revelação cósmica temporada 16

S16E06 57 tipos de espécies extraterrestres

Partilhar no Facebook

Ontem foi divulgada nos meios de comunicação de massas (televisões e jornais), a descoberta de um novo planeta a 100 anos-luz e também foi divulgado que a astronauta Helen Sharman (também divulgado em algumas televisões) defende que extraterrestres existem e que podem estar na Terra.
sicnoticias.pt/2020-01-06-Astronauta-britanica-defende-que-extraterrestres-existem-e-que-podem-estar-na-Terra
publico.pt/2020/01/07/nasa-anuncia-descoberta-planeta-tamanho-terra-zona-habitavel
g1.globo.com/2020/01/07/nasa-descobre-planeta-com-o-tamanho-da-terra-em-zona-habitavel

Neste 6.º episódio da 16.ª temporada temos o depoimento do sargento Clifford Stone que afirma que está em contacto desde os seus 4 anos com um ser, cujo seu planeta dista 100 anos-luz da Terra…

S16E06 Rx Extraterrestres (Revelação Cósmica ~ Clifford Stone)
S16E06 E.T. Rx (Cosmic Disclosure)

Assista ao episódio clicando no link abaixo, usando o browser chrome:
https://drive.google.com/open?id=15_LzUUxK1vcuHyLwK-3J25_hRkadhX5j
Se der erro, use o browser chrome em modo anónimo (teclando Ctrl + Shift + n) no PC e se necessário, antes tem de fazer logout do seu gmail. Se ainda não conseguir, aceda a partir de outro PC. Alerta-se que os episódios têm sido retirados da internet, portanto se detetar que o episódio foi denunciado, faça um comentário (não no facebook), para indicarmos outro link.

Episódio com legendas em português do Brasil (para quem não deseja assistir ao vídeo):

REVELAÇÃO CÓSMICA – POR DENTRO DO PROGRAMA ESPACIAL SECRETO

revelação cósmica temporada 16 episódio 6

Cuidados Médicos Para Extraterrestres

Hoje, em “Revelação Cósmica”, recebemos o sargento Clifford Stone.

Vamos analisar as espécies extraterrestres. Sargento, bem-vindo ao programa. Você foi citado, ao longo dos anos, ao dizer que há mais de 57 tipos de espécies extraterrestres. Pode falar sobre isso?

Certamente. Muitas pessoas vão me criticar e dizer: ”Se dissesse 10 ou 12, seria mais fácil acreditar em você.” Bem, o que elas querem? Uma fantasia ou a verdade? A verdade é que, quando eu estava nas Forças Armadas, havia uma equipe médica que teria que prestar primeiros socorros aos nossos visitantes, se chegássemos lá e houvesse algum ainda vivo e ferido.

Para realizar essa tarefa, porque muito dos primeiros socorros que fazemos não seria o mesmo para eles, eles tinham um livro. Era um livro para informar como fazer os primeiros socorros para certos ferimentos em nossos visitantes. E eles tinham que saber o que fazer para cada espécie.

Esse livro listava 57 espécies diferentes. Eles eram carinhosamente conhecidos… E elas podem rir se quiserem. Nós os chamávamos carinhosamente de Heinz 57. E, naquela época, essa era uma das coisas que falavam sobre os produtos Heinz. Então, tínhamos isso. E eu não deveria vê-lo. Não havia necessidade de eu saber sobre isso. Mas uma pessoa, que era oficial, e vou dizer logo de cara, não tenho certeza, mas ele era médico. Tínhamos dois médicos.

E eles meio que me protegiam, porque eles sabiam que eu estava tendo problemas com o que estava fazendo. Então, eles disseram: ”Olha, não estavam realmente tentando fazer nada de ruim com eles. Nós só os deixávamos aqui para morrer. Bem, tentamos não fazer isso. Existem várias espécies, e sabemos tão bem disso quanto você. Você pode não saber quantas. Mas, até o momento, foi isso que catalogamos.” E eles disseram: “Você pode ver aqui, mas não podemos deixar você ter uma cópia.

