Assim, grato desde já, aguardo um feedback.

Cumprimentos,

Rodrigo

Bom dia!

Um outro canal que vale a pena seguir, com leitura dos acontecimentos actuais à luz das profecias bíblicas:

Rafael Bitencour

 

Outro site com conteúdo variado e muito elucidativo:

Thoth3126

Boa semana a todos!

Maria do Rosário

Citação de Rodrigo em 2 Agosto, 2021, 15:46

Boa tarde irmãos,

Venho pedir uma opinião a respeito do casal, Rogério e Luciana Attoresi, que me foi apresentado pelo whatsapp à poucos dias por uma amiga minha.

A senhora Luciana faz comunicação com Saint Germain.

Partilho aqui um vídeo a titulo exemplificativo, https://www.youtube.com/watch?v=JjxKwnRrHw4&ab_channel=LucianaeRog%C3%A9rioAttorresi

Podiam por favor dizer-me qual a veracidade/genuinidade das informações?

Como sabemos hoje em dia o nosso discernimento é e será cada vez mais importante no que toca a separar o trigo do joio, mas também ouvir/ler uma opinião de quem poderá ter experiência com determinado assunto é importante.

Assim, grato desde já, aguardo um feedback.

Cumprimentos,

Rodrigo

 Caríssimo Rodrigo, como estou retornando ao fórum embora não nos mesmos termos em que colaborei durante os últimos 6 meses, achei dever dar uma achega ao seu pedido embora esteja, como mais uma vez deixei escrito na última postagem no tópico 'Intercâmbio...', desligado das coisas deste mundo. Sou, o que se pode dizer, um veterano nestas andanças 'espiritualistas' desde que a religião oficial deixou de fazer sentido para mim e à qual estive bem entrosado até. E foi a partir dos meados dos anos 70 que comecei a interessar-me pelas vias espiritualistas alternativas tendo-me 'embrenhado' em praticamente a maioria delas, desde então, embora sem aderência nem compromisso. Não me adianto nesse sentido porque já o fui fazendo ao longo das mais de 200 postagens que aqui tenho e dei por finda essa busca a partir do ano 2012, considerando como que tivesse atingido o 'mestrado', diria (rs), entrando a partir daí num processo de interiorização e integração de todo esse aprendizado que se foi sedimentando e enraizando de um modo que considero sem retorno.

Em relação ao que pede sobre a veracidade e genuinidade desse casal, o que poderei adiantar é que foram um dos muitos que acompanhei sobretudo na altura em que começaram a receber mensagens dos Abraham, pois já conhecia essas entidades por vida do casal americano Jerry e Esther Hicks e foram ensinamentos bem úteis e importantes nessa minha fase de aprendizado. Ao dar agora uma olhada no seu site (o que já não fazia há muito) dou conta de que se têm expandido e consolidado bastante e de um modo que me parece consistente e fidedigno, apesar de constatar que nessa vertente das canalizações bem como, aliás, em todas as demais áreas da espiritualidade terrena, se esteja a atingir a saturação, pela redundância e repetição do que já foi por demais dito e redito. Só nessa vertente bastaria referir, p.ex., a revista metafísica Amaluz, que teve uma enorme importância e relevância nos finais do século passado e das quais conservo praticamente todas as suas edições, que, creio, se bem me lembro, pois elas estão junto às centenas de outras publicações da altura, como p,ex a conhecida e icônica 'Planeta', mais de 80 edições mensais.

Portanto, caríssimo é isso que me apraz dizer e já agora, aproveito para lhe dar conta do documentário que postei no dia 7 de julho que se centra no percurso de 6 canalizadores americanos, dos quais três lhe segui interessadamente o percurso, conforme disse. Mas o motivo porque escolhi esse documentário teve uma outra intenção e desdobramentos, que poderá acompanhar se interessar, claro.

https://www.oevento.pt/forum/topic/religioes-e-espiritualidades/?part=2#postid-561

E quanto aos canais espiritualistas no youtube, reitero o que disse ao aderente Arturiando na postagem acima, de 8 fevereiro.

Saudações Luminosas e até...

Rodrigo reagiu a este artigo.
Rodrigo
Citação de Maria em 10 Agosto, 2021, 11:44

Bom dia!

Um outro canal que vale a pena seguir, com leitura dos acontecimentos actuais à luz das profecias bíblicas:

Rafael Bitencour

 

Outro site com conteúdo variado e muito elucidativo:

Thoth3126

Boa semana a todos!

Maria do Rosário

Caríssima Maria do Rosário, como acabei de responder ao Rodrigo e como parece estar-me destinado 'sustentar' este espaço (rs), venho dar-lhe conta e a todos os interessados, do último artigo do site 'Thoth3126', uma 'carta aberta' bem oportuna e necessária face às atitudes e comportamentos cada vez mais insanos das tristes 'marionetes' que lamentávelmente ainda presidem aos destinos deste país (e de todos os demais coniventes por esse mundo fora). Esse é realmente um dos espaços mais bem documentados e completos que actualmente existem e é um dos que subscrevo via email.

https://thoth3126.com.br/carta-aberta-aos-nao-vacinados

Quanto ao outro que indica, abstenho-me porque já há muito me afastei das coisas da religião oficial e suas muitas extensões e derivados. Deixo-lhe como justificativo o link para a minha primeira colaboração no tópico relacionado que criei:

https://www.oevento.pt/forum/topic/religioes-e-espiritualidades/#postid-71

Saudações Luminosas e até...

 

Citação de AlvaroBarriaMaio em 12 Agosto, 2021, 23:18
Citação de Rodrigo em 2 Agosto, 2021, 15:46

Boa tarde irmãos,

Venho pedir uma opinião a respeito do casal, Rogério e Luciana Attoresi, que me foi apresentado pelo whatsapp à poucos dias por uma amiga minha.

A senhora Luciana faz comunicação com Saint Germain.

Partilho aqui um vídeo a titulo exemplificativo, https://www.youtube.com/watch?v=JjxKwnRrHw4&ab_channel=LucianaeRog%C3%A9rioAttorresi

Podiam por favor dizer-me qual a veracidade/genuinidade das informações?

Como sabemos hoje em dia o nosso discernimento é e será cada vez mais importante no que toca a separar o trigo do joio, mas também ouvir/ler uma opinião de quem poderá ter experiência com determinado assunto é importante.

Assim, grato desde já, aguardo um feedback.

Cumprimentos,

Rodrigo

 Caríssimo Rodrigo, como estou retornando ao fórum embora não nos mesmos termos em que colaborei durante os últimos 6 meses, achei dever dar uma achega ao seu pedido embora esteja, como mais uma vez deixei escrito na última postagem no tópico 'Intercâmbio...', desligado das coisas deste mundo. Sou, o que se pode dizer, um veterano nestas andanças 'espiritualistas' desde que a religião oficial deixou de fazer sentido para mim e à qual estive bem entrosado até. E foi a partir dos meados dos anos 70 que comecei a interessar-me pelas vias espiritualistas alternativas tendo-me 'embrenhado' em praticamente a maioria delas, desde então, embora sem aderência nem compromisso. Não me adianto nesse sentido porque já o fui fazendo ao longo das mais de 200 postagens que aqui tenho e dei por finda essa busca a partir do ano 2012, considerando como que tivesse atingido o 'mestrado', diria (rs), entrando a partir daí num processo de interiorização e integração de todo esse aprendizado que se foi sedimentando e enraizando de um modo que considero sem retorno.

