revelação cósmica temporada 09

S09E09 Criaturas Híbridas e Bases Secretas (Emery Smith)

Partilhar no Facebook

Um breve resumo do episódio:
O convidado é novamente Emery Smith, o novo denunciante. Este é o quinto episódio com este convidado.
Fala em detalhe sobre o ADN (DNA).
Fala sobre  o capitão Bill Uhouse que diz que os grey’s são humanos do futuro (neste caso, não concordamos e já expusemos a verdadeira história dos Greys aqui
Fala das naves que podem ir ao fundo do mar ou até atravessar o interior da terra. estas naves adaptam-se sempre ao obstáculo de forma a passar por ele.
Fala-se dos seres “kappa”.
Fala-se do Experimento Filadélfia e de Gerry Vassilatos em que recorde-se navios foram teletranportados da Virgínia para Filadélfia e vice-versa.
Fala dos Portais que ainda não dominamos a 100% (ainda há riscos de se perderem humanos).
Emery Smith falas das bases secretas e que normalmente são colocadas onde antes haviam instalações extraterrestres ou naves de extraterrestres.
Confirma que na Antártida existe uma nave extraterrestre gigante no gelo e à medida que o gelo derreter devido ao calor, passará a ser vista. Aí teremos as revelações (nota do autor do site: a Antártida é uma das chaves para a divulgação da verdade).

S09E09 Criaturas Híbridas e Bases Secretas (Revelação Cósmica ~ Emery Smith)
S09E09 Hybrid Creatures and Secret Bases (Cosmic Disclosure)

Assista ao episódio clicando no link abaixo, usando o browser chrome:
https://drive.google.com/file/d/1CF1Abl-p6SvBKJVsT9UTB-G5Q0IWjmef/view?usp=sharing

Se der erro, use o browser chrome em modo anónimo (teclando Ctrl + Shift + n) no PC e se necessário, antes tem de fazer logout do seu gmail. Se ainda não conseguir, aceda a partir de outro PC. Alerta-se que os episódios têm sido retirados da internet, portanto se detetar que o episódio foi denunciado, faça um comentário (não no facebook), para indicarmos outro link.

Episódio com legendas em português do Brasil (para quem não deseja assistir ao vídeo):

revelação cósmica temporada 9 episódio 9

REVELAÇÃO CÓSMICA – POR DENTRO DO PROGRAMA ESPACIAL SECRETO COM DAVID WILCOCK

Criaturas Híbridas e Bases Secretas

Bem-vindos de volta ao ”Revelação Cósmica”.

Sou David Wilcock. Estou
aqui com Emery Smith.

Estávamos falando desse conceito

de que você não ficou
muito surpreso

com a ideia de seres
híbridos muito complexos

feitos pelo nosso governo,
mesmo no começo desse período

que você ficou nos laboratórios
Sandia, em Los Alamos.

Sinto que há algo faltando aqui.

O quanto você sabia sobre programas
de hibridização genética

antes de começar a trabalhar
com esses “filés de salmão”?

Não sabia de nada.

Meu nível de autorização
era muito inferior.

Isso só foi acontecer
depois de um ou dois anos,

devido ao que eu estava
dissecando ou seja o que for,

isso levou a outras instruções,

que levaram a outras instruções,
porque vários desses seres

tinham ligação com naves.

Quando entrei nessa área,

comecei a mexer com coisas

que tinham a ver com hibridização.

Disseram-me uma vez

que uma das amostras
era de um híbrido.

Descobri assim as hibridizações.

Eles não esconderam isso
durante essa reunião em grupo.

Que amostra era?

Era um híbrido de quê? Como era?

Parecia um tigre.

Era tipo um ser meio
humano e meio tigre.

-Sério?
-Sim. O DNA tinha pelo.

Era muito humanoide e só
tinha 1,5 m de altura.

Sua aparência era
muito desfigurada.

Não era exatamente

como os seres que vemos nos filmes,

que têm um par de olhos perfeitos,

um nariz alinhado.

Era deformado de uma
forma muito horrível.