Não podemos deixar que leve com você. Você pode lê-lo, mas apenas aqui. Se outros membros do alto escalão aparecerem, às vezes essas pessoas não são tão legais, e teremos que pegar o livro de volta e agir como se você nunca o tivesse visto.” E eles fizeram isso algumas vezes. Porque eu tentava gravar a imagem e tentava me lembrar como eram todas as 57. Dessas 57, eu tive acesso a talvez seis, sete espécies diferentes. A espécie que eles tinham dúvidas a respeito era a única espécie que me seguiria por toda minha vida, que ainda tenho contato até hoje.

Qual é o nome dessa pessoa?

Bem, a entidade que escolheu me seguir por toda minha vida, eu a conheço como Korona. E ele sempre me dizia: ”Korona com K.”

S01E01 Há 22 programas genéticos a serem feitos nos humanos aqui da Terra

De onde ele é?

Ele é de um planeta que fica aproximadamente 100 anos-luz do planeta Terra. É por isso que quando você me ouve falar sobre buracos de minhoca atravessáveis, eu digo que se estiverem usando matéria negativa ou antimatéria, isso faz diferença quando atravessam um buraco de minhoca. Se eles usam antimatéria, em tempo real, leva 1 hora e 40 minutos para virem de lá até aqui.

É por isso que, quando uso isso para tentar mostrar a distância, eu uso o mundo dele como referência, porque é algo que conheço muito por conta da ajuda dele. A única coisa com a qual tive problemas, é que ele não entraria em muitos detalhes sobre matéria negativa. E quando descobri o quanto matéria negativa era mais potente, fiquei chocado. Mas ele faz parte de apenas uma espécie. Existem outras espécies. Existem três tipos de Cinzas (Greys).

Dois deles têm aproximadamente 1 metro de altura. Suas características faciais são um pouco diferentes. A posição e o formato dos ouvidos são um pouco diferentes. Mas se estiver olhando para eles, com base no tamanho deles, pensaria que eram da mesma espécie. Eles não são. São duas espécies diferentes, mas que parecem idênticas. A terceira tem aproximadamente 1,2 m de altura, e parece muito semelhante. Só que eles são de um cinza mais claro que as outras duas.

Há apenas uma espécie ou três espécies diferentes?

São três espécies diferentes.

Mas elas são parecidas?

Elas são parecidas. Há outra que parece humana. Talvez tenha cerca de 1,5 m de altura, e os ouvidos são um pouco diferentes. O nariz é um pouco diferente. Mas eles têm traços orientais.

São pequenas coisas. Pequenos detalhes.

Poucos detalhes.

E é a mesma coisa que víamos nos extraterrestres em campo. Às vezes, eles diferem. São um pouco diferentes.

E outra raça tinha cerca de 1 m a 1,2 m de altura, coberta de pelos. Era como o cara peludo em Star Wars. Qual era o nome dele?

Chewbacca.

Poderia chamá-los de pequenos Chewbaccas. Mas não cometa o erro de pensar que, só porque eles são de baixa estatura, eles não têm força.

Tamanho não importa.

Com certeza.

Eles podem levantar um veículo de quase 3 toneladas. Ocorreu uma abdução com eles em algum lugar da América do Sul, porque estavam muito preocupados com a radiação ainda presente na atmosfera, por causa dos testes nucleares que aconteceram 50, 60, 70 anos atrás. Ocorreu uma abdução lá. E, claro, isso aconteceu lá porque o cara pensou que eles eram pequenos. Ele simplesmente pegaria um e o traria de volta para o carro.

E quando ele foi tentar pegar um, foi o ser que o pegou e o lançou para bem perto do carro, talvez uns 4,5 m de distância. Ele não voltou para tentar pegá-lo novamente. Essa é outra espécie. Outra espécie, se a visse, você ficaria chocado. Você pensaria: ”Bem, isso é um fantasma.” Eles são pura energia. E eles podem assumir a forma humanoide. Muitas vezes, eles simplesmente são como uma nuvem plasmática.

E os que eu vi, eram uma luz branca e brilhante, havia uma luminosidade dentro deles, mas poderiam assumir a forma humana. E se comunicam com você através do que chamamos de transferência de pensamentos. Para muitas pessoas, isso é telepatia. Bem, não importa como chame, é uma transferência de pensamentos da mente deles para a sua.

E você ouviria como estamos conversando agora. E se você tentar responder, eles já sabem o que você vai dizer, porque já captaram. A primeira coisa que você faz é traduzir o que estão dizendo, então, você formula o que dirá de volta a eles, depois, você verbaliza. Esse é o processo pelo qual você passa. Eles já sabiam o que eu diria, mas eu ainda sentiria a necessidade de verbalizar. E era sempre assim. E mesmo as pessoas que me acompanhavam no campo, elas sabiam, e me diziam: ”Você não precisa falar. Eles já sabem.”

Eles sabem tudo.

Mas, na situação, ele sentia que precisava falar.

S01E02 Há um tsunami de energia positiva e libertadora vindo para a Terra

Mas as pessoas não entendem isso. Havia outra que parecia muito humana. E o interessante sobre eles, é que eles não consideram que estão trajando uniformes. Mas eu considero que estão de uniformes. Eles têm um uniforme vermelho. O material é único, e os Cinzas têm uma roupa inteiriça. Como eles vestem aquela roupa inteiriça, não faço ideia.

Forma-se em volta deles.

Bem, provavelmente, essa é a melhor maneira de dizer. É a mesma coisa com essas pessoas. E eles podem ter entre 1,5 m e 1,8 m de altura. Mas eles se parecem conosco. Como posso dizer? Eles são carecas. Até as fêmeas são carecas. Eles não têm pelos. Podem conversar com você através da transferência de pensamentos, ou podem conversar com você em seu próprio idioma, como estamos conversando agora.

Qualquer idioma?

Qualquer idioma.

Da Terra?

Da Terra, basta dizer o nome. Outra coisa é que eles podem imitar outras pessoas. Por exemplo, se quiserem pegar o telefone e ligar para alguém com a voz parecida com a minha, eles poderiam fazer isso. Então, as espécies com as quais eu entrei em contato, elas têm talentos diversos. Algumas das outras, eu posso ter visto uma, à distância, na época em que eu era criança.

E podem ser como robôs, mas diferente de qualquer robô na face deste planeta. Eles têm personalidade. E, muitas vezes, as pessoas dizem: ”Bem, durante uma abdução, é como se não tivessem cuidado, não há compaixão.” Mas eles são cuidadosos e têm compaixão. Eles fazem tudo o que podem para garantir que não machuquem a pessoa que estão estudando. Mas, ao mesmo tempo, eles são muito focados, tentam completar o que precisam fazer no menor tempo possível.

Eles são benevolentes?

Eu nunca soube de uma situação em que foram violentos, hostis, ou tentaram machucar alguém. É mais certo que permitam que eles mesmos se machuquem do que eles nos machucar. Voltando ao tipo robô. Muitas pessoas, por terem sua visão do que são robôs, dizem que os veem como uma pessoa mecânica. Mas não deve vê-los por essa perspectiva. Quero dizer, a inteligência artificial evoluiu? Sim. Mas é difícil para eu dizer que são sencientes.

Mas, ao mesmo tempo, eles estão preocupados com o momento em que chegarão ao fim.

Além de todas essas espécies diferentes, as pessoas falam sobre
reptoides e insectoides. Você já teve alguma experiência com eles?

Na verdade, se der uma olhada de perto em Korona, ele lhe dirá, de brincadeira: ”Eu não sou um lagarto.” Ele parece um réptil.

Ele tem esse tipo de aparência, como um ser multifacetado.

Se olhar bem de perto, ele tem como escamas, uma textura muito fina, parecida com escamas. Os insectoides têm algo parecido. Um que se parece muito com… E odeio trazer isso à tona, porque algumas pessoas… É por isso que eu evito falar sobre essas espécies diferentes. Há uma espécie que se parece muito com um louva-deus, até mesmo os braços. Mas, quer saber? Tenha muito cuidado, porque eles não têm os tentáculos nos braços, como o louva-a-deus tem.

Eles têm dedos?

Eles têm dedos. Eles são ambidestros, assim. Pelo que vimos, sim, eles têm tudo isso. Muitos deles não têm. Há muitos deles que têm apenas três dedos e um polegar opositor, por falta de um termo melhor.

Frequência 432 Hertz – 432 Hz – A frequência do Som com propriedades de Cura!

E qual é o nível de inteligência dessas espécies, sargento? Eles são superiores a nós? Inferiores a nós? Quais são os níveis existentes no Universo?

Todos podem se comunicar. Mas os níveis de capacidade tecnológica diferem. E não é porque não querem trocar o conhecimento que eles têm. É só que eles querem passar por um processo de aprendizado.

Entendi.

É como nós, adultos, que podemos dirigir um carro. Não vamos deixar nossas crianças de seis anos ficarem atrás do volante. Então, o que acontece é que, pelo progresso que cada espécie tem, elas só podem acessar uma tecnologia específica.

Isso faz todo sentido. Vamos falar mais sobre Korona, porque é uma história muito fascinante. Sargento, o que você aprendeu sobre eles, sua espécie, sua cultura? Eles te ensinaram alguma coisa?

É interessante você perguntar. E a razão pela qual digo isso é que, quando me escolheram para que ele me seguisse por toda a minha vida, eu vi Korona como ele realmente era, e eu não mais o via como criança, pois lembro-me de chorar e implorar aos meus pais que me levassem ao médico, porque o médico poderia fazer os monstros irem embora. Com apenas sete anos de idade, tive que tomar uma decisão. Luto contra o que está acontecendo comigo?

E sei que vou enlouquecer. Eu não vou ser normal. Ou aceito o destino que me foi dado e aprendo com isso? Eu escolhi a última opção. O que eu aprendi? Eu aprendi que as espécies que estão nos visitando não são personagens de desenhos animados, como pensamos na maioria das vezes. Nós os vemos como bobalhões, que saem à noite para nos assustar, a criatura escondida debaixo de nossas camas, a criatura no armário. Não. Eles se parecem muito conosco. Eles têm famílias. Eles têm amigos.

Há coisas de que gostam e não gostam. Eles gostam muito de falar sobre suas famílias. Não sinto que já fui abduzido. Mas eu posso lhe dizer, neste momento, que já vi as estrelas em tão grande magnitude, com tanto brilho, que não há lugar no planeta Terra que você poderia ver as estrelas como eu vi naquele momento.

Você acha que talvez fosse bilocalização, que foi abduzido, ou teve um sonho lúcido?

Não. Eu não sinto que foi isso. Digo isso, pois, quando algumas dessas coisas ocorriam, com certeza, eu não estava dormindo. Com certeza, não era uma ilusão. Eles até me incentivam nisso. Eu tinha uma pequena joia, que eu poderia colocar na palma da minha mão, e eu podia olhar para aquela joia e ver, em três dimensões, os lugares onde eles moravam. Havia alguns lugares que, para nós, pareceria um deserto.

Essa joia criaria um mapa tridimensional?

Criaria um mapa tridimensional.

Minha nossa…

E eu poderia colocá-la em uma posição que projetaria uma grande parte dele bem na minha frente. Fiz uma pessoa segurá-la na mão, mas não funcionou. Eles a tiraram de mim. Pode parecer bobagem, mas foi por causa das vibrações. Tinha que estar em sintonia com a vibração da sua força vital.

Certo.

Com a sua frequência.

Sim.

Por não estar sintonizado, quando alguém a segura e olha para ela, começa a esquentar. E chegará ao ponto em que poderia causar uma queimadura muito grave na pessoa. Mas por eu ter deixado alguém mais segurá-la, um amigo muito querido, eles disseram: ”Precisamos pegá-la de volta. Embora você não tentasse machucar ninguém com isso, poderia machucar alguém, causar um acidente. E você poderia ter problemas ao tentar explicar isso.” Então eles a pegaram de volta. Mas é difícil para eu explicar os edifícios. Com exemplo, vou usar esta caneta. Havia edifícios muito altos.

Aqui em cima, haveria como uma esfera, bem no meio. E pareciam não ter janelas ou nada. Se estivesse dentro do prédio, pareceria como se estivesse em um prédio de escritórios. E eles tinham meios de… Como posso dizer isso? Em vez de terem, como nós, ar-condicionado e aquecedores, eles podem controlar uma sala, a casa, ao gosto deles. E podem fazer isso individualmente. Mas se alguns deles sentissem muito frio, poderiam se aquecer. Se alguns sentissem muito calor, poderiam se refrescar. Eles também poderiam regular as condições externas.

O ambiente?

Regular o ambiente para ficar confortável para todos eles. Algum dia, teremos essa tecnologia, se já não a tivermos. Eles estão sujeitos a condições climáticas severas no planeta e na realidade deles. Mas a questão é que eles podem ajustá-lo para que esse clima severo se torne ameno bem rápido e não cause nenhum dano.

Então, um furacão pode ser desviado completamente?

Com certeza. Mas eles permitem que esse clima severo continue. E eles dizem: ”É consistente com a nossa realidade.” Não faço ideia do que eles estão falando. Quero dizer, se você pudesse parar um tornado ou um furacão, por que não fazer isso? Por que não eliminá-lo completamente? Eles não vão fazer isso. É importante para a existência deles. E eu não tenho ideia do porquê disso. Algum dia, podemos aprender e entender que o clima adverso que temos aqui neste planeta, por algum motivo, desempenha um papel importante em nossa existência. Eu sei o que é isso? Não.

Por que acha isso?

Eles me disseram que é assim. Mas não me disseram que é assim em nosso planeta. Acho que penso assim pelo que eu aprendi com eles. Em outras palavras, eles poderiam eliminar tornados. Eles poderiam eliminar furacões em seu ambiente. Mas não eliminam. Eles apenas garantem que o curso que eles tomam não cause danos ou machuque ninguém.

Ele é um ser tridimensional?

Sim. Ele pode aparecer e sumir, como ligar ou desligar uma luz. Mas, fisicamente, ele é…

Isso é multidimensional.

Sim. Mas ele é tão real quanto você e eu. Você pode tocá-lo. Ele pode te tocar. Certa vez, fiquei muito deprimido, enquanto eu passava pelos problemas com os militares, porque eu decidi falar publicamente. E ele estava lá, tentando me convencer: ”Tome cuidado em como você faz isso.” E eu disse: ”Bem, eu nem sei se você é real. Você é uma invenção da minha imaginação?

Estou tendo problemas mentais porque estou vendo você?” ”Bem, problemas mentais podem fazer isso?” E ele pegou um prato, levantou e largou. Minha esposa estava saindo da cozinha. E o prato quebrou. Ela se virou e disse: ”O que você está fazendo?” Eu disse: ”Derrubei o prato sem querer.” Ela se virou e começou a sair novamente. Então, ele pegou outro prato e o levantou. Ela se virou e viu o prato flutuando no ar. Agarrei-o bem rápido e o coloquei na mesa. E ela disse: ”Esse prato estava no ar? Como você fez isso?” Eu disse: ”Não, eu estava segurando.” ”Não, você não estava.” E, até hoje, ela não entende completamente. Mas ela entende que existe algum tipo de ser que aparece de vez em quando. E, muitas vezes, ela pensava que era um fantasma ou algo assim. E eu tentei dizer que não era.

Por que ele escolheu você em uma idade tão nova? É possível que você faça parte da linhagem dele?

Eles iniciaram um processo quando eu tinha quatro anos. Eu via o que chamamos de pessoas das sombras, no meu quarto. E isso me assustava. Então, tive outras experiências. E eu sempre as associava com eventos sobrenaturais, como fantasmas. Então cheguei ao ponto de prever coisas. E fiquei preocupado com isso, porque tive uma educação religiosa. E, para mim, essas coisas eram malignas.

Certo.

O Segredo Cósmico, legendado em português

Que você irá para o inferno se experimentar essas coisas. Então, isso me preocupou. Quando cheguei aos seis e sete anos de idade, comecei a ver criancinhas. Elas se pareciam muito com meninos e meninas da mesma idade. Mas sempre me alertavam: ”Não conte a outras pessoas sobre nós, porque elas não podem nos ver.” E eu achava isso estranho. E, claro, minha família, minha mãe e meu pai achavam que eram apenas amigos imaginários, companheiros de brincadeira. Mas eu sabia que não eram. Eu sabia a diferença. E o que aconteceu certo dia, porque eu encontrei um…

Eu sempre gostei de ajudar outros animais. Se eu encontrasse um animal ou mesmo um inseto, eu tentaria cuidar deles até terem saúde de novo. Mas um passarinho, que chocou, talvez, um dia antes, caiu do ninho e quebrou o bico. Eu peguei o pássaro e corri para casa com ele. E, claro, ele gritava e o bico sangrava. Então, eu pensei: ”Certo, vou consertar isso.” Eu o segurei debaixo d’água, como quando se tem um corte, e segura o braço debaixo d’água para lavar o sangue.

Tentava fazer isso com o pássaro. Afoguei o pobre passarinho. E isso partiu meu coração. Foi como se eu tivesse matado uma pessoa. Então eu estava chorando. Eu me senti muito mal. Korona, que seria aquele que me seguiria por toda vida, apareceu naquele momento. E quando apareceu, ele não era o garotinho cinza que eu conhecia. Agora, ele era a criatura verde da cópia da representação artística que eu lhe dei. Odeio usar o termo ”surtar”, mas eu estava surtando. Essa é a melhor maneira que posso dizer. Ele queria saber: ”O que é isso? Que água é essa em seus olhos? Por que está sentindo isso? Por que sinto o que você está sentindo? Era um pássaro. Era uma forma de vida inferior.

Você não quis matá-lo. Por que você está passando por isso?” E, em suma, ele sentiu que eu deveria raciocinar que era uma coisa ruim eu ter matado o pássaro, mas eu não deveria estar sentido toda aquela emoção. Ele também estava sentindo. E a partir do momento que vi isso, minha tristeza por matar um pássaro passou imediatamente para um sentimento de medo, porque isso não deveria estar acontecendo.

Aquela entidade não deveria existir. Eu imediatamente corri e me escondi. O primeiro lugar onde me escondi foi atrás do sofá, na sala da frente. Ele olhou e disse: ”O que você está fazendo?” Eu gritei bem alto e corri novamente. Eu corri para a cozinha. Havia uma pia e, aqui, estava a geladeira. E, lá atrás, havia uma parede. Bem, fui para lá, porque sabia que a única maneira de ele chegar até mim era indo onde eu podia vê-lo, e eu poderia chutá-lo. Eu poderia empurrá-lo, o que fosse necessário. Ele não conseguiria ficar atrás de mim. Enquanto eu estava lá, comecei a sentir os dedos dele.

E ele tinha três dedos e um polegar. Eu podia senti-los tocando minha cabeça. Ele disse: ”Você pode correr, mas não pode se esconder.” E isso estava chegando ao ponto de eu dizer: ”O que eu vou fazer?” E minha mãe estava no hospital naquele momento. Mas minha tia estava lá. Então, minha tia me colocou sentado, porque ela achava que eu estava fazendo travessuras. Não havia razão para eu estar fazendo aquilo. Bem, eu não queria sentar naquela cadeira. Eu queria me levantar. Eu precisava encontrar um lugar onde eu me sentiria confortável e seguro. E não era naquela cadeira.

Então, ela ficou lá e continuou me empurrando de volta para a cadeira. Por fim, ele voltou para mim, com aparência de menino, e disse: ”Vou te seguir por toda a sua vida. É assim que minha espécie e outras espécies aprendem sobre a maneira como seu povo vive neste planeta, suas várias culturas, do que gostam, do que não gostam, suas crenças, as coisas em que não acreditam, suas fantasias, suas esperanças, seus sonhos. Queremos saber tudo sobre sua espécie. E não há outra maneira de fazer isso a não ser assim.

Não podemos vir aqui e dizer ‘leve-nos ao seu líder’, porque vocês têm muitos líderes neste planeta, e nenhum deles é igual. Então, temos que fazer isso. E você foi escolhido, através de um processo muito seletivo, para que eu o siga por toda a sua vida.” ”Estarei por perto para lamentar sua morte. A expectativa de vida deles é de aproximadamente 300 anos.”

Você acredita que, por causa do que aconteceu com o pássaro, e eles estavam observando, e por causa de sua reação de ser tão compassivo como humano, ele o escolheu porque você tem esse dom?

Na verdade, compaixão é a única coisa que eles procuram em todos, pois querem que todas as pessoas que eles seguem tenham compaixão.

Korona ainda está em contato com você hoje?

Sim. Como eu disse, ele estará em contato comigo até o dia em que eu morrer.

Até o dia em que você morrer.

E mesmo que eu não o veja, ele me monitora diariamente. Interagimos de tempos em tempos. Mas ele é quem escolhe quando isso acontece. Vou até dizer que ele sabe o que está acontecendo aqui e agora. E embora não consigamos vê-lo, podemos sentir que há mais alguém aqui. E isso acontece comigo de tempos em tempos. Mas, por eu ter esse relacionamento com ele, eu sei que é ele. E pelo número de pessoas que existem, eu sinceramente acredito e sinto que pode chegar aos milhares.

Você quer dizer pessoas que estão cientes de coisas semelhantes?

Que foram escolhidas para serem seguidas por eles, porque eles não querem apenas a minha perspectiva sobre como os Estados Unidos são. Eles querem ter a perspectiva de muitas pessoas.

Muitas pessoas, do mundo inteiro. E não importa quem você é. Eles escolhem você com base na sua compaixão e no seu amor.

Com certeza. E a maioria das pessoas não vai falar sobre isso. E os militares e os governos vão atrás dessas pessoas, porque eles precisam ter essas pessoas que terão algum relacionamento com nossos visitantes.

Sargento, foi uma história fascinante. Obrigado por participar do programa.

Obrigado. É um prazer estar aqui.

Sou Emery Smith, e este é o “Revelação Cósmica”. Até a próxima.

REVELAÇÃO CÓSMICA – POR DENTRO DO PROGRAMA ESPACIAL SECRETO

próximo episódio:

S16E07 Dentro de uma Nave Alienígena

 

Disclaimer:
1. Os artigos são escritos em português do (Brasil ou de Portugal) ou numa mistura de ambos.
2. Os autores não usam facebook, portanto se tiver alguma pergunta, coloque aqui no site, na secção dos comentários (não do facebook)
3. Os artigos colocados neste site, são diferentes dos colocados nos meios de comunicação de massas. Não significa que os autores concordam ou discordam com os mesmos. Você deve usar a sua intuição com aquilo que ressoa ou não consigo. Ninguém é dono da verdade absoluta e este site não foge à regra.

Partilhar no Facebook

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.