Em relação ao que pede sobre a veracidade e genuinidade desse casal, o que poderei adiantar é que foram um dos muitos que acompanhei sobretudo na altura em que começaram a receber mensagens dos Abraham, pois já conhecia essas entidades por vida do casal americano Jerry e Esther Hicks e foram ensinamentos bem úteis e importantes nessa minha fase de aprendizado. Ao dar agora uma olhada no seu site (o que já não fazia há muito) dou conta de que se têm expandido e consolidado bastante e de um modo que me parece consistente e fidedigno, apesar de constatar que nessa vertente das canalizações bem como, aliás, em todas as demais áreas da espiritualidade terrena, se esteja a atingir a saturação, pela redundância e repetição do que já foi por demais dito e redito. Só nessa vertente bastaria referir, p.ex., a revista metafísica Amaluz, que teve uma enorme importância e relevância nos finais do século passado e das quais conservo praticamente todas as suas edições, que, creio, se bem me lembro, pois elas estão junto às centenas de outras publicações da altura, como p,ex a conhecida e icônica 'Planeta', mais de 80 edições mensais.

Portanto, caríssimo é isso que me apraz dizer e já agora, aproveito para lhe dar conta do documentário que postei no dia 7 de julho que se centra no percurso de 6 canalizadores americanos, dos quais três lhe segui interessadamente o percurso, conforme disse. Mas o motivo porque escolhi esse documentário teve uma outra intenção e desdobramentos, que poderá acompanhar se interessar, claro.

https://www.oevento.pt/forum/topic/religioes-e-espiritualidades/?part=2#postid-561

E quanto aos canais espiritualistas no youtube, reitero o que disse ao aderente Arturiando na postagem acima, de 8 fevereiro.

Saudações Luminosas e até...

 

Olá Sr. Álvaro!

 

Agradeço-lhe primeiramente a amabilidade na resposta e também na partilha do seu historial de vida no que à espiritualidade diz respeito.

Acredito que naquelas décadas fosse realmente um tanto o quanto utópico conceber perceções de coisas que hoje estão a ser cada vez mais reais.. Estamos a falar que já passaram entre 40 a 50 anos do seu iniciar do despertar e questionamento. Os meus parabéns pelo seu pioneirismo na sociedade em que acredito, viviamos!

Vou ler a carta aberta aos não vacinados agora.

Aproveitando o embalo gostava de ler a sua perspetiva sobre (dentro do seu entender e conhecimento) o que nos espera a nós seres humanos nos próximos tempos, 1 a 2 anos... Caso já tenha partilhado a sua "visão" envie me o link para eu ler! 🙂

Terei muito gosto em ler.

 

Obrigado.

 

Abraço,

Rodrigo

AlvaroBarriaMaio reagiu a este artigo.
AlvaroBarriaMaio
Citação de Rodrigo em 13 Agosto, 2021, 17:29
Citação de AlvaroBarriaMaio em 12 Agosto, 2021, 23:18
Citação de Rodrigo em 2 Agosto, 2021, 15:46

Boa tarde irmãos,

Venho pedir uma opinião a respeito do casal, Rogério e Luciana Attoresi, que me foi apresentado pelo whatsapp à poucos dias por uma amiga minha.

A senhora Luciana faz comunicação com Saint Germain.

Partilho aqui um vídeo a titulo exemplificativo, https://www.youtube.com/watch?v=JjxKwnRrHw4&ab_channel=LucianaeRog%C3%A9rioAttorresi

Podiam por favor dizer-me qual a veracidade/genuinidade das informações?

Como sabemos hoje em dia o nosso discernimento é e será cada vez mais importante no que toca a separar o trigo do joio, mas também ouvir/ler uma opinião de quem poderá ter experiência com determinado assunto é importante.

Assim, grato desde já, aguardo um feedback.

Cumprimentos,

Rodrigo

 Caríssimo Rodrigo, como estou retornando ao fórum embora não nos mesmos termos em que colaborei durante os últimos 6 meses, achei dever dar uma achega ao seu pedido embora esteja, como mais uma vez deixei escrito na última postagem no tópico 'Intercâmbio...', desligado das coisas deste mundo. Sou, o que se pode dizer, um veterano nestas andanças 'espiritualistas' desde que a religião oficial deixou de fazer sentido para mim e à qual estive bem entrosado até. E foi a partir dos meados dos anos 70 que comecei a interessar-me pelas vias espiritualistas alternativas tendo-me 'embrenhado' em praticamente a maioria delas, desde então, embora sem aderência nem compromisso. Não me adianto nesse sentido porque já o fui fazendo ao longo das mais de 200 postagens que aqui tenho e dei por finda essa busca a partir do ano 2012, considerando como que tivesse atingido o 'mestrado', diria (rs), entrando a partir daí num processo de interiorização e integração de todo esse aprendizado que se foi sedimentando e enraizando de um modo que considero sem retorno.

Em relação ao que pede sobre a veracidade e genuinidade desse casal, o que poderei adiantar é que foram um dos muitos que acompanhei sobretudo na altura em que começaram a receber mensagens dos Abraham, pois já conhecia essas entidades por vida do casal americano Jerry e Esther Hicks e foram ensinamentos bem úteis e importantes nessa minha fase de aprendizado. Ao dar agora uma olhada no seu site (o que já não fazia há muito) dou conta de que se têm expandido e consolidado bastante e de um modo que me parece consistente e fidedigno, apesar de constatar que nessa vertente das canalizações bem como, aliás, em todas as demais áreas da espiritualidade terrena, se esteja a atingir a saturação, pela redundância e repetição do que já foi por demais dito e redito. Só nessa vertente bastaria referir, p.ex., a revista metafísica Amaluz, que teve uma enorme importância e relevância nos finais do século passado e das quais conservo praticamente todas as suas edições, que, creio, se bem me lembro, pois elas estão junto às centenas de outras publicações da altura, como p,ex a conhecida e icônica 'Planeta', mais de 80 edições mensais.

Portanto, caríssimo é isso que me apraz dizer e já agora, aproveito para lhe dar conta do documentário que postei no dia 7 de julho que se centra no percurso de 6 canalizadores americanos, dos quais três lhe segui interessadamente o percurso, conforme disse. Mas o motivo porque escolhi esse documentário teve uma outra intenção e desdobramentos, que poderá acompanhar se interessar, claro.

https://www.oevento.pt/forum/topic/religioes-e-espiritualidades/?part=2#postid-561

E quanto aos canais espiritualistas no youtube, reitero o que disse ao aderente Arturiando na postagem acima, de 8 fevereiro.

Saudações Luminosas e até...

Olá Sr. Álvaro!

Agradeço-lhe primeiramente a amabilidade na resposta e também na partilha do seu historial de vida no que à espiritualidade diz respeito.

Acredito que naquelas décadas fosse realmente um tanto o quanto utópico conceber perceções de coisas que hoje estão a ser cada vez mais reais.. Estamos a falar que já passaram entre 40 a 50 anos do seu iniciar do despertar e questionamento. Os meus parabéns pelo seu pioneirismo na sociedade em que acredito, viviamos!

Vou ler a carta aberta aos não vacinados agora.

Aproveitando o embalo gostava de ler a sua perspetiva sobre (dentro do seu entender e conhecimento) o que nos espera a nós seres humanos nos próximos tempos, 1 a 2 anos... Caso já tenha partilhado a sua "visão" envie me o link para eu ler! 🙂

Terei muito gosto em ler.

Obrigado.

Abraço,

Rodrigo

Caríssimo Rodrigo, grato pelas suas palavras e pelo interesse em saber o que, da minha perspectiva nos espera, como humanos neste próximos anos. Ok.

Mas antes permita-me voltar ao que disse sobre a tal revista metafísica 'Amaluz' pois aproveitei para, mais uma vez, dar uma revisada nesse acervo, o que já havia acontecido a propósito da 'demanda do Graal', conforme pode ler aqui: https://www.oevento.pt/forum/topic/religioes-e-espiritualidades/?part=2#postid-446

Desta vez foquei-me nessa revista e dei com uma edição de 1997, a qual inclui precisamente uma canalização dos Abraham, através (como na altura se mencionava) de Esther Hicks. Segue em anexo a capa e o índice aonde, verificará, para além dessa, várias outras de entidades conhecidas, além dum artigo do dr. Steven Greer, (na altura responsável pelo CSETI) e uma entrevista com J. J. Benítez a propósito do lançamento do 5º livro da saga 'Cavalo de Tróia' (que terminou no 9º, conforme deve saber).

E este àparte é apenas para frizar como já nessa altura andávamos muito bem acompanhados e entusiasmados com as eventualidades ascensionais que se adivinhavam para breve. Pois nessa altura tinha sido editado em português o livro 'A escada de cristal' de Eric Klein (que teve acompanhamento no site, nos primeiros tempos) que foi uma das nossas 'bíblias', bem como o 'Manual prático para a ascensão' de Tony Stubbs e o 'Manual completo de ascensão' do dr. Joshua David Stone. Todos eles foram ferramentas relevantes e importantes mas que agora podem parecer datados e mesmo desactualizados, o que talvez nem seja o caso.

E cá estamos 30 anos depois ainda perseguindo essa mesma senda. É óbvio que se está mais perto do que quer que seja entendido como ascensão pelo pessoal nestes tempos, mas o que estou infelizmente constatando é que agora a influência tecnológica que passou a dominar todas as áreas do relacionamento e intercâmbio está literalmente a minar o acesso ao conhecimento mais credível e genuino nessas áreas, pela enorme dispersão e completa saturação de informação veiculada a torto e a direito, não dando tempo a que se analisem e confrontem seus conteúdos, origens e fontes, para além de que grande parte dela nem sequer ser original mas traduzida, o que pode por vezes adulterar até o sentido do que foi escrito, como bem sabemos.

Portanto, caríssimo, o que nos espera nestes próximos tempos dependerá antes de mais dos mil e um factores que nos distinguem e separam, tanto fisicamente como em todos os demais sentidos e o que acontecer neste canto do planeta será concerteza bem diverso do que está ou irá acontecer aí, dependendo portanto do que cada um fizer por si, por todos e pelo ambiente à sua volta.

Mas globalmente falando o que se percebe e constata é que o processo de desconstrução e desmoronamento desta civilização e de tudo quanto a sustenta está em adianto curso e não tem retorno e este 'evento' que vivenciamos, provocado pelas forças 'trevosas' mas consentido pelas 'luminosas' é bem prova disso e nos deveria servir de modelo para nos prepararmos e encontrarmos as melhores soluções para os próximos eventos sejam eles quais forem, pois ainda temos um longo percurso a trilhar neste plano.

E o planeta, a caminho da sua própria ascensão, continuará a despojar-se e limpar-se de toda a lixaria (dos terráqueos mas não só) e as ajudas, sobretudo doutros corpos planetários, que mais uma vez se aproximam certamente terão um avanço e incremento considerável bem como irreversível. E quanto aos reinos animal e vegetal, serão encaminhados e tratados como merecem, que é bem mais do que a maioria dos humanos terráqueos, de quem se falará na próxima.

Saudações Luminosas e até...

Ficheiros carregados:
  • Tem de iniciar a sessão para ter acesso aos carregamentos.
Rodrigo reagiu a este artigo.
Rodrigo
Citação de AlvaroBarriaMaio em 17 Agosto, 2021, 0:17
Citação de Rodrigo em 13 Agosto, 2021, 17:29
Citação de AlvaroBarriaMaio em 12 Agosto, 2021, 23:18
Citação de Rodrigo em 2 Agosto, 2021, 15:46

Boa tarde irmãos,

Venho pedir uma opinião a respeito do casal, Rogério e Luciana Attoresi, que me foi apresentado pelo whatsapp à poucos dias por uma amiga minha.

A senhora Luciana faz comunicação com Saint Germain.

Partilho aqui um vídeo a titulo exemplificativo, https://www.youtube.com/watch?v=JjxKwnRrHw4&ab_channel=LucianaeRog%C3%A9rioAttorresi

Podiam por favor dizer-me qual a veracidade/genuinidade das informações?

Como sabemos hoje em dia o nosso discernimento é e será cada vez mais importante no que toca a separar o trigo do joio, mas também ouvir/ler uma opinião de quem poderá ter experiência com determinado assunto é importante.

Assim, grato desde já, aguardo um feedback.

Cumprimentos,

Rodrigo

 Caríssimo Rodrigo, como estou retornando ao fórum embora não nos mesmos termos em que colaborei durante os últimos 6 meses, achei dever dar uma achega ao seu pedido embora esteja, como mais uma vez deixei escrito na última postagem no tópico 'Intercâmbio...', desligado das coisas deste mundo. Sou, o que se pode dizer, um veterano nestas andanças 'espiritualistas' desde que a religião oficial deixou de fazer sentido para mim e à qual estive bem entrosado até. E foi a partir dos meados dos anos 70 que comecei a interessar-me pelas vias espiritualistas alternativas tendo-me 'embrenhado' em praticamente a maioria delas, desde então, embora sem aderência nem compromisso. Não me adianto nesse sentido porque já o fui fazendo ao longo das mais de 200 postagens que aqui tenho e dei por finda essa busca a partir do ano 2012, considerando como que tivesse atingido o 'mestrado', diria (rs), entrando a partir daí num processo de interiorização e integração de todo esse aprendizado que se foi sedimentando e enraizando de um modo que considero sem retorno.

Em relação ao que pede sobre a veracidade e genuinidade desse casal, o que poderei adiantar é que foram um dos muitos que acompanhei sobretudo na altura em que começaram a receber mensagens dos Abraham, pois já conhecia essas entidades por vida do casal americano Jerry e Esther Hicks e foram ensinamentos bem úteis e importantes nessa minha fase de aprendizado. Ao dar agora uma olhada no seu site (o que já não fazia há muito) dou conta de que se têm expandido e consolidado bastante e de um modo que me parece consistente e fidedigno, apesar de constatar que nessa vertente das canalizações bem como, aliás, em todas as demais áreas da espiritualidade terrena, se esteja a atingir a saturação, pela redundância e repetição do que já foi por demais dito e redito. Só nessa vertente bastaria referir, p.ex., a revista metafísica Amaluz, que teve uma enorme importância e relevância nos finais do século passado e das quais conservo praticamente todas as suas edições, que, creio, se bem me lembro, pois elas estão junto às centenas de outras publicações da altura, como p,ex a conhecida e icônica 'Planeta', mais de 80 edições mensais.

Portanto, caríssimo é isso que me apraz dizer e já agora, aproveito para lhe dar conta do documentário que postei no dia 7 de julho que se centra no percurso de 6 canalizadores americanos, dos quais três lhe segui interessadamente o percurso, conforme disse. Mas o motivo porque escolhi esse documentário teve uma outra intenção e desdobramentos, que poderá acompanhar se interessar, claro.

https://www.oevento.pt/forum/topic/religioes-e-espiritualidades/?part=2#postid-561

E quanto aos canais espiritualistas no youtube, reitero o que disse ao aderente Arturiando na postagem acima, de 8 fevereiro.

Saudações Luminosas e até...

Olá Sr. Álvaro!

Agradeço-lhe primeiramente a amabilidade na resposta e também na partilha do seu historial de vida no que à espiritualidade diz respeito.

Acredito que naquelas décadas fosse realmente um tanto o quanto utópico conceber perceções de coisas que hoje estão a ser cada vez mais reais.. Estamos a falar que já passaram entre 40 a 50 anos do seu iniciar do despertar e questionamento. Os meus parabéns pelo seu pioneirismo na sociedade em que acredito, viviamos!

Vou ler a carta aberta aos não vacinados agora.

Aproveitando o embalo gostava de ler a sua perspetiva sobre (dentro do seu entender e conhecimento) o que nos espera a nós seres humanos nos próximos tempos, 1 a 2 anos... Caso já tenha partilhado a sua "visão" envie me o link para eu ler! 🙂

Terei muito gosto em ler.

Obrigado.

Abraço,

Rodrigo

Caríssimo Rodrigo, grato pelas suas palavras e pelo interesse em saber o que, da minha perspectiva nos espera, como humanos neste próximos anos. Ok.

Mas antes permita-me voltar ao que disse sobre a tal revista metafísica 'Amaluz' pois aproveitei para, mais uma vez, dar uma revisada nesse acervo, o que já havia acontecido a propósito da 'demanda do Graal', conforme pode ler aqui: https://www.oevento.pt/forum/topic/religioes-e-espiritualidades/?part=2#postid-446

Desta vez foquei-me nessa revista e dei com uma edição de 1997, a qual inclui precisamente uma canalização dos Abraham, através (como na altura se mencionava) de Esther Hicks. Segue em anexo a capa e o índice aonde, verificará, para além dessa, várias outras de entidades conhecidas, além dum artigo do dr. Steven Greer, (na altura responsável pelo CSETI) e uma entrevista com J. J. Benítez a propósito do lançamento do 5º livro da saga 'Cavalo de Tróia' (que terminou no 9º, conforme deve saber).

E este àparte é apenas para frizar como já nessa altura andávamos muito bem acompanhados e entusiasmados com as eventualidades ascensionais que se adivinhavam para breve. Pois nessa altura tinha sido editado em português o livro 'A escada de cristal' de Eric Klein (que teve acompanhamento no site, nos primeiros tempos) que foi uma das nossas 'bíblias', bem como o 'Manual prático para a ascensão' de Tony Stubbs e o 'Manual completo de ascensão' do dr. Joshua David Stone. Todos eles foram ferramentas relevantes e importantes mas que agora podem parecer datados e mesmo desactualizados, o que talvez nem seja o caso.

E cá estamos 30 anos depois ainda perseguindo essa mesma senda. É óbvio que se está mais perto do que quer que seja entendido como ascensão pelo pessoal nestes tempos, mas o que estou infelizmente constatando é que agora a influência tecnológica que passou a dominar todas as áreas do relacionamento e intercâmbio está literalmente a minar o acesso ao conhecimento mais credível e genuino nessas áreas, pela enorme dispersão e completa saturação de informação veiculada a torto e a direito, não dando tempo a que se analisem e confrontem seus conteúdos, origens e fontes, para além de que grande parte dela nem sequer ser original mas traduzida, o que pode por vezes adulterar até o sentido do que foi escrito, como bem sabemos.

Portanto, caríssimo, o que nos espera nestes próximos tempos dependerá antes de mais dos mil e um factores que nos distinguem e separam, tanto fisicamente como em todos os demais sentidos e o que acontecer neste canto do planeta será concerteza bem diverso do que está ou irá acontecer aí, dependendo portanto do que cada um fizer por si, por todos e pelo ambiente à sua volta.

Mas globalmente falando o que se percebe e constata é que o processo de desconstrução e desmoronamento desta civilização e de tudo quanto a sustenta está em adianto curso e não tem retorno e este 'evento' que vivenciamos, provocado pelas forças 'trevosas' mas consentido pelas 'luminosas' é bem prova disso e nos deveria servir de modelo para nos prepararmos e encontrarmos as melhores soluções para os próximos eventos sejam eles quais forem, pois ainda temos um longo percurso a trilhar neste plano.

E o planeta, a caminho da sua própria ascensão, continuará a despojar-se e limpar-se de toda a lixaria (dos terráqueos mas não só) e as ajudas, sobretudo doutros corpos planetários, que mais uma vez se aproximam certamente terão um avanço e incremento considerável bem como irreversível. E quanto aos reinos animal e vegetal, serão encaminhados e tratados como merecem, que é bem mais do que a maioria dos humanos terráqueos, de quem se falará na próxima.

Saudações Luminosas e até...

Olá Sr. Álvaro,

Mais uma vez agradeço a partilha do seu conhecimento e da forma que embora elaborada, também ela de fácil perceção para quem quer aprender mais e realmente tem interesse em aprender.

Já fiz o download do pdf " Em demanada do Santo Graal". Obrigado. Vou ler.

Quanto à revista Amaluz, no que à imagem do índice diz respeito, fiquei curioso... Aquele índice faz referência apenas a uma revista, "àquela em concrecto"?

Indo ao encontro da pergunta que lhe fiz e da resposta que me deu, percebendo a sua explicação, ainda me surgem algumas dúvidas, não creio serem fruto dos meus ainda só 28 anos, mas da vontade e gosto por ouvir mais opiniões/pensamentos/ e transmissão de conhecimentos.

Aqui ficam e caso me possa responder de forma objetiva e concreta a cada uma delas, agradeço-lhe imenso, pois sei que vou absorver esse conhecimento.

1 Acredita que a ascensão global, o tal click, se assim for a expressão correta, será para todos em simultâneo, com um real e grande evento de clarificação e exposição das maldades e das verdades? Seja ele com a aparição de seres de outros planetas ou por revelações na mídia que venham a desencadear esse click do dia para a noite?

2 Sendo de que forma for, é possível acontecer ou previsível num prazo de até 5 anos?

3 Acredita que ainda precisamos afundar MUITO para que a mudança que se pretende a nível mundial, se torne real? Chegaremos primeiro a um 1984, dias tenebrosos?

4 Porque é que se em tantos anos de existencia se tentou evoluir, penso eu de que, (quando digo evoluir refiro-me agora à ascensão) o planeta nunca conseguiu, nós nunca conseguimos e agora cremos conseguir? Porque é que desta vez é diferente?

 

Se não lhe apetecer responder a todas, responda às que quiser que já lhe fico muito agradecido.

 

Obrigado desde já.

Abraço,

Rodrigo

Caríssimo Rodrigo, pensava eu dar continuidade ao que expus falando dos destinos dos humanos terráqueos (ou terrestres) mas sua última missiva e as perguntas que propõe, assim desse modo escalonadas, vieram baralhar a maneira como pretendia fazê-lo. E ao falar na idade que tem, a justificação torna-se até óbvia pois você (aqui o sentido é diferente do vosso) como típico elemento deste século e glosando o que por muitos é reconhecido, definiria como a geração dos 'fast-feeds', (em contraponto aos 'fast-foods', rs). É que assim desse jeito parece querer saber tudo isso duma assentada e de um modo resumido, se possível, deixando-me, por fim, a opção de responder apenas às que me apetecer. Ok, caríssimo, assim se fará e eu é que agradeço a sua disponibilidade em absorver o que lhe disser, o que, deduzo não será fácil, dadas as diferenças de geração e de região (rs)

Mas antes há uma sua curiosidade a satisfazer quanto ao índice da revista Amaluz, que obviamente diz respeito apenas ao conteúdo dessa edição. Teve mais de 90, mensais e eu tenho 61, pois quando tive conhecimento dela já tinha 2 anos e foi difícil conseguir mandar vir as primeiras edições, tendo sido depois aqui distribuida como todas as demais que daí recebi, como a referida 'Planeta', p.ex.. E quanto às últimas, como já havia internet, ela passou a disponibilizar as canalizações, por assinatura, até que deu por terminada a sua missão (creio que em 2002). Mas nessa altura já eram por demais as alternativas e eu, como tinha facilidade nas ligações, não tive mãos a medir em abarcar tudo (rs). Mas não foram só revistas pois também os livros, (a maioria brasileiros, pois por aqui na altura era praticamente um deserto nessa área. rs), tiveram crucial importância na minha caminhada de buscador e chegaram aos 800, pois agora predominam os ebooks (+1000).

Aviso, caso não tenha tido ainda conhecimento, que só 'funciono' aqui em casa e apenas a partir do final do dia e não vejo nada online, gravo tudo o que me parece de interesse e depois selecciono, guardo ou descarto. O telélé (celélé, aí) é básico embora tenha arranjado no último pacote que adquiri da operadora, um 'mobile' com outro cartão só para ir me habituando mas que não sai daqui. É que não deverá tardar muito que o básico deixe de ter condições de funcionar quando o prometido 5G tudo passar a controlar, portanto...!

E vamos então agora começar a dar cumprimento à sua solicitação e pela ordem apresentada, avisando de antemão que terei a ajuda e colaboração da minha 'turma de apoio' (que nada mais é do que extensão de mim mesmo, operando noutros níveis e que poderia definir como intuição)

1 Acredita que a ascensão global, o tal click, se assim for a expressão correta, será para todos em simultâneo, com um real e grande evento de clarificação e exposição das maldades e das verdades? Seja ele com a aparição de seres de outros planetas ou por revelações na mídia que venham a desencadear esse click do dia para a noite?

Bem, só neste primeiro quesito há já 'pano para mangas' q.b. (rs) e começaria por retomar o que disse quanto à ascensão do planeta, que está seguindo seu inexorável curso bem como o estão os demais reinos animal e vegetal. Quanto à humanidade vai depender das escolhas que a cada momento faça ou vá fazendo, que irá ditar o nível vibracional que atingir na hora de se libertar do 'escafandro' carnal (como lhe chamo). Tendo em conta que ascender, significa subir de nível, mudar de dimensão, só depois de passar pelo processo chamado 'morte' é que passará a ter plena consciência da sua 'nova' condição, ou não, dependendo portanto dos 'pontos' que tiver adquirido por aqui, seguir um caminho ascendente (eventualmente na nova terra, que concerteza irá ter outra designação) ou descendente (para qualquer outro planeta de baixa vibração, no género do que foi a terra nos seus primórdios)

Mas o que talvez se esteja a referir é ao que se convencionou chamar de 'Evento' em que haveria um a espécie de 'click' e toda a sorte de transformações benéficas seriam proporcionadas 'urbi et orbi', toda a negatividade seria reciclada e todo os negativos teriam a oportunidade de igualmente se reciclar ou serem extintos ou recambiados para outras paragens compatíveis. Bem, quanto a mim isso parece-me utópico demais alguma vez se conseguir tamanhas façanhas globalmente tendo em conta as abissais e inconciliáveis diferenças que cada vez mais se evidenciam por este mundo. Mas muitas melhorias e tecnologias benéficas irão ter ainda oportunidade de se conhecer e delas tirar partido (pois já estão por aí faz tempo) e eventualmente vir a ajudar mas só para quem as conseguir conhecer e tiver condições de as utilizar nos seus ambientes familiares próximos e de relacionamento.

Também, embora bem lá mais para diante, se hão-de manifestar nossos irmãos estelares (nada a ver com as ameaças de falsa bandeira de invasão alienígena), sobretudo os que por aqui já andaram (anunnakis, enki, enlil, inanna, marduk, etc) mas entretanto o que importa é focar a atenção no atual evento que atravessamos, que, como já o disse atrás, nos deverá servir de teste e preparação para as próximas fases do processo em curso bem como para as que se seguirão, que serão bem difíceis de aguentar, para quem não estiver bem ancorado, protegido e surfando na onda certa.

E por aqui me fico, esperando continuar breve.

Saudações Luminosas e até...

Como complemento, aproveito para lhe deixar estas duas entrevistas deveras elucidativas que me ajudaram a confirmar e a consolidar minhas origens e meu percurso como buscador e sobre as quais me expandirei a seu tempo.

GEORGE NOORY entrevista DOLORES CANNON

https://store8.gofile.io/download/23226b44-d7ad-4e1c-aaf3-5b1c218d3043/DOLORES%20CANNON%20-%20Vidas%20passadas%20e%20volunt%C3%A1rios.mp4 

BILL RYAN entrevista INELIA BENZ

https://srv-store1.gofile.io/download/c19ae6b3-6ddf-40fe-9ec7-e18306a2c749/Bill%20Ryan%20entrevista%20Inelia%20Benz%20(Project%20Avalon%202011).mp4

Caríssimo Rodrigo, continuando vamos agora ao segundo quesito:

2 Sendo de que forma for, é possível acontecer ou previsível num prazo de até 5 anos?

Tendo em conta a distinção que fiz, será do 'Evento' que pretende saber minha opinião sobre se algo do género acontecerá neste espaço de tempo até 5 anos. E eu só posso repetir o que disse quanto ao evento que estamos a vivenciar, pois tendo tido expansão global bem poderia ser assim considerado pelas profundas e irreversíveis mudanças e transformações que provocou em todos os níveis. Foi engendrado pelo pessoal trevoso, com as intenções e objectivos criminosos que se conhecem, mas teve, como não poderia ser de outra maneira, o beneplácito e consentimento das hierarquias luminosas. Neste final de ciclo planetário e sendo os humanos terráqueos os únicos a ter direito a escolhas, (pois o livre-arbítrio só a eles diz respeito), estamos todos a ser por múltiplas formas e condições e em todos os sentidos, sobretudo vibracionalmente, monitorizados e acompanhados e este 'evento/teste' parece ter vindo mesmo a calhar para evidenciar e clarificar o 'percentual energético de cada um e de que maneira cada qual se está a preparar e ancorar para as fases seguintes deste processo, que é de prever serem bem mais exigentes e complicadas de gerir.

Portanto, caríssimo, em vez de indicar prazos, aproveite estes tempos únicos para tirar o melhor partido de si pois está numa idade crucial e, pela maneira como se apresentou e o interesse que manifestou em assimilar conhecimento por esta via (e por todas as demais, espero), é certamente  alguém com potencial para grandes voos... estelares (rs)

Saudações Luminosas e até...

Caríssimo Rodrigo, chegando a este 3º quesito...

Acredita que ainda precisamos afundar MUITO para que a mudança que se pretende a nível mundial, se torne real? Chegaremos primeiro a um 1984, dias tenebrosos?

... o que lhe digo é o seguinte: no que acredito é na impossibilidade de lhe poder responder tanto afirmativa como negativamente, isto é, de saber quem ainda precisa de afundar, se são vocês brasileiros se nós portugueses (ou por extensão, cada um dos demais países). É que creio já ter deixado claro ser de todo impossível considerar esta humanidade como um todo homogéneo, mesmo tendo em conta a melhor das intenções. O advento das tecnologias e a sua disseminação 'urbi et orbi' transformou-nos numa imensa 'aldeia global' (como se convencionou dizer), em que o instantâneo passou a ser a norma. Somos previlegiados e abençoados por termos condições de tudo isso usufruir, mas por outro lado as diferenças e assimetrias tornaram-se ainda mais cruas e evidentes. Há facilidade em aceder a tudo quanto acontece por esse mundo fora o que não passa de pura ilusão podendo ser mesmo uma armadilha como aconteceu neste 'evento' em que as imagens da 'catástrofe programada' nos chegaram de modo virtual antes de nos chegarem de modo real. Portanto, os dias tenebrosos que passamos a experenciar estão já muito para além do que realisticamente foi ficcionado em '1984'. Mas, como não somos todos iguais e o 'papel' que a cada um está cabendo representar neste palco chamado Terra (ou Gaia, ou Shan ou Urantia, ou …!) é único e intransmissível, há que dele tirar o melhor partido para melhorar nossa condição aqui e alavancar a que se seguirá, que é o que estou fazendo. E esperando que da sua parte o mesmo esteja acontecendo, por aqui me fico até à próxima questão.

Saudações Luminosas e até...

Caríssimo, entrando agora na 'reta final' quanto aos quesitos propostos, vamos então expandir minha opinião sobre:

4 Porque é que se em tantos anos de existencia se tentou evoluir, penso eu de que, (quando digo evoluir refiro-me agora à ascensão) o planeta nunca conseguiu, nós nunca conseguimos e agora cremos conseguir? Porque é que desta vez é diferente?

E começo por dizer que há nesse enunciado alguma baralhação quanto ao sentido dos termos evolução e ascensão relacionados ao planeta e a nós, pois há uma diferença abissal entre o tempo que o planeta tem de vida e o nosso, que é apenas uma pequena gota nesse oceano. E para que fique com uma ideia dessa diferença aqui lhe deixo esta compilação do CALENDÁRIO CÓSMICO criado por Carl Sagan no seu seriado 'Cosmos' de 1980 e retomado e expandido no remake de 2014 'Cosmos, A spacetime odissey' apresentado pelo astrofísico Neil deGrasse Tyson.

https://srv-store3.gofile.io/download/62ee42de-02e9-4366-a8f4-aa7de826270a/O%20calend%C3%A1rio%20c%C3%B3smico%20de%20Carl%20Sagan.pdf

Portanto, depois de todos esses biliões de evolução contínua, parece que desta vez chegou o tempo de o planeta e todo este sistema solar ser finalmente 'promovido' e passar a fazer parte do núcleo confederado das galáxias deste canto do Universo, a denominada Federação Galáctica, deixando de ser um local de experiências de baixo nível, que se convencionou designar como 3ª dimensão.

Está portanto em vias de ascender ao nível seguinte e nós não temos outra opção senão fazer o mesmo, com a diferença, conforme já apontado de que, ao contrário do planeta que não tem escolha, nós ainda temos, como felizardos que somos (rs)

É pois nesse processo de angariar pontos que estamos desde há já um bom pedaço de tempo que ainda se ira arrastar por uns tantos mais, mas as condições para o conseguir cada vez serão mais exigentes, como, aliás, convém, para que o resultado seja mais valorizado.

É esse, portanto o motivo de haver agora diferença, compreendo-se a renhida guerra de bastidores entre os que não querem que a gente dê esse salto qualitativo e os que nos estão a ajudar a consegui-lo, se nos empenharmos para tal, claro.

Está assim terminada esta minha contribuição opinativa e ultra-resumida, que espero o tenha ajudado, quanto mais não seja a ficar com ainda mais dúvidas, o que até é um bom sinal, pois enquanto há dúvida há motivo para se continuar buscando, não é mesmo?

Saudações Luminosas e até.

 

 

 

Bom dia Sr. Álvaro,

 

Antes de mais agradecer-lhe pelo tempo que dedicou em responder-me e pela partilha da sua visão pessoal.

É a 3a vez que estou a escrever a resposta a si, quase que sei de cor o que já escrevi nas duas vezes antes.. O site fez refresh do nada e o comentário eliminado..

 

Bem, esperando que agora isso não aconteça e focando no que estamos a falar...

Pelo que entendi das suas respostas e tentando abranger todas num texto corrido como resposta, dando lhe o devido seguimento, o Sr. Álvaro acredita que estamos no momento do salto, mas que não será um "salto/evento" como nos tem sido um pouco "vendido" ou como imaginamos, digamos assim.. Certo? Será antes mais um acordar coletivo global onde por força e intervenção humana, vamos conseguir obter os nossos direitos a diversos materiais e tecnologias que até hoje nos estão vedadas. E desta forma gradual, indo na direcção da mudança, criar um novo e melhor planeta. Planeta este que está a evoluir e que para podermos viver nele, devemos também nós evoluir, acompanhando-o.

Até aqui percebo as coisas perfeitamente. O que me levanta alguma dúvida é o motivo das hierarquias luminosas, como referiu, terem permitido que tais acontecimentos tenebrosos se abatessem na humanidade. A única reposta que me surge como justificativa é o facto de a humanidade/homem precisar de passar por este processo para evoluir e crescer. E aqui entra o caso de a terra ainda ter evoluído antes porque os homens talvez não estivessem aptos a evoluir. Ou será que estou a dar demasiada importância aos homens? ehehe

Quanto à 3a pergunta e consequente resposta, concordo com o que escreveu, nao tendo nada a acrescentar, pois também acredito que já estamos muito mais para lá do que foi escrito no 1984... Mas de uma forma muita mais "linda e cor de rosa" onde no fundo somos extremamente condicionados a obedecer.

 

Gostei do calendário cósmico, mas permita-me, discordo de uma coisa... Descender de macacos.. hum hum, não não, a minha verdade e digo, a minha, leva-me a acreditar que somos produtos de Deus na sua criação como seres humanos mesmo e nao seres evolutivos de macacos. Acho que aqui no site já lemos varias coisas de que somos uma espécie de cruzamento/hibridização dos anunaki, não é?

Isto acaba por considerar que fomos evoluindo dos macacos e que depois eles nos trabalharam e assim apareceu o humano, certo?  Se me puder elucidar quanto a isto, olhe... agradeço imenso :))

As 2 entrevistas ainda não vi, mas já fiz o dl.

Parece que no fundo tudo se resume a um trabalhar muito focado no desenvolvimento pessoal/interior para conseguir elevar nossa vibração. Nós vamos acabar por impactar no outro e por aí fora, penso.. É como se fosse um manto de chackra/energia que se vai estendendo entre os elementos da cadeia e desta forma as vibrações vao elas aumentado gradualmente e acompanhado o planeta.

Mas poderá também o planeta evoluir mais rápido se evoluirmos enquanto seres humanos, também mais rápido, acredito.

 

Abraço e até à sua vinda =)

Citação de Rodrigo em 24 Agosto, 2021, 12:43

Bom dia Sr. Álvaro,

Antes de mais agradecer-lhe pelo tempo que dedicou em responder-me e pela partilha da sua visão pessoal.

É a 3a vez que estou a escrever a resposta a si, quase que sei de cor o que já escrevi nas duas vezes antes.. O site fez refresh do nada e o comentário eliminado..

Bem, esperando que agora isso não aconteça e focando no que estamos a falar...

Pelo que entendi das suas respostas e tentando abranger todas num texto corrido como resposta, dando lhe o devido seguimento, o Sr. Álvaro acredita que estamos no momento do salto, mas que não será um "salto/evento" como nos tem sido um pouco "vendido" ou como imaginamos, digamos assim.. Certo? Será antes mais um acordar coletivo global onde por força e intervenção humana, vamos conseguir obter os nossos direitos a diversos materiais e tecnologias que até hoje nos estão vedadas. E desta forma gradual, indo na direcção da mudança, criar um novo e melhor planeta. Planeta este que está a evoluir e que para podermos viver nele, devemos também nós evoluir, acompanhando-o.

Até aqui percebo as coisas perfeitamente. O que me levanta alguma dúvida é o motivo das hierarquias luminosas, como referiu, terem permitido que tais acontecimentos tenebrosos se abatessem na humanidade. A única reposta que me surge como justificativa é o facto de a humanidade/homem precisar de passar por este processo para evoluir e crescer. E aqui entra o caso de a terra ainda ter evoluído antes porque os homens talvez não estivessem aptos a evoluir. Ou será que estou a dar demasiada importância aos homens? ehehe

Quanto à 3a pergunta e consequente resposta, concordo com o que escreveu, nao tendo nada a acrescentar, pois também acredito que já estamos muito mais para lá do que foi escrito no 1984... Mas de uma forma muita mais "linda e cor de rosa" onde no fundo somos extremamente condicionados a obedecer.

Gostei do calendário cósmico, mas permita-me, discordo de uma coisa... Descender de macacos.. hum hum, não não, a minha verdade e digo, a minha, leva-me a acreditar que somos produtos de Deus na sua criação como seres humanos mesmo e nao seres evolutivos de macacos. Acho que aqui no site já lemos varias coisas de que somos uma espécie de cruzamento/hibridização dos anunaki, não é?

Isto acaba por considerar que fomos evoluindo dos macacos e que depois eles nos trabalharam e assim apareceu o humano, certo?  Se me puder elucidar quanto a isto, olhe... agradeço imenso :))

As 2 entrevistas ainda não vi, mas já fiz o dl.

Parece que no fundo tudo se resume a um trabalhar muito focado no desenvolvimento pessoal/interior para conseguir elevar nossa vibração. Nós vamos acabar por impactar no outro e por aí fora, penso.. É como se fosse um manto de chackra/energia que se vai estendendo entre os elementos da cadeia e desta forma as vibrações vao elas aumentado gradualmente e acompanhado o planeta.

Mas poderá também o planeta evoluir mais rápido se evoluirmos enquanto seres humanos, também mais rápido, acredito.

Abraço e até à sua vinda =)

Caríssimo, grato pelas suas palavras e pelas dúvidas, suposições, discordâncias que seria de esperar encontrar no que deixei exposto, que, em boa verdade nem poderia ser doutra maneira, mas à qual não retrucarei para já pois vou estar para fora uns tempos e só atenderei a assuntos que requeiram atenção fora deste âmbito. Mas entretanto  e para além dessas duas importantes entrevistas (que têm muito a ver comigo) recomendaria dar uma boa olhada aos textos que fui deixando tanto nos meus tópicos como nos que colaborei, pois estou certo que o ajudará a melhor me entender. Para além disso tudo o mais que fui partilhando (filmes, documentários, entrevistas, séries, etc), teve, para além de os divulgar e dar a conhecer, o intuito de expandir e facilitar esse entendimento, pois foram criteriosamente seleccionados (pode procurar pelos índices que criei para cada um dos tópicos, para facilitar a pesquisa) 

Voltarei lá para o final do mês e só lhe digo que achei curioso a maneira como termina sua missiva, como que soubesse (rs).

Saudações Luminosas e até...

Rodrigo reagiu a este artigo.
Rodrigo

Bom dia Sr. Álvaro,

 

Vou me debruçar sobre o que o senhor tem partilhado e tentar "açambarcar" o que me for útil e importante para o meu crescimento. E que possa saber partilhar com os demais, pois de nada vale saber se não partilhas. Penso assim.

Já vi quase metade da entrevista com a Inelia, vou terminar hoje. Depois avanço no outro video.

 

Desejo lhe dias agradáveis nesse seu "aposento por dias" que até ao fim do mês já falta pouco ehehe

Bom fim de semana prolongado.

E quanto à sua observação sobre como terminei, estava a falar da comparação que fiz com o manto energético?

Sinta-se à vontade, como acredito que sim, para responder quando voltar! 😉

 

Um abraço e até ao seu regresso...:))

AlvaroBarriaMaio reagiu a este artigo.
AlvaroBarriaMaio

Adorei a entrevista com a Inelia. Obrigado Sr. Álvaro.

Estou a ver o site dela.

 

Abraço

AlvaroBarriaMaio reagiu a este artigo.
AlvaroBarriaMaio

Caríssimo Rodrigo cá estou, um tanto atrasado em relação ao prometido mas ainda por aqui (rs). Tendo em conta que já são 75 (cumpridos no dia 4), bem poderia ter, entretanto, chegado a hora de ir desta para melhor (literalmente), mas, tal ainda está bem longe de acontecer e nessa altura serei eu a pedir a 'guia de marcha' e... bye, bye, terráqueos! (rs).

Deixei-lhe a recomendação de ver as entrevistas de Dolores Cannon e Inelia Benz, pois, como disse, tem muito a ver com meu percurso neste plano. Tive conhecimento de ambas mais ou menos na mesma altura (2012), apesar da entrevista que postei de Dolores ser de 2013, por ser mais completa e sobretudo por ser legendada. É que já sabia das suas informaçãos sobre os voluntários numa outra sua comunicação anterior só sobre esse assunto.

Conforme já o deixei expresso aqui, meu nascimento foi bem difícil e demorado, como que não tendo querido vir a este mundo. Tenho 3 irmãos, mais novos e nascidos sem problemas, mas eu desde sempre me senti diferente como que deslocado. Não me lembro quase nada desses primeiros tempos mas a 'rebeldia' começou a manifestar-se na adolescência, já em Angola, para onde fomos viver. Passei por situações bem críticas e que afectaram a família, sobretudo os pais, mas acabei entrando nos eixos do 'sistema' embora me mantendo sempre que possível, nas suas 'bordas' (rs), e as pessoas com que me relacionava fora do âmbito familiar reflectiam isso mesmo. Tive relacionamentos de todos os tipos que muito me ajudaram a definir-me, mas foi só quando comecei a enveredar pela trilha 'espiritual', já de novo aqui e, como disse, desde os meados dos anos 70, que as coisas começaram a fazer sentido, sobretudo por via da leitura que sempre foi a minha base de sustentação a que se juntou o cinema, como aliado natural, pois sempre encontrei nas ficções a melhor maneira de estimular a imaginação, a nossa melhor 'ferramenta'

Andei pois a partir desses tempos 'pipocando' por tudo quanto era diferente na área da 'espiritualidade', depois de me afastar da religião que, ainda em Angola, me serviu de 'muleta' durante bastante tempo, até. Foi portanto nessas constantes buscas que acabei dando com os trabalhos da hipnoterapeuta Dolores Cannon e as incríveis informações sobre as levas de voluntários que recebeu dos seus inúmeros pacientes. Foi como que tivesse tido o 'click' que há muito esperava. Ela desenvolveu um método de terapia hipnótica que teve seguidores em muitos países e eu fiz essa experiência em 2013, numa das clínicas aqui em Lisboa (aí no Brasil há este, p.ex. 'https://lifeterapias.com.br/reconexao-espiritual/hipnoterapia-quantica-qhht/ ).

Depois que abri essa porta extra-dimensional e me expandi, continuei pesquisando e aprofundando e acabei ficando a saber das minhas possíveis origens, embora, obviamente, enquanto estivermos enclausurados neste 'escafrandro' e neste plano dimensional jamais poderemos ter quaisquer confirmações ou certezas do que nos espera, apenas suposições. E isso me bastou e me basta.

Quanto a Inelia Benz, a ressonância foi imediata quando ouvi a sua extraordinária entrevista a Bill Ryan, pois me identifiquei com a sua Missão e como sendo alguém que apenas está aqui para ajudar a humanidade a se EMPODERAR, como decerto já teve oportunidade de constatar no seu site. Como ela há milhares por aí mas a maioria mantêm-se 'incógnito' que é quanto a mim a melhor maneira de 'funcionar' neste palco, dando apenas atenção e se possível ajuda a quem esteja primeiro, 'atento' a si mesmo e depois ao que por esse mundo, sobretudo à nossa volta, mereça... atenção.

E quanto aos demais conteúdos do acervo que fui deixando por aqui, espero que algum deles, durante este interregno prolongado tenha lhe chamado a atenção quanto mais não seja como curiosidade para eventuais e futuros desabafos.

E por aqui me fico, para já, neste retorno, deixando em aberto as respostas às suas questões derivadas da minha resposta, que, a seu tempo serão satisfeitas, ok?

Saudações Luminosas e até...

Olá Sr. Álvaro, como está?

Tenho visto que tem se mantido bastante activo por cá (site e fórum) e é bom poder contar com os seus ensinamentos de forma tão ampla nos mais diversificados contextos e na quantidade de informação sobre as coisas (a idade ajuda a ter muita experiencia, não é?) ehehe Embora não só a idade:))

Só agora lhe escrevo pois não me senti com vontade de escrever (nada derivado a si ou ao tema), é apenas uma fase em que ando mais na minha.

Bem, mas estando aqui, primeiramente e tendo entendido que o senhor achava que eu estava do outro lado do atlantico... Não, não sou brasileiro, sou português ehehe

Posto isto e relativamente ao que a si diz respeito, percebo que teve um percurso interessante pelo contexto social da época, as pessoas com quem conviveu e a sua personalidade. Compreendo perfeitamente o que diz quando se refere a " enclausurados neste escafandro plano dimensional jamais poderemos ter quaisquer confirmações e isso basta me." Mas também questiono, basta porquê? Porque aceita que não tem que saber tudo? Mas podendo saber, porque não o fazer? Ir atrás?

Sim, vi o site da Inelia e retirei de lá coisas muito interessantes, agradeço-lhe essa partilha, foi muito boa!

E falando em futuros desabafos, quero partilhar consigo e com os demais que lerem, este artigo e perguntar-lhe de forma resumida o que acha disto que lhe envio, se faz sentido.

Confesso que para mim até fez algum e vai de acordo com o que já lemos aqui também, em alguns artigos.

Deixo-o com o artigo:

https://www.sementesdasestrelas.com.br/2020/05/ashtar-historia-da-criacao-parte-1-as.html

 

 

Abraço,

 

Rodrigo

 

 

12