Glândula Pineal, revelação cósmica temporada 01

S01E10 Despertando a Glândula Pineal

Partilhar no Facebook

resumo do episódio:

Corey Goode que é um empata intuitivo fala de que quando estava no programa MILAB recebia injeções e tratamentos sónicos no meio da testa (cabeça). Era colocada também uma haste de metal na testa que enviava ondas sonoras para a glândula pineal para melhorar a parte intuitiva de nossas habilidades de empata.

DW: A glândula pineal é o centro geométrico do cérebro e que é do tamanho de uma ervilha. Tem mais sangue circulando do que qualquer outra parte do corpo, exceto os rins.

A ciência dominante diz que não sabe o que é. Porém, há células dentro da glândula pineal que são mais ou menos as mesmas que existem na retina do olho.

… antigamente as nossas glândulas pineais eram muito maiores. Jacob um informante diz que os dracos projetaram humanos para que não tivéssemos uma glândula pineal e eles ficaram muito zangados porque ETs do bem vieram e a reinstalaram. CG: era uma experiência das 22 experiências genéticas diferentes de 40 grupos que nos estavam a tentar nos tornar mais espirituais e expandir nossos corpos de luz (até atravessar as paredes de onde estávamos).

Muitos seres usam a glândula pineal para projetar a sua consciência e o seu próprio ser para outros locais físicos… (são experiências extracorpóreas ou projeção da mente).

CG: eu acho que essas representações de auréolas e auras que mostram ao redor de pessoas, que se vê em determinadas fotos, significa que desenvolveram os seus corpos de luz de uma maneira muito intuitiva e espiritual, a sua glândula pineal e desenvolveram a segunda visão e também conseguem ver os corpos de luz de outras pessoas.

Persinger desenvolveu o capacete de Deus que permite experiências…13:00.

O ioga e o tai chi ajudam a desenvolver a glândula pineal (exercícios de cabeça para baixo, aumentam a circulação do sangue na glândula pineal).

… visualizar 1 esfera energética, fazê-la mover e passando-a por dentro e através do corpo. Isso ajuda a oxigenação…

S01E10 Despertando a Glândula Pineal (Revelação Cósmica)
S01E10 (Cosmic Disclosure)

Assista ao episódio clicando no link abaixo, usando o browser chrome (watch the episode by clicking on the link below, using the chrome browser):
https://drive.google.com/open?id=1ZoR7mH_Tzts9s4tV9BhJsoWFdKlK3qnx

Se der erro, use o browser chrome em modo anónimo (teclando Ctrl + Shift + n) no PC e se necessário, antes tem de fazer logout do seu gmail. Se ainda não conseguir, aceda a partir de outro PC. Alerta-se que os episódios têm sido retirados da internet, portanto se detetar que o episódio foi denunciado, faça um comentário (não no facebook), para indicarmos outro link.

Episódio com legendas em português do Brasil (para quem não deseja assistir ao vídeo):

revelação cósmica temporada 1 episódio 10

REVELAÇÃO CÓSMICA – POR DENTRO DO PROGRAMA ESPACIAL SECRETO COM COREY GOODE E DAVID WILCOCK

Bem-vindos ao ”Revelação Cósmica”.
Eu sou David Wilcock.

E estou aqui com Corey Goode,
um informante que declarou…

ser do programa espacial secreto…

e ter acesso a informações
extremamente confidenciais…

muitas delas completamente novas
até para os veteranos mais experientes…

que estudaram OVNIs,
relatos de informantes…

informações confidenciais,
todo esse tipo de coisa.

Neste episódio, vamos examinar
um dos assuntos…

que vocês sempre dizem
em seus comentários…

e pelo que vocês viram na Internet
dos meus vídeos…

que é o assunto mais fascinante
para vocês.

Estou falando da glandula pinealis
ou a glândula pineal.

Glândula Pineal

-Corey, bem-vindo de novo ao programa.
-Obrigado.

Você poderia, em suas próprias
palavras, explicar ao nosso público…

o que ouviu sobre a glândula pineal?

O que é?

Tem uma função para nós?

O que é a glândula pineal?

Quando eu estava
no programa MILAB…

e fui identificado
como empata intuitivo…

eles estavam nos dando injeções…

e tratamentos sônicos aqui.