Não sei dizer que DNA eles
usaram para fazer essa criatura.

Só sei como era sua aparência.

Entende?

Ele tinha traços felinos,
como os de um tigre,

e tinha olhos verdes muito grandes.

Tinha bigodes de gato,

o corpo era muito pequeno e frágil,

e ele também tinha pelo normal.

Já vimos casos de pessoas
que tentaram cruzar

leões e tigres, ou outras
misturas diferentes.

Lembro-me de que, em
alguns desses casos,

os animais tinham uma
aparência debilitada.

-Deformações estranhas no rosto.
-Sim, já ouvi isso.

E coisas do tipo.

Você acha que esse ser era
um protótipo que deu errado?

Com certeza.

Acho que era um protótipo
que deu muito errado,

não sei para que ele serviria.

Acho que só estavam tentando,

como já vinham fazendo há muitos
anos, mesmo antes de eu entrar,

baseado em algumas coisas que
eles me revelaram depois

nesses projetos.

Estavam misturando todo tipo de DNA

com o DNA humano,
incluindo DNA vegetal

e DNA de outros mamíferos
dos mares e oceanos.

Para que você acha que eles
usariam esse ser metade tigre?

Sei que é só uma especulação.

Minha especulação seria

um ser criado para uso militar,
para ser usado em operações,

em programas de supersoldados.

Seriam usados como
nos velhos tempos.

O Império Romano tinha
centenas de mastins.

Foram encontradas centenas
de túmulos coletivos.

Os cães corriam junto aos cavalos,

pulavam nas pessoas,

e os cavaleiros
lanceavam os inimigos.

Eram usados para derrubar pessoas.

O plano deles devia ser,
talvez em uma guerra futura

ou algo assim, soltar essas
máquinas mortíferas híbridas.

Em vez de usar humanos, é claro.

Primeiro esses seres,
depois os humanos.

No futuro, provavelmente,

acho que serão clones e drones.

A guerra será lutada em
uma sala de computadores.

Já lhe perguntei isso antes, mas
queria saber mais detalhes.

Você disse que um clone
pode ter memórias

implantadas em sua mente,
acreditando que ele tem

-uma identidade que viveu por alguns anos?
-Sim.

Eles podem programar o cérebro.

Porque não é só o cérebro natural.

Eles colocam modulações

por meio de sensores
muito pequenos e…

Não sei explicar. A fiação.

-Implantes.
-Sim, implantes que estimulam

certas partes do cérebro.

Eles também podem
baixar informações

e fazê-lo acreditar que você é a
Marilyn Monroe ou o David Wilcock,

ou seja quem for, e aqui está
o que aconteceu com você

nos últimos 25 anos.

Você simplesmente acorda
um dia e vai trabalhar

ou alguém vem buscá-lo,

e é tudo o que você sabe.

É possível armazenar as memórias
e a personalidade de alguém

em um disco rígido, como
armazenamento de dados?

Nunca vi isso.

Sempre me perguntam isso
por causa dos filmes,

como “Avatar”. A questão
da consciência.

Mas nunca vi isso,

pois você precisa do DNA.

Só seria possível se tivessem
seu DNA, porque o DNA engloba

tudo que existe no universo,

inclusive o protótipo
específico de quem você é

e todas as experiências
conscientes que já teve.

Acho que hoje em dia
eles já devem ter algo

que seja capaz de armazenar
o seu DNA por muito tempo

sem danificar aquela parte dele

que mantém a memória
consciente implantada nele.

Outro informante
relatou que trabalhava

numa base que talvez fosse a Área
51, embora ele não tenha dito isso.

Acho que chegou a dizer.

Ele disse S4, que é a Área 51.

Ele relatou que eles
tinham um cachorro,

um cachorro do deserto
que havia aparecido

e que começou a aprender
certos truques.

Então, o cachorro morreu
e eles o clonaram,

porque gostavam muito do cachorro.

Eles descobriram que cada clone

tinha as memórias do
cachorro anterior também.

Então, eles começaram
a concluir que o DNA

era só o endereço físico de
uma consciência energética

que vai além do DNA.

-O que você acha?
-Eu concordo.

O DNA é só a nossa
interpretação tridimensional

da energia que somos.

O corpo de luz e tudo
que ele armazena.

Chamamos de DNA porque é isso
que a nossa ciência ensina.

Porém, é no campo dessa molécula,

ou seja o que for, um tetraedro,

dependendo da sua crença.

Eu concordo que seja
algo energético.

Ele se referia ao DNA,

e parece que eles se referem
a ele como um sintonizador,

ele sintoniza esse
aspecto energético.

Sim, é um rádio. Correto.

É um tipo de dispositivo,
de certa forma.

Como isso se encaixa nas
memórias programadas?

Como podem inserir memórias
que você não tinha?

Ou eles fazem o clone
pensar que é você

e acessar seu banco
de dados de memória?

Sim, eles têm um…

Não participei desse programa,

mas eles têm algo que faz
isso que você disse.

Algo que emite esse DNA ou
essa frequência energética.

É como o campo morfogênico.

Todos estão em toda
parte, tudo é tudo.

Essa energia, de alguma
forma… Se eu quiser crer…

Se eu quiser ser você, se
eu acreditar que sou você,

eu serei você, porque
somos o mesmo.

Acho que eles descobriram

como mudar essa memória

de quem você é no DNA

usando isso que você disse,
uma frequência nesse campo.

Estou só especulando.

Meu informante do programa
espacial secreto, Jacob,

que está envolvido de forma
muito profunda e complexa,

e que diz já ter visitado…

Acho que mais de 2 mil
lugares fora do planeta

através de portais que
alega ter visitado.

Ele é muito confiável.

Ele disse uma vez

que certos membros da elite

podiam… Parece que
há uma máquina

com a qual eles podem
transferir a sua personalidade

e a sua consciência para
um corpo mais jovem…

Você pode ser
transferido de um corpo

para outro corpo hospedeiro.

-Já ouviu falar disso?
-Nunca ouvi falar disso,

mas já vi isso sendo
feito com outros seres.

-Sério?
-Sim.

Presumo que eles podem fazer isso

com base em algumas reuniões

das quais participei sobre
transferência da consciência.

Isso que você chama de baixar o seu
próprio campo de personalidade.

Não tenho dúvidas.

Acredito que seja
verdade, mas nunca vi.

Por que esses seres clonados

vivem menos tempo?

Quando se pega qualquer
tipo de célula…

Temos problemas com as
células-tronco agora.

Quando as pegamos e multiplicamos,
algumas delas não dão muito certo.

Quanto mais você faz isso,

às vezes surgem problemas com
células que sofrem mutações.

Elas começam a virar outras coisas
diferentes do que esperávamos.

Deve haver algo no
campo que só permite…

Ou talvez ainda nos falte
aperfeiçoar a técnica,

pois sei que o pessoal lá
de cima já a aperfeiçoou.

Acho que é nesse sentido.

Talvez isso não devesse ser feito,

e os clones vão ficando
cada vez menos saudáveis

sempre que você clona alguém

utilizando essa técnica.

Voltando aos primeiros
informantes, como Bill Uhouse,

e parece que, seja quem for que
começou… Pode ter sido a Cabala…

Foi apresentada uma
narrativa com a ideia

de que os Grays são
humanos do futuro

que sofreram uma grande redução
populacional após uma catástrofe

e passaram a clonar-se.

É como fazer várias cópias,
elas começam a ficar ruins.

E que eles têm algo chamado
de neuropatia diabética.

É uma neuropatia decorrente
de clonagem genética,

e que estão voltando e fazendo abduções
para fortalecer seu estoque genético.

Por que você acha que eles criariam
essa narrativa, se não é verdade?

Qual seria o objetivo?

Não posso comentar
porque não conheço

essa história em particular.

Só posso dizer que,

se eles forem extraterrestres de verdade
e estiverem clonando a si próprios,

devem ser espécimes perfeitos.

Certamente já teriam descoberto
como consertar essas mutações.

Se não forem espécimes de verdade,

mas híbridos que
escaparam e criaram…

Híbridos inteligentes o bastante
para criar sua própria civilização

no espaço e que agora querem
tomar conta da Terra,

pode ser que eles tenham
alguns problemas.

Já vimos vários relatos,

voltando aos primórdios
da ufologia,

de pessoas descrevendo
algo chamado de neonato.

Se um feto tiver a chance de
desenvolver-se sem a pressão do útero,

a cabeça crescerá,

e se tem um ser com proporções
fetais na vida adulta,

exatamente a aparência dos Grays.

Então, alguns ufologistas
especularam que os Grays podem ser

humanos criados em algum tipo

de tanque ou tubo
em vez de um útero.

-O que você acha?
-É possível.

Vários desses extraterrestres

podem ter DNA humano
híbrido e vice-versa.

Eu acredito piamente nisso,
porque já foi feito.

Já foi feito.

Você já soube de algum outro ser
como esse híbrido de tigre e humano,

em um programa de hibridização
do qual você tenha participado?

Não. Além desse ser, havia outro

que parecia uma versão
do tipo peixe-boi.

-Sério?
-Sim. Ele tinha um fenótipo

de peixe-boi, leão marinho ou
foca que eles estavam utilizando

e que tinha uma aparência muito
estranha e desproporcional.

Estava morto quanto o vi.

Acredito que faça parte de um
projeto em que eles misturavam

DNA de mamíferos com DNA humano.

Não sei o que pretendiam fazer,

mas o ser parecia um peixe-boi,
embora ereto e com braços e mãos.

Em relação a isso que você disse,

você sabe da existência
de alguma base

que o nosso governo ou a Cabala
possam ter no fundo do mar?

Sim.

Como ela seria, com
base no que você sabe?

Como construir uma
base no fundo do mar?

Algumas bases já existiam,

eles só tomaram conta. Elas
existem há milhões de anos.

Eles encontraram essas bases

em várias regiões e
áreas diferentes.

A maioria delas não fica
em bolhas no fundo do mar.

Elas ficam abaixo
da crosta oceânica.

Foi assim que chegaram lá.

Foram construídas
de baixo para cima.

Eles não saem da superfície

e vão até o fundo do mar com
várias tábuas e peças de aço.

É uma forma muito complexa
e avançada de construir

laboratórios marinhos subterrâneos.

-Esses laboratórios existem no mundo todo.
-Chamam de laboratórios marinhos?

Sim. Existem laboratórios
marinhos no mundo todo.

São muito pequenos.

Pode haver um pequeno no fundo
do mar, mas, debaixo dele,

existe uma base gigante.

Ela fica embaixo da crosta
no fundo do oceano.

Então, cavando até o fundo

e construindo de baixo para cima,
isso evita erosão e cataclismos?

Acho que é a forma mais segura
de construir sem ser notado.

É uma questão de sigilo.

Depois do que aconteceu há muito
tempo com os ruídos de Taos,

eles ficaram preocupados, achando

que as pessoas estavam
descobrindo esses túneis,

mas agora eles usam uma
técnica diferente.

Como você sabe, eles fazem tubos
de lava, derretem as rochas e…

Não perfuram como antes.

Existem imagens de brocas antigas

que tinham 45 metros de diâmetro.

Isso é passado.

Os céticos podem dizer

que nós mal conseguimos

enviar submarinos a esse
nível de profundidade.

A pressão destruiria
qualquer tipo de tecnologia.

Como eles superaram essas
limitações da pressão?

Não, eles não usam submarinos.

Eles usam nossos veículos
de reprodução alienígena.

Criamos a nossa própria
força gravitacional.

Ficamos no nosso próprio
campo gravitacional,

ele nos protege.

É assim que vamos ao espaço.

Por isso vemos OVNis e outras naves

entrarem direto na água, sem parar.

Estão em seu próprio ambiente,

sua própria gravidade,
sendo fácil transportar

pessoas, equipamentos e
o que for necessário.

Eles têm uma ligação
direta com esses túneis,

e há vários túneis no mundo todo.

E eles conseguem gerar gravidade
suficiente para contrapor

a pressão do oceano?

Com certeza.

Eles podem mudar de tamanho
de modo transdimensional.

Como seria isso?

Eles se desmaterializam,
mas ainda estão lá,

só que levemente fora
desta frequência.

Então, as leis científicas deste
planeta deixam de funcionar.

Isso vale para qualquer planeta.

Podemos ir a qualquer lugar.
Podemos atravessar a Terra.

Dentro da nave, se eu quiser
ir em direção a uma árvore,

assim que a árvore aparecer,

a nave muda de dimensão.

Ela pode se encolher ou mudar
de frequência levemente,

de modo que sua estrutura atravesse
ou dê a volta na árvore.

É isso que eles fazem.

Você acha que esses seres peixe-boi

podem ter sido criados
para trabalhar no oceano?

Não, acho que era só um experimento
científico que deu errado.

Acho que eles estavam tentando…

Provavelmente estavam estudando
mamíferos mais inteligentes,

mas começaram com uns diferentes.

Não sei dizer por que
escolheram esse.

Só descrevi sua aparência.

Não sei se usaram
DNA de peixe-boi,

é só uma hipótese
baseada no que vi,

na aparência do rosto e da pele,

que era muito interessante.

Existem seres extraterrestres
parecidos com golfinhos

que são mais avançados que nós,

mas voltaram aqui e deixaram
sua linhagem com os golfinhos.

Acho muito interessante que, nos
primórdios da era marítima,

várias pessoas alegaram ter visto

seres aquáticos que
eram uma espécie

de híbrido dos humanos.

Isso é quase sempre interpretado

como relatos de marinheiros bêbados

ou que só viram peixes-boi.

Porém, existem ilustrações
feitas por pessoas

que desenharam esses
seres do navio.

Elas mostram, por exemplo,
um ser com rosto de humano,

mas com nadadeiras no lugar

dos braços e das pernas,

e com escamas na pele também.

Você acha que antigamente,

antes de começarmos a
explorar os oceanos,

esses ETs tinham mais liberdade
para ficar em nossos oceanos

-sem violar nosso livre-arbítrio?
-Sim.

Acho que há muitos
milhares de anos,

havia uma raça extraterrestre
que vivia nos oceanos

e que pode ter migrado para
os oceanos da Terra Interior.

Nós os chamamos de “aquíferos”,

e eles vêm de outro
planeta aquático.

A propósito, existem
vários planetas aquáticos.

Não tenho muito mais
informações sobre eles

ou como eles vivem,

mas eu obtive essas
outras informações

por meio de instruções
oficiais sobre essa raça,

e também já vi coisas no
oceano que se parecem

com esse tipo de ser.

Como eles se parecem?

-Pode dar mais detalhes?
-Sim.

É como você disse.

É uma forma humana
misturada com peixe.

O rosto é muito bonito,
com cabelos muito longos.

Existem seres desse tipo dos
sexos masculino e feminino,

e eles podem andar.

Não são como sereias,
que têm barbatanas,

embora tenham barbatanas
na parte externa do corpo,

como um choco.

Sabe o que é um choco?

Eles têm barbatanas na
parte externa do corpo

que lhes permitem locomover-se
muito rapidamente.

E eles são seres muito
fortes e altos.

Uma questão muito interessante
que quero levantar.

Viajei pelo Japão por
três semanas e meia.

Existem vários registros

de seres chamados de “kappa”, que é
basicamente um humanoide aquático.

Eles são inteligentes e
falam a nossa língua,

mas abduziam e matavam crianças.

As crianças ouviam que não
deviam chegar perto da água

por causa dos “kappa”. Mas
às vezes um “kappa” saía

e zombava das pessoas.

Eles falavam com
elas, faziam piadas,

faziam barulhos incômodos.

Outra questão estranha sobre
os “kappa”, só para finalizar,

e isso é muito consistente em
todos os relatos japoneses,

é que eles tinham uma
entrada no topo da cabeça,

do tamanho de uma xícara,

que tinha que estar cheia de água.

Se a água caísse…

Se você os convencesse a
curvarem-se e a água caísse,

eles morreriam rapidamente
se ficassem sem água.

Essa é uma lenda japonesa famosa.

O que você acha que esses
“kappa” eram, só especulando?

-Isso foi na antiguidade, certo?
-Não.

Talvez alguns séculos atrás.

Isso com certeza

parece um experimento de
ser híbrido que deu errado

por causa da água…

Isso que você disse sobre a água.

Eles fazem vários seres,

esperando que vivam na Terra,
mas quando misturam DNA…

Principalmente com seres aquáticos…

Não funciona bem por causa
do oxigênio e da água

de que esses seres
precisam para sobreviver.

É como os peixes, que têm
guelras, e os tubarões.

Eles preferem esses outros animais

que conseguem prender o
fôlego por 24 horas,

como certos tipos de
bagre e salamandras.

Acho que nunca tinha
ouvido essa história,

mas ela me lembra um
pouco outros projetos

que podem ter dado errado
quando eles tentam manter vivos

os seres que eles criam tanto
na água quanto na terra.

Esse é o objetivo do supersoldado.

Conseguir sair do
planeta e sobreviver

no vácuo do espaço, como
alguns organismos que temos,

e conseguir sobreviver por
conta própria, sem ajuda,

mas podendo ser controlado.

Você acha que esses outros
planetas que são como a Terra,

não têm terra acima da superfície

e o planeta inteiro
é um grande oceano?

-Acho que sim, com certeza.
-Certo.

Então, é possível que uma espécie
de humanoide inteligente

possa evoluir nesse
planeta, dentro do oceano?

Sim, com certeza.

O mais engraçado é que já vi alguns
cientistas especulando sobre isso.

Eles dizem que vida inteligente
não pode surgir num oceano,

porque teriam que fazer fogo, mas
não poderiam queimar nada na água.

Quanta ignorância!

Temos várias espécies
aqui que vivem muito bem

e são mais conscientes que nós.

Só porque não conseguimos
nos comunicar com elas,

não precisamos aliená-las,
como os golfinhos.

O cérebro deles é
maior que o nosso.

Tudo se resume à comunicação.

Só porque não conseguimos
nos comunicar com alguém,

é muito triste tratá-los como
se fossem inferiores a nós.

Temos que mudar isso.

Por que você acha que
os “kappa” morriam

quando ficavam sem água
na entrada da cabeça?

Eu diria que tem algo
a ver com a tensão,

pois a água salgada do corpo não
permite uma tensão especial,

e eles devem precisar de voltagem
para manter o corpo funcionando.

Não acho que seja pela
respiração ou algo assim,

pois eles não arriscariam a
vida vindo à superfície.

Porém, todo ser vivo
emite um tipo de tensão

ou uma frequência,

sendo isso que define a vida.

Já ouvimos vários relatos sobre
o Experimento Filadélfia.

Se você pesquisar sobre o
cientista Gerry Vassilatos,

ele relatou que, no
estaleiro naval de Norfolk,

eles estavam soldando

vários navios de guerra na
época da Segunda Guerra.

Quando faziam a solda por arco,

eles viam um clarão de luz

e ficavam sem energia.

Não entendiam o que
estava acontecendo.

Por fim, fizeram uma
filmagem de alta velocidade

e descobriram um buraco,
como um buraco negro,

que sugava ferramentas e objetos

antes do corte de energia.

Parece que foi isso que levou
ao Experimento Filadélfia,

em que um navio supostamente
foi transportado da Virgínia

até Filadélfia,

daí o nome do experimento, e
depois voltou à Virgínia.

Você acha que isso foi um protótipo

do que depois virou a
tecnologia de portais,

que foi aperfeiçoada?

Será que o Experimento
Filadélfia serviu para isso?

Os portais existem.

