revelação cósmica temporada 10

S10E09 Segredos Subterrâneos da Humanidade

Partilhar no Facebook

Um breve resumo escrito do episódio:
Emery Smith é o convidado e confirma que na Antártida estudam / exploram lá a grande nave há já 24 anos. Fala novamente na biosfera existente abaixo da superfície do Equador.
Fala de seres de 10 metros encontrados dentro de um sárcofago em êxtase (deve ser um pré-adamita).
A neve continua a derreter na Antártida e no futuro ver-se-à a gigantesca nave.
Tudo que existe na Antártida vai destruir o conceito da religião organizada que conhecemos porque encontraram tablets, informações e dados lá que provam a história de Marte, a Lua e a história deste lado do Universo. Isto vai gerar um grande conflito, porque nós nos comportamos mal em virtude das nossas crenças religiosas.

S10E09 Segredos Subterrâneos da Humanidade (Revelação Cósmica)
S10E09 Subterranean Secrets of Humanity (Cosmic Disclosure)

Assista ao episódio clicando no link abaixo, usando o browser chrome:
https://drive.google.com/file/d/1Xd52o_48azngXB-Rcaj3_yVWmoLpBH2D/view?usp=sharing

Se der erro, use o browser chrome em modo anónimo (teclando Ctrl + Shift + n) no PC e se necessário, antes tem de fazer logout do seu gmail. Se ainda não conseguir, aceda a partir de outro PC. Alerta-se que os episódios têm sido retirados da internet, portanto se detetar que o episódio foi denunciado, faça um comentário (não no facebook), para indicarmos outro link.

Episódio com legendas em português do Brasil (para quem não deseja assistir ao vídeo):

revelação cósmica temporada 10 episódio 9

REVELAÇÃO CÓSMICA – POR DENTRO DO PROGRAMA ESPACIAL SECRETO COM COREY GOODE E DAVID WILCOCK

Bem-vindos de volta ao ”Revelação Cósmica”.

Sou David Wilcock e estou
aqui com Emery Smith

para dar prosseguimento à discussão

sobre civilizações subterrâneas.

Emery, bem-vindo.

Obrigado, David.

Mal posso esperar para começar.

Uma das coisas que eu
tenho curiosidade,

porque agora tenho várias
luzes acesas na minha cabeça.

Temos o local da queda na Antártida
que nós já discutimos antes.

-É.
-Você disse que…

Você já confirmou

-que tem uma nave-mãe enorme lá.
-Sim.

Que estamos estudando
há quanto tempo?

De acordo com os cientistas
que me informaram, 24 anos.

Muito bem.

E temos uma relação

entre esses destroços e a
civilização subterrânea

que descreveu do Equador,

-Sim.
-…que talvez veio de uma aeronave

e depois se desenvolveu?

Acho que a energia da
nave deve ter estimulado…

Devia ter organismos e bactérias

porque modificou o
interior da caverna

para uma atmosfera diferente.

As criaturas que estavam lá,

a vida vegetal, são bem diferentes…

do que as da superfície.

Tiraram criaturas de lá,
levaram até a superfície,

e morreram na hora.

Dá para respirar sem equipamentos?

-Sim.
-É o ar mais puro.

Me senti ótimo lá, na verdade.

E já testaram repetidas vezes.

Que eu saiba, é uma
descoberta nova.

Só recapitulando essa
história do Equador.

Em uma das informações que
obtivemos com o Pete Peterson,

ele falou bastante sobre como a
aeronave na Antártida tinha…

Ao viver em algum
lugar dentro da nave,

tem seu próprio jardim.

Há um sistema de filtração

do banheiro, saindo do
chuveiro, da privada,

e abastece esse jardim.

Claro que isso foi soterrado
pelo gelo e tudo foi destruído,

mas o que você diz sobre o Equador,

me faz pensar que talvez
a vegetação nessa nave…

-Bacana.
-…pareceria com seu jardim.

O que acha disso?

Acho que existe uma
relação entre ambos.

Claro que são dois ambientes
totalmente diferentes,

então eu esperaria que, quimicamente,
coisas diferentes acontecessem.

Mas ainda está em observação.

Eles têm uma boa equipe lá,

que não estão maltratando,
cortando tudo e desmatando.

Então veremos o que vai acontecer.

Outra coisa que faz as luzes
se acenderem na minha cabeça,

é que os destroços mais
antigos da Antártida

que já ouvi de mais de uma fonte,

parecem ter dez metros.

Sim.

Já ouviu algo do tipo?

Ouvi.

O que ouviu?

Havia vários sarcófagos,

corpos extraterrestres lá embaixo

com mais de 9 metros,

que eles encontraram escavados.

Alguns foram removidos.
Outros não, é claro.

Estão montando uma história e
divulgando ao público aos poucos,

de forma bem calma,
porque vai de encontro

a tudo que sempre fomos
levados a acreditar

com relação a religião.

Eles vão divulgar gradualmente.

Umas das coisas mais incríveis que
encontramos nesse outro lugar

-que falamos… -Nos EUA?

Isso. Era um ser de dez metros

dentro de um sarcófago
em condição de estase.

Sério?

Acreditamos ser um ser pré-adamita.

Claro, havia pirâmides por perto.

Havia tumbas vazias por perto.

E havia dois hectares de
ouro em pó por perto.

Era onde havia degraus descendo
em direção a parte oca,

meteorito ou como quiser chamar
a parte oca de terra, rocha,

que tem uma massa suspensa
em torno de um aquífero.

Certo.

Com relação aos seres em
estase, falamos com o Corey,

algumas das informações mais recentes…
Creio que o Peterson teve acesso.

Dizendo que encontraram seres em
estase com pelo menos 500 mil anos

na primeira cidade da Antártida.

Havia um bem antigo.

-Sei.
-Com um bilhão de anos.

Mas, o recente, de 500 mil anos,

tinha o mesmo que você descreveu.

Isso é incrível.

Ouviu sobre seres similares
na Antártida? Estou curioso.

Não.

Não ouvi sobre nenhum ser em estase
que havia estado na… Antártida.

Eles não falam sobre isso. Só
para saber, há várias equipes.

E a equipe era composta
por quatro cientistas.

Sério?

Há milhares de
cientistas nesse projeto

que trabalham outros
e nosso governo.

Que tentam cobrir terreno e
também preservar as coisas.

E, como eu disse, também não
acredito que a aeronave…

caiu lá.

Acho que já estava lá

e continuou.

E o que aconteceu
na época já passou,

não importa se foi
um desastre ou não.

-Certo.
-Agora a neve está derretendo

e a Terra será
inteiramente revelada.

Analisando como a Antártida

é um assunto que desperta
tanto interesse,

um dos informantes com
quem conversei disse

que, de certa forma, havia
certo interesse obscuro

em expor a Antártida.

Eles sentiram que seria possível
criar uma guerra religiosa.

-Especulando, o que acha disso?
-Sim.

Tudo que tem lá

vai destruir o conceito de religião
organizada que conhecemos.

Por quê?

Porque eles encontraram
tablets, informações

e dados lá que provam…

a história de Marte, a Lua

e a história dessa
área do Universo.

Vou dizer que é dessa
área do Universo.

Estão começando a
decifrar isso agora.

Se isso vier à tona, vai
causar um grande conflito.

E a preocupação deles é essa,

é que nós nos comportemos mal em
virtude de nossas crenças religiosas.

Certo.

Isso não necessariamente significa…

que Jesus não existiu, Moisés,

-Não.
-…ou que Moisés.

Tem razão.

Essas figuras viveram
e estiveram aqui,

foram deuses e pessoas incríveis.

Se tudo vier à tona,

o que vai acontecer é que…

Digamos que as histórias

que estão sendo contadas
não estão completas.

Existem lacunas e coisas faltando.

E isso vai preencher essas lacunas.

É tipo um livro incompleto
sobre todas as religiões.

Isso vai preencher essas lacunas

e todos vão aceitar,

mas tenho certeza
que alguns não vão.

Então talvez alguns nem
cheguem a acreditar.

Acreditar em uma
coisa e, de repente,

um arqueólogo traz algo à
tona que diz o contrário…

pode causar agitação pelo mundo.

Então está dizendo que
essa rocha gigante,

que foi encontrada nos EUA
em uma localização secreta,

tem resquícios de gigantes.

Correto.

Pode explicar um pouco mais…

Mencionou armaduras, esqueletos.

Sim. Muitos esqueletos,
armas, ouro e prata,

e tesouros tipicamente medievais,

coisas comuns da época,
potes de moedas.

Achei que você tinha dito

que pareceu que o interior do ovo

também estava cheio de ouro branco.

Sim, tem cerca de dois hectares
que conseguimos determinar

de ouro branco em pó lá,

em uma parte separada.

Então não é o ovo todo
cheio de ouro branco?

Não, só uma pequena cavidade.

Cavidades que as
pessoas têm acesso?

Sim.

E os degraus são largos.

Não são degraus normais, medem
de dois a quatro metros.

-Nossa.
-Subindo e descendo.

Gigantes, sem dúvidas,
de dez metros.

Quatro metros para um
ser de dez metros.

Seria a estimativa.

Seria a estimativa.

Os degraus eram
limpos? Como são?

De acordo com a nossa tecnologia,

são impecáveis, tipo como as pirâmides
e Machu Picchu foram construídos.

Tudo tem um acabamento perfeito.

Assim, soubemos

que não podia ser uma
criação da Terra.

Então você quer dizer
que, hipoteticamente,

que se tivesse um submarino
e soubesse o caminho,

poderia navegar dentro da Terra

e chegar até essa rocha.

Infelizmente, o aquífero tem uma
pequena área de entrada e saída.

É apenas um oco que
contém muita água.

Não vimos áreas extensas
onde um submarino

-pudesse caber.
-Sei.

Por isso, começamos pela
superfície da Terra e decidimos…

ir perfurando a terra
até alcançarmos,

e nos preocuparíamos ao chegar lá.

O problema era um metro de água

com milhões de quilos de pressão.

Eu me lembro de você
descrever uma ideia estranha

e me fazer conversar com os
cientistas que inventaram…

Algo sobre uma luz

que o ouro emana, que
parece penetrar a matéria

e que é detectada
por certas pessoas

que talvez sejam videntes.
É tipo visão remota?

Não é como visão remota.

Na verdade, eles têm
células cone em seu olhos

que enxergam diferentes
comprimentos de onda

de luz azul e cinza.

Por algum motivo, conseguem
olhar para o oceano

e enxergar um local que contenha
uma grande quantidade de ouro,

ao contrário dos caçadores de tesouros,
não temos a capacidade deles.

Então pagamos pessoas do governo

e usamos satélites, ou pegamos
satélites com empresas

para vasculhar o oceano.

Mas o tesouros mais incríveis
infelizmente ficam em terra firme,

abaixo da terra, na terra.

Como pode ver, é um tipo de
caça ao tesouro diferente.

Algo engraçado que os caçadores
de tesouro me ensinaram

e que eram bem famosos…

Perguntei: “Como encontram o ouro?”

Porque nem todos têm
acesso a um satélite.

Se ficamos sabendo de uma área
em que alguém disse haver ouro,

nós vamos lá e extraímos
todas as algas.

Levamos para casa e
alimentamos todos os ratos.

Os ratos fazem cocô e
vemos se tem ouro.

Depois voltamos e pegamos o ouro.

-Sério?
-Sim.

-No cocô.
-Eles medem…

o cocô dos ratos usando…

acho que um espectrômetro
ou algum outro aparelho.

Não é uma loucura?

Não dá para inventar isso.

-Não dá.
-É estranho.

Enfim, essas pessoas famosas,

esses caçadores de tesouro famosos…

que eram pessoas maravilhosas
comandando pessoas incríveis,

boas, prestativas,
dando algo em troca.

Não querem o tesouro.

Eles querem acrescentar algo
e criar coisas para o mundo.

Quero perguntar uma coisa.

Tenho a sensação de que disse

que talvez haja uma sequência
de DNA extraterrestre

que se desenvolveu
na população humana.

E essas pessoas, estando
cientes disso ou não,

podem ter um aparato
ótico diferente,

um tecido reticular diferente,

que, se ficarem cientes
da capacidade deles,

descobririam que podem enxergar

uma eflorescência no
depósito de ouro.

É verdade?

É possível. Não só isso,
mas de alguma forma,

isso foi extraído de
um extraterrestre

para melhorar a visão
e obter uma melhoria.

Chamamos de melhorias.

Há certas pessoas e agentes
especiais do alto escalão

que trabalham nos níveis altos,
que têm habilidades especiais,

que usam essas habilidades para
quem quer que eles trabalhem.

O interessante, é que
dentro da caverna,

também há outras
coisas que encontramos

que indica que a linhagem

da qual nós descendemos.

Pois é.

E esse é um dos maiores presentes.

É até difícil para mim dizer isso.

O maior segredo que tem lá.

O segredo sobre todos nós,
de onde viemos, a linhagem

do nosso DNA, o que contém nele,

instruções de como ler esse DNA,

como construir portais de estrelas,

abrir portais e coisas assim.

É uma abundância não só
de artefatos religiosos

e extraterrestres,

mas também há ferramentas
incríveis que poderíamos usar.

E talvez ainda não estejamos
prontos para que isso seja aberto.

E como esse cientista…

Entendo que talvez estejamos
passando um pouco dos “limites”,

do confidencial demais
para poder falar,

mas quero ver aonde podemos chegar.

O cientista, por exemplo, tinha
a habilidade de ver essas cores

ou ele encontrou
alguém que tivesse?

A tecnologia foi baseada
na função orgânica?

-Não. Ele nasceu assim.
-Sério?

Ele era uma pessoa excepcional
que se alistou no Exército

com uma visão remota
incrível, e se tornou

alguém do mais alto escalão
de pessoas a quem recorriam

quando precisavam
encontrar algo ou alguém.

Ele é bem-respeitado
entre os colegas.

Você poderia explicar…

Muitos ficarão curiosos
sobre isso. Eu estou.

Se tivesse células bastonetes
e cones especiais no olho,

o que você veria?

-A visão ficaria… -Não acho que…

-…embaçada ou o quê?
-Não.

Pelo que pude concluir, e são
informações de segunda mão,

que eles enxergam como nós.

Entretanto, se estiverem
à procura de algo,

os distrai apenas levemente, tipo
uma luz de baixa frequência.

Significa que sua camisa,

vejo vários tons de azuis
nela por causa dos pigmentos.

Não foram bem tingidos.

Alguém normal veria
uma camisa azul.

Mas eu veria talvez
alguns fios de algodão

ou rayon que está diferente.

Então não os distrai
de forma gritante.

Então o número de cores únicas…

-Isso.
-…que enxergam é acima da média?

Com certeza.

Por quanto?

Sei que eles enxergam, para cada cor, até
dez comprimentos de onda diferentes.

-Já ouvi até 20.
-Nossa.

É muita coisa

para uma cor só.

E… como eu disse, é uma
informação de segunda mão.

Então eles podem detectar

coisas subterrâneas, como um
veio de ouro subterrâneo.

Com base na flora, nas
plantas e nas pedras,

tudo emana da reserva
de ouro lá embaixo,

escorre e dá uma energia especial.

Essa energia emana
para a atmosfera,

tipo como um orgonite

controla as coisas do
céu, a energia emanada.

Essa ideia é uma das
coisas mais interessantes.

Quando o Wilhelm Reich
trabalhou com energia orgone,

parece que começou a desenvolver
o azulamento da pele.

Ele frequentemente associava
a energia orgone à luz azul.

Na verdade,

em vários episódios do meu outro
programa, “Wisdom Teachings”,

ele encontra vida formada espontaneamente
a partir do que ele chama de bions.

E esses bions aparecem em
forma de corpúsculos azuis

que parecem surgir do nada

e se fundem formando proteínas
e material biológico.

Claro.

Se essa é a essência da vida,

existe uma relação entre
ouro e vida biológica?

Bem, não é só ouro.

Devemos analisar elementos monoatômicos
orbitalmente rearranjados.

É preciso analisar elementos

que foram criados
quando fomos trazidos

ao mundo como bebês.

Nunca mais vamos obter
esses elementos

do nosso alimento ou água.

Se trata de paládio,
ródio e irídio…

tipos diferentes de elementos

são um conjunto de minerais
que precisamos no nosso DNA

para evoluirmos.

Há muitas produções de ORMEs
por aí. É preciso ter cuidado.

Me lembro de ouvir que se cobrir
a molécula de DNA com ródio,

conduz muito mais eletricidade…

-Sem dúvidas.
-Pois é.

Acredito muito em ORMEs.

Tomo diariamente, zeólito também.

Essas coisas ajudam

a alinhar o DNA para trabalhar
com a voltagem correta.

Se não estiver com a voltagem
correta, não vamos resolver sozinhos.

Sem a voltagem correta, não
evoluímos além de onde estamos.

Quero apontar também,

a pesquisa que fiz acerca
do que você chama de ORMEs

ou elementos monoatômicos
orbitalmente rearranjados,

é que são os que alguns cientistas
chamam de microaglomerações, ou seja,

se permitir que os átomos saiam
de um bocal, um de cada vez,

eles vão se aglomerar
preferencialmente

em belíssimos padrões geométricos,
uma geometria sagrada,

tridimensionais como um cubo, um
octógono, dodecaedro, icosaedro.

As moléculas vão formar isso.

E, de alguma forma, após
a estrutura formada,

é mais resistente à
eletricidade por fora

e condutiva por dentro, mais dura,

muito mais resistente à
temperatura, ao desgaste.

Tem qualidades incríveis
e parece nutrir o corpo.

Por que a conexão da geometria
sagrada é tão importante?

Porque é disso que somos feitos.

São as menores partículas,
fora os elétrons,

de que nós somos feitos
e nos permitirá,

a certa altura, viajar no tempo.

Então você confirma que parte
da ciência confidencial

envolve o fato de a matéria
em seu estado natural

é geometria sagrada?

-Sem dúvidas.
-Certo.

Pode me dar detalhes sobre
algum boletim que tenha disso?

O que te disseram?

Nós lidamos bastante com magnetismo,
imãs e imãs permanentes,

tentando fazer muitas
coisas com imãs

e modificar o fluxo magnético,

as polaridades de norte e sul.

E usando um equipamento especial,

ampliar a imagem de
diferentes formas de imãs,

não imãs em forma de cubo com
polarização norte e sul,

mudar os ângulos, depois ampliar lá

e ver o que acontecia naquele
nível desses dois imãs…

Duas energias magnéticas
permanentes se unindo

com diferentes fluxos e ângulos.

E, naquele nível,

que não havia sido completado,

ficam as… formas.

Geometrias. Nossa.

As geometrias sagradas.

Acreditam que modificando
fluxos magnéticos,

é possível abrir portais.

Podem abrir energias
diferentes para nosso DNA.

Nos curar. Muitas coisas…

podem acontecer, mas sabe…

ainda está naquele estado

de ainda não ter sido provado.

Você disse algo mais
cedo sobre você achar

que talvez extraterrestres
de alto nível

nos mantém sob quarentena
ou algum tipo de supervisão

e se obtivéssemos essa tecnologia,

não usufruiríamos da maneira
que bem entendêssemos.

Pode explicar melhor?

Bem, os extraterrestres…

não vão chegar aqui embaixo
e dar tudo de mão beijada

porque temos que evoluir a
nossa própria consciência,

viver em harmonia em
vez de nos matarmos,

-e nos comportarmos.
-Sei.

Todos me perguntam sobre
os alienígenas malignos.

Claro que existem.

Existem os bons, os
maus e tudo mais.

Me perguntam como os malignos são.

Eu digo que é só
olharem no espelho.

Perguntam o porquê.

Porque matamos uns aos outros
e não é para fazermos isso.

Ainda que seja uma questão de controle.
Sermos obrigados a fazer isso.

Dito isso, por causa dos
nossos maus comportamentos…

Eles já viveram aqui.
Eram como nós.

Eles evoluíram além do que somos.

E eles voltaram do passado.

Rendlesham Forest.

Eles voltaram do
passado para visitar

e saíram de dentro
daquela pirâmide.

Foi testemunhado por 33…
Mais de 100 pessoas, ou 33.

Isso.

E o recado era para parar
com as bombas nucleares,

porque eles são os filhos dos
filhos, dos nossos filhos.

Se continuarem assim,
nós não vamos existir.

O que é interessante, porque
significa que não temos tempo.

E agora você vai ficar
louco pensando nisso.

Mas, basicamente, não temos tempo.

Tempo é algo inventado para sobrevivermos
na realidade tridimensional.

Existem outras dimensões,

e estamos aprendendo como
viajar em segurança entre elas.

Os alienígenas imporiam
quais limitações

que restringiriam a liberdade?

Coisas que se tentássemos
fazer, não conseguiríamos.

Ou seríamos impedidos?

Acho que se tentássemos
destruir mais de 75%

da população da Terra,
eles interviriam.

Se tentássemos envenenar a
Terra de forma permanente,

como o que houve em Fukushima
ou algum outro acidente,

eles interviriam.

Em coisas assim,

onde acontecesse uma destruição
da população em massa

ou matássemos mais de 75%
dos humanos ou animais,

do planeta, incluindo os oceanos,

com certeza haveria
uma intervenção.

É claro que qualquer
tipo de míssil, mochila

ou o que quer que seja
que, sendo ativado

destrua mais de 75% da população
da Terra, eles interviriam.

Não seria coisa de um só.

Mas só é preciso que um desses
exploda e contamine a atmosfera,

para termos 50 anos difíceis.

Parece que há pessoas
vivendo aqui além de nós.

-Não na superfície, mas estão presentes.
-Verdade.

E também não querem que a
terra deles seja danificada.

Exato.

Há outros seres extraterrestres
que vivem na Terra.

Também há seres antigos
que sempre viveram aqui.

Não extraterrestres,
mas eles estão aqui

desde o início dos tempos,
os primeiros seres.

É algo que podemos discutir
em outro programa.

Claro.

Quando você mencionou os
aquíferos transversais

que ficam abaixo dos
oceanos e continentes,

me lembrou de uma informação
que o Corey conseguiu,

algo que ele de fato viu, que
eram corredores enormes,

planos no fundo e
circulares na superfície,

bem grandes e debaixo da água.

Seria possível navegar
um submarino neles.

Eram bem retos e percorriam
longas distâncias.

Ao que parece, alguns dos nossos

usou um desses para chegar
mais ao norte da Antártida.

Já ouviu falar em construções…

-Já.
-…ou túneis?

É, mas… foram feitos pelo homem.

Não foram feitos pela Terra.

Mas são antigos.

Não foram feitos pelos
nossos humanos.

-Não?
-Foi o que eu quis dizer.

-Tudo bem.
-Certo.

Foi o que ele quis dizer.

Cavernas encontradas nos
Estados Unidos e no México

passa direto pela Terra
até a Antártida.

E elas foram modificadas,
não sei por quem ou quando.

Foram transformadas
em tubos de lava,

todos perfeitos, grandes, do tamanho
de campos de futebol americano,

para que esses submarinos e
outros meios de transporte

de alta velocidade,
navegassem por esses canais.

É um trânsito próprio.

Não vai só para a Antártida,
mas também volta.

-Para onde?
-O mesmo lugar.

-As Américas?
-Sim.

Sem se aproximar do núcleo.

Eles têm ideia de quando
foram feitas ou quando?

Não conheço a história.

Só sei que existem através
de imagem de satélites,

através de radares e informações.

E esses túneis maiores
que vão para Antártida

são todos submersos em água

ou alguns são só vazios
na terra que passa ar?

Há túneis menores que vão
de caverna em caverna,

mas são conectados e
são cheios de água.

Pois é.

-As cavernas também?
-Sim.

-Sério?
-Sim.

É um aquífero gigante. Como
eu disse, são conectados.

E, por causa desses túneis,

acho que há infiltração
nos aquíferos do planeta.

Uma das informações que
recebi do Pete Peterson

dizia que alguns elementos
da Aliança estão preocupados

com a habitabilidade da
superfície da Terra,

e que começaram a bombear algumas
cavernas enormes subterrâneas

abrindo mais espaço para
quando as pessoas precisarem,

e um dos efeitos colaterais
é que criaturas estranhas

que não deviam existir,
estão aparecendo na costa.

Você ouviu falar sobre
esse plano ou operação?

Sei sobre a construção de
cavernas. Isso é verdade.

Sobre bombearem as cavernas e
depois vedá-las, é verdade.

Sobre seres saindo da
Terra oca ou algo assim,

eu não duvido disso, porque há

atmosferas interiores
dentro da Terra

com suas próprias formas de vida

que não foram descobertas
ou reveladas à população.

Então é possível, que em uma
caverna com sua própria cria,

que um dos seres tenha
saído do seu mundo…

-É.
-…e chegado à superfície.

E não só isso.

Diariamente descobrem nos oceanos
novas formas de plânctons,

bactérias e coisas assim.

Diariamente.

Diariamente também temos
mortes de diversas espécies.

É interessante que agora,

especialmente as coisas que
estão vindo do espaço…

Temos satélites gigantes
no espaço que só coletam.

É como se fosse um
filtro de ar gigante.

Eles mandam para lá, depois voltam.

Balões metrológicos que enchem

de bactérias novas que
nunca foram divulgadas.

-Muito legal.
-Do espaço.

E falávamos daquele urso
d’água… Como se chama, mesmo?

-Tardiaradas.
-Tardiaradas.

Vivem no vácuo, eles
voltam e ficam bem.

-São incríveis.
-Ficam vivos.

Fiz parte de projetos

em que queriam descobrir
como poderíamos ser assim.

-Sei.
-Mas, sabe…

Como manter o corpo.

Você disse que não temos
tempo, mas nosso tempo acabou.

-Tudo bem.
-Volte na próxima.

-Agradeço o convite.
-Obrigado.

E obrigado por assistirem.
Este é o ”Revelação Cósmica”.

Sou David Wilcock e estou
aqui com Emery Smith.

REVELAÇÃO CÓSMICA

POR DENTRO DO PROGRAMA ESPACIAL SECRETO
COM DAVID WILCOCK

PRONTO PARA CONTAR A VERDADE?

Os e-mails são criptografados e
não podem ser compartilhados.

 

Corey Goode temporada 10 episódio 9
Disclaimer:
1. Os artigos são escritos em português do (Brasil ou de Portugal) ou numa mistura de ambos.
2. Os autores não usam facebook, portanto se tiver alguma pergunta, coloque aqui no site, na secção dos comentários (não do facebook)
3. Os artigos colocados neste site, são diferentes dos colocados nos meios de comunicação de massas. Não significa que os autores concordam ou discordam com os mesmos. Você deve usar a sua intuição com aquilo que ressoa ou não consigo. Ninguém é dono da verdade absoluta e este site não foge à regra.

Partilhar no Facebook

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.