Injeções onde?

-Em nossos ombros…
-Certo.

…e em nossos quadris.

Quando éramos mais novos,
eles davam injeções em nossos quadris.

Quando envelhecemos,
passou a ser nos ombros.

-Parece doloroso.
-Você se acostuma.

Depois, havia uma espécie
de haste de metal…

que era colocada aqui…

e enviava ondas sônicas
para a glândula pineal.

E eles diziam
que era para melhorar nossa…

Não o empata, mas a parte intuitiva
de nossas habilidades de empata.

Você sentia uma vibração sônica
no seu crânio?

Sim, sim.

Você sentia
as ondas sônicas entrando…

mais ou menos uns 15 cm
para dentro da cabeça.

Então era muito importante
para eles…

estimular a glândula pineal.

No estudo que eu lancei
em Source Field…

tem um capítulo inteiro
sobre a glândula pineal.

Sabemos que é
o centro geométrico do cérebro…

que é do tamanho de uma ervilha.
Tem mais sangue circulando…

do que qualquer outra parte
do corpo, exceto os rins.

E a ciência dominante diz:
“Não sabemos exatamente o que é isso.”

Porém, há células
dentro da glândula pineal…

que são mais ou menos as mesmas
que existem na retina do olho.

Bastonetes e cones?

Chamam-se pinealócitos,
mas é a mesma coisa.

E também são conectados
ao córtex visual do cérebro…

pelo mesmo tipo de conexão
que temos em nossos olhos.

As tradições antigas chamam isso
de “o terceiro olho”.

E nos meus vídeos…

Nós veremos isso em futuros episódios
de Wisdom Teachings.

Há pinhas
e esse tipo de iconografia…

em todas as religiões do mundo.

Você acha que acontece algo
dentro da glândula pineal…

que esses bastonetes e cones
estão vendo?

Bom, eles diziam que era
para ajudar a estimular a segunda visão…

e as habilidades intuitivas…

e diziam que sabiam…

que há grupos separatistas
antigos na Terra…

ao qual tiveram acesso,
que têm glândulas pineais enormes.

Sério?

Eles disseram
que antigamente, todos nós…

Nossas glândulas pineais
eram bem maiores…

-Sério?
-…do que são agora.

Eles tentavam estimular…

crescimento e atividade
em nossas glândulas pineais.

Isso é muito interessante
porque o informante Jacob me disse…

que os dracos tentaram
projetar humanos modernos…

para que não tivéssemos
uma glândula pineal…

e eles ficaram muito zangados porque ETs
do bem vieram e a reinstalaram.

Você já ouviu algo assim?

Certo.

Na verdade, eu ouvi que fazia parte
da grande experiência…

de 22 experiências genéticas diferentes…

de 40 grupos…

que a experiência não era
apenas genética em natureza…

mas também espiritual…

que eles estavam
tentando nos melhorar…

de uma forma espiritual…

e que a glândula pineal…

e também algo a ver
com o nosso corpo de luz…

era algo que eles
estavam manipulando…

para tentar nos ajudar
a ficar mais espirituais…

e mais…

desenvolvidos nesse aspecto.

Agora, isso…

Obviamente não condiz
com esse grupo da Aliança Draco.

Então isso quer dizer que a Super
Federação não é totalmente negativa…

-que eles são…
-Como eu disse, é um ponto de vista.

Eles têm seus interesses…

e seus motivos
de nos manipularem assim.

Vários informantes sugeriram…

que quando você vê uma auréola
ao redor de alguém em fotos antigas…

ou em ilustrações budistas
parece mais uma coroa…

…significa que a glândula pineal
é muito mais ativa…

e tem um fenômeno iluminado.

Você viu algo assim?

Quando eu falei há pouco
sobre nossos corpos de luz…

Os exercícios
que eles nos passavam…

não serviam
apenas para ativar nossas glândulas…

mas para expandir
nossos corpos de luz até…

Eles diziam…

que quando chegássemos
no ponto que eles queriam…

nossos corpos de luz
se expandiriam…

até atravessar as paredes
de onde estávamos.

Então há uma ligação direta
entre a glândula pineal…

e o desenvolvimento
e expansão do seu corpo de luz.

Eu quero voltar
a esses exercícios daqui a pouco…

mas primeiro quero falar
de outro ponto interessante.

Pelo menos quatro informantes
me disseram…

que, se nossa glândula pineal fosse
parcialmente ativada…

para não falar
da ativação completa…

…nós poderíamos literalmente voar
pelo cosmo.

Você acha que ela é
de alguma forma um stargate?

Um stargate biológico portátil
instalado em nosso corpo…

como um hardware
que não acessamos ainda?

Sim, muitos seres usam a glândula
pineal em seus corpos de luz…

para projetar sua consciência
e seu próprio ser…

para outros locais físicos…

e depois mandar
essa informação de volta…

através da conexão
com seus corpos físicos…

e depois mudar a vibração
de seus corpos físicos…

para combinar com a vibração
do local em que se encontram.

E depois o corpo se teleporta
para esse local…

e se junta à consciência.

Isso é o que alguns chamam
de experiências extracorpóreas…

-ou a projeção da mente.
-Isso.

Há muitas terminologias diferentes…

para o que esses seres
mais avançados estão fazendo.

Só por curiosidade, você acha que…

essa é uma especulação minha…

que a auréola é a boca
de um buraco de minhoca…

e você é puxado
para dentro da boca…

quando sua glândula pineal
está aberta…

podendo voar para dentro
da auréola e viajar através dela?

Eu acho que essas representações
de auréolas e auras…

que mostram ao redor de pessoas…

são pessoas que realmente
desenvolveram…

seus corpos de luz
e suas glândulas pineais…

e se desenvolveram…

de uma maneira
muito intuitiva e espiritual…

e é assim que elas têm sido
representados na arte.

Além disso, pessoas…

que desenvolveram
seus corpos de luz assim…

têm uma segunda visão…

e também conseguem ver
os corpos de luz de outras pessoas.

No Tibete, eles têm…

um pedaço de madeira
longo, fino e afiado…

que espetam na testa de alguém…

até ferir um pouco a glândula pineal.

E isso supostamente cria
uma espécie de acesso.

Acha que eles estão usando
uma forma mais tecnológica de fazer isso…

com esse injetor sônico
que usaram em você?

Eles estão encontrando um jeito
de estimular a glândula pineal.

Como era quando você recebia
esse tratamento?

Como foi a sua experiência?

Eu tive experiências extracorpóreas.

-Sério?
-É.

Eu sentia
meu corpo de luz crescer.

Você se sente crescendo em todas
as direções para fora do corpo.

Às vezes você se sente…

expulso de seu corpo
atrás de si mesmo.

Porém, ao mesmo tempo…

você sente localmente
o que acontece em seu corpo…

a vibração sônica ocorrendo…

dentro da massa encefálica…

atrás do seu crânio.

Eu fiz um episódio de Wisdom Teachings
com o Dr. Michael Persinger…

que tem algo chamado
o Capacete de Deus.

Eles contêm injetores magnéticos
muito poderosos…

que ele pode triangular
e mirar em certas partes do cérebro.

Ele pode criar pânico e medo extremos,
pode fazer você suar…

pode criar excitação sexual…

e há certas partes do cérebro…

que ele afeta e as pessoas
têm uma experiência divina.

Agora, os céticos adoram
chamar o Persinger…

e dizer que essa é uma prova
de que não há realidade maior…

que essas experiências visionárias
são só projeções do cérebro.

Já eu acho o que Persinger
faz com o Capacete de Deus parecido…

com o que você diz
sobre as ondas sonoras.

É, parece.

Ondas eletromagnéticas
também eram usadas em nós às vezes.

Você acha que qualquer pessoa
submetida a esse tratamento…

teria a mesma experiência
que você teve?

Ou foi porque você estava preparado
com o seu treinamento intuitivo?

Eu acho que elas teriam.

Teriam algum tipo de experiência.

Desde pequeno,
eu já tinha experiências extracorpóreas…

e experiências estranhas.

Nós fazíamos viagens longas de carro,
eu ficava entediado…

e me projetava para fora do carro.

Eu me projetava e voava
por cima das placas…

por cima das montanhas,
olhava de volta para o carro e voava…

tendo uma experiência extracorpórea
em viagens longas.

Eu já fazia isso
desde pequeno, então…

Meu informante Daniel passou
por esse treinamento intuitivo…

-que ele chamou de Psy Corps.
-Certo.

E, segundo ele, era supostamente
derivado da CIA.

Eu quero falar algumas coisas
que ele disse que aprendeu…

e ver como se compara
com o seu treinamento.

Número um: calistenia inversa.

Eles o colocaram de ponta-cabeça…

pendurado pelos joelhos ou tornozelos,
para fazer abdominais…

e disseram que quanto
mais oxigênio no sangue…

e mais sangue circulando
pela glândula pineal…

Se eles pudessem
fortalecer a circulação…

dentro da glândula pineal,
no corpo em geral…

isso melhoraria suas habilidades.

Você teve algo parecido?

O mais parecido que tivemos é
que nos colocaram em salas de pressão…

salas altamente pressurizadas
e oxigenadas.

Eles nos faziam meditar…

e colocavam eletrodos tipo EEG
em nossas cabeças.

Eles nos treinavam para entrar
em estado teta, entre outros.

Eles davam a ordem para você entrar
em determinado estado…

e mediam o tempo
que você conseguia entrar…

em diferentes
pressões atmosféricas…

e níveis de oxigênio
dentro da câmara.

Acha que isso servia em parte
para ajudar vocês a funcionar…

em diferentes ambientes
extraterrestres?

Isso ocorreu
na mesma época em que…

Tudo tinha a ver com a melhoria
da sensibilidade intuitiva.

Aqui na Gaiam, nós temos
muitos vídeos de ioga e tai chi…

que as pessoas podem assistir
quando são assinantes.

É tudo de graça. Está tudo
incluído na assinatura básica.

Eu sempre achei
que calistenia inversa…

esses abdominais de ponta-cabeça
e o aumento de circulação no corpo…

Se você observar os antigos,
ioga, tai chi…

tudo se refere
ao aumento da circulação…

flexibilidade, esse tipo de coisa.

Você acha que esses tipos
de exercícios ajudarão as pessoas…

se elas quiserem
desenvolver a intuição?

Sim. E também nos ensinavam
coisas parecidas com tai chi.

Sério?

Ao mesmo tempo, também tinha a ver
como muita visualização…

visualizar esferas energéticas…

fazê-las mover-se
e senti-las se movendo…

por diferentes partes do seu corpo…

e passando-as por dentro
e através do seu corpo.

Isso ajuda a oxigenação
e a circulação sanguínea.

Porém, eles também
estavam nos incorporando…

usando isso para mover energia
através de nossos corpos.

Você poderia falar
um pouco mais…

sobre o que exatamente
você deveria testemunhar?

Era a cor das esferas?
O tamanho?

Quantas esferas eram por vez?

-Era só uma?
-Só uma.

Certo.

Eles foram específicos
sobre a aparência?

A escolha é nossa.

Eles só diziam para visualizar
uma esfera energética…

pegar a esfera na mão…

e depois visualizá-la
passando pela sua mão…

e se movendo pelos ombros
até a outra mão.

Primeiro você fazia isso,
depois pegava a esfera…

e a movia espinha dorsal abaixo…

subindo até o topo do crânio.

Depois, você visualizava a esfera
descendo até o plexo solar…

saindo e pegando com as mãos…

e então circulando de novo.

Era um exercício visual,
um exercício mental e visual…

de passar a esfera de energia
através do corpo e também senti-la.

Isso poderia ser feito de pé…

ou havia movimentos tipo tai chi…

associados com o movimento
da esfera?

Havia… Você movia as mãos
e o corpo…

visualizando…

enquanto faz isso.

Não ficava sentado em uma posição
estática como se estivesse meditando.

Parecem mesmo movimentos
de tai chi…

associados com a esfera
de energia assim.

A esfera era desse tamanho
em alguns casos?

Ou menor, deste tamanho?

Nós visualizávamos esferas menores.

Certo.

Não havia cor,
como azul ou branco, nem nada?

Normalmente, nós…

Como uma lâmpada,
uma luz branca.

-Luz branca?
-É.

Qual é a semelhança do que as pessoas
agora veem como tai chi agora…

Pois muita gente parece estar
fazendo os mesmos movimentos.

Esses movimentos eram iguais
aos que você estava fazendo…

ou diferentes?

Muitos deles são iguais.

Isso.

A maioria das pessoas que faz tai chi
sabe que é um trabalho energético…

ao mesmo tempo. Elas…

Quem pratica há bastante tempo sabe
que está fazendo trabalho energético.

Eu nunca encontrei on-line…

mas tem um vídeo com Bill Moyers
em que ele tem um mestre tai chi.

O cara está parado e as pessoas
vão correndo na direção dele…

gritando, e literalmente saem voando
ao se chocarem com ele.

Como isso é possível?

Elas parecem ser atingidas
por algo energético.

É. Algumas dessas pessoas
estavam demonstrando…

como podiam lançar
esferas de energia…

e amassar metal.

-Sério?
-E…

essas pessoas
eram muito desenvolvidas.

Quando você diz
“essas pessoas”, quem?

As pessoas que nos ensinavam
eram muito avançadas.

Pessoas do programa espacial?
Humanos extraterrestres?

Não, no programa MILAB.

Gente de operações secretas
ensinando pessoas mais jovens.

Eles podiam amassar metal
com as esferas que criavam?

Sim, com a energia.

-Uma esfera não era disparada…
-Certo.

…mas eles visualizavam
uma esfera e depois…

disparavam.

E essas pessoas acreditavam muito…

no Jedi de Star Wars…

na força.

E você escreveu um livro,
The Source Field…

e eles aproveitavam
o que chamavam de…

O que você chamaria de lado negro
do campo de origem…

ou o lado negro da força.

Eles gostavam muito…

das coisas saídas de Star Wars…

como Jedi, o Lorde Sombrio de Sith…

e seu tipo de energia mágica…

que eles tiravam do éter
ou do universo.

Isso lembra outra coisa
que o Daniel me contou.

Estou interessado
em ouvir o que você dirá sobre isso.

Movimentos musculares explosivos,
artes marciais…

este tipo de coisa.

Aparentemente… E tem um cara de tai chi
que Pete Peterson conhece.

Ele curte esse lance
da tensão intensa das mãos…

e dos dedos, assim.

O que Daniel ouviu nesse treinamento…

é que esses movimentos
musculares violentos e intensos…

têm algo a ver com adrenalina.

A adrenalina é como um conduíte
energético mágico…

e você não consegue obter essas
habilidades fazendo exercícios leves.

Flexões, levantamento de peso, artes
marciais, esse tipo de coisa é essencial.

Já ouviu algo desse tipo?

Em muitos dos caras que fizeram isso,
eu não vi nenhum sinal de adrenalina.

Eles pareciam estar
totalmente calmos, em paz…

e dóceis.

Eles pareciam não se esforçar.

Não havia…
esse tipo de coisa acontecendo.

Era só um movimento suave.

Claramente estavam agindo
como uma espécie de antena…

tirando energia do campo de origem,
como você chamaria.

Então, em tai chi,
pelo pouco que eu sei…

Na verdade, você me faz querer
ver esses vídeos imediatamente…

porque finalmente
faz sentido para mim…

por que querer praticar isso.

Eles parecem sempre gostar de…

eu tive treinamento
em artes marciais, então…

…dobrar os joelhos,
baixar o centro gravitacional…

e eles falam
sobre o hara ou tan tien…

a área no seu abdômen…

que você deve sentir
como se houvesse uma linha…

ou uma corda energética
subindo da terra.

Como se você estivesse tirando
energia da Terra.

Fazia parte do treinamento…

posicionar-se assim
com os joelhos dobrados?

Foi mencionado um aspecto
de ligação com a Terra…

de se visualizar conectado
ao centro da Terra…

e também visualizar-se
como uma antena…

que pode puxar…

e lançar energia…

essa energia de segundo plano
do cosmo.

No treinamento do Daniel,
outra coisa que ensinaram a ele…

é que a Terra emana magia…

e que a Terra tem que autorizá-lo
a fazer essas coisas, que sua energia…

Quando você começa a desenvolver
essas proezas mentais…

a Terra… Você tem que trabalhar
com a Terra…

e ela autorizará a ação.

Foi algo que você encontrou
no seu treinamento?

Nós aprendemos um pouco além disso.

Tudo tinha a ver com a teia cósmica.

A Terra tinha um relacionamento
com o sol.

O sol tinha um relacionamento
com o aglomerado local de estrelas.

O aglomerado de estrelas tinha
um relacionamento

com o centro da galáxia.

A galáxia tinha um relacionamento…

com o aglomerado local da galáxia…

e assim por diante.

Quais são as outras coisas
que ensinaram a você…

para o treinamento intuitivo?

Havia vários outros…

tipos de cenários
em que éramos colocados…

incluindo realidade virtual…

o que normalmente
era muito perturbador.

Você era colocado sozinho
ou com a sua equipe…

em um cenário de realidade virtual.

Era um cenário de realidade virtual
tão imersivo…

que você sentia cheiro, gosto e tato.

Dava para sentir o vento.

Uma vez dentro, você sabia
que estava em uma realidade virtual?

Isso fazia parte do teste.

Você era colocado
em situações horríveis às vezes…

ou solicitado a fazer coisas horríveis…

colocado em situações de batalha
com seres desagradáveis…

com os quais teria que lutar.

E…

teria que depender…

cada vez mais
da sua intuição para vencer.

Se dependesse apenas de artes
marciais ou treinamento tático…

você jamais venceria.

Porém, ao depender
de suas habilidades intuitivas…

você era capaz de vencer.

A essa altura,
era quase como um sonho lúcido.

Você percebia
que estava em um mundo virtual…

e então conseguia sair dele.

Isso parece com o filme Divergente…

onde você tem uma garota
que é jogada em uma realidade virtual…

e ela é a divergente.

É ela que vai aprender a quebrar…

qualquer realidade virtual
e sair dela.

Certo. Desde que minhas duas primeiras
entrevistas em áudio saíram na Internet…

eu ouvi isso inúmeras vezes.

E também o filme Ender’s Game…

em que há uma criança
em um programa espacial.

Eles estão ensinando crianças
a combater naves extraterrestres.

Ele percebe que está sendo jogado
em simulações de realidade virtual…

e querem que ele seja
o mais sociopata possível.

Então, em vez de cooperar
com esses seres…

que tentam desafiá-lo,
ele se rebela totalmente.

É o tipo de coisa que faziam…

Esses filmes têm relação
com o que você vivenciou?

Sim, eles não estavam
só nos treinando…

mas nos classificando
psicologicamente…

vendo que tipo de ordens
nós seguiríamos e até onde iríamos.

Eles queriam saber como…

quem era sociopata…

quem seguiria certas ordens.

Havia ordens…

-Sim.
-Coisas horríveis.

Coisas horríveis que eu não quero
falar diante da câmera.

Você via seus amigos…

seus colegas de equipe
participando…

e você era obrigado a participar…

e a fazer uma escolha
moral ou um dilema…

de seguir a pressão do grupo…

fazer o que
os outros estavam fazendo…

ou não.

Quais eram as monstruosidades
que eles tinham que combater?

Se puder nos contar.

Não quero que desenterre
lembranças ruins, mas…

Eles tinham uma ideia
do que você não gostava.

Então usavam deliberadamente
aquilo que você mais odiava?

Eles usavam seus medos.

Aparentemente,
eu não gostava de aranhas.

Então enfrentei aranhas enormes…

enfrentei seres répteis.

E não dá para dizer
se é real uma vez lá dentro?

É verdade. É difícil…

Chega um ponto em que é
difícil dizer o que é real e o que não é.

E, quando você chega em um ponto
em seu treinamento intuitivo…

capaz de dizer constantemente…

que está em um ambiente
de realidade virtual…

é porque passou
para um novo nível.

Você me disse
em outra conversa…

que às vezes eram
lutadores profissionais…

-homens bem fortes…
-Isso.

…com os quais tinha que lutar.

-Então…
-E você é uma criança.

Então é mais ou menos
um pesadelo, certo?

Não se lembra de entrar,
mas quando está lá dentro…

parece que é a sua realidade.

Você era colocado
em um cenário e sendo colocado…

dentro do cenário que parecia lógico.

Daí você está no cenário…

e tem que sair dele…

ou descobrir um jeito
de sair do cenário…

e a única maneira de fazer isso…

de forma bem-sucedida
era através da intuição.

E…

Poderia ser mais específico
sobre como isso funcionava?

Caso contrário, nós vamos ter
que usar nossa imaginação…

sem saber o que você quer dizer.

Se você estivesse lutando
contra outra pessoa…

em vez de depender das artes marciais…

ou do treinamento tático…

você se concentrava nos olhos
da pessoa…

fazia uma conexão com ela…

e descobria intuitivamente o que
ela ia fazer a seguir.

Esse era um passo.
Quando você conseguia fazer isso…

situações aconteciam
e você sabia intuitivamente quando…

Por exemplo, ao evacuar um prédio…

sabia intuitivamente…
se havia 12 salas a serem evacuadas…

você já sabia intuitivamente…

que as cinco primeiras
já foram evacuadas…

e a sexta era aquela
em que você teria que agir.

Uma vez
que você atingia esse ponto…

ficava mais fácil de intuir
se você estava em uma realidade virtual…

e, desde o início…

quando você era colocado em uma zona
de pouso ou em uma situação…

você sabia imediatamente
que era uma realidade virtual…

e saía dela.

Isso é interessante porque…

quem faz as ações
na realidade virtual?

Em outras palavras, se você detecta
psiquicamente como enfrentar alguém…

quem é esse alguém?

Tem uma pessoa controlando
quem você enfrenta?

É um programa de computador?
Como isso funciona?

Eles tiram informações
de nossas cabeças e as controlam.

Eles também tinham a habilidade
de pôr múltiplas pessoas…

no mesmo cenário de realidade virtual…

e às vezes essas pessoas
realmente estavam lá juntas.

Ao se envolver com a mente delas…

você se envolve
com a mente e com a cadeira.

Quando você enfrenta algo
como uma tarântula…

pode ser um humano controlando
as ações da tarântula?

Ou é um programa de computador,
como uma inteligência artificial?

Essa era uma situação
que ocorria na realidade virtual.

Eu não sei
se era uma inteligência artificial.

Era de alta tecnologia.

Eu também sei que espelhavam
muitas informações…

da sua psique para dentro
da realidade virtual.

Se uma tecnologia pudesse ser feita…

sem dúvida, algumas pessoas
começariam a pensar em Matrix…

e imaginar o quanto
de nossa realidade é uma simulação…

ou se é uma parte virtual
compartimentada…

Navegue, navegue,
a vida não passa de um sonho.

Você acha que…

se olharmos para o fato
de que só nos lembramos de uma vida…

e parece que temos
uma vida após a morte ou reencarnação…

que nossa vida aqui
é uma simulação…

toda vez que acordamos…

estamos voltando
para esse holograma?

É uma maneira legal de ver.

Porém, pelo que os Blue Avians
me disseram…

como somos crianças espirituais
até quando morremos…

Nós não vivemos o suficiente
para nos desenvolver espiritualmente.

É preciso múltiplas vidas
para aprender as lições…

e desenvolver-nos espiritualmente
ao ponto…

em que podemos gradativamente
nos tornar mais elevados.

Bom, você ouviu aqui.
Este é o ”Revelação Cósmica”.

Informações surpreendentes.

E há muito mais para descobrirmos.

Nós temos 52 episódios…

e podemos fazer até mais.

Então toda semana você ouvirá
histórias fascinantes assim.

Por favor, fiquem ligados.

Eu sou David Wilcock.
Obrigado por assistirem.

REVELAÇÃO CÓSMICA

POR DENTRO DO PROGRAMA ESPACIAL SECRETO
COM COREY GOODE E DAVID WILCOCK

Disclaimer:
1. Os artigos são escritos em português do (Brasil ou de Portugal) ou numa mistura de ambos.
2. Os autores não usam facebook, portanto se tiver alguma pergunta, coloque aqui no site, na secção dos comentários (não do facebook)
3. Os artigos colocados neste site, são diferentes dos colocados nos meios de comunicação de massas. Não significa que os autores concordam ou discordam com os mesmos. Você deve usar a sua intuição com aquilo que ressoa ou não consigo. Ninguém é dono da verdade absoluta e este site não foge à regra.

Partilhar no Facebook

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.