Há muita pesquisa

sobre portais que já fizemos

sem usar certos pontos
da grade da Terra.

Para discutir os detalhes,

eu teria que saber mais
sobre o tipo de solda,

a energia que era consumida

e os campos de energia
eletromagnética.

Era uma solda eletrostática
de altíssima tensão.

Perfeito. É disso
que você precisa.

Portanto, é muito possível

que eles se
teletransportassem assim

ou tivessem um aparelho para isso.

Por que você acha que os
soldados ficaram presos

no casco do navio, como relatado?

O que pode ter ocorrido?

Só uma falha no sistema.
Acontece muito.

Perdemos muita gente nos portais.
Ainda não dominamos isso.

Ainda não dominamos isso?

Não, ainda não.

Eles funcionam.

Já conseguimos usá-los,
mas não são 100% seguros.

Mas é como dirigir um carro.

Outra coisa que você me contou
que achei interessante,

e acho que este é um bom momento,

é que você me disse em
conversas particulares

que os locais onde escolhemos
construir bases militares

podem não ser aleatórios.

Quais são os motivos secretos

por trás da localização
de certas bases?

Não são todas as bases, só
algumas. Como eu disse antes,

elas foram construídas em
certos pontos do planeta

onde já havia outras bases antigas.

Algumas dessas bases antigas

já tinham aparelhos de energia, naves
alienígenas e portais que funcionavam.

Então, era só escavar,
entrar na base e reocupá-la?

Não reocupar, mas estudar e
fazer engenharia reversa.

É claro, como eles estavam
construindo certos portais

ou certos aparelhos,

era necessário colocá-los
no mesmo ponto

ou tentar ativar certos
portais que já existiam.

No começo,

lá nos anos 1940 e 1950,

havia várias bases

que eles exploravam com
radares especiais,

examinando o subsolo, mas já
aprimoraram a tecnologia.

Eles escolhiam pontos específicos,

onde montavam os laboratórios.

Os laboratórios de Sandia ficam
na Base Aérea de Kirtland,

com os de Los Alamos ao norte,
mas todos eles são conectados.

Acho que no mundo
todo… Não só aqui,

mas as bases militares
de outros países,

depois de pesquisar onde ficam,

elas ficam sobre
pontos interessantes.

Já houve vários espetáculos

de vários fenômenos

nessas bases que
foram testemunhados

por civis nesses lugares.

Então, você está dizendo
que, em certos casos,

uma base militar
pode ser construída

sobre os escombros de uma nave
alienígena no subsolo de alguma região?

Com certeza, ou uma
base que já existia

desde a antiguidade ou que
pertencia a extraterrestres

que a abandonaram.

Isso bate com outras informações
que obtivemos de outras fontes.

Então, existem casos
em que as naves

seriam muito grandes,

até colossais?

Sim, muito grandes.

A Base Aérea de Kirtland
é a quinta maior

base terrestre do mundo.
É necessário analisar

vários parâmetros diferentes,
se você quiser associar

e comparar todas as bases, se
estiver interessado nisso.

Existem naves que são
muito, muito grandes

e estão presas na crosta da Terra.

Já vi fotos.

Usamos um tipo muito
especial de radar

que é confidencial e
tem uma resolução

400 vezes maior que um
aparelho de tomografia.

Ele tem um fluxo inverso
de energia de frequência

que mede o tempo que leva para
que essa frequência volte

com informações para criar
uma imagem volumétrica.

Sim. Você chegou a
me mostrar isso.

Não deve ser para
distribuição ao público,

mas você me mostrou coisas
muito interessantes

de uma base subterrânea

-que com certeza é secreta.
-Sim.

Algumas dessas naves
podem ter 2,4 metros

até uns 50 km de comprimento.

Algumas das estruturas subterrâneas

chegam a ser tão grandes…

10 vezes maiores que
as pirâmides de Giza.

Mas elas são piramidais,
em alguns casos?

Sim, elas têm esse formato.

Ou pirâmides invertidas,
como tetraedros…

Uma em cima da outra,
no outro sentido.

São formatos incríveis e
ficam no fundo da Terra,

e há várias coisas dentro delas.

Por exemplo, digamos que temos

uma nave de 50 km de
comprimento no subsolo.

Quantos funcionários
seriam necessários

para explorar só essa
nave? E há quanto tempo

isso está ocorrendo nessas bases

cheias de coisas legais?

Levaria muitos, muitos, muitos,

muitos anos até que…

Não é o mesmo que invadir uma tumba

onde há uma múmia, e todo mundo vem

e rouba tudo.

Eles são muito cuidadosos.

É como na Antártida, com
tudo que está ocorrendo lá,

seria necessário montar uma equipe
para pesquisar esse tipo de base…

Diria que é uma nave,
uma base subterrânea.

E há vários parâmetros,
como a profundidade,

o tipo de rocha,

como chegaremos lá.

A primeira coisa que fazem
é a imagem volumétrica.

Então, eles planejam

e recriam tudo na superfície.

Eles mapeiam tudo o que veem

e fazem uma maquete exata

na superfície da Terra ou em uma
base subterrânea secretamente,

para analisar o que acharam.
É claro que não será…

Quando a equipe desce lá,

eles usam realidade
virtual para isso.

Quando a equipe entra,

quando eles estão dentro dessa
área da nave ou seja o que for,

ainda existe energia na nave?

Ainda está ligada?
Existem seres lá dentro?

Se existirem, eles estão
vivos ou estão congelados?

É isso que eles fazem.

Eles são muito detalhistas
quando entram

para explorar.

Não é algo geral,

só entrar e escavar
com uma escavadeira.

É um processo lento e bem pensado.

É muito perigoso, não sabemos
onde estamos pisando.

Você tem que entender que pode
haver micróbios lá dentro

que podem sair e
infectar o mundo todo.

Então, eles têm que
fazer túneis a vácuo

com sistemas de pressão
negativa do ar.

É um projeto muito
dinâmico e trabalhoso.

Pode demorar 20, 50, 100 anos
para executar um projeto desses

com todos esses parâmetros
que estão envolvidos.

Seria um descuido
terminar este episódio

sem perguntar isto rapidamente:

você está confirmando que existe

pelo menos uma grande nave-mãe
sob o gelo da Antártida?

-Sim.
-Certo.

Temos vários outros
testemunhos sobre isso,

do Pete Peterson, do Corey Goode

e outros informantes também.

Nós dois nunca havíamos
falado sobre isso,

por isso achei incrível
que você soubesse disso.

Não será o povo.

Não seremos nós a expor isso tudo.

A Terra é que vai expor
isso por causa do calor.

Eles não podem controlar
o calor agora.

Como não podem controlar o calor,

será muito difícil explicar tudo
quando parte da neve derreter

ano que vem

e expor essa nave gigante com
vários metais diferentes.

A Gaia fará a revelação.

A Terra é que vai revelar
tudo, e isso é lindo.

-Vamos ajudar a Gaia.
-Sim.

-A Gaia vai ajudar a Gaia.
-Sim.

Você entendeu.

-Não é lindo?
-É incrível.

Muito bem. Não queria
terminar em suspense.

Até a próxima,
no ”Revelação Cósmica”.

Sou David Wilcock e estou
aqui com Emery Smith.

Obrigado por assistirem.

REVELAÇÃO CÓSMICA

POR DENTRO DO PROGRAMA ESPACIAL SECRETO
COM DAVID WILCOCK

PRONTO PARA CONTAR A VERDADE?

 

Disclaimer:
1. Os artigos são escritos em português do (Brasil ou de Portugal) ou numa mistura de ambos.
2. Os artigos colocados neste site, são diferentes dos colocados nos corruptos meios de comunicação de massas. Não significa que os autores concordam ou discordam com os mesmos. Você deve usar a sua intuição com aquilo que ressoa ou não consigo. Ninguém é dono da verdade absoluta e este site não foge à regra.

Partilhar no Facebook

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments