2017 Artigos B.F.

Russos, Chineses e Americanos planeiam uma maciça campanha para expor o governo secreto khazariano

Partilhar:

Reuniões de alto nível entre militares chineses, russos e norte-americanos chegaram à conclusão de que uma pequena e aguda “guerra” pode ser necessária para expor os nazistas e a sua rede secreta mundial, diz a Sociedade Secreta Asiática e fontes do Pentágono. O plano para expor o governo secreto assumiria a forma de um ataque militar convencional dos EUA, da Rússia e da China contra a Coreia do Norte, dizem as fontes. “Isso forçará os apoiantes da Coreia do Norte a se mostrarem”, dizem as fontes da Sociedade Secreta Asiática.
Anos de pesquisa forense deste escritor, revelaram uma rede secreta conectando as minas de ouro no Pacífico Sul, a grade das bases da Antártida, bases submarinas ocultas, comércio mundial de narcóticos, Coreia do Norte e Israel entre outras coisas. Esta rede, criada por aliados fascistas que não se renderam no final da Segunda Guerra Mundial, acredita estar fornecendo a Coreia do Norte as suas armas nucleares e mísseis.
Por essa razão, fontes da Sociedade Secreta asiática dizem que uma campanha que retrata a Coreia do Norte como um vilão será intensificada nos próximos meses, em preparação para uma guerra curta mas intensa no início do próximo ano. Esta guerra não envolverá países como eles existem agora, mas sim seria entre forças ocultas por trás dos países, dizem as fontes. Dessa forma, russos, chineses e americanos atacariam a Coreia do Norte, que estaria apoiada por fações secretas russas, chinesas e americanas, tornando-se uma guerra entre sociedades secretas e não tradicional entre os países, concordam as fontes. O objetivo será forçar os grupos secretos que operam nos bastidores a se exporem, dizem fontes da Sociedade Secreta Asiática.
Fontes do Pentágono dizem que a Coreia do Norte e Israel são entidades intimamente ligadas. Para pressioná-los, na semana passada, tropas russas entraram no sul da Síria, em frente as Colinas de Golan, dizem elas. Ao mesmo tempo, a Rússia disparou um míssil Iskander de um Oblast autónomo judeu perto da Coreia, “para enviar uma mensagem contundente de que Israel deve devolver as Colinas de Golan”, dizem as fontes do Pentágono.

Os judeus, também, estão despertando para o facto de que os seus líderes da máfia khazariana são as mesmas pessoas que criaram o holocausto. O major-general Yair Golan, vice-chefe de gabinete do exército de Israel, comparou o mês passado o atual governo de Israel com os nazistas e se recusou a recuar, num sinal de que os khazarianos, provavelmente, perderão o controlo de Israel e da Coreia do Norte.
http://www.blacklistednews.com/IDF_Chief_Says_Israel_is_Becoming_Like_Nazi_Germany%2C_Refuses_to_Back_Down/59669/0/38/38/Y/M.html

O governo do Japão, recentemente, aprovou uma lei de conspiração que permite prender as pessoas que planeiam cometer crimes, porque deseja ter uma desculpa legal para deter todos os profissionais de guerra que devem fugir da Coreia do Norte para o Japão, uma vez que a luta irrompa, dizem fontes asiáticas.
É claro que a solução ideal seria a exposição desses grupos secretos sem ter que recorrer a uma guerra, dizem fontes da Sociedade do Dragão Branco na Ásia.

O outro assunto muito interessante abordado pelas fontes da Sociedade Secreta Asiática tem a ver com a inteligência artificial. Por mais estranho que possa parecer, existe um crescente consenso de que a realidade que estamos experimentando seja o produto de uma inteligência artificial. Isso nos foi dito no passado por um membro do grupo MJ12, pelos Illuminati gnósticos e, agora, pela Sociedade Secreta Asiática. Além disso, essa IA parece estar presa num loop.
Isso pode parecer estranho, mas ao se retroagir as notícias diárias ou mesmo notícias semanais tendo uma visão de longo prazo, se percebe uma repetição maciça em certos aspetos das notícias do mundo. Por exemplo, ao se ler artigos sobre Israel e os palestinos da década de 1970, estes seriam muito difíceis de serem distintos dos artigos que aparecem este ano. Toda a questão parece estar presa num loop de feedback repetitivo.

O mesmo pode ser dito sobre a Coreia do Norte, onde os problemas relacionados com esse país que desencadeiam mísseis que “poderiam em breve atingir os Estados Unidos”, tem-se repetido num ciclo há muitos anos. Na verdade, a Coreia do Norte lançou um satélite em 1998, o que significa que há muito tem capacidade para atingir os Estados Unidos continentais com uma arma nuclear. Então, porque esse meme do míssil norte-coreano continua a ser repetido?

Outros loops de repetição de notícias a longo prazo incluem argumentos sobre ilhas em disputa no Mar da China Meridional, questões de 70 anos relativas à Segunda Guerra Mundial, Ucrânia, Irão, etc.

O outro loop que se vem repetindo nas últimas décadas, foi o anúncio da descoberta de uma maneira de prolongamento da vida, sempre algumas semanas mais tarde seguida por alguma razão de que esse método não será perseguido.

A fonte desses laços de notícias recorrentes foi atribuída à máfia khazariana. No entanto, por mais estranho que possa parecer, quando este escritor seguiu a trilha forense de David Rockefeller, dos Rothschilds e da P2 do Vaticano, a mesma acabou levando às pessoas na Itália e na Suíça, como Vincenzo Mazzara, um cavalheiro dos Cavaleiros Teutónicos, que afirmam receber as suas ordens através dos raios gama, de uma entidade que conhecem como o sol negro.

Para aqueles que preferem olhar para o mundo real, aqui e agora, ainda há um caso claro de que certos atores na comunidade de inteligência que trabalham numa agenda secreta, continuem repetindo certos ciclos de notícias em detrimento da humanidade como um todo.

Existe a chance de, finalmente, pôr fim a esse absurdo já neste outono. Um campo de batalha fundamental será o Japão. Agora que Richard Armitage foi descartado e o agente dos Rothschild, Michael Greenberg é um homem caçado, Gerald Curtis, relativamente moderado, tornou-se o principal manipulador do Japão para as forças de ocupação americanas.

O principal agente de poder japonês, agora, é um homem chamado Kazuyoshi Kokubo, filho do imperador Hirohito, nascido de uma princesa coreana, de acordo com fontes da família real japonesa. Também, há o antigo ex-primeiro-ministro Yasuhiro Nakasone, que tem trabalhado arduamente para criar um governo favorável a Henry Kissinger, dizem as fontes. Essas pessoas poderão ser removidas, se necessário, dizem fontes do submundo japonês.

As sociedades secretas asiáticas, os chefes do submundo japonês, os militares e os chapéus brancos da agência de inteligência dos EUA concordaram que fazer do Japão um país independente, mais uma vez, seria uma troca no jogo para todo o planeta.
Se o Japão se tornasse independente, imediatamente, iria parar com a máfia khazariana de saquear os seus bancos, fundos de pensão, poupança postal e outras riquezas. Isso definitivamente puxaria o fio da tomada do governo corporativo dos Estados Unidos em Washington DC e em Israel.

O presidente dos EUA, Donald Trump, por todo o seu zelo de reforma e sua capacidade de liderança, está apenas prolongando a inevitável falência da Corporação dos EUA vendendo armas e exortando pagamentos de países vassalos. A subsidiária de Porto Rico em total default em maio e, embora não faça parte da corporação e, estados como Illinois também estão falidos. Este ano, como foi o caso há muitos anos, o governo corporativo dos EUA e seus acionistas terão todo tipo de truques para tentar chutar a falência estrada abaixo, após o vencimento do prazo fiscal, em 30 de Setembro.

Neste contexto, a Sociedade Secreta Asiática, os maiores credores da Corporação dos Estados Unidos, estão seriamente examinando uma proposta da SDB para que Canadá assuma a falência dos EUA e restabeleça esse país à democracia, ao estado de direito e à sanidade. Em tal cenário, os militares dos EUA permaneceriam totalmente financiados, desde que prometessem trabalhar para o bem maior. Isso acabaria imediatamente com a maioria da miséria e conflito do mundo.

O presidente francês, ao serviço de Rothschild, Emmanuel Macron, também está fazendo um movimento para obter controlo nos EUA. Donald Trump, o principal general dos EUA, Joseph Dunford, o chefe da CIA, Mike Pompeo e o Conselheiro de Segurança Nacional H. R. McMaster foram convidados pela França para as celebrações do Dia da Bastilha quando 200 soldados dos EUA lideraram o desfile militar. Fontes do Pentágono dizem que os franceses propuseram que eles e não os alemães, deveriam ser o principal contacto dos EUA na Europa. Os franceses também propuseram ações militares conjuntas na África e no Oriente Médio contra o ISIL e contra os chineses, dizem as fontes do Pentágono.
Os Rothschilds franceses, também, estão tentando convencer o regime de Trump para permitir que o seu escravo, o ministro japonês das Finanças, Taro Aso, seja o próximo primeiro-ministro do Japão e, assim, permitir que os Rothschilds continuem podendo saquear esse país. Alguém deveria lembrar aos franceses que a tomada da Bastilha teve como objetivo, acabar com o controlo de linhagem por pessoas como os Rothschilds.

Em todo caso, também, existe uma limpeza que continua acontecendo em Washington. Ex-líderes do antigo regime nos EUA, como a procuradora-geral, Loretta Lynch, forneceram testemunhos detalhados sobre os seus chefes da máfia khazariana, como os Clintons.

Numa nota final, agentes da máfia khazariana estão tentando dificultar este boletim. Todas as receitas de subscrição deste blog foram confiscadas, desde Março pelas autoridades fiscais japonesas num provável caso de dupla tributação. No entanto, mesmo esta falsa fatura fiscal estava começando a ser paga quando, então, agora, o Paypal está impedindo os assinantes de pagarem as suas inscrições deste blog. Como resultado, este escritor teve as suas receitas reduzidas em 80%. Agora, num último toque, depois que nosso novo time de TI criou um sistema pelo qual as pessoas poderiam pagar usando crypto-moedas, um monte de tampões usados e um urso de pelúcia sem cabeça e sangrento foram despejados na sua propriedade. Isso mostra que tipo de pessoas doentes e malignas estamos descrevendo. No entanto, não seremos dissuadidos e o time de TI, atualmente, está trabalhando na atualização do site e na implementação de um novo sistema de pagamento, baseado em cartão de crédito.

Benjamin Fulford, 17-07-2017

 

Disclaimer:
1. Os artigos são escritos em português do (Brasil ou de Portugal) ou numa mistura de ambos.
2. Os artigos colocados neste site, são diferentes dos colocados nos corruptos meios de comunicação de massas. Não significa que os autores concordam ou discordam com os mesmos. Você deve usar a sua intuição com aquilo que ressoa ou não consigo. Ninguém é dono da verdade absoluta e este site não foge à regra.

Partilhar:

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments