revelação cósmica temporada 10

S10E11 Programando Híbridos Humano-Alienígenas

Partilhar no Facebook

resumo do episódio:

David Wilcock fala no número astronómico de autópsias realizadas por Emery Smith (3.000 a extraterrestres ou tecidos). ES:..o número de mundos habitáveis aqui mesmo no nosso sistema solar. Os números não são tão altos. Achamos que é um número alto, mas como você disse, com o que ocorre no universo e todos os mundos que foram comprovados, se pensarmos bem, não é um número grande para um pequeno planeta ter todos esses espécimes. E porque dizer que todos eles vieram do espaço sideral? Talvez vieram do subterrâneo, em locais diferentes. Talvez abriram buracos e encontraram seres vivos diferentes. Talvez alguns vieram de portais também e não sabemos o que estão coletando, mas é um assunto bem diferente. Mas o que acontece é que sabemos uma coisa: eles têm espécimes. e estão pegando essa ADN (DNA) e misturando ADN (DNA) humano e tentanto fazer os humanos mais poderosos, um pouco mais fortes e tentando incorporar isso a um programa de super soldado para ter ossos mais fortes, ter um processo de pensamento mais rápido e coisas do tipo.

DW: Foi bem surpreendente para mim quando você disse que viu um tipo reptiliano aparentemente estar sob custódia de duas pessoas. Disse que tinha cerca de 3 metros. Mas para você naquele momento, poderia ser facilmente algo, ou bem mais fácil, ser algo que cultivamos ou criamos. Você não estava convencido de estar vendo um extraterrestre. O que te levou a tamanha certeza de que tal coisa poderia ter sido feita? ES: Bem, primeiramente, só de ver algo como aquilo, é difícil para mim acreditar muito quando vejo que foi trazido para todos verem. E às vezes isso é feito propositadamente e às vezes não. mas depois de trabalhar coletando células, também fiz parte de um programa de super soldado onde estavam misturando ADN híbrido com ADN humano em placas de Petri, coisas a nível microscópico, e também o programa de osseointegração, misturando tecido com titânio e deixando esse tecido crescer dentro do titânio e fazendo nosso ossos mais fortes. DW: Como isso funciona? ES: com o advento de novos minerais lá fora e com as nanopartículas da superfície do titânio, agora tiveram sucesso e imitaram a medula óssea. Sabe a medula óssea, quando corta o bife e tem aquela coisa mole e esponjosa? Imitaram isso dentro do titânio…

ES:… já estão fazendo clones e estão a armazená-los às centenas. E são capazes de manter esses clones vivos até os ativarem. São chamados de formas de vida programadas, não um clone normal que fazem e usam para uso pessoal próprio, assistente. São clones que vão ser usados para algo.

S10E11 Programação de Híbridos Humano-Alienígenas (Revelação Cósmica)
S10E11 (Cosmic Disclosure)

Assista ao episódio clicando no link abaixo, usando o browser chrome:
https://drive.google.com/file/d/1VL9ekr77lle-fUmxOkbXusgcWG-CCot5/view?usp=sharing

Se der erro, use o browser chrome em modo anónimo (teclando Ctrl + Shift + n) no PC e se necessário, antes tem de fazer logout do seu gmail. Se ainda não conseguir, aceda a partir de outro PC. Alerta-se que os episódios têm sido retirados da internet, portanto se detetar que o episódio foi denunciado, faça um comentário (não no facebook), para indicarmos outro link.

Episódio com legendas em português do Brasil (para quem não deseja assistir ao vídeo):

revelação cósmica temporada 10 episódio 11

REVELAÇÃO CÓSMICA – POR DENTRO DO PROGRAMA ESPACIAL SECRETO COM COREY GOODE E DAVID WILCOCK

Bem-vindos de volta ao ”Revelação Cósmica”.

Sou David Wilcock.

Estou aqui novamente com nosso
convidado, Emery Smith.

Nesse episódio falaremos

de hibridização humana
e extraterrestre

e de uma pesquisa bem bizarra que
ele se envolveu nesse assunto.

Emery, bem-vindo.

Obrigado, David.
Obrigado por me receber.

Quando nos falou do trabalho
que realizou nas autópsias

de corpos extraterrestres …

É um assunto bem
interessante para mim,

porque, obviamente,

esses corpos estão
vindo de algum lugar.

Certo.

Mas a quantidade que você

fez autópsia, incluindo todas
as amostras de tecidos

e tudo, cerca de 3.000.

Sim. Espécimes, amostras
de tecido e seres, sim.

A genética pura de
todo esse material.

E também a ideia

da velocidade da luz ser
uma barreira para viagens.

Como existe tantos ETs
que seríamos capazes

de capturar?

Ou a velocidade da luz
não seria uma barreira?

A velocidade da luz com certeza não é
uma barreira para os extraterrestres.

E esse é um ótimo ponto
para se correlacionar

com a quantidade de autópsia
de espécimes que fiz.

E o número de salas de
cirurgias que existem lá

operando 24 horas,
7 dias da semana.

Certo.

E o número de mundo habitáveis
aqui mesmo no nosso sistema solar.

Certo.

Então, os números
não são tão altos.

Achamos que é um número bem alto,

mas como você disse, com
o que ocorre no universo

e todos os mundos que
foram comprovados,

se pensarmos bem, não
é um número grande

para um pequeno planeta ter
todos esses espécimes.

E por que dizer que todos ekes
vieram do espaço sideral?

Talvez vieram do subterrâneo,
em locais diferentes.

Talvez abriram buracos e encontraram
seres vivos diferentes.

Talvez alguns vieram
de portais também

e não sabemos o quê
estão coletando,

mas é um assunto bem diferente.

Mas o que acontece é
que sabemos uma coisa:

eles têm espécimes.

E estão pegando esse DNA
e misturando DNA humano

e tentando fazer os
humanos mais poderosos,

um pouco mais fortes

e tentando incorporar isso a
um programa de super soldado

para ter ossos mais fortes,

ter um processo de pensamento
mais rápido e coisas do tipo.

Foi bem surpreendente para mim
quando você disse que viu

um tipo reptiliano aparentemente
estar sob custódia de duas pessoas.

Disse que tinha cerca de 3 metros.

Mas para você naquele momento

poderia ser facilmente
algo, ou bem mais fácil,

ser algo que cultivamos ou criamos.

Você não estava convencido de
estar vendo um extraterrestre.

O que te levou a tamanha certeza de
que tal coisa poderia ter sido feita?

Bem, primeiramente, só
de ver algo como aquilo,

é difícil para mim acreditar muito

quando vejo que foi
trazido para todos verem.

E às vezes isso é feito
propositalmente e às vezes não.

Mas depois de trabalhar

coletando células,

também fiz parte de um
programa de super soldado

onde estavam misturando DNA
híbrido com DNA humano

em placas de Petri, coisas
a nível microscópico,

e também o programa de osseointegração,
misturando tecido com titânio

e deixando esse tecido
crescer dentro do titânio

e fazendo nossos ossos mais fortes.

Como isso funciona?

Isso parece algo muito incomum.

Não pensaria que titânio

se misturaria com tecido vivo.

Isso era o que todos pensávamos,

mas com o advento de
novos minerais lá fora

e com as nanopartículas

da superfície do titânio,

agora tiveram sucesso e
imitaram a medula óssea.

Sabe a medula óssea, quando corta o bife
e tem aquela coisa mole e esponjosa?

-Claro.
-Bem, imitaram exatamente isso

dentro do titânio.

Adicionam células-tronco,
fatores de crescimento,

tecido e células ósseas.

Que crescem e florescem
dentro do titânio.

E o corpo aceita naturalmente,
não há resistência.

O aço e titânio são usados
o tempo todo em cirurgias,

e descobriram que isso
será uma ótima forma

de reforçar o osso de
alguém, primeiramente,

e permitir a eles aguentar
muito mais pressão.

Estavam com problemas
com músculos e tendões.

Os músculos eles conseguem
cultivar infinitamente.

Mas para os tendões, os tenócitos
são difíceis de cultivar.

E não conseguia suportar o peso do metal
extra, do osso e do músculo forte.

Então começaram a pesquisar
a hibridização de DNA

com tenócitos mais fortes
de outras criaturas.

Bem, passou por muita
coisa bem rápido aí.

Então vamos dividir isso em partes.

Primeiramente, sim,
ouvi que há pessoas

com titânio na perna,
parafusos de titânio

segurando ossos, essas coisas.

Mas estamos falando de algo que pode
ser introduzido em um adulto saudável

ou estamos falando de algo

que tem que ser criado

em conjunto com um tecido
biológico enquanto cresce,

-um ser projetado?
-Correto.

Costumava ser, vamos
reforçar essa pessoa,

ver o que acontece, que
é bem …é cirúrgico.

É uma coisa bem agressiva.

Mas agora com a impressão
3D, órgãos e tecidos,

tudo que preciso é de
um pedaço do seu DNA

e posso ter um impressão 3D
sua em cerca de nove meses

e ter você, seu corpo e tudo mais.

Vai até ter parte da sua memória,

porque está guardada no DNA.

O que quero dizer é que, e se
eu colocar titânio já na cuba

e te imprimir em 3D no titânio

com toda a cartilagem
articulatória e metaprograma?

Poderia programar, o tipo
de soldado que eu quiser.

Está vindo à vida no tamanho
de adulto desde o inicio?

Correto.

Normalmente, um humano leva cerca
de 13, 14 anos para alcançar

o tamanho adulto, até mais.

-Certo.
-Então como seria …

Como acelerariam o
processo de gestação?

Sim, eles fazem isso.

De nove a 24 meses podem
fazer um corpo completo.

E fazem isso com o avanço

dos neurotransmissores
químicos e hormônios,

e aminoácidos especiais
de origem não-terrestre

que permite ao corpo se
regenerar mais rápido.

O problema que estão
tendo é com o cérebro;

não cresce tão rápido como o resto.

Esse é o problema de quando
pegamos um coração de porco.

A razão de usarmos válvulas de
porco em cirurgias coronárias

é porque as células crescem

quase que exatamente
ao mesmo tempo.

Mas, se eu pegasse um coração de
cachorro e colocasse em você,

cresceria tão rápido
que você morreria,

porque as células deles
replicam mais rapidamente.

O que estão tentando fazer é encontrar
todas essas espécies no planeta,

descobrir quem replica mais rápido,

e vamos fazer mais dessa
espécie do que humanos.

Dessa maneira aquele
gene será o dominante,

naquele ser,

mas terá todos aqueles
atributos de ótima visão …

Estavam juntando centenas
de genes diferentes

o que é algo bem
difícil de se fazer.

E usam mega, supercomputadores
para fazer isso

devido a todos os
algoritmos que são feitos.

E fizeram isso do zero.

E então continuam adicionando
DNA extraterrestre a isso,

com o DNA extraterrestre
que encontraram

e é comparável ao DNA humano
até na taxa de crescimento.

E é por isso que eu
mencionei os porcos,

acredite ou não, são os
mais próximos da gente.

Possuem a mesma taxa
de crescimento.

Então, ao se ter a mesma
taxa de crescimento,

você é capaz de
adicionar coisas nela

e condições de crescimento para
acelerar a hibridização e o crescimento

e em tempos diferentes

adicionar químicos
diferentes a esse ser

para que o cérebro
acompanhe, que é o problema.

Está dizendo que a medula óssea

de um esqueleto inteiro

seria criada como um chassis ou armação
e depois cultivado? Ou é mais como …

Sim, pode cultivar o osso do
titânio e apenas reforçá-lo.

Assim o titânio já estará lá.

E então tem essas impressoras 3D

que estão imprimindo o
tecido dentro e no metal

ou outras substâncias.

Há outras substâncias
que eles usam além de …

Só uso o titânio como exemplo

porque ele e osseointegração são
conhecidos no meio científico.

Mas há outras substâncias
que estão usando agora

que são mais flexíveis

e que são mais duráveis para
fazer a pessoa, o soldado,

forma de vida programada ou clone

durar mais na batalha ou
em missões orientadas.

Então, se imprimir
um ser à fase adulta

em um período tão curto de
tempo, cerca de nove meses,

isso diminui a expectativa
de vida dele?

Por não ter crescido mais lentamente
do que um humano normal cresceria?

Não fiquei tempo o suficiente
no projeto para saber,

mas pelo que falaram, é verdade,

por causa das mutações que ocorrem
quando você cultiva células.

Não de … Quando
cultiva células …

Se eu pegar sua célula,
uma célula-tronco

e cultivar um monte delas,
algumas vão ter problemas.

E isso poderia se
tornar uma mutação.

Então, quando descobriram
que isso acontece,

eles acolheram a ideia,

porque estavam fazendo
uma nova espécie,

queriam que ela sofresse mutação.

E ficou bem estranho.

Estava tendo todas essas
espécies em uma só,

sofrendo mutação e formando
novos monstros loucos.

Todos os tipos de projetos
malucos estavam sendo feitos,

misturando DNA extraterrestre
com DNA humano,

com DNA de outros tipos
diferentes de bactéria do oceano,

com qualquer coisa.

E ficou fora de controle.

E havia cubas e cubas desses seres

em estase que deram errado,

como aquele que eu te falei,
o tigre, a pessoa-tigre.

-Parte humana, parte tigre.
-Parecia …

– …híbrido, -Híbrido.

que sofreu mutação, infelizmente.

É possível, caso um ser

que não funcionou corretamente
e foi mantido em estase,

ter material genético reutilizado?

-Sim.
-Certo.

-Achei que sim, mas é confuso.
-Excelente pergunta.

Mas vamos falar sobre isso.

Bem, você está falando sobre
o material genético real

ou o material celular
daquele ser em estase.

Sim, eles podem fazer duas coisas.

Podem exterminar o
ser e liquefazê-lo

e usar esses aminoácidos
para fazer outras coisas.

Também podem extrair o
DNA dele e guardá-lo

para voltar a ele mais tarde
se deixaram algo passar.

Basicamente adicionando e
subtraindo coisas do DNA,

é o que estão fazendo
para descobrir o que será

capaz de funcionar em conjunto.

Porque o problema é a rejeição.

Como ao colocarmos o coração
de alguém em outra pessoa,

há uma taxa de rejeição,

então o que aperfeiçoaram
foi se livrar disso tudo,

dos antígenos e anticorpos
que estão dizendo não.

Agora são capazes de programar
as células para aceitar,

mesmo que o corpo não dure um ano,

mas pelo menos terão um corpo
para fazer o que quiserem.

Então, o fato da vida útil
ser tão comprometida,

o que significa ao se tentar usar
clones para construir uma espécie?

Eu acredito que isso seria …

Isso parece ser quase como
uma experimentação com algo

que não tem o potencial de
criar nenhuma forma duradoura.

Parece mais uma reparação.

É uma reparação.

E esses reparos recebem
meu dinheiro de pesquisa.

Então, quando faço uma descoberta,

consigo o que preciso para meu
laboratório no próximo ano

para que possa fazer mais.

Mas quando se chega
onde eles chegaram.

Estão fazendo clones.

Não é um segredo.

Já estão fazendo clones e estão
os armazenando em centenas.

E são capazes de manter
esses clones vivos

até os ativarem.

São chamados de formas de vida
programadas, não um clone normal

que fazem e usam para uso
pessoal próprio, assistente.

São clones que vão ser
usados para algo.

E só posso especular o pior.

Porque eu não iria querer
um mundo cheio de clones

que sabe-se lá o quê vai
acontecer se sofrerem mutações

ou qual sua vida útil.

Vão ser provavelmente
usados em guerra

porque são apenas um bem
que pode ser destruído.

É a única coisa que posso pensar

porque não sei por que
armazenar tantos em uma área

e essa informação vaza para os
laboratórios privados militares.

Poderia ser informação errada,
mas não, é informação real.

E agora está sendo
conhecimento público.

A China já está dizendo
que vai cultivar pessoas

por causa de seus órgãos.

Está nos jornais.

O que acontece quando
tiverem 18 anos?

Simplesmente os mata
e pega os órgãos?

O que vai acontecer?

-Estão apenas cultivando pessoas.
-Isso é bem bizarro.

Morrem 33 pessoas todos os
dias esperando um órgão aqui,

eu entendo,

mas não entendo porque
são criaturas vivas

ou órgãos vivos ou o que
for que estejam fazendo.

Mas dizer que vamos
fazer um corpo …

dizer que vamos fazer um clone
humano para colher seus órgãos

é bem …

É eticamente complicado, no mínimo.

Me dá calafrios.

Por que não cultivar o órgão, como
fazemos na maioria dos lugares?

Certo.

Por que cultivar um órgão quando
pode cultivar um corpo inteiro?

É dessa forma que eles pensam.

Você acha que de certa forma

eles acreditam que se melhorarem
bem essa hibridização,

vão ser capazes de melhorar

o que quer que seja que já somos?

De certa forma, provavelmente
não há uma visão espiritual

desse ser ficar perfeito.

É visto como uma máquina
que podem aprimorar.

Isso mesmo.

Acredito que estejam tentando …

Eles esbarram em coisas
durante essas hibridizações.

Em coisas que nunca conheceram.

E também algumas dessas
coisa, penso eu,

podem chegar ao mundo civil
para nos ajudar a sarar.

Mas é algo muito lento e caro, é
dessa forma que fazem dinheiro …

Descobrimos isso quando
fazíamos aquilo.

Esbarramos nisso porque estávamos
fazendo esse experimento.

Então pegaremos essa ideia, colocaremos
em uma caixa, fabricaremos e venderemos.

Uma das espécies extraterrestres
que Pete Peterson falou sobre,

ele a chamava de Simulacs.

E aparentemente eram um pouco
mais símios do que os humanos.

Mas por qualquer que seja a razão, acho
que tinham caudas, elas podiam dobrar.

E fizeram os dedos deles …

Mexeram no DNA e fizeram os
dedos virarem coisas longas

que poderiam dobrar como uma cauda.

Estou curioso para saber se alguma vez
viu algo assim nas suas autópsias.

Não.

Mas já vi pés que eram mãos,

mais parecidos com mãos do que pés.

E eram pessoas bem compridas,

bem humanas, mas com
mandíbulas longas

e muito brancos,

muito brancos.
Belos olhos azuis.

E eram ectomorfos, como
ossos finos e longos.

E tinham esses grandes …não eram pés,
mas mãos largas no lugar dos pés

e parecidas com nossas
mãos, exatamente como

nossas mãos.

Mas eram pés.

E não eram abertas assim.

Eram abertas bem largas.

Os dedos ficavam bem largos também.

E como calcanhar era
uma palma bem pequena.

Acho que era por causa do peso.

E as pernas eram ao contrário.

Tíbia-fíbia era ao
contrário no fêmur.

Se trocasse as
articulações de lugar,

iria para o lado oposto,
para trás e para cima.

-Interessante.
-Sim.

Quando você diz mandíbulas longas,

quer dizer que o rosto
era maior que o nosso?

Sim, a linha do queixo,
dois centímetros no mínimo.

Era um rosto bem magro.

Eram seres bem atraentes.

Qual era o tamanho dos olhos
comparado aos nossos?

Grandes olhos amendoados, o
dobro dos nossos. Nariz menor.

Os dentes eram como os nossos.

E tinham lábios. Não
tinham sobrancelhas.

E tinham, suas orelhas
eram bem ovais e pequenas.

Então ali está você,
dia atrás de dia.

Disse que em alguns dias deve ter
feito vários espécimes em um turno,

dependendo da tarefa.

Certo.

E conversamos em outro episódio sobre
como outras equipes genéticas …

você pega uma amostra do
cadáver, passa pela parede

e as outras equipes
começam a trabalhar.

Qual você acha que é a extensão
dessa hibridização ET-humanos?

Na minha opinião, hoje em dia,

porque sei que quando saí
já tinham conseguido.

Então, sei que hoje em dia já devem ter
provavelmente duplicado 20 a 30 espécies,

clonaram as espécies extraterrestres
para aprender sobre elas.

E também misturaram seu
DNA com nosso DNA.

Tenho certeza que há pelo menos
cerca de 20 a 30 híbridos hoje

que podem ser confirmados.

E essa é minha opinião
e especulação,

porque sei quantos tinham
no período que eu saí

e que tinham tido sucesso.

E você mencionou que o tipo
humano-tigre foi um que não funcionou.

No período não tinha funcionado.

Mas pode ter funcionado depois
se continuaram tentando?

Então, quais seriam outros exemplos

de um ser que foi
hibridizado com sucesso?

O que veríamos se você pudesse
dar um exemplo inicial?

Bem, há um dos extraterrestres

aviários que conheci que
são diferentes daqueles

aviários do sr. Goode.

E esse humano parecendo ave
parecia um pterodáctilo.

Sério?

E são altamente inteligentes.

São bem amigáveis.

São bem intuitivos.

Claro que são telepáticos.

Não voam, mas têm asas bem pequenas
nas costas como um pterodáctilo.

Imagine uma cabeça de pterodáctilo
bem fina, mas com uma boca legal

em um corpo, um corpo escamoso.

Boca longa cheia de dentes?

Sim.

O rosto longo e debaixo
tinha uma boca pequena,

abaixo da mandíbula.

Tiveram sucesso fazendo
um híbrido assim.

E não sei se estão
fazendo isso porque

faria as pessoas lembrarem de
um demônio ou dragão ou algo,

se quisessem usá-lo religiosamente.

Porque com certeza atrairia muita atenção
se andasse pelo centro da cidade

porque ela …

é uma antiga criatura
parecendo um dinossauro,

mas fica de pé, ereta.

E é escamosa. Escamas
verdes e vermelhas.

Escamas bem largas como um peixe.

Escalas bem largas.

Nas costas tinha essas …

cristas que desciam …
começava no pescoço

e descia toda a espinha
nos dois lados.

E me lembra das costas espinhosas
de um crocodilo ou aligátor.

Um processo espinhoso.

Sabe aqueles pequenos
espinhos nas costas?

Claro, sim.

Certo. Então, imagine aquilo
por toda as costas deles

até uma pequena cauda
perto do cóccix.

É assim que se
parecia. E era lindo.

E não tinha roupas?

Não.

Qual era a altura?

Dois metros.

Sim.

Acho que fizeram maior. Estavam
tentando fazer bem grande,

mas a espécie em si tinha
quase dois metros.

E os híbridos tinham cerca
de dois, três metros.

Por alguma razão, foram
capazes de usar o DNA humano

para ficar compatível. E
não sei como fizeram isso.

A espécie em si, quer dizer
que não era um híbrido

de humano e pterodáctilo.

É um tipo de extraterrestre.

Pegaram o pterodáctilo
extraterrestre

e o clonaram com um humano e
fizeram essa outra espécie.

Agora, a cabeça do pterodáctilo,
obviamente tinha uma mandíbula logo.

-Mas também tem essa flange nas costas.
-Sim.

Uma flange bem grande.

-Isso estava lá?
-Sim.

Estranho.

Isso soa como algumas das
coisas egípcias que vemos.

Por exemplo, têm esse

cajado que estão sempre segurando.

E têm o que parece uma cabeça
de pterodáctilo na ponta.

E sempre especulei que poderia ser

um pterodáctilo que passou
algum portal ou algo assim.

Acha que esses seres
parecendo pterodáctilos

podem ter visitado os egípcios e
foram imortalizados nesse cajado?

Como a cabeça é uma dica.

Você meio que sabe.

Assim como no Egito.

Mas isso é uma especulação.
Não posso afirmar …

Não é minha especialidade, o Egito.

Mas só de olhar, é uma dica.

É tipo, meu deus, isso é tão
similar como o que eles têm lá.

E também é tão antigo.

E podem ter estado aqui,

porque ouvi muito em história
sobre esses pterodáctilos

e coisas sendo pegas aqui

e também pessoas vendo isso
e vários relatos diferentes

desses seres lá.

Então, não sei.

Podemos discutir
sobre outro exemplo

de um desses híbridos
que você conseguiu ver?

Mencionou um ser parecido com ave,

mas porque era um pterodáctilo.

Então, qual poderia ser outro que
poderia ser um exemplo típico?

Bem, nem todos os
seres são fantasiosos

dos insetos da Terra
e coisas do tipo,

como o louva-deus e pessoas
e essas outras linhagens.

Mas os mais fascinantes são os que
realmente se parecem com a gente,

os que são só um pouco diferentes.

Um pouco mais largos,
talvez um pouco mais altos.

Mas têm um … têm um rosto, têm
o mesmo sistema digestório.

E são bem mais
avançados do que nós,

conscientes e com cérebros sempre
mais largos por alguma razão.

Isso é algo que quero apontar,

é a maioria dos tipos humanoides,
cinco estrelas, muito inteligentes

é o que eles realmente querem.

Por por alguma razão, é o mais
compatível com nosso DNA.

Pergunto-me o porquê.

Certo.

Me pergunto o porquê.

