Informantes, Maria Madalena

MARIA MADALENA – Dar à Luz o Novo 01.09.2017

Partilhar no Facebook

Quando a transição ocorrer – quando o véu finalmente desaparecer, a necessidade de cura será enorme, e o aspeto Feminino Divino dos nossos seres precisará de estar na vanguarda. Eu escutei uma mensagem canalizada de Maria Madalena (chamada de MM a partir de agora) e tomei muitas notas que eu adoraria partilhar consigo agora. Gostaria de salientar que estas são notas e não uma transcrição completa do programa.

Antes de Maria Madalena chegar, o canal Linda Dillon e a anfitriã Susanne Maresca falaram sobre terem experimentado um sentimento de vazio após a meditação do eclipse solar que ressoou imediatamente com a minha própria experiência.

Quando MM chegou, ela explicou que estávamos esvaziados por um motivo. Ela sugeriu que devíamos preencher esse espaço com a energia feminina. Estamos num ponto em que o próximo capítulo será o cumprimento da nossa missão e, se for “atribulado/cheio de coisas dentro de nós”, será difícil saber o que é exigido de nós. Ela sugere que devemos “respirar cor-de-rosa e deixar ser”.

MM continua a lembrar-nos que estamos a viver em Gaia, um planeta feminino, e como esse conselho que ela traz não é sobre a Ascensão, mas sobre o surgimento do modo de viver no feminino e não, naturalmente, do descartar do Divino Masculino. Ela lembra-nos que os modos de caça egoístas de energia masculina estiveram presentes desde há tanto tempo e são igualmente distribuídos ao redor do planeta.

Um ingrediente-chave da implementação do plano das Mães Divinas para as várias instituições e governos, etc., é que elas se tornem instituições amorosas e que, até agora, essas estruturas de poder não mudaram o suficiente para incluir o feminino. Todos nós devemos ser âncoras físicas da nova energia divina femenina.

Tempo de Transição

Vai parecer, à medida que avançamos, que a energia do único elemento do Feminino Divino será fortalecida e, talvez, até desproporcionalmente. É vital que a energia do Divino Feminino se torne forte em ambos os sexos. Isso precisa acontecer, e está a ocorrer, porque a demissão anterior, o desprezo pelo Divino Feminino está a ser eliminado.

O Recente Eclipse Solar

MM lembrou-nos o exemplo de que a nossa Lua feminina apenas ofuscou o nosso Sol, embora este seja maior e mais brilhante. Este ofuscar não prejudicou o Sol, e ele reapareceu brilhante. Agora precisamos permitir que o Feminino Divino passe por nós. O plano das mães é que devemos sentir-nos vazios neste momento porque estamos a ser recalibrados a todos os níveis.

Ao mesmo tempo, tem havido um aumento daquela velha energia negativa masculina de usurpação do poder. Mas está a ir embora – está a ir pelo ralo.

Não pode ser excessivamente exagerado, diz MM, que mantém o espaço sagrado para nascer o novo em equilíbrio e cooperação. Devemos equilibrar o divino feminino e masculino. Quando Maria Madalena e Yeshua estavam aqui, eles caminharam lado a lado para fazer nascer o novo. Ela explicou como as mulheres anteriormente desempenharam um papel mais de bastidores, que era o modelo desse tempo. Ela diz-nos que Yeshua a elevou, conhecendo a plenitude da sua pessoa, a sua missão e o seu propósito, que estava mutuamente interligado com o dele.

A nova energia é tão forte que as pequenas reações egoístas se dissipam à medida que nasce o Divino Feminino em formação.

Então, MM fala sobre as pessoas com quem lutamos como o assassino, o ladrão, etc. e lembra que Yeshua nunca disse a ninguém que não poderia estar lá porque “não faz parte do nosso sistema de crenças”. Ele conhecia a Verdade dos seus corações e Ele acolheu-os, ele nunca vacilou, todos foram bem-vindos conscientes ou inconscientes, porque Ele sabia que o nosso Amor iria penetrar neles, e eles voltaram novamente.

Nesta fase de transição e de ação, precisamos de lembrar que os homens, especificamente, foram programados para acreditarem que deveriam ser fortes, exercerem o poder de liderança e assumirem o controlo. Caso contrário, muitas vezes seriam considerados “menos do que”, mariquinhas, etc… ou até mesmo covardes. Tudo isso é absurdo e os homens também podem cooperar em maneiras amorosas e deixar as antigas e poderosas maneiras usurpativas.

O Arcanjo Miguel – Arcanjo da Paz e Guerreiro do Amor, encoraja-nos a encontrarmos o equilíbrio da Paz profunda, ancorada na fibra profunda dos nossos corações, de modo a desempenharmos o nosso papel na ancoragem da Paz na Terra. Encontrar essa Paz profunda que, em parte, é baseada na confiança, não facilmente alcançável e exige um trabalho árduo de nos desligarmos das muitas vidas onde o controlo tem sido uma necessidade de sobrevivência.

Mas MM lembra-nos que mesmo quando achamos que Paz interior isso NÃO significa permitirmos que outros nos atropelem. Às vezes, o Divino Masculino pode ser forte (eu lembro-me agora de Yeshua a escorraçar os fabricantes de dinheiro para fora do templo), “este não é o caminho que eu escolho – vá embora”. Então, o masculino divino é vigoroso às vezes, mas não constantemente. Se tentarmos viver nesse nível de força, negará ao homem e à mulher a alegria do Amor, a alegria de serem nutridos. MM diz que nutrir de ambos os lados é uma necessidade nascida do Amor de formas que são gentis e consideradas, “onde existe dar e receber, e o dar e receber, sim, é um reflexo da necessidade, mas também nasce do Amor “.

Os nossos novos governos e instituições precisarão de algo que tem faltado: simplesmente bondade e consideração.

Como se está a sentir neste momento?

MM dá bons conselhos sobre como dar e equilibrar. Sabendo quando avançar e quando recuar. O objectivo é saber fazer em equilíbrio porque, se se desgastar, como implementador do novo, acabará sem energia. Para além disso, ela realça que vamos negar-nos a diversão – esse trabalho não é suposto ser tedioso mas sim é divertido. Neste ponto, Susanne Maresca destaca:

Suzi: parece mais divertido quando chega a um ponto de confiança, mas chegar a esse ponto de confiança leva muito trabalho pessoal.

Aqui, MM dá alguns conselhos muito importantes a qualquer um que ainda esteja a lutar com sentimentos de qualquer tipo que nos negam o sentimento de confiança e calma enquanto avançamos na nossa autoridade divina como verdadeiros seres soberanos.

Ela diz: pergunte-se a si mesmo o que está a sentir e depois tire a ficha e deixe-se ir!

“O que está a sentir?” E puxe a ficha! Puxe a ficha no fundo do seu coração, puxe a ficha da sua raiz, puxe a ficha da sua coroa – e deixe-se ir!

E se precisar de ajuda de um círculo de suporte de qualquer tipo, então faça isso! Porque a única coisa com que cada um de vós veio foi uma sobrecarga, uma abundância de determinação. É por isso que está aqui!

Não está aqui, particularmente não agora, para experimentar a tristeza. Existem coisas tristes no seu planeta? Sim, mas não viva o desespero. Existem circunstâncias e pessoas desesperadas e coisas desesperadoras no seu planeta? Sim, mas não carregue isso, deixe-se ir e seja o Amor – e assim estará a fazer o seu trabalho! Esse é o trabalho mais essencial que fará nesta ou em qualquer outra vida!”

Palavras Finais

Suzi: Posso perguntar-lhe, com potencialmente vários milhões de pessoas ao redor do planeta que meditam pela Paz mundial, Unidade e Harmonia e um mundo que funcione para todos, diria que seria preciso dizer que a partir daqui os dominós vão cair rapidamente para nos levar aonde queremos estar/ser?

MM: Sim, absolutamente! E pense nisso dessa forma – o seu exemplo do dominó é perfeito. As vossas meditações foram recebidas e levaram a ações? Claro. É para isso que todos esses downloads de energia de cada um de vós recebe. Mas as meditações conjuntas e as orações pela Paz, para a mudança, para a Nova Terra, estão a comunicar-se com isso – não apenas o sonho, mas a prontidão, a excitação, o prazer de estar neste campo de Amor unificado.

Assim que eu terminei o meu relato sobre o conselho de Maria Madalena, descobri que a transcrição acabara de ser publicada, pelo que então a transcrição de toda essa mensagem está aqui:

http://goldenageofgaia.com/2017/09/01/transcript-mary-magdalene-birthing-the-new-heavenly-blessings-august-24-2017/

 

Disclaimer:
1. Os artigos são escritos em português do (Brasil ou de Portugal) ou numa mistura de ambos.
2. Os autores não usam facebook, portanto se tiver alguma pergunta, coloque aqui no site, na secção dos comentários (não do facebook)
3. Os artigos colocados neste site, são diferentes dos colocados nos meios de comunicação de massas. Não significa que os autores concordam ou discordam com os mesmos. Você deve usar a sua intuição com aquilo que ressoa ou não consigo. Ninguém é dono da verdade absoluta e este site não foge à regra.

Partilhar no Facebook

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.