revelação cósmica temporada 13

S13E02 Telepatia e Comunicação com ETs (Revelação Cósmica)

Partilhar no Facebook

Emery Smith revela neste episódio que a Telepatia é a linguagem universal e que nós humanos vamos brevemente desenvolver esta forma de comunicação que facilitará a comunicação com outros seres (obviamente após O Evento – a transição planetária)

S13E02 Telepatia e Comunicação com ETs (Revelação Cósmica ~ Emery Smith)
S13E02 Telepathy and Communication with ETs (Cosmic Disclosure)

Assista ao episódio clicando no link abaixo, usando o browser chrome (watch the episode by clicking on the link below, using the chrome browser):
https://drive.google.com/open?id=1eqw9YdOOdSweDFbpeFJpHGUzOEZw9iOr

Se der erro, use o browser chrome em modo anónimo (teclando Ctrl + Shift + n) no PC e se necessário, antes tem de fazer logout do seu gmail. Se ainda não conseguir, aceda a partir de outro PC. Alerta-se que os episódios têm sido retirados da internet, portanto se detetar que o episódio foi denunciado, faça um comentário para indicarmos outro link.

episódio legendado para português do Brasil (para quem não deseja assistir ao vídeo):

Podemos aprender idiomas e habilidades, mas é possível desenvolver ou aprimorar suas habilidades, como telepatia? Bem-vindo ao “Revelação Cósmica”. Nosso querido amigo, Emery Smith.

Olá. Emery Smith: Oi, George, como está?

Você é um mestre de muitos assuntos, meu amigo. Emery Smith: Bem, passei por muita coisa e há muito que eu preciso compartilhar.

Minha tia era psiquiatra e dedicou toda a sua carreira à arte da telepatia, mas ela estava convencida de que a telepatia era real, que poderia ser ensinada, e que algumas pessoas tinham uma capacidade inata para isso. O que você acha? Emery Smith: Sim, eu concordo com isso. Eu acho que algumas pessoas já nascem… através da linhagem passada a elas geneticamente… que elas já têm o dom da telepatia. Meu caso foi um pouco diferente. Eu fui capaz de aprender através de alguém que já conhecia a telepatia. É difícil aprender telepatia por conta própria.

Certo. Você precisa de um bom professor. Emery Smith: Você precisa de um bom professor, alguém que já dominou essa arte, porque é muito difícil ajustar a mente e as emoções para se comunicar através do espaço e do tempo, e é disso que se trata. É mais sobre usar um sentimento em vez de palavras, eu diria.

No entanto, alguns de nós, Emery, têm essa habilidade incrível para fazer isso por conta própria. Acho que nascemos com isso, não? Emery Smith: Sim, todos nascem com essa habilidade, o problema é que somos reprimidos por diferentes coisas, dos alimentos que ingerimos e a interferometria escalar, campos eletromagnéticos, e coisas assim que tem a ver com a parte do cérebro e do corpo que nos permite sinalizar um para o outro sem usar vocalização. Ainda é um tipo de frequência que você está captando, mas é de dentro do tempo e do espaço.

Quando abduzidos por ETs falam conosco, todos dizem: ”Eles se comunicaram comigo telepaticamente.” A telepatia é como uma linguagem universal? Emery Smith: Sim, é a linguagem universal, com toda a certeza. A linguagem do nosso futuro será um monte de códigos de computador, números e telepatia. E haverá pequenos dispositivos no futuro que ajudarão com a telepatia, que você plugará na parte de trás da orelha, mais ou menos como um brinco, ou será colocado dentro da orelha, o que irá aprimorar a capacidade de telepatia entre várias pessoas ao mesmo tempo, as conversas que ocorrerão. Então, com certeza, veremos essa tecnologia, acho, aparecendo na próxima década também.

Com a telepatia, podemos fazer coisas incríveis. Mas como sabemos que somos telepatas, ou se não é apenas aquela voz dentro da nossa cabeça nos dizendo alguma coisa? Emery Smith: Bem, é como você começar a se dar conta de certas coisas, como talvez alguém em que você pensa de repente, um familiar.

S12E04 Seres de Luz Interdimensionais (revelação cósmica)

Certo. Emery Smith: E então, de repente, seu telefone toca… e são eles. E você já sabia disso uns 5 ou 30 segundos antes de acontecer. E isso é uma forma de consciência, consciência se abrindo em uma forma de telepatia. Muitos visualizadores remotos têm essa telepatia. É algo com que todos nascem, e agora está sendo revelado, porque é assim que o futuro será, e não haverá mais linhas telefônicas.

É o cérebro que faz isso ou há algo mais fora do cérebro? Emery Smith: Não. Você está enviando… Todo pensamento é energia, e energia afeta todo esse campo, se o chama de campo morfogenético ou qualquer outro termo popular para o campo que queira usar, está aqui e é um condutor. Está cheio de condutividade. E é por isso que quando alguém entra na sala, e essa pessoa está com raiva, isso pode mudar todo o humor da…

E dá para sentir. Dá para sentir vindo da pessoa. Emery Smith: Certo, e você vai captar isso, porque a energia vibratória que nós carregamos é… somos muito sensíveis a isso. E eu sempre ensino a meus alunos… para pegar um baralho, tentar pegar umas duas cartas e…

Adivinhar quais são. Emery Smith: …e adivinhar quais são. E a maioria dos meus alunos acertam 10 em 10 todas as vezes.

Que incrível. Emery Smith: E qualquer um pode aprender isso. Não é como se você fosse um super-herói especial ou algo assim. Mas você tem que estar disposto a dedicar tempo a isso, e você tem que estar disposto o suficiente para… como você disse, você tem que se limpar antes de entrar em uma sala cheia de clarividentes e telepatas porque se eu estou com raiva, e eu entro numa sala de cirurgia com um extraterrestre, então, através da telepatia, eu digo olá, mas se, por dentro, estou com raiva, vai ser… olá! Vai ser como se ouvissem isso de uma maneira totalmente diferente. Eles estão muito mais conscientes do que nós, pois ainda estamos aprendendo essa linguagem, e é algo que vem do coração. Então você tem que respirar fundo, você tem que relaxar, você tem que se livrar de todos os seus problemas antes de começar a trabalhar nesses projetos com esses seres diferentes, porque eles percebem isso. E também, pode ser muito cômico ao mesmo tempo.

Com certeza. Os governos estão usando telepatia? Emery Smith: Sim, estão.

De que modo? Emery Smith: Bem, eles a usam há muito tempo… em vez de usar a internet, telefone ou qualquer coisa elétrica, existem agentes telepatas que se comunicam em todo o mundo tão facilmente quanto pegaríamos um celular e conversaríamos um com o outro. E eles são 100% precisos e…

Nossa! Emery Smith: …eles estão em sintonia e trabalham muito juntos. Quanto mais trabalham juntos, melhor ficam. E eu tive uma experiência ótima com um dos meus colegas durante nossas expedições CE-5 e coisas assim, onde poderíamos imediatamente ter uma conversa entre pessoas, e era tão claro que não haveria erros.

Eu chamo de internet sem fio, basicamente, através da qual você pode se comunicar sem fio com indivíduos e realizar coisas diversas. Emery Smith: Bem, essa é outra coisa com a telepatia, ela pode se manifestar também quando você fica muito bom nisso, e ela pode manifestar coisas. Você pode manifestar energia positiva entre alguém ao redor do mundo, ou também é uma forma de cura.

É como a visão remota também? Emery Smith: É. Está tudo conectado de uma maneira muito similar. A visão remota é um pouco diferente porque você está apenas acessando o campo.

Certo. Emery Smith: Com a telepatia, eu estou tentando intencionalmente se comunicar com você ou com um ser, e a outra pessoa geralmente também está ciente disso. Então não ocorre adivinhação, mas já estamos interligados. Com a visão remota, você está acessando algo inconsciente e captando diferentes formas, cores e coisas, e junta isso para permitir que alguém chegue a uma conclusão do que você acabou de desenhar ou escrever no papel. Então é um pouco diferente, mas usa o mesmo campo.

Se eu quiser enviar algo telepaticamente para alguém, você pode interceptar isso? E se eu enviar algo para eles e você estiver aqui, você pode interceptar quais eram os meus pensamentos? Emery Smith: Você pode, mas se você é realmente bom nisso, você também pode ter uma conversa de mão dupla.

E te bloquear? Emery Smith: E me bloquear e a todos os demais na sala.

Mas e se você for forte o suficiente para basicamente… Emery Smith: Você pode interceptar energias de telepatia e contato entre indivíduos e espioná-los.

O programa Stargate do governo não era basicamente isso? Era um programa de visão remota, mas era um programa de espionagem. Emery Smith: Era para visão remota, certo. Era um programa de visão remota para espionagem. As coisas estão no ar, todas espalhadas, e estão apenas agarrando essas coisas, as recolhendo e juntando, como nos velhos tempos, quando captávamos transmissões de rádio dos nossos inimigos, e tentavam decifrar as coisas. E poderiam ouvir palavras-chave e depois teriam que juntar isso. Então há informação em todo lugar agora, tudo ao seu alcance. Mas estar ciente dela é uma outra coisa, porque há muito dela aqui neste espaço. Como você foca apenas nesta conversa?

Em vez de outra? Emery Smith: Exato, ou outra. Isso requer treinamento. É preciso muito treinamento.

Você já se comunicou telepaticamente com um ET? Emery Smith: Sem dúvida, no meu trabalho diário. Quando eu estava com um extraterrestre, ou parte de um projeto com um extraterrestre, muitas vezes, claro, trabalhando do outro lado da mesa com um. Eles meio que já sabem… Eu não sabia como me bloquear, então eu entraria e eles riam ou algo assim. Diziam ”a noite passada foi muito boa”, ou algo engraçado assim. Ou ”o fim de semana vai ser bom”, porque sabem que vou ter um encontro com uma namorada nova, ou alguma coisa assim. Então era meio cômico para mim, porque eu não podia esconder nada, mas eles sabiam tudo sobre mim. Mas também me abriu para o meu eu completo, porque permitir pessoas com telepatia em seu campo, eu diria, você acaba não tendo segredos… e relacionamentos parecem ir muito bem quando não há segredos… e você também tem um sistema de honra muito leal ao se relacionar com alguém, ET ou não…

Certo. Emery Smith: …que tem telepatia, porque é tudo muito íntimo, porque vocês dois estão conectados de um modo energético interessante e você compartilha a mesma energia por um tempo curto, durante aquele minuto ou 30 segundos.

Como a telepatia funciona além da barreira da linguagem? Quero dizer, você e eu estamos conversando em inglês agora. Telepaticamente, você entende o que um ET pode estar lhe enviando, mas eles poderiam estar falando a língua do Jabba pelo que sabemos. Como você decifra isso? Emery Smith: Na verdade, é um download. E antes de levar as pessoas para essas expedições para, possivelmente, talvez ver um ET ou conhecer um, eu me certifico de que elas memorizem cerca de 150 perguntas.

150? Emery Smith: Você tem que memorizar cerca de 100, 150 perguntas, porque quando você conhece um extraterrestre, você normalmente não tem muito tempo.

Fale uma das perguntas. Emery Smith: Sabe… de onde você é? Você tem uma família? Qual é o seu…

E você envia isso telepaticamente? Emery Smith: Telepaticamente, mas já está memorizado, e você pensa apenas nas suas perguntas.

Claro. Emery Smith: E você vai repassando cada uma na mente, e assim que termina, em menos de um segundo ao estar no campo e fazer o contato, todas as suas perguntas são respondidas dentro de um segundo. Então, agora, você só fica sentado lá…

Como você decifra isso? Emery Smith: …sorrindo, chorando possivelmente, e é como… minha nossa, isso foi como um download. Seu cérebro acabou de responder a tudo, e é isso.

E você obtém uma de cada vez, ou como você faz isso? Emery Smith: Bem, não. Você já sabe. É tudo imediatamente.

Desse jeito? Emery Smith: Desse jeito, dentro de um segundo.

Nossa! E então você fica sentado lá como um bobo… Não consigo lembrar de cinco perguntas. Como vou lembrar de 150? Emery Smith: Bem, você faz essas coisas quando faz parte da equipe, e se faz isso por muito tempo. E a pior coisa é quando você obtém as respostas… seja quantas forem, 100, 150 perguntas… isso só faz você querer fazer mais mil perguntas, porque…

Certo, você fica ávido por mais. Emery Smith: …agora você só diz, minha nossa, bem, se isso é verdade, então bem… e então… Mas é assim que funciona.

Como você sabe que está funcionando? Como você sabe que é preciso? Emery Smith: Bem, por causa da reunião, que geralmente é uma reunião positiva, uma reunião organizada…

Entre? Emery Smith: Entre ETs e humanos.

Certo. Emery Smith: Isso é algo normal. E eles geralmente não têm motivo para esconder ou mentir a menos que seja uma pergunta que irá causar danos, afetar o futuro, ou algo assim. É uma reunião com muito respeito, do tipo profissional. É uma reunião que quando você está lá, tudo já está preparado.

A telepatia tem algum limite? Até que ponto você pode enviar telepaticamente uma mensagem para alguém? Posso enviar uma para você em outro planeta, por exemplo? Emery Smith: Bem, não existe espaço no tempo, porque quando tentamos fazer contato no campo, estamos enviando a energia de onde estamos no planeta Terra, e estamos ampliando, mostrando a visão do nosso cérebro e projetando isso no espaço interestelar.

Onde quer que vá. Emery Smith: Onde quer que vá. E, claro, como eu disse, há informações em todos os lugares que são captadas e obtidas. Há extraterrestres lá fora que estão procurando por esses sinais. E eles captam isso, e veem que há um grupo de pessoas projetando dessa área, e querem… e não há ninguém lá com medo, e elas querem fazer contato. E eles travam nisso como um raio laser, e começam a viajar para esta área. Pode ser interdimensionalmente. Pode ser apenas através do espaço e tempo linear regular. Pode não ser linear. Eles chegam e fazem contato dessa maneira. Então é um ilimitado… não é tanto… não pense como se houvesse 1 metro entre nós, pense como se não existe… nós já estamos conectados. Nós já estamos no mesmo universo, no mesmo espaço.

Por que você usaria a telepatia em vez de pegar um smartphone? Emery Smith: Bem, em primeiro lugar, a telepatia é mais fácil. Com a telepatia, a mensagem é muito mais clara do que a linguagem, falando ou enviando mensagens,
com certeza.

Não pode ser rastreada. Emery Smith: Eu acho que enviar texto é a coisa mais horrível, porque a frase pode ser interpretada de muitas maneiras diferentes. Então, sou contra as  mensagens de texto.

Todos nós já estivemos lá. Emery Smith: Sou péssimo em enviar texto. E até falar também pode ser mal interpretado dependendo do humor e da emoção da pessoa. Porque quando você fala, também está projetando energia. E toda vez que eu estou no programa e as pessoas estão me ouvindo, eu estou projetando telepatia. Eu também estou projetando positividade e esperando que os ouvintes estão recebendo isso e sendo receptivos de uma maneira positiva. Então está na voz. As pessoas realmente escutam o que você está dizendo. E pode ouvir nas vozes das pessoas se elas estão sendo genuínas, se não estão sendo genuínas, ou se elas estão mentindo, se elas estão chateadas com alguma coisa e se estão pré-julgando. Tudo isso é através de frequência, mesmo através só da voz. Então a voz é muito… E é algo que também você precisa ter cuidado, especialmente quando está conversando com outros países e…

Claro. Emery Smith: …outras raças com diferentes idiomas, mesmo aqui na Terra.

Como você usaria a telepatia? Em que áreas? Emery Smith: Bem, eu uso telepatia nos meus relacionamentos com pessoas e colegas. Eu uso também em projetos que tento realizar com os governos, e também quando estou trabalhando com cientistas nos laboratórios, que ainda faço até hoje. Existe algo além de dizer que você deveria fazer isso desse jeito ou daquele jeito. Você pode projetar e insinuar. E os humanos têm um pouco de ego às vezes…

Não, não humanos. Emery Smith: E às vezes é preciso ser delicado. Então, quando estou me comunicando, ou quando as pessoas me perguntam como resolver um problema, eu uso minha telepatia para ajudá-las a compreender. E não se trata de controle. É uma escolha livre, mas quando estou explicando alguma coisa, como estou explicando agora, como eu disse, é sobre ouvir e também projetar…

Claro. Emery Smith: …para obter um resultado positivo para a missão ou o que você está fazendo.

Você faz isso como uma conversa telepática com um ET, um humano, ou quem seja? Emery Smith: Bem, nos projetos com os ETs, sim. Não tanto agora nos laboratórios onde trabalho com coisas civis. Mas trabalho atualmente com alguns cientistas que têm a capacidade de fazer isso. E usamos isso reciprocamente durante as conversas.

Se você já teve um animal de estimação, você sabe que há uma ligação entre você e o animal, seja um gato ou um cachorro. Eles sabem intuitivamente o que está acontecendo. E eles parecem projetar
algo telepaticamente, um pensamento para você e vice-versa. Você já tentou isso com um animal? Emery Smith: Com certeza. A primeira vez que descobri a telepatia não foi nos projetos, foi na fazenda, crescendo com os animais, porque eu sempre estive cercado de cães, gatos, cavalos e vacas.

Você nasceu nisso. Emery Smith: Sim, eu nasci nisso. E era só eu e os animais. Eu sempre fui uma criança muito solitária crescendo com esses animais. E eu lembro de um momento bem trágico, quando eu estava acampando e um dos meus cães entrou correndo na barraca, olhou para mim e disse: ”Shadow morreu.” E eu só olhei para ela. ”Como você disse isso?” E eu saí correndo da barraca…

Foi como se a ouviu, certo? Emery Smith: …e eu saí correndo… exato… e saí correndo da barraca, e lá estava meu cachorro, Shadow, morto. Deve ter sido mordido por uma cascavel, eu acho. Mas o fato de ter acontecido, eu estava tão… Eu olhei para trás… Ela era uma terrier de pelo duro, misturada, uma vira-lata, e Shadow era um spaniel bretão, e eu ainda estava em choque, porque, primeiro, eu tinha acabado de perder meu melhor amigo, e, segundo, o cachorro ainda me olhava nos olhos para saber se eu recebi a mensagem.

”Eu te disse.” Emery Smith: Exatamente. Mais ou menos isso.Então eu peguei o cachorro e corri quase 1 km até em casa. E eu lembro da minha família saindo na varanda… me ouvindo gritando… minha mãe, meu pai, minha irmã e uma amiga dela… que tinha acabado de chegar… e eu disse: ”Shadow morreu.” ”Shadow morreu.” ”Sneakers me contou.” Sneakers era o cachorrinho que me contou. E eles ficaram olhando para…

Eles não entenderam. Emery Smith: E eu lá dizendo: ”Sneakers me contou.” E, claro, ficaram olhando para mim como se eu fosse um completo maluco. Enfim, essa foi a primeira vez que eu respeitei essa ligação…

Com um animal. Emery Smith: …com o animal. E eu provavelmente tinha mais ou menos a idade de… não sei, talvez 11, 10 ou 11, eu acho. A telepatia é uma linguagem. É uma linguagem universal. Não é como… Na China, há diferentes dialetos, sabe? E mesmo quando visita a Itália, pode ir a outra cidade e lá é um pouco diferente. Então não há mal entendido com telepatia. Você não está ouvindo em outro idioma.

E quanto a emoção com telepatia? Como o cachorro, tenho certeza que o cachorro, quando te disse que o outro estava morto, estava emotivo. Emery Smith: Estava em estado de pânico de emergência, como se dissesse ”corre lá e ajuda o meu irmão”. Telepatia é sobre pensar no que você quer dizer, mas projetar isso emocionalmente. Então, eu projetaria algo em uma emoção neutra. Eu projetaria estando feliz, com amor, ou em pânico, ou em uma emergência. Como se precisasse de ajuda. Você diz isso no seu cérebro…

Certo. Emery Smith: …mas precisa colocar emoção por trás disso ou não vai a lugar nenhum. Porque é a emoção…

Que envia isso? Emery Smith: …e energia que envia isso, e esse é o segredo.

Então, quanto mais emoção, mais fácil é? Emery Smith: Sim.

Você acha? Sim, com certeza.

Ela vem do cérebro? De onde a telepatia vem? Emery Smith: Bem, vem do corpo inteiro. Porque o seu corpo e todas as células do seu corpo se ativam quando você tem uma emoção. E é por isso que substâncias químicas são liberadas no cérebro durante situações de emergência, como adrenalina. Define um efeito vibratório diferente. Então todas as suas células estão falando umas com as outras e vibrando sem parar, e estão construindo essa emoção…

Claro. Emery Smith: …frequência, que você utiliza para enviar ao pensar nisso. Porque quando pensa nisso, você está ciente.

É um dom incrível se você puder usá-la e usá-la corretamente. Emery Smith: É, e todos vamos fazer isso em breve.

Quando você diz que todos vamos fazer isso, será por necessidade? Emery Smith: Não, vai ser uma escolha.

Quero dizer, algo vai acontecer conosco? Emery Smith: Não. Eu não acho que uma intensa chuva de luz vai cair e ficaremos todos iluminados. Acho que a iluminação requer tempo e paciência. E como você disse, é um dom para algumas dessas pessoas que já nascem com isso, mas também é algo em que temos que trabalhar. É como qualquer idioma, não entendemos de início, mas há maneiras de aprender muito mais rápido…

Claro. Emery Smith: …usando técnicas diferentes. E acho que uma vez que conquistarmos isso, e mais pessoas que sabem telepatia se apresentarem e começar a ensiná-la, como a ensinamos, vai ser um pouco mais fácil para as pessoas entenderem, porque ninguém quer dedicar tempo a isso. Por que eu iria querer aprender telepatia? Para que preciso dela na minha vida diária?

Bem, para que eu vou usá-la? Emery Smith: Não quero que George me diga o que fazer, ou isso ou aquilo. É algo que você precisa querer conscientemente para fazer parte e se empenhar nisso, e praticar com sua família e amigos. E isso pode ser algo bem divertido.

Você já captou a emoção de um extraterrestre telepaticamente? Eles te mostram alguma coisa? Emery Smith: Com certeza. Essa é a primeira coisa que você capta antes de uma conversa acontecer. Geralmente é uma experiência incrivelmente feliz. Às vezes a emoção de frequência deles tem uma vibração tão alta que isso afeta você. Como por exemplo…

Sério? Emery Smith: Você vê alguém… Um bom exemplo seria… Vejo isso acontecer muito com as mulheres. Elas veem alguém chorando, duas mulheres vão chorar, e outra mulher passa e vê isso, e agora ela está chorando. E é como essa emoção, todas as pessoas chorando. E os homens também. É exatamente assim. Primeiro, há uma conexão emocional e então segue daí. Mas há momentos em que o ET pode ficar frustrado com você.

Claro. Emery Smith: E você pode sentir isso…

Você pode sentir essa emoção? Emery Smith: Você sente essa frustração e emoção. E isso se forma em seu cérebro como uma linguagem que você entende. Como ”desculpa, eu sei que você está frustrado comigo porque deixei cair o instrumento”. Mas é algo que você sabe. Você não está adivinhando. Apenas sente isso… e a mensagem vem junto às vezes.

Existem estudos que mostram que algumas pessoas são mais propensas a ter habilidades telepáticas ou psíquicas do que outras, geneticamente. Isso é incrível. Emery Smith: Eu ouvi sobre isso. E já estudamos isso há muito tempo… o governo, quero dizer, e outras instituições… e por isso eu falei a respeito, por causa da aprendizagem desses grandes estudiosos, é algo relacionado à linhagem.

Impressionante. Emery Smith: Mas ninguém fala sobre que tipo de linhagem, e de onde veio a linhagem, que espero expor algum dia. E isso tem a ver com muitas coisas diferentes, mas, claro, é baseado em extraterrestres.

Eles deram para nós? Emery Smith: Quando estavam nos criando, eu vou dizer. E quando estávamos cruzando pelo cosmos, com outros extraterrestres. Assim como aqui
no planeta Terra, estamos cruzando com todas as raças. Então temos um pouco de todos. Bem, adivinha o que está acontecendo no universo com todos os extraterrestres? Não se esqueça de que todos
nós ainda temos DNA humano, até eles têm. Então, há muitos cruzamentos com isso. E, em certa época, houve cruzamentos aqui no planeta Terra. E muito daquela antiga linhagem
sobreviveu em algumas pessoas. E é preciso apenas uma pessoa no início dos tempos para espalhar essa linhagem para um bilhão de pessoas.

Qual você diria, Emery, é o melhor presente em ter telepatia? O que isso faz? Emery Smith: Eu acho que o maior presente em ter isso é realmente conhecer alguém. A telepatia te dá…

Você quer dizer através da telepatia? Emery Smith: Através da telepatia, você consegue conhecer o coração de alguém porque somos apenas conchas aqui. Eu sou apenas uma concha. E você está olhando para mim e lendo meu rosto, e me ouvindo, mas você não sabe tudo pelo que passei e tudo sobre mim.

Claro que não. Emery Smith: Mas como eu disse…

Mas eu poderia através da telepatia? Emery Smith: Mas através da telepatia você fica um pouco mais íntimo. Você pega às vezes pedaços de como é verdadeiro coração da pessoa. Você sabe qual é a verdadeira intenção delas. Então eu acho que esse foi o maior presente que recebi da telepatia, realmente ler as pessoas e conhecer suas reais intenções e tomar as decisões certas em projetos, que salvou vidas, e seguir em frente e criar coisas que salvem vidas. Foi um grande avanço para mim, eu acho.

Emery, obrigado por sua presença no “Revelação Cósmica”. Sou George Noory e obrigado por assistir “Revelação Cósmica”.

Disclaimer:
1. Os artigos são escritos em português do (Brasil ou de Portugal) ou numa mistura de ambos.
2. Os autores não usam facebook, portanto se tiver alguma pergunta, coloque aqui no site, na secção dos comentários (não do facebook)
3. Os artigos colocados neste site, são diferentes dos colocados nos meios de comunicação de massas. Não significa que os autores concordam ou discordam com os mesmos. Você deve usar a sua intuição com aquilo que ressoa ou não consigo. Ninguém é dono da verdade absoluta e este site não foge à regra.

Partilhar no Facebook

3 Comments

  1. Pois é. Agradeço muito a gentileza de colocar por escrito. Eu sou uma das pessoas que acessa internet pelo celular no Brasil e a conexão é ruim. Vira e mexe o vídeo não roda.
    Gratidão

  2. Oi, irmãos da equipe de O Evento pt!
    Queria dizer muito de coração para corações que fico muito Alegre por esse trabalho que vocês fazem divulgando os vídeos legendados e textos dos episódios. Gratidão além de qualquer palavras meus irmãos-queridas Luzes! Também queria dizer que Emery Smith, serve a Luz! Tive essas confirmações. As coisas que ele fala são reais! Um abraço do meu coração para o coração de um de vocês que também servem a Luz divulgando as Informações! Somos sempre uma equipe atuando em diferentes parcelas da Operação que se desenrola em Gaia.

    1. obrigado pelo apoio. O objetivo deste site é para as pessoas terem uma alternativa para olhar os assuntos e mais do que perspetiva. Compete sempre a cada um ver o que lhe serve. Abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.