2018 Artigos B.F., Benjamin Fulford

BENJAMIN FULFORD ~ Sociedades secretas, serviços secretos e religiões: o atual equilíbrio do poder ~ 06.08.2018

Partilhar no Facebook

antes de irmos ao 2º artigo pré-escrito de BF, não esquecer a Meditação Chave para a Liberdade no Eclipse Solar de 11.08.2018 (6:11 em Brasília e 10:11 em Lisboa) cujos detalhes estão neste link:

oevento.pt/2018/07/29/cobra-meditacao-chave-para-a-liberdade-no-eclipse-solar-de-11-08-2018/

A guerra secreta pelo planeta Terra tem-se intensificado e se encaminha para algum tipo de clímax. Por essa razão, antes das batalhas do outono começarem, é uma bom momento para analisar algumas das sociedades secretas mais importantes do mundo, governos, religiões e agendas às quais estão associadas.

Quando analisam essa questão, a primeira coisa que as pessoas devem entender é que, no mundo real, agências de espionagem, sociedades secretas e exércitos são subservientes às religiões. A razão para isso é que, embora Mao Tse-Tung tenha dito que: “O poder cresce a partir do cano de uma arma”.Na verdade, realmente cresce da mente da pessoa que segura a arma. Portanto, a batalha pelo planeta Terra é realmente uma batalha pelos corações e mentes das pessoas que realmente contam durante uma luta pelo poder – os guerreiros.

Vamos começar pelas sociedades secretas asiáticas. No geral, agora, a visão deles é que o Ocidente governou o planeta por tempo suficiente e agora é a vez delas. No entanto, as sociedades secretas asiáticas, assim como suas contrapartes Ocidentais, são divididas em vários grupos concorrentes.

O maior é provavelmente a Hongmen, com 55 milhões de membros, a maioria localizada na China e em comunidades asiáticas, em todo o mundo. O presidente chinês Xi Jinping é um membro deste grupo. Pode ser visto como uma espécie de combinação entre uma câmara de comércio e um grupo de gangsteres. Esse tipo de coisa, a propósito, também vale para as sociedades secretas Ocidentais, uma vez que usar muito dinheiro e grande poder requer proteção. Os Hongmen estão intimamente ligados, mas não é parte do Partido Comunista Chinês. A sua hierarquia é baseada na meritocracia e não nas linhagens de sangue. Há um grupo dissidente baseado em Taiwan também, mas eles estão perdendo influência e poder devido à má liderança e à traição de sua promessa secreta de 19 de março.

Os Hongmen dizem que querem um governo mundial para que a humanidade possa viver em paz e prosperidade. No entanto, com base na minha experiência pessoal com eles, eles precisam se tornar mais multiculturais, se quiserem ter sucesso.

O segundo maior grupo asiático é a família Dragão. Este é um agrupamento de antigas linhagens reais com suas redes de retentores e seus stocks de ouro histórico. Eles são mais fortes em Taiwan, no norte da China e no sudeste Asiático. A Coreia do Norte é uma de suas principais fortalezas, já que esse país é o verdadeiro herdeiro da dinastia Manchu, que governou a China durante a dinastia Qing (1644-1912). Eles também são fortes no norte da China, no Japão e na Mongólia. Eles são os herdeiros dos guerreiros mongóis, e qualquer país cujo nome termine em “-stão”, como o Paquistão ou o Afeganistão, que tem uma forte herança mongol. A família Dragão tem laços estreitos com as famílias reais europeias e, também, acredita num governo mundial. No entanto sua política, é que linhagens hereditárias e monarquias constitucionais sejam necessárias para fornecer estabilidade e continuidade de tal governo.

Outro agrupamento que costumava ser muito poderoso era a Black Dragon Society (BDS). Eles estavam por trás do esforço imperial japonês da Segunda Guerra Mundial para uma maior esfera de co-prosperidade do Leste Asiático. Esse grupo achava que os nazistas venceriam a Segunda Guerra Mundial e tentariam escravizar e depois eliminar as raças asiáticas e não-brancas, como indicou Hitler em Mein Kampf . O BDS foi muito bem sucedido no recrutamento de pessoas não europeias em todo o mundo, em sua tentativa de acabar com o domínio europeu / ocidental. No entanto, como um ativista afro-americano explicou a este escritor: “Todos nós éramos a favor de seus objetivos, exceto que eles nos disseram que todos nós tínhamos que nos tornar e obedecer aos japoneses”. Existem várias organizações que afirmam ser herdeiras da Sociedade do Dragão Negro, mas nenhum deles tem qualquer poder real.

A outra grande sociedade secreta asiática é o Dragão Azul, e eles são os herdeiros dos Assassinos. Eles são fortes na Pérsia (Irão) e no mundo muçulmano, especialmente entre os muçulmanos da Índia. Eles acreditam que um grande líder chamado Mahdi irá emergir e livrar o mundo do mal, antes do fim dos tempos. Este grupo, apesar de não ter um líder claro, está trabalhando para o objetivo comum de libertar o mundo muçulmano, especialmente o Médio Oriente, de governantes neocolonialistas.

Existem outros grupos e subdivisões asiáticas, como o Corvo de Três Pernas, ligado ao Xintoísmo, mas eles não são atores importantes na batalha atual pelo planeta Terra e se alinharão com quem sair vitorioso.

Agora, vamos olhar para as sociedades secretas Ocidentais como, sobre as quais muito já foi escrito  e como nossos leitores estão mais familiarizados com elas, forneceremos apenas um breve esboço.

O grupo abrangente na sociedade Ocidental é o Cristianismo. Enquanto os ocidentais lutaram entre si por milénios, eles ainda têm uma tendência a se unir em face de uma ameaça comum não Cristã que tradicionalmente tem sido os Muçulmanos, mas hoje em dia há uma pressão por uma “aliança Cristã” para contrabalançar a ascensão da Ásia.

O primeiro que olhamos são os Maçons do Rito Escocês, que podem ser vistos como a principal sociedade secreta do mundo Anglo-Saxão. Eles estão ligados à Monarquia Britânica, ao Império Britânico e ao Cristianismo não Católico. Eles são as forças dominantes no mundo Anglo, a saber, Austrália, Canadá, Nova Zelândia, Reino Unido e EUA, e estão trabalhando com a China e a Rússia nos bastidores. Eles apoiam um papel maior para a Ásia numa arquitetura global renovada, mas preferem lutar até a morte, do que se tornarem escravos dos asiáticos.

O outro grande grupo Ocidental é a Loja Maçónica P2 (Freemason Lodge). Este grupo controla a igreja católica de 1,5 bilião (bilhão) de fiéis e a Máfia. Eles também são muito influentes no Complexo Industrial Militar, através do seu controlo de ordens de cavalaria como os Cavaleiros de Malta, os Cavaleiros Teutônicos, etc. Esse grupo experimentou um golpe de estado em 2013, quando o Papa Maldito (Bento XVI), foi forçado a renunciar por ser um pedófilo satânico. Além disso, sob o Papa Francisco, a Igreja Católica está se reorientando para longe de seu berço da Europa, aproximando-se da África e a América do Sul, onde a esmagadora maioria dos seus seguidores vive.

Agora, vamos nos voltar para o grupo ocidental mais problemático – os Judeus e seus mestres secretos, a máfia khazariana, adoradora de satanás. A sociedade secreta judaica, em seu sentido puro, é baseada na história de que, depois que Jerusalém ter caído para os Babilónios, todos os herdeiros do rei David foram assassinados. Portanto, para preservar a linhagem de David, o seu serviço secreto começou a guardar seus descendentes femininos. Esta é a origem do costume que para ser considerado um Judeu, você deve ter uma mãe judia. Este grupo se infiltrou com muito sucesso nas famílias reais e aristocráticas da Europa. Eles acreditam que têm o direito hereditário de governar a humanidade, concedido a eles por Deus. O seu símbolo, como pode ser visto em muitas das cristas da família da realeza europeia, é o Leão de Judá.
https://fr.wikipedia.org/wiki/Fichier:Ranulf_le_meschin.svg

No Ocidente, os seus adversários históricos são os Illuminati gnósticos, que traçam sua origem histórica para o matemático grego Pitágoras (570-495 aC) e suas origens espirituais remontando aos sobreviventes da Atlântida, uma civilização que dizem ter sido destruída pelo dilúvio há 26.000 anos atrás (nota do autor deste site: a Atlântida foi destruída há 11 mil anos). Os Illuminati Gnósticos recrutam os génios das eras para as suas fileiras e se opõem à regra da linhagem sanguínea. Eles afirmam terem estado por trás das Revoluções Francesa, Americana e Russa e estão agora trabalhando numa revolução mundial.

Finalmente, nos voltamos para a máfia khazariana. A sua história pode ser lida no artigo, no link abaixo:
https://www.veteranstoday.com/2015/03/08/the-hidden-history-of-the-incredibly-evil-khazarian-mafia/

o que é a máfia khazariana: oevento.pt/2017/08/30/mafia-khazariana-a-historia-oculta-rothschilds/

O que podemos acrescentar a isso é que a mais antiga e sólida referência histórica ao que hoje é a máfia khazariana são os Hicsos, um povo dedicado ao pastoreio de animais que invadiu o Egito, por volta de 1650 aC. Eles adoravam um animal com cara de bode e uma cauda bifurcada, chamada Baal, cuja imagem pode ser vista abaixo:
https://realgoodhead.bandcamp.com/track/blasphemous-worship-of-baal-demo

Este deus fundiu-se com o deus egípcio Set, sendo a origem do que hoje chamamos de Satã, Moloch, etc. Seus adoradores tomaram o poder nos EUA e do mundo ocidental, depois de 11 de setembro de 2001 e planejam de forma ativa, matar 90% dos humanidade e escravizar o resto. Muitos dos principais oligarcas são membros desse grupo. Isso pode ser visto, por exemplo, nos adoradores de Moloch que, todos os verões