Artigos 2018 COBRA, COBRA

COBRA ~ Chave para o Relatório de Meditação da Liberdade ~ 15.08.0218 ~ atualização planetária

Partilhar no Facebook

Com a nossa meditação, atingimos cerca de 70% da massa crítica. Embora todos os objetivos da meditação não tenham sido alcançados, as nossas proezas foram substanciais.
O processo da nossa meditação foi refletido nas mensagens do Portal Gaia:
Com a nossa meditação, um aspeto do impasse que mantém a Terra em quarentena foi resolvido. Isso desencadeou uma cascata de sequências de limpeza que durarão cerca de um mês. Após esse período, a situação será avaliada e um novo relatório será apresentado.
Como resultado da nossa meditação, a maior parte do plasma anómalo e das bombas toplet plasmáticas na Órbita Próxima da Terra foram removidas. O plasma anómalo com todas as bombas de toplet restantes tendem a gravitar em direção à superfície do planeta.
A cabeça da entidade de Yaldabaoth está quase completamente desintegrada, com entidades plasmóides menores, também em rápida desintegração.
Mais algumas camadas de bombas toplet serão removidas no próximo mês.
Quando Mjolnir tocou a superfície do planeta a 8 de março de 2018, os Pleiadianos em terra começaram com operações de limpeza da superfície. Operações que provaram ser muito mais difíceis do que o esperado porque, na grande maioria dos casos, a população de superfície não está seguindo a sua orientação espiritual.
As pessoas não estão seguindo a sua orientação interior porque foram programadas com egoísmo pelos Arcontes. Esta programação oferece às pessoas uma compreensão distorcida do equilíbrio de Nash. As pessoas assumem incorretamente que será melhor se elas cuidarem de si mesmas e excluírem todas as outras. Isso cria uma sociedade altamente entrópica que é extremamente difícil de se prevista, porque o livre-arbítrio caótico dos indivíduos da superfície cria um problema n-corpo:
Desde março deste ano, as Forças de Luz desenvolveram estratégias e protocolos muito mais eficientes para lidar com a população de superfície que serão implementadas, assim, que a massa crítica de bombas toplet for removida.
O principal segredo oculto que as forças das trevas estavam tentando esconder, é que eles sempre tiveram um planeta onde tentaram acumular a maior quantidade de sofrimento possível, que serviu como ponto central do vórtice de acreção para a anomalia primária de todo o Universo. Este planeta de sofrimento estava no sistema estelar de Rigel, na constelação de Órion até à invasão arconte de 1996 quando, então, o foco máximo de sofrimento foi transferido para a Terra que, desde então, está no ponto central do vórtice de acreção da anomalia primária para o Universo.
Forças escuras baseadas na Terra tentaram redirecionar o fluxo de plasma escuro primário de Orion para o nosso Sistema Solar e, especialmente para o planeta Terra, no pentagrama do mal dos campos de concentração nazistas pentagrama do mal, durante a Segunda Guerra Mundial, com explosões nucleares após a Segunda Guerra Mundial, com mentes baseadas em programação traumática em bases militares subterrâneas desde 1960, com a infiltração Draco no nosso Sistema Solar, através da frente do programa espacial Solar Warden, também, desde 1960. Finalmente, tiveram sucesso quando abriram um portal escuro, por meio de um buraco de minhoca, entre a Terra e Rigel, no início de 1996, após o genocídio de Ruanda em 1994.
Desde então, o plasma escuro primário e fluxos de anomalia escura estão fluindo para a superfície da Terra. A energia do portal estelar de Al Nilam e do Fogo Branco de AN é o antídoto para esse fluxo. Por esta razão, a nossa meditação foi bem sucedida em, finalmente, começar a abordar a raiz de todo o mal e começou o processo de removê-lo do universo para sempre.
Desde a nossa meditação, as forças do Comando Galáctico iniciaram a próxima fase da libertação planetária e agora têm uma presença muito forte no nosso Sistema Solar que é descrita com relativa precisão aqui:
As forças do Comando Galáctico no nosso Sistema Solar são compostas de:
1. Comando Júpiter, localizado no Sistema Solar Externo, além do Cinturão de Asteróides, com o objetivo principal de processar todas as entidades negativas que são eliminadas da quarentena da Terra e enviadas através da instalação de classificação de Ganimedes em direção ao Sol Central Galáctico.
2. Comando Ashtar, localizado no Sistema Solar Interno com o objetivo principal de libertar o planeta Terra.
3. Comando da Atlântida, sobre o qual nada pode ser dito.
Muitos anos atrás, o Comando Ashtar passou uma orientação bastante precisa para o processo de Ascensão através de um canal chamado Eric Klein. Aqui estão as gravações das sessões de canalização que nos foram cedidas num contacto, dentro da Irmandade da Estrela:
Nota do autor deste site: Eric Klein publicou o livro “A Escada de Cristal” onde estão as notas do comando Ashtar
As próximas semanas determinarão muitos detalhes do plano final de intervenção e libertação. Portanto todos vocês podem assinar esta petição, caso se sintam guiados, para fazer com que a nossa voz seja ouvida:
Para as pessoas da China, aqui estão as instruções de como assinar a petição:
As Forças de Luz pediram para substituir a “Meditação Semanal da Ascensão” com a nossa nova “Chave para a Meditação da Libertação”, pelo facto dessa nova meditação estar muito mais focada na questão real e que terá um efeito muito maior sobre a liberação planetária.
Estaremos fazendo esta meditação todos os domingos às 3 da tarde, UTC. As instruções estão aqui:
(todos os domingos, Brasília 12:00 e Lisboa 16:00)
As Forças de Luz comunicaram que, em poucos meses, poderá haver (ou não) uma segunda meditação planetária “Chave para a Meditação de Libertação”, onde esperamos que a massa crítica possa ser alcançada.
Vitória da Luz!

mais atualizações / entrevistas de COBRA clique no menu COBRA

Quem é COBRA?

 artigos relacionados:

Partilhar no Facebook

One Commnet on “COBRA ~ Chave para o Relatório de Meditação da Liberdade ~ 15.08.0218 ~ atualização planetária

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.