Sabendo disso, qualquer hora que
aparecer, já vi esses seres antes,

não só na minha experiência em
CSETI, mas também no Milabs

são os mais fáceis de
se fazer um híbrido.

E é isso que eles fizeram.

E têm centenas desses híbridos.

Então se conseguirem
pega um, estão feitos.

E dará certo.

E foram bem sucedidos,

esses seres estão
vivendo uma vida longa.

E sendo o código genético bem
similar, são bem mais avançados.

E têm telepatia.

Podem fazer coisas
que não podemos.

Podem ser usados para
o bem e para o mal,

se eles descobrirem
como programá-los.

Bem, vários outros
informantes falaram sobre

seres reptilianos, Dracos,
como sendo um grupo

que com nossa tecnologia
nos programas secretos

podem estar apenas 40
anos na nossa frente

em termos de onde estamos
indo secretamente.

E de certa forma, estamos em paridade
com eles em termos de guerra.

Então, parece que

nossa tecnologia genética também
está se comparando com a deles.

Eles hibridizaram seu
DNA com o de humanos,

e agem como nossos deuses que podem
nos controlar ou algo assim.

Como você vê nossa ideia
de um ser supremo

evoluindo com essa coisa
de recombinação genética?

Não acho que faria de nós deuses.

-Você acha?
-Não.

Não sei sua interpretação de Deus,

mas não acredito nisso
de forma alguma.

Porque se tem qualquer
DNA similar ou linhagem,

isso significa que
pode ser compatível.

Pode viver pacificamente,

se estiver no mesmo nível que outra
civilização que é o problema.

Estão esperando que cheguemos
no nível certo, e todo o resto.

E há muitas civilizações
pelo universo afora

que começaram no
mesmo tempo que nós.

E estão tão além da gente
porque não foram atrasados

pela energia livre e antigravidade
e não foram manipulados.

Certo.

E vai acontecer um imenso encontro
em breve com a Federação Galáctica.

E vão levar cinco
líderes desse planeta.

E vão levá-los a
essa corte galáctica

e dizer, por que fizeram isso?

E eles vão dizer, esses
líderes mundiais,

do que estão falando?
Não fizemos nada.

E então, atrás deles,
há uma tela gigante

projetando tudo que sabem
à Federação Galáctica.

E estão dizendo a verdade.

E então verão que as 300 maiores
corporações são responsáveis

pelos líderes mundiais e todas as
coisas que fizeram às pessoas da Terra.

Vão voltar e pegá-los.

Está falando de um tipo de
julgamento em potencial …

-É, imenso.
-na qual mentir é impossível.

É impossível.

Não será capaz de
mentir. Ninguém será.

Certo. Então há várias implicações
éticas ao se tentar criar espécies,

mas acho que talvez um nível mais
profundo que podemos chegar é falar

que se há um ser supremo, é a própria
genética que emana através do universo.

E simplesmente combinar genéticas
não faz de você um deus.

Não.

É como nascer na realeza
ou casar com uma realeza.

Ainda sim é realeza.

Ainda sim vão aceitar
aquela pessoa.

Então o que estou falando
é que ainda sim é neutro.

Ainda sim vamos ser neutros.
Não é bom, nem ruim.

Ainda é o mesmo.

É o que é programado e seus sistemas
de crença que entram no caminho.

Ninguém merece controlar alguém
contra sua própria vontade.

Esse é todo o tempo que
temos nesse episódio.

-Emery, obrigado.
-De nada.

Obrigado por assistirem.
Esse é o ”Revelação Cósmica”.

Sou David Wilcock, com nosso
convidado especial, Emery Smith.

REVELAÇÃO CÓSMICA – POR DENTRO DO PROGRAMA ESPACIAL SECRETO COM DAVID WILCOCK

Corey Goode temporada 10 episódio 11
Disclaimer:
1. Os artigos são escritos em português do (Brasil ou de Portugal) ou numa mistura de ambos.
2. Os autores não usam facebook, portanto se tiver alguma pergunta, coloque aqui no site, na secção dos comentários (não do facebook)
3. Os artigos colocados neste site, são diferentes dos colocados nos meios de comunicação de massas. Não significa que os autores concordam ou discordam com os mesmos. Você deve usar a sua intuição com aquilo que ressoa ou não consigo. Ninguém é dono da verdade absoluta e este site não foge à regra.

Partilhar no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.