revelação cósmica temporada 06

S06E09 A Lei do Uno e os Programas Espaciais Secretos

Partilhar:

S06E09 A Lei do Uno e os Programas Espaciais Secretos (Revelação Cósmica) S06E09 (Cosmic Disclosure)

Assista ao episódio clicando no link abaixo, usando o browser chrome (watch the episode by clicking on the link below, using the chrome browser): https://drive.google.com/open?id=1mOZsEeU6HN-Mly33rfCNEbXbRqizxvQ5

Se der erro, use o browser chrome em modo anónimo (teclando Ctrl + Shift + n) no PC e se necessário, antes tem de fazer logout do seu gmail. Se ainda não conseguir, aceda a partir de outro PC. Alerta-se que os episódios têm sido retirados da internet, portanto se detetar que o episódio foi denunciado, faça um comentário (não no facebook) para indicarmos outro link.

Episódio com legendas em português do Brasil (para quem não deseja assistir ao vídeo):

REVELAÇÃO CÓSMICA

POR DENTRO DO PROGRAMA ESPACIAL SECRETO COM COREY GOODE E DAVID WILCOCK

A Lei do Uno e os Programas Espaciais Secretos

Muito bem.

Bem-vindo ao ”Revelação Cósmica”.

Sou o apresentador, David Wilcock.

Neste episódio, começaremos

a averiguar algumas das coisas

que o Corey vem dizendo com dados empíricos.

Esses dados têm chegado a nós de várias formas.

Gravamos alguns episódios com William Henry,

que falou sobre arte antiga e as esferas azuis retratadas nela.

Ela retrata os Aviários Azuis.

Temos um novo informante, William Tompkins,

que veio a público e validou muitas das coisas

que o Corey conta.

Agora, também temos o material da Lei do Uno,

que traz confirmações inacreditáveis de tudo o que temos mostrado

neste programa.

Bem-vindo de volta, Corey.

Obrigado.

Como o que estamos prestes a discutir

será muito surpreendente para a maioria das pessoas,

a grande correlação entre a Lei do Uno

e o que você pessoalmente testemunhou no seu trabalho,

vamos só falar sobre isto: o pessoal do programa espacial

conhecia a Lei do Uno?

Em caso afirmativo, o que eles achavam dela?

Sim.

A Lei do Uno com certeza era conhecida.

Era exigido que certos indivíduos a lessem.

Disseram-me que era um material negativo, que eu devia manter distância.

Manter distância dele.

E foi o que fiz.

Mantive distância do material.

Acho que, no começo da década de 2000, ele estava disponível online.

Eu dei uma folheada nos livros,

mas não passou disso.

Eu nunca me aprofundei, nunca realmente li o material,

pois fui programado para achar que devia manter distância dele.

Havia outras pessoas

com as quais conversamos, outros informantes,

que confirmaram independentemente que também sabiam

sobre a Lei do Uno e o Programa Espacial

Secreto.

É um fator comum.

Não sei se você se lembra, mas essa foi uma das perguntas

que alguém da Aliança do PES fez ao Raw-Tear-Eir, se ele era…

Se ele era o Ra da Lei do Uno, certo?

Ele só respondeu: “Eu sou Ra”.

“Eu sou Raw-Tear-Eir”.

Ele só respondeu isso.

E para todas as perguntas que eles respondem

na Lei do Uno, eles sempre começam…

A primeira frase que dizem é sempre: “Eu sou Ra”.

Certo.

E isso só confundiu o público,

pois eles pensaram que ele simplesmente

não queria responder à pergunta.

Então, neste episódio,

abordaremos um trecho do material que foi deletado.

Houve uma sessão inteira, a Sessão 8,

realizada em 26 de janeiro de 1981.

Essa sessão inteira foi excluída da Lei do Uno

porque o Dr. Don Elkins, o cara que fazia as perguntas,

não sabia que isso era possível.

Era algo muito distante da realidade.

O que a Lei do Uno revelou sobre o nosso governo,

a tecnologia que eles possuem e o alcance dela

era inacreditável demais para ele.

Ele não conseguia aceitar que aquilo era real.

Eles viram que teriam que fazer várias outras perguntas

se aquilo fosse verdade.

Então, acharam melhor remover a informação dos livros.

Então, o pessoal do programa espacial

também nunca viu isso.

Isso acabou de ser publicado no site há poucos anos.

Aliás, acho que foi publicado no livro 5.

Foi no livro 5, de 1998.

Essa foi a primeira vez que a informação veio a público.

Agora, é possível acessá-la online.

Certo.

Então, veja só.

Vamos ler algumas coisas aqui.

“Ontem, você disse que estava ocorrendo

uma certa quantidade de aterrissagens.

Algumas dessas aterrissagens são dos seus povos.

Outras, de entidades conhecidas por vocês como o grupo de Órion.”

Esses são os Dracos.

“A minha primeira pergunta é: o que você quis dizer

quando disse que as aterrissagens eram dos nossos povos?”

Quando eles dizem “aterrissagens” neste contexto,

estão falando de OVNIs.

Veja só o que acontece a seguir. “Seus povos têm,

no presente tempo/espaço,

a façanha tecnológica, por assim dizer,

para conseguir criar e pilotar

o formato e o tipo de nave conhecidos por vocês

como objetos voadores não identificados.”

Isso foi uma grande surpresa para o Don.

Ele não esperava isso.

“Infelizmente, para a taxa de vibração do complexo de memória social

dos seus povos, esses dispositivos

não foram criados para o bem da humanidade,

mas para uso destrutivo em potencial.

Isso confunde ainda mais a conjuntura vibracional

do seu complexo de memória social.

Isso causa uma situação na qual nem os indivíduos orientados

para o serviço ao próximo, nem aqueles voltados ao serviço a si próprio

conseguem obter a energia e o poder

que abrem os portões à infinidade inteligente para o complexo

de memória social.”

Ou seja, eles estão dizendo

que a ascensão é confundida pelo programa espacial.

Eles estão fazendo um desfavor a si próprios.

Eles estão fazendo um desfavor a nós, pois não estão compartilhando

a tecnologia.

Certo.

A tecnologia que pode ajudar o nosso progresso.

Porém, você está dizendo que a aliança quer, sim,

que essa tecnologia seja divulgada.

Com certeza.

O objetivo deles é trazer a tecnologia

a toda a humanidade, independentemente de raça ou credo

ou religião, ao mesmo tempo.

Como pode ver, Corey,

pelo que eles estão dizendo, se essa tecnologia fosse liberada,

ela teria um efeito muito positivo no nosso processo

de ascensão.

Seria um mundo bem diferente.

Sim.

Com certeza.

“Isso, por sua vez, diminui o tamanho da colheita.”

Isso aí é muito chocante.

Quer dizer que fomos sabotados.

O número de pessoas que aprenderam a amar

o suficiente para passar de ano não é tão grande assim.

Certo.

Agora, vamos analisar os detalhes disso tudo.

E é impressionante o quanto isso valida

tudo o que você disse.

“Essas naves que são dos nossos povos

vêm daquilo que chamamos de planos

que não estão encarnados no momento?”

Ele não consegue entender o que está acontecendo.

“Onde elas estão?”

“As naves sobre as quais falamos são de terceira densidade

e fazem parte do chamado complexo militar

de várias divisões ou estruturas societárias

dos seus povos.”

Então, eles não usam o termo “industrial”.

Certo.

Mas isso não é incrível?

Eles usam os termos “complexo militar”.

Ou seja, estão dizendo que se trata de pessoas reais construindo

objetos voadores não identificados.

Lembrando que a corrente principal de ufologia em 1981,

quando isso foi feito, nem imaginava isso.

Porém, qual era o estado do programa espacial em 1981?

Em 1981, foi iniciado o Sentinela Solar.

O Sentinela Solar estava apenas no início.

Porém, havia outros programas

que já haviam sido iniciados antes da Segunda Guerra Mundial

e que já estavam bem desenvolvidos.

Mas já havia vários objetos voadores não identificados

em 1981…

Sim.

… no complexo militar.

Certo.

Muito bem, vamos prosseguir.

“As bases”… Eles estão falando de bases.

Preste atenção nisto: “as bases variam.

Há bases, como vocês as conhecem,

submarinas nas águas do sul, perto das Bahamas,

bem como nos mares do Pacífico, em vários lugares

perto do litoral do Chile.”

Você riu quando eu disse “Bahamas”.

Como isso se alinha ao que você sabe?

Eu vi mapas de bases navais submarinas

nas Bahamas.

Nas Bahamas.

E as bases no litoral do Chile,

que fica lá na ponta da América do Sul?

Eu sei que há bases lá

que são militares, mas não sei a quem pertencem.

Talvez sejam da facção de refugiados alemães.

Sim.

Eu também acho isso, pois eles fugiram para a América do Sul.

Portanto, bases submarinas.

Agora, veja só isto.

Na nossa Lua.

É inacreditável que, em janeiro de 1981,

“há bases na sua Lua,

como vocês conhecem esse satélite, que estão sendo reformadas

neste momento.”

Bases que estão sendo reformadas?

Na Lua.

Pelo complexo militar.

Bases que estão sendo reformadas.

Isso significa que eles ocuparam uma base que não era deles

e estão reequipando-a?

Eles não explicam isso.

Porém, acho que estão se referindo

a uma expansão industrial de grande escala.

Pense no…

CCI.

…pense no que você disse sobre o Comando de Operações

Lunares.

Certo.

De acordo com o que você sabe,

houve algum tipo de atualização de grande escala no COL

no início do mandato do Reagan?

Sim.

Além disso, houve a construção da Base da Frota Escura.

E há vários postos avançados menores

que eles não chamam de bases.

Isso vai muito além

do que as pessoas achavam que sabiam àquela época.

“Há bases que se movem por terra.”

Isso provavelmente se refere a algum tipo de veículo,

tipo uma base dirigível.

Você diria que isso existe?

Bases que podem ser dirigidas, com pessoas trabalhando

como fariam dentro de um caminhão ou algo do tipo?

Já ouvi falar de centros de comando móveis.

Certo.

É provavelmente disso que estão falando.

“Há bases, se quiserem chamá-las assim, nos seus céus.”

Então, provavelmente é a mesma coisa.

Plataformas orbitais?

Plataformas orbitais ou estações de comando

que são naves que voam sobre certas áreas, camuflam-se e permanecem

na mesma posição para monitorar e transmitir leituras de telemetria.

“Essas são as bases dos seus povos.

Elas são bastante numerosas e, como já dissemos,

potencialmente destrutivas.”

Novamente, eles estão falando sobre bases na Lua.

Estão falando sobre plataformas orbitais.

E estão dizendo que essas bases são muito numerosas.

Isso é inacreditável.

Como pode ver aqui, por um momento,

o interrogador fica empacado aqui.

Ele não consegue lidar com isso.

“De onde vêm as pessoas que operam essas naves?

Elas são afiliadas a alguma nação da Terra?

De onde elas vêm?”

As coisas ficam interessantes de novo.

“Essas pessoas vêm do mesmo lugar

que você e eu viemos. Elas vêm do Criador.”

Isso é Ra fugindo da pergunta.

Todos somos um.

Sim.

Eles não querem que façamos esse tipo de pergunta.

Mas agora, 30 anos depois… Aliás, 35 anos depois,

é algo muito importante.

“Como você fez essa pergunta de forma superficial,

essas pessoas são aquelas nos seus outros governos

responsáveis pelo que vocês chamariam de segurança nacional.”

Novamente, o Don não acreditou que o programa espacial

existisse, como você nos revelou que ele já existia à época,

porque não havia informações no mundo da ufologia

quanto a isso.

Acho que nenhuma informação

sobre o Programa Espacial Secreto foi divulgada

até os anos 1990.

Sim, no máximo.

Observe que eles disseram “outros governos”.

O que sabemos sobre a Liga Galáctica Global

das Nações?

Sabemos quando ela começou?

Porque eles já diziam aqui

que havia outros governos envolvidos

em assuntos de segurança nacional no espaço também.

Talvez estivessem se referindo a isso.

Isso também ocorreu nos anos 1980.

Mas talvez estivessem se referindo ao CCI, o Conglomerado Corporativo

Interplanetário.

Ele é composto por empresas sediadas em vários países.

Certo.

Agora, veja só. Ele realmente está tendo dificuldades com isto,

principalmente as bases submarinas.

“Então, devo entender que os Estados Unidos

possui naves em bases submarinas?”

“Você está correto.”

“Como os Estados Unidos aprenderam a tecnologia

para construir essas bases e naves terrestres e marinhas?”

“Existiu um complexo mente/corpo/espírito conhecido pelo seu povo

pelo complexo de som vibratório ‘Nikola’.”

Obviamente, estão falando do Tesla.

“Essa entidade partiu da ilusão e os papéis

que continham os entendimentos necessários foram tomados

por complexos mente/corpo/espírito…” Isso quer dizer

“pessoas”. “…que serviam o seu complexo

divisional de segurança nacional.”

Ou seja, basicamente, eles estão dizendo que havia

alguma conexão com o Tesla.

Isso bate com algo que você tenha ouvido nos bastidores?

Sim. O Tesla e sua pesquisa

sobre as forças elétrica e eletromagnética

eram muito avançadas.

Quando ele morreu, todas as suas informações…

Tudo estava documentado… Todas as suas informações foram

tomadas, transformadas em confidenciais e implementadas nos programas.

Porém, eu nunca havia ouvido falar que toda a tecnologia

era baseada na pesquisa dele.

Sempre supus que se tratasse de tecnologia alienígena obtida

por engenharia reversa ou como presente.

Porém, é óbvio que,

se o Tesla… Se as testemunhas oculares

de que ele tinha um disco voador eram verdadeiras…

Ele pode ter conseguido… Suas pesquisas

podem ter resultado em uma nave como as usadas

no Sentinela Solar.

Com certeza.

Eles tinham cientistas suficientes.

Muito bem.

Vamos prosseguir.

“Assim, o seu povo ficou a par da tecnologia básica.

No caso dos complexos mente/corpo/espírito

que vocês chamam de russos, a tecnologia

foi dada por seres da Confederação…”

Essa é a galera do bem. “…em uma tentativa,

há aproximadamente 27 anos, de compartilhar informações

e fomentar a paz entre os seus povos.”

Isso nos dá uma janela.

Esses 27 anos começaram em 1953 ou 1954.

E eles estão dizendo que um grupo de extraterrestres benevolentes

entrou em contato com os russos.

Nesse mesmo período,

um grupo benevolente também entrou em contato

com o complexo militar dos Estados Unidos e alertou-os

sobre o caminho que estavam seguindo, oferecendo-lhes sua assistência

para que saíssem dele.

Eles abordam isso na Lei do Uno.

Eles abordam a reunião com o Eisenhower,

oferecendo-lhe um plano pacífico, mas ele rejeitou o plano.

Então, eles obviamente não têm favoritos aqui.

Eles ofereceram a ambos os lados ao mesmo tempo.

Essa informação já havia sido divulgada?

Não.

Não havia nada publicado sobre os russos terem obtido

tecnologia de OVNI em 1953.

Não havia Internet nem outras formas

de divulgá-la.

Nunca consegui achar nenhuma pesquisa

que validasse isso.

Porém, como os russos competiam com os EUA,

eles não compartilhariam esse fato.

Não.

Porém, à medida que prosseguirmos, veremos que as coisas

também não deram tão certo com os russos.

“As entidades que deram essa informação cometeram um erro,

mas nós fizemos muitas coisas no fim deste ciclo, na tentativa

de auxiliar na sua colheita…” Isto é, ascensão.

“…aprendendo, assim, a tolice de certos tipos de ajuda.”

Novamente, os russos obtiveram a tecnologia.

Eles não a usaram para fins pacíficos.

Ele criaram armas de guerra.

Você sabe se os russos

também tinham suas próprias naves

já nos anos 1950?

Sim.

Você pode nos contar um pouco mais sobre isso?

Eles desenvolveram seus próprios programas

com base nas informações que obtiveram

do pessoal da Operação “Paperclip”.

Eles desenvolveram sua tecnologia

com base em várias fontes diferentes.

Incluindo os alemães, como você disse.

Incluindo os alemães.

Eles haviam desenvolvido vários tipos diferentes

de nave esférica, além de algumas outras,

que eles já estavam pilotando nos céus

antes de os estadunidenses… Eles estavam à nossa frente.

Isso era muito preocupante para as facções militares

desse Programa Espacial Secreto inicial.

Houve vários incidentes estranhos

que geraram obstáculos para o nosso programa

e que não faziam sentido.

Não entendíamos o que estava ocorrendo.

Então, tivemos alguns problemas. Estava ocorrendo algo

que nos impedia de entrar no jogo

logo no início.

É interessante que a Confederação

tenha dado a eles um grande estímulo, na tentativa

de gerar um resultado pacífico.

Eles devem ter visto que os russos eram uma contramedida

que poderia se opor à Cabala.

Esse grupo tem alguma associação com Ra?

Sim, a Confederação é uma associação positiva

de civilizações que estão tentando promover a ascensão

e um resultado benevolente.

