2023 Artigos B.F.

BF ~ Biden, Papa e o Rei de Inglaterra estão prestes a cair

Partilhar:

O Presidente dos EUA, o Papa, o Rei de Inglaterra e o Imperador do Japão estão prestes a cair

Este site, oevento.pt limita-se a traduzir o relatório semanal de geopolítica do jornalista Benjamin Fulford que usa fontes. Use o seu discernimento, visto que algumas vezes as informações são contraditórias e falta coerência ao Benjamin Fulford. No entanto, mantemos o relatório porque nos dá informação atual do que está a acontecer no mundo, mas pela perspetiva do Benjamin Fulford e não deste site oevento.pt que muitas vezes discorda com o Benjamin Fulford.

O mundo está a passar pelas maiores mudanças dos últimos séculos, se não milénios. Quando a poeira assentar, é provável que o Presidente dos EUA, o Papa, o Rei de Inglaterra e o Imperador do Japão sejam todos removidos. Além disso, os últimos satanistas serão perseguidos e levados à justiça e as suas restantes fortalezas suíças, israelitas e americanas sofrerão uma queda semelhante à de Masada. Isto é o que prevêem fontes sénior das sociedades secretas asiáticas.

Os sinais disso estão por todo o lado. Na semana passada, por exemplo, líderes de quase 200 países e cerca de 100.000 delegados reuniram-se no Dubai para a COP 28 com copos de peditório nas mãos. A chefe da UE, Ursula von der Leyen, tweetou: “No financiamento do clima, temos de passar de biliões para triliões”. O rei Carlos exigiu que os contribuintes de todo o mundo desembolsassem 5 biliões de dólares por ano para fazer avançar a agenda globalista do “Net Zero”.

As Alterações Climáticas são um embuste

https://slaynews.com/king-charles-demands-5-trillion-advance-wefs-net-zero-agenda

As suas tentativas de obter dinheiro “verde” dos países ocidentais já levaram a província canadiana de Alberta a revoltar-se abertamente contra o governo de procuração da Máfia Khazariana (n.t.: MK) através de Castrudeau.

Todo o dinheiro “verde” que conseguiram obter foi cerca de 500 milhões de dólares, ou seja, 1/200 dos 100 mil milhões de dólares prometidos durante a iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota”, realizada pela China em outubro.

Também isto estava longe dos triliões de dólares esperados por muitos.

Isto porque, antes de ser morta, a Rainha Isabel chegou a um acordo com as sociedades secretas asiáticas, segundo o qual, em vez do fraudulento “carbono causa o aquecimento global”, o objetivo da humanidade seria aumentar a quantidade e a variedade de vida, incluindo a vida humana.

O seu sucessor como chefe do Comité dos 300 concorda, trata-se de um membro da realeza europeia que não é descendente de Guilherme, o Conquistador. Este indivíduo afirma que irá a público no novo ano.

Em todo o caso, quando o falso presidente Joe Biden se encontrou com o líder chinês Xi Jinping em São Francisco no mês passado, os asiáticos disseram à MK Rockefeller/Rothschild: “Vocês tiveram 110 anos [desde a fundação do Conselho da Reserva Federal], por isso agora é a nossa vez”. É por isso que o representante de Rockefeller, Anthony Blinken, parecia tão assustado quando as conversações terminaram.

Os asiáticos e os seus aliados ocidentais, os chapéus brancos, tencionam anunciar um novo plano multi-triliões de dólares para o Leste/Oeste/Norte/Sul para acabar com a pobreza e a destruição do ambiente, provavelmente em 2024. Em seguida, pegarão em todo o dinheiro que estava a ser utilizado para as guerras e gastá-lo-ão numa nova guerra contra o envelhecimento e a morte.

No entanto, primeiro virão algumas mudanças políticas enormes. Enquanto o mundo tem estado concentrado nas guerras orquestradas pela MK na Ucrânia e em Gaza, a Ásia Oriental iniciou as maiores mudanças políticas desde a queda do último shogun japonês e do último imperador chinês.

Por exemplo, foi encontrada uma solução surpreendente para a questão de Taiwan, que exige que Taiwan seja devolvida ao controlo japonês, de acordo com fontes de alto nível das sociedades secretas asiáticas. Neste plano, os cerca de um milhão de chineses do continente que fugiram para lá após a revolução comunista regressarão à China.

As fontes afirmam que Naoshi Onodera (ver artigo abaixo) deverá tornar-se Imperador do Japão e que a atual família imperial japonesa abdicará.

Esta informação provém de fontes anónimas da realeza asiática, mas há sinais públicos de que é real. Na semana passada, o príncipe herdeiro Akishino deu uma conferência de imprensa muito invulgar em que disse aos jornalistas que “era necessário rever os deveres reais oficiais”. Também deu a entender que os membros da sua família não se iriam mudar para o novo palácio de 50 milhões de dólares, acabado de construir às expensas do governo. Se olharmos para a sua expressão na fotografia abaixo, ele parece estar bastante aborrecido com alguma coisa.

Príncipe (ilegítimo) Akishino do Japão

www.japantimes.co.jp/2023/11/30/japan-crown-prince-royal-duties

Outro sinal muito invulgar é o facto de a sede da Maçonaria em Tóquio ter sido encerrada. É possível confirmar este facto no seu próprio sítio Web. Embora digam que foi para renovação, as nossas fontes dizem que foram despejados.

www.grandlodgeofjapan.org/index

O outro sinal é a repressão da facção Abe do partido governamental japonês por parte do Ministério Público. Este facto está relacionado com a queda de uma aeronave Osprey que matou 8 militares americanos. Os nomes das pessoas que morreram não foram divulgados, mas especula-se que tenham morrido alguns generais seniores. O acidente foi seguido de títulos nos jornais japoneses que diziam: “A aliança Japão-EUA pode ser afetada pelo acidente do Osprey”.

https://mainichi.jp/english/articles/20231203/p2g/00m/0na/021000c

A direita japonesa explica que ambos os incidentes fazem parte de um ataque ao clã Choshu do sul do Japão. O clã Choshu foi utilizado para colonizar o Japão durante a era Meiji. Os japoneses afirmam que um falso imperador Meiji casou com uma princesa dos Habsburgo para criar a atual linha imperial, como representante para governar o Japão. Esta procuração está agora a ser removida, o que significa que mais de 150 anos de domínio colonial no Japão estão a terminar.

Os norte-coreanos também estão em pé de guerra. Estão a planear usar o seu controlo de muitas das organizações Ninkyo (depreciativamente chamadas yakuza) do Japão para fazer grandes mudanças. É isto que está por detrás de artigos noticiosos com títulos como o do governante norte-coreano de facto, Kim Yo Jong, que diz que “a Coreia do Norte nunca se sentará à mesa com os EUA para dialogar”.

https://english.hani.co.kr/e_northkorea

Ela sabe perfeitamente que os americanos mataram o seu irmão Kim Jong Un com armas electromagnéticas quando ele aceitou encontrar-se com Donald Trump.

Os norte-coreanos têm atualmente mais de 100 mísseis nucleares capazes de atingir os EUA, pelo que a chantagem nuclear já não os impedirá de reunificar a península coreana.

No futuro, poderá haver um casamento real coreano e japonês que unificará a Coreia, o Japão e Taiwan, dizem as fontes asiáticas.

O que desencadeou todas estas acções foi a constatação de que a campanha de vacinação levada a cabo na Ásia Oriental (e em grande parte do resto do mundo) foi um assassínio em massa perpetrado pela KM.

Teremos de esperar para ver se tudo isto se concretiza, mas, nas minhas décadas de reportagem, nunca ouvi tantas declarações agressivas de tantas fontes diferentes e de tão alto nível.

Entretanto, na Europa e nos Estados Unidos, estão já a ocorrer mudanças muito visíveis.

O anúncio da morte de Henry Kissinger insere-se neste contexto. “Ele morreu de facto há alguns anos. A KM usou CGI, hologramas, avatares e ecrãs azuis. Agora está oficialmente morto”, dizem fontes da CIA.

Em todo o caso, o anúncio oficial é visto como um sinal de que estão prestes a ocorrer grandes mudanças.

Henry Kissinger foi um dos principais executores da KM que levou a cabo assassínios em massa em todo o mundo. O historiador Greg Grandin, da Universidade de Yale, calcula que só as acções de Kissinger entre 1969 e 1976 significaram o fim de três a quatro milhões de pessoas.

Durante décadas, Kissinger também matou sistematicamente os líderes mundiais que se recusaram a ceder aos interesses corporativos da KM. Kissinger trabalhou para David Rockefeller Sr. e Klaus Schwab, como se pode ouvir das suas próprias bocas.

O vídeo abaixo sobre o que ele fez ao Chile é um exemplo do tipo de coisas que ele fez em todo o mundo, incluindo a supostos aliados como o Japão e a Austrália. Foi responsável pela morte de vários primeiros-ministros japoneses e também tentou arduamente que eu fosse assassinado. Que se f*da!

Chile celebra a morte de Kissinger

A sua morte assinala a derrota dos Cavaleiros de Malta e do seu complexo militar-industrial ocidental. Este facto é agora visível para todos:

Os ucranianos perderam cerca de 500.000 homens, o equivalente a todos os exércitos britânico, francês, alemão e italiano juntos. O Ocidente está agora a ficar sem armas e munições.

As forças armadas alemãs só podem durar no máximo dois dias numa batalha, diz Johann Wadephul, deputado alemão do partido União Democrata-Cristão (CDU).

Os generais franceses dizem que o mesmo se passa com o seu exército.

www.vtforeignpolicy.com/2023/11/german-military-would-only-last-two-days-in-a-battle-due-to-weapons-deliveries-to-kiev

O mesmo acontece com as forças armadas americanas. O Departamento de Defesa encomendou mais um grupo de ataque de porta-aviões, defesas aéreas, aviões de combate e centenas de tropas para o Médio Oriente. O problema: …o Pentágono não tem dinheiro para pagar o reforço. O coronel Douglas MacGregor tem repetidamente salientado que as forças armadas dos EUA são atualmente incapazes de travar uma guerra de forma adequada.

Isto deve-se ao facto de o governo dos EUA não ter dinheiro. Para compreender o quão falidos estão os EUA, veja-se os gráficos seguintes. O primeiro mostra que os bancos americanos estão insolventes. Se não falsificassem os seus livros, a maioria deles, especialmente os grandes, terão de declarar falência imediatamente,

O segundo mostra que o Departamento do Tesouro dos EUA está falido. Os preços do Tesouro caíram 50% porque os chineses e os japoneses estão agora prontos para, finalmente, desligar a ficha da Corporação Estadunidense. Há uma década, detinham mais de 22% dos títulos do Tesouro dos EUA; hoje são 7%, pelo que a sua exposição foi minimizada.

Gráfico dos ganhos e perdas dos bancos comerciais

Gráfico dos títulos

Gráfico do custo de bens e serviços 2008-2023

Os proprietários de casas nos EUA também estão em apuros. Em outubro, as vendas pendentes de casas caíram para o nível mais baixo desde que a Associação Nacional de Corretores de Imóveis começou a registá-las em 2001. Num sinal de que os ricos são os únicos que beneficiam do sistema atual, apenas as vendas de casas com preços superiores a 750.000 dólares têm vindo a aumentar. O gráfico abaixo mostra que os preços das casas nos EUA têm de cair para metade do preço atual para atingir a sua média histórica.

Gráfico do custo imobiliário 2023

A perda do património imobiliário empobrecerá ainda mais os americanos, que já perderam mais de metade do seu poder de compra real desde 2008, como mostra o gráfico acima.

A falta de dinheiro significa que os actuais regimes da maioria dos países ocidentais já não são levados a sério pelo resto do mundo. A Alemanha é um exemplo típico.

Os alemães estão a ser ridicularizados por todo o mundo porque… “não têm soberania”, disse o Presidente russo Vladimir Putin. Putin, disse isto enquanto o Presidente alemão, Frank-Walter Steinmeier, era desprezado no aeroporto depois de aterrar para uma visita oficial de Estado ao Qatar.

Presidente alemão Frank-Walter Steinmeier à espera de ser recebido numa visita oficial de estado ao Qatar

A história mostra que a falência leva à mudança de regime, por isso espera-se que Biden, o falso Papa mascarado com borracha, Emmanuelle Macron de Rothschild e muitos outros se vão embora.

O primeiro será provavelmente o líder ucraniano Vladimir Zelensky, fantoche dos Rothschild. Fontes russas do FSB dizem ter descoberto que o plano é fingir a morte de Zelensky, atribuir a culpa à Rússia e depois substituí-lo pelo general Valery Zaluzhnyi.

Como mostra o vídeo abaixo, uma campanha para o transformar de herói em vilão já começou nos meios de comunicação social para preparar o terreno.

Em vez de falarem de subornos de celebridades, seria bom que falassem do assassínio em massa de ucranianos pelo qual ele é responsável.

Seja como for, o próprio Estado ucraniano pode não sobreviver. Está agora a ser bloqueado pela Polónia, Roménia, Bulgária, Eslováquia e Hungria, porque os cereais ucranianos baratos estão a levar à falência todo o seu sector agrícola.

Os camionistas eslovacos juntaram-se aos seus homólogos polacos, bloqueando o principal ponto de passagem da fronteira do país com a Ucrânia.

Entretanto, depois de esperar mais de duas semanas para atravessar a fronteira polaco-ucraniana no posto de controlo de Korczowa-Krakowiec, os condutores ucranianos anunciaram que se preparam para entrar em greve de fome.

www.pravda.com.ua/2023/12/1

O primeiro-ministro húngaro Viktor Orbán… está prestes a atirar o bloco para o precipício. “Estamos a caminhar para uma crise grave”, disse um funcionário da UE.

www.politico.eu/vladimir-putin-russia-buddy-hungaria-viktor-orban-pushes-eu-brink-ukraine-aid

Esta situação deve-se ao facto de a UE e os EUA terem afirmado que não deve haver comércio com a Rússia, os BRICS e a China, segundo as fontes do FSB. “Esta situação está a forçar os agricultores ucranianos a despejar os seus produtos na UE, o que significa que a maioria dos agricultores da UE não sobreviverá a esta concorrência. A única forma de pôr fim a esta crise é chegar a um acordo de paz para que os cereais possam voltar a fluir para Leste e para Sul”, afirma o FSB.

Em Israel, a situação também está a agravar-se. Na semana passada, os líderes da CIA e da Mossad reuniram-se com o primeiro-ministro do Qatar, Mohammed bin Abdulrahman Al Thani, e com funcionários egípcios para pedir ao Qatar que continuasse a ajudar financeiramente o Hamas.

www.haaretz.com/2020-02-24/netanyahu-israel-mossad-chief-doha-qatar-continue-hamas-gaza-money-transfer

Porque é que o chefe da Mossad pediria ajuda ao Hamas?

O jornalista francês Thierry Meyssan explica:

O Hamas e Benjamin Netanyahu, longe de serem inimigos, agem de forma concertada, sem qualquer consideração pela vida dos palestinianos ou dos israelitas.

A Confraria dos Irmãos Muçulmanos é uma sociedade política secreta, organizada pelos serviços secretos britânicos segundo o modelo da Grande Loja Unida de Inglaterra [2]. Foi progressivamente absorvida pela CIA, a ponto de estar representada no Conselho de Segurança Nacional dos Estados Unidos.

Toda a operação do Hamas e de Israel é dirigida por americanos, talvez sob a direção do Straussiano Eliott Abrams [1] e da sua Coligação Vandenberg (Think Tank que sucedeu ao Projeto para um Novo Século Americano).

www.voltairenet.org/article220078

Os serviços secretos britânicos dizem que foram os alemães que criaram a Irmandade Muçulmana depois da Primeira Guerra Mundial para perturbar os governos coloniais britânicos e franceses no Médio Oriente. A Gestapo (DVD de George Bush), ramo da CIA, assumiu o controlo após a Segunda Guerra Mundial.

Portanto, a CIA e a Mossad estavam no Qatar a dizer: “Dêem-nos dinheiro ou matamos reféns”. A resposta foi: “Não, não nos vamos submeter à chantagem. Serão julgados por crimes de guerra”. O criminoso de guerra Netanyahu vai provavelmente cair de armas em punho em vez de ser enforcado. Mas que ele vai cair, isso é certo.

Entretanto, os seus senhores supremos, os Rothschilds, estão a tentar fazer uma boa figura. Lynn de Rothschild apareceu recentemente na televisão a prometer:

A IA vai mudar tudo, para o bem e para o mal. Porque não nos perguntamos como é que a IA nos pode ajudar a resolver as deficiências estruturais do nosso sistema económico, como é que a IA pode fazer com que a nossa economia funcione para todos e como é que a IA pode ajudar a criar uma sociedade em que não sejamos nós e eles? Apelo a uma declaração conjunta do sector público e do sector privado para o bem comum. Temos de refletir sobre o nosso pacto social essencial com a sociedade. Trata-se de uma reforma de fundo da economia.

https://alt-market.us/rothschild-wants-merger-between-corporations-governments-and-ai-to-save-capitalism

Parece também que estão a utilizar a IA para gerir os media e a política por eles.

A Sports Illustrated foi apanhada a utilizar jornalistas gerados por IA para “escrever” artigos gerados por IA, e depois enlouqueceram e apagaram as provas passado de um dos seus programadores Web os ter denunciado.

www.zerohedge.com/sports-illustrated-freaks-out-deletes-evidence-ai-generated-journalists-articles

Agora, temos informações de que o “governador” da Califórnia, Gavin Newsom, pode ser um robot humanoide controlado por IA.

Tucker Carlson diz que “as palmas das mãos dele não suam. A sua respiração não aumenta. A temperatura do seu corpo não se altera. Nada muda em Newsom quando ele mente na sua cara. E não há muitas pessoas assim”.

John Rappoport, entretanto, no seu blogue pago, relata:

“Enquanto defendia a sua política de permitir que prisioneiros violentos do sexo masculino, que se identificam como mulheres, sejam transferidos para prisões femininas na Califórnia, o governador Gavin Newsom de repente deixou escapar: “Eu não existo. Sou uma IA programada pela Disney Corporation’”.

A televisão cortou temporariamente a transmissão em direto.

Este é o mesmo Newsom que supervisionou a recolha de pessoas sem-abrigo das ruas para que os seus órgãos pudessem ser retirados e vendidos. A nossa fonte das forças especiais diz-nos que encontraram centenas (e não milhares, como noticiámos anteriormente) de corpos de sem-abrigo que tinham sido desmembrados e aos quais tinham sido retirados os órgãos. Parece que uma IA decidiu que era lógico transformar os sem-abrigo “improdutivos” em produtos lucrativos de carne e órgãos.

A KM também está a usar outra provável IA, Joe Biden, para ameaçar:

“Olha, o meu Marine tem um código para fazer explodir o mundo”

https://twitter.com/RNCResearch/status/1729961860307292494

Por isso, sejamos cépticos quando os Rothschilds disserem “Agora vamos usar a IA para sermos simpáticos, por isso não nos matem”.

Deviam ter dito isso antes de nos tentarem matar. Os julgamentos de crimes de guerra estão prestes a começar. O assassino em massa Anthony Fauci foi forçado a concordar em testemunhar no Congresso sobre a resposta dos EUA à pandemia de Covid-19 e as origens do vírus na China.

Talvez devessem perguntar-lhe sobre a sua declaração anterior sobre o VIH, que dizia: “Pegamos num agente infecioso e introduzimo-lo numa população”.

www.bitchute.com/video/tCRELkO1qD9g

Além disso, a nova “epidemia” de Mycoplasma pneumoniae, também conhecida como “síndrome do pulmão branco”, é causada pelas vacinas contra a Covid, como revelado pela própria Pfizer. Veja a página 37 do Relatório de Eventos Adversos da Pfizer.

Gráfico do excesso de mortes devido a neuplasias malignas

A outra coisa sobre a qual terão de testemunhar é o assassínio em massa sistemático de crianças para recolher adrenocromo.

A mais recente prova disso é o facto de as agências noticiosas turcas relatarem que, quando 50.000 judeus iemenitas foram transportados para Israel em 1949-50, 5.000 bebés foram separados à força das suas mães imediatamente após o nascimento e, mais tarde, foi-lhes dito que os seus filhos tinham morrido, sem qualquer outra informação.

www.yenisafak.com/yemens-missing-children

Para além de serem assassinos em massa, a KM são gestores económicos incompetentes. A sua tentativa de forçar toda a gente a mudar para carros eléctricos é um exemplo flagrante. Um novo relatório da Consumer Reports concluiu que os veículos eléctricos têm quase 80% mais problemas e são “geralmente menos fiáveis” do que os automóveis convencionais com motor de combustão interna.

Um grupo de 4000 concessionários de automóveis dos EUA escreveu uma carta a avisar que “a procura de veículos eléctricos não está a acompanhar o grande afluxo de VEBs que chegam aos nossos concessionários… mesmo com grandes reduções de preços, incentivos dos fabricantes e generosos incentivos governamentais. Os compradores consideram a sua manutenção demasiado dispendiosa, não têm acesso fácil a estações de carregamento, estão preocupados com a perda de autonomia em tempo frio ou quente, têm longas deslocações diárias e não dispõem de tempo extra para carregar a bateria. etc. Os compradores de camiões são especialmente desencorajados pela perda drástica de autonomia”.

https://evvoiceofthecustomer.com

Não admira que a Ford planeie cancelar ou adiar 12 mil milhões de dólares em investimentos relacionados com veículos eléctricos. É apenas uma questão de tempo até que a Tesla faça um anúncio semelhante. Que tal mudar para o hidrogénio, Sr. Musk?

Artigo completo traduzido de Benjamin Fulford de 4 de dezembro de 2023.

FIM

Disclaimer: Os artigos são escritos em português do (Brasil ou de Portugal) ou numa mistura de ambos. Este site publica artigos próprios e de outros informantes em que se limita a publicá-los: quer dizer que pode não concordar com os mesmos. Você deve usar a sua intuição com aquilo que ressoa ou não consigo.

Partilhar:

4.7 3 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

4 Comentários
Most Voted
Newest Oldest
Inline Feedbacks
View all comments