Notícias

Presidente da comissão declarou que a gripe A (H1N1) foi uma falsa epidemia

Partilhar no Facebook

Introdução:

Este novo Coronavirus (COVID-19) do pânico ficará na história como uma das maiores fraudes para manipular economias, suprimir os dissidentes e empurrar a medicina MANDATADA!

Vamos ver o que se passou com a gripe A (H1N1) que era muito mais letal em 2009 e com dados do wikipedia e comparem com a atual situação de pânico.

O artigo seguinte vem da wikipedia:

Pandemia de gripe A de 2009 em Portugal

No dia 25 de janeiro de 2010, o presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa declarou que a gripe A (H1N1) foi uma falsa pandemia, dizendo que “este foi um dos maiores escândalos médicos do século”. No dia seguinte (26 de janeiro de 2010), a Ministra da Saúde de Portugal, Ana Jorge, defendeu que não se tratou dum embuste pois, apesar das fatalidades terem ficado bastante aquém das 75 mil mortes previstas para Portugal, o vírus H1N1 provocou “mais de 80 mortes”. Como contraste, em 2003 as mortes em Portugal associadas à gripe sazonal foram de 3822.

Covid-19: Wuhan e Milão foram as cidades piloto do 5G, que baixa o sistema imunológico

Pandemia de gripe A de 2009 em Portugal

Pandemia de gripe A (H1N1)
na República Portuguesa
Flag of Portugal.svg
Doença: Gripe suína
Pandemia de: Gripe A (H1N1)
Confirmação do primeiro caso: 4 de maio de 2009
Casos confirmados: 166.922
Mortes: 122
Última atualização: 29 de abril de 2010

pandemia de gripe A (H1N1), que se iniciou em 2009, entrou em Portugal no dia 4 de maio do mesmo ano. Este foi o 11.º país a registrar casos de gripe A no continente europeu.

Durante a manhã do dia 4 de maio de 2009, a ministra da Saúde, Ana Jorge, confirmou a existência do primeiro caso de infecção do vírus H1N1 no território português. A pessoa infectada foi uma portuguesa de 31 anos, mas ela já não apresenta riscos de contágio.

Segundo Jorge Torgal (diretor do Instituto de Higiene e Medicina Tropical), é possível que depois de que se confirmou esta pandemia, o número de portugueses infectados poderia ser de 2 a 3 milhões de pessoas, e com 75 mil mortes.

No dia 23 de setembro de 2009, Portugal registrou a sua primeira morte causada pela gripe A em Miranda do Douro.

Até o dia 29 de abril de 2010 (data da última atualização), Portugal registrou 166 922 casos de gripe A (H1N1), e 122 mortes.

fonte do artigo:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Pandemia_de_gripe_A_de_2009_em_Portugal

Falsa pandemia usada para causar o colapso: Uma Nova Era a caminho

Pandemia de gripe A de 2009 no Brasil

Pandemia de gripe A (H1N1)
na República Federativa do Brasil
Flag of Brazil.svg
Doença: Gripe suína
Pandemia de: Gripe A (H1N1)
Primeiro caso: São Paulo
Confirmação do primeiro caso: 7 de maio de 2009
Casos confirmados: 58.178
Mortes: 2.101
Última atualização: 27 de abril de 2010

fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Pandemia_de_gripe_A_de_2009_no_Brasil

Disclaimer:
1. Os artigos são escritos em português do (Brasil ou de Portugal) ou numa mistura de ambos.
2. Os autores não usam facebook, portanto se tiver alguma pergunta, coloque aqui no site, na secção dos comentários (não do facebook)
3. Os artigos colocados neste site, são diferentes dos colocados nos meios de comunicação de massas. Não significa que os autores concordam ou discordam com os mesmos. Você deve usar a sua intuição com aquilo que ressoa ou não consigo. Ninguém é dono da verdade absoluta e este site não foge à regra.

Partilhar no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.