Isso é definitivamente uma intervenção direta.

Sim.

E eles erraram porque os russos deturparam tudo.

“Esses erros que eles cometeram são um fator que contribuiu

para a nossa abordagem mais cautelosa no presente,

embora a necessidade seja potência sobre potência maior

e o chamado dos seus povos seja cada vez maior.”

Também é por isso que eles pararam de pousar

e levar pessoas a bordo das naves, como os contatos com ETs benevolentes

que ocorreram nos anos 1950, os contatos positivos.

Eles explicaram aqui que não levam mais as pessoas.

Porém, sabemos que a questão da abdução estava ocorrendo.

Certo.

E eles definitivamente abordam isso.

Certo. Ele realmente está tendo dificuldades com isso.

Veja só.

“Estou intrigado com essas naves

para as quais temos bases submarinas.

Essa tecnologia é suficiente para ofuscar todos os outros armamentos

na Terra?

Nós só conseguimos pilotar essas naves

ou elas têm algum tipo de arma?

Elas nos foram dadas com armas ou são apenas naves

de transporte?

Qual é o mecanismo básico dessas armas?”

Ele realmente estava tentando descobrir

se aquela era uma força militar superior a todas as outras na Terra.

Antes de chegarmos à resposta, o que você diria?

Trata-se de uma tecnologia dissidente.

Com certeza, são naves com armas.

Certo.

E você nunca havia visto isso, certo?

Não.

Então, não sabe o que eles dirão.

Mas é a mesma coisa.

Só estou dizendo que é muito difícil acreditar nisso.

Eles teve muitas dificuldades com isso.

Essa pessoa que fez as perguntas era um cético em relação à ufologia?

Foi o Dr. Don Elkins, um ufologista e professor universitário

muito culto, com PhD em física, que vem estudando

esses tópicos desde o começo dos anos 1950.

Este material foi elaborado nos anos 1980.

Certo.

Ele vem pesquisando isso há 30 anos.

Então, eles dizem: “Em alguns casos, as naves são talvez

equivocadamente chamadas assim.

Seria mais apropriado considerá-las como armamentos.”

Vamos fazer uma pausa aqui por um momento.

Você diria que isso está correto?

Que todas as naves que o nosso complexo militar-industrial

estava construindo possuíam tipos diferentes de sistema de arma?

Nem todas.

Mas a maioria delas são chamadas de sistemas de armas.

Sério?

Sim.

Viu só?

É incrível.

“A energia usada é a do campo

de energia eletromagnética que polariza a esfera terrestre.”

Acho que eles estão falando sobre eletrogravidade.

Exatamente.

Feixes de partículas.

“As armas são de dois tipos básicos:

as que os seus povos chamam de psicotrônicas

e as que os seus povos chamam de feixe de partículas.”

Psicotrônica.

Sim.

Você sabe o que isso significa?

Pergunto-me se tem a ver com o que discutimos antes,

a visualização e a influência remotas e tecnologicamente obsoletas,

mas usadas como armas.

Exatamente.

Significa isso?

Psicotrônica significa eletrônicos

que interagem com a mente.

Nossa.

E muitas das naves têm uma interface bio-neurológica.

Viu só?

Os sistemas de armas.

O que eles realmente estão dizendo aqui

é que psicotrônica significa uma tecnologia capaz de controlar

como a mente das pessoas funciona.

Uma tecnologia capaz de deixar as pessoas nervosas.

Ela pode deixar as pessoas ansiosas, criar histeria coletiva,

esse tipo de coisa.

E já existia em 1981.

É inacreditável.

E a tecnologia de feixes de partículas.

“A capacidade de destruição contida nessa tecnologia

é considerável.

As armas já foram usadas em muitos casos

para alterar padrões climáticos.”

Eu já ia perguntar se o HAARP tinha algo a ver

com isso.

“E para aumentar a mudança vibratória que engloba

o seu planeta no presente.”

É necessário entender o que eles querem dizer,

o que essa “mudança vibratória” significa.

Eles estão falando das mudanças na Terra.

À medida que a vibração do planeta muda,

surgem erupções e terremotos.

Então, sem dúvidas, em 1981, eles já estavam descrevendo

o projeto HAARP de modificação climática, bem como o uso de micro-ondas nas linhas

de falha geológica para causa terremotos.

Você já ouviu falar de alguma tecnologia como o HAARP

nessas plataformas orbitais ou espaçonaves?

Eles seriam capazes de fazer isso das espaçonaves?

Com certeza.

Certo.

Eu nunca havia ouvido falar disso.

É por isso que quis fazer isto ao vivo.

Assim, tudo é uma surpresa.

Eu não sabia o que você diria.

Sim.

Eles têm essa capacidade.

Então, eles têm essa capacidade.

Sim.

Eles são capazes…

Porque muita gente acha

que são apenas antenas de satélites na superfície da Terra.

Eles são capazes de causar eventos climáticos localizados.

Eles podem causar terremotos.

Podem causar mudanças moleculares em estruturas,

para que falhem de forma catastrófica.

Eles são capazes de fazer muita coisa do espaço.

Isso é interessante.

Se você já viu aquele filme com o Mel Gibson

intitulado “Teoria da conspiração”,

logo no início do filme,

tem uma nave espacial em órbita

emitindo coisas para a Terra que alteram o clima

e controlam a mente das pessoas.

Sério?

Bem no início do filme.

Isso é muito surpreendente.

Está tudo lá, tudo isso que estamos falando agora.

Em 1981, muito antes de qualquer pessoa falar sobre isso.

Ele ainda está tentando entender isso.

“Como eles puderam manter isso em segredo?

Não entendo.

Por que essas naves não são usadas para transporte?”

Porque ele é um piloto, certo?

É mesmo?

Certo.

Ele trabalhava como piloto.

“Por que não estão usando isso?”

“Os governos de cada uma das suas ilusões

de divisão societária…” Novamente,

observe que eles mencionam vários governos.

“…desejam evitar publicidade, para que o elemento surpresa

possa ser mantido em caso de ação hostil

por parte do que os seus povos chamam de inimigos.”

Você entende isso?

Você parece meio confuso.

Estou um pouco confuso.

A verborreia fica meio densa às vezes.

Sim.

Basicamente, eles estão dizendo

que os governos do mundo,

inclusive outros governos, pois eles mencionam

vários governos, não nos contarão nada

porque têm medo de uma invasão alienígena.

Eles querem manter o elemento surpresa.

Eles não querem que grupos alienígenas trapaceiros

saibam que eles têm essa tecnologia…

Essas bases na Lua, submarinas, plataformas orbitais,

naves armadas… Assim, eles terão o elemento surpresa

no caso de serem invadidos.

Mas eles já sabem.

Mas pode haver grupos que não sabiam.

Certo.

Sim.

Os intrusos que chegam.

Há seres que chegam que ainda não foram reconhecidos.

Certo.

Acho que é disso que estão falando aqui.

É muito fascinante.

“Quantas dessas naves os Estados Unidos possuem?”

Isso é muito importante.

Ele disse “Estados Unidos”.

Certo.

Ele não disse “governos”.

Ele não disse “complexo militar-industrial”.

Como você disse, já estamos lidando

com uma civilização dissidente, o CCI.

A que ponto eles haviam chegado em 1981?

Eles já haviam chegado muito longe.

Já haviam desenvolvido várias tecnologias

e estavam tentando descobrir como divulgá-las

para alguns desses programas de novatos.

Os Estados Unidos ainda estavam no comando do CCI

em 1981?

Os EUA não estão no comando do CCI.

É isso que eu queria que você dissesse.

O CCI é tipo uma superdiretoria

composta por membros aposentados de todas as empresas diferentes

do complexo militar de diversos países

que fazem parte da diretoria que toma decisões

que ninguém… Acho difícil que alguém do governo estadunidense

tenha ouvido falar neles.

A questão aqui é que, se perguntarem…

Você tem que ter muito cuidado

ao fazer perguntas.

Os Estados Unidos, já em 1981…

Você diria que a única coisa que os Estados Unidos

realmente controlam seria o nível mais baixo

do programa espacial militar?

Exato.

Certo.

Foi o que pensei, pois isso não se alinha

a todo o resto.

Porque, segundo eles dizem aqui,

a única coisa que os Estados Unidos controlavam diretamente em 1981

eram naves robóticas, não tripuladas e armadas.

Isso aparece aqui.

“Quantas dessas naves os Estados Unidos possuem?”

“Os Estados Unidos possuem 573 neste momento.”

Como isso se alinha ao que você sabe?

Você nunca tinha visto essa informação.

Isso não seria difícil de imaginar,

caso eles tenham incluído as naves “drone”,

que eles já tinham havia muito tempo.

Certo.

Eles estavam tentando superar

muitas coisas com escudos de proteção

no espaço sideral para astronautas ou participantes do programa espacial.

Portanto, pode ter havido um número imenso de naves não tripuladas.

Viu só?

“Eles estão no processo de incrementar esse número.”

Outros países não são mencionados, como acabei de dizer,

nem mesmo a Rússia ou outro complexo militar ou dissidente.

“Qual é a velocidade máxima de uma dessas naves?”

“A velocidade máxima dessas naves

é igual ao quadrado da energia da Terra.”

Essa é uma das coisas estranhas que eles não explicam

direito.

Então, não sabemos ao certo o que significa, exceto que,

de alguma forma, sugam energia dos campos energéticos da Terra

à medida que se movem ao redor dela.

“Esse campo varia.

O limite é aproximadamente metade da velocidade da luz,

como vocês a chamam.

Isso se deve a imperfeições no design.”

Então, você já ouviu falar de naves “drone”

em um nível mais baixo do programa espacial

que não conseguem ultrapassar

metade da velocidade da luz, a menos que atravessem a teia cósmica,

por exemplo?

Sim.

E, no início, muitas das naves

que viajavam de esfera a esfera dentro do nosso Sistema Solar

não fariam uma viagem a Marte

em questão de 20, 30 minutos.

Elas levariam horas.

Certo.

Exatamente.

E eles tiveram que superar alguns problemas técnicos

e fazer algumas descobertas científicas para conseguir passar

da velocidade da luz.

Isso tudo se encaixa Perfeitamente.

“Esse tipo de nave não solucionaria totalmente,

ou pelo menos chegaria perto de solucionar vários dos problemas de energia

em termos de transporte?”

“A tecnologia que os seus povos possuem no presente

é capaz de solucionar todas as limitações

que atormentam o seu complexo de memória social na atual conjuntura

de experiências.”

Essa é uma declaração chocante.

Você concorda com isso?

É uma declaração muito verdadeira.

Sei que é verdade por experiência própria.

Temos vários tipos de problema.

Temos todo o lixo espacial em órbita ao redor da Terra.

Esse será um grande problema se, um dia, tentarmos sair mais para o espaço.

Temos enormes vazamentos de óleo.

Temos giros oceânicos gigantescos feitos de lixo plástico

que precisam ser limpos.

E isso tudo sem contar…

O lixo radioativo.

…gente morrendo de doenças todos os dias

desnecessariamente, de fome, gente passando sede,

a energia… A chamada “crise energética”

que os jornais sempre mencionam.

Nada disso deveria existir.

Na minha opinião, esses são crimes contra a humanidade

que ainda estão ocorrendo, mesmo com toda a tecnologia

que temos à nossa disposição.

E não é chocante que isso tudo foi psicografado

em 1981?

Ninguém havia lido isso.

Comprei o Livro 5 assim que foi lançado, em 1998.

E ele já continha isso tudo.

Realmente, é incrível.

É incrível, sim, que essas informações

tenham sido passadas a… Se ao menos ele soubesse,

ele teria feito algumas perguntas diferentes,

porque poderíamos ter obtido algumas informações pertinentes

para os tempos atuais.

Mas há muito mais.

Porém, não temos mais tempo neste episódio.

Mesmo assim, você parece surpreso.

Sim.

Você nunca havia visto isso antes.

Sim.

Estou muito surpreso.

Eu já achava que haveria algumas correlações…

Mas não tantas.

Exato.

Muito bem. Ótimo.

Fomos os primeiros a relatar isso.

Essas foram as reações dele ao vivo

aos dados da Lei do Uno que validam o Programa Espacial Secreto.

Este é o ”Revelação Cósmica”.

Sou o apresentador, David Wilcock.

Obrigado por assistir.

REVELAÇÃO CÓSMICA

POR DENTRO DO PROGRAMA ESPACIAL SECRETO COM COREY GOODE E DAVID WILCOCK

Disclaimer: Os artigos são escritos em português do (Brasil ou de Portugal) ou numa mistura de ambos. Este site publica artigos próprios e de outros informantes em que se limita a publicá-los: quer dizer que pode não concordar com os mesmos. Você deve usar a sua intuição com aquilo que ressoa ou não consigo.

Partilhar:

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments