covid-19, Notícias

Mundo: Câncer matou 5 vezes mais (10 milhões) que o Covid-19 em 2020

Partilhar:

São dados divulgados recentemente pela OMS que não deixam dúvidas: O Cancro (Câncer) matou à volta de 10 milhões de pessoas em 2020 em todo o mundo, enquanto a “pandemia” do covid-19 matou 1,82 milhões de pessoas, o que significa que o Cancro (Câncer) foi mais letal 5,5 vezes do que o covid-19.

Cancro (Câncer) matou 10 milhões em 2020. Covid-19 1,82 milhões

 

A principal causa de morte em 2020, foram as doenças cardiovasculares com cerca de 20 milhões de mortes, portanto 11 vezes mais que o covid-19.

98% das mortes este ano não se devem ao covid-19 (18-ago)

Já foi dito tudo que havia a dizer sobre esta falsa pandemia, mas mesmo assim utilizando factos:

Morreram +/- 60 milhões de pessoas em 2020 no mundo.

Nasceram +/- 140 milhões de pessoas em 2020 no mundo.

Temos um saldo positivo de 80 milhões de pessoas. No ano da falsa pandemia temos um aumento de 1% da população.

Uma em cada seis mortes no mundo, deve-se a cancro (câncer).

Apenas à volta de 3% das mortes foram de “covid-19” que na verdade já tinham na sua grande maioria outras co-morbilidades. Na prática, 97% das mortes em todo o mundo, não se deveram ao covid-19.

https://ourworldindata.org/

As mortes por gripe sazonal diminuíram acentuadamente, o que significa que foram transformadas em covid-19.

O gráfico por exemplo do Serviço Nacional de Saúde de Portugal não deixa dúvidas:

gripe Portugal a 29-01-2021. As doenças respiratórias desapareceram!

 

 

 

 

 

 

 

 

fonte:

https://www.sns.gov.pt/monitorizacao-do-sns/servicos-de-urgencia/

E as outras infeções respiratórias também diminuíram drasticamente.

COVID-19 = GRIPE SAZONAL + OUTRAS DOENÇAS RESPIRATÓRIAS

Os corruptos FACT-CHECKING anteriormente diziam que ainda não era a estação das gripes, mas atualmente estamos na estação das mesmas e não há gripes. Os mesmos fact-checking confrontados com a situação calam-se.

Corrupta OMS (Organização Mundial da Saúde)

Uma pesquisa da OMS realizada em 2020 indicou que o tratamento do cancro (câncer) foi interrompido em mais de 40% nos países analisados durante a pandemia.

Não morreram do covid-19, mas estão a morrer cada vez mais de outras doenças, embora muitas estejam a serem registadas como covid-19.

O documentário altamente censurado de nome Plandemic, revelava que hospitais recebiam gigantescas verbas para declarar como óbito o covid-19:

Plandemic (Pt-Br) ~ Máscara prejudica sistema imunitário

Até cá em Portugal, o jornal de maior tiragem, revelava que os hospitais privados (hospitais públicos o valor é maior) recebiam até 8400 euros por tratar um doente covid-19, o que se incentiva à testagem abusiva (cujo testes têm pouca eficácia), à procura do doente com covid-19 e ao esquecimento do doente não covid-19.

www.jn.pt/nacional/estado-paga-8400-euros-aos-privados-por-cada-doente-covid

Tribunal de Lisboa arrasa eficácia dos testes PCR e quarentena forçada

A OMS referiu-se que uma das principais causas do aumento das mortes por Cancro (Câncer) se deve à falta de exercício físico, portanto a sigla sistemática vendida à população, “fique em casa, salve vidas” tem um efeito contrário para todas as outras doenças.

Energia das Árvores ~ Caminhar pela Natureza ~ Sol

Já foi também revelado que 90% dos pacientes têm falta de Vitamina D. A Vitamina D é por exemplo obtida gratuitamente através do Sol.

A guerra contra a vitamina D ~ Uma ameaça à Indústria Farmacêutica

FIM

Disclaimer: Os artigos são escritos em português do (Brasil ou de Portugal) ou numa mistura de ambos. Este site publica artigos próprios e de outros informantes em que se limita a publicá-los: quer dizer que pode não concordar com os mesmos. Você deve usar a sua intuição com aquilo que ressoa ou não consigo.

Partilhar:

5 2 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

12 Comentários
Most Voted
Newest Oldest
Inline Feedbacks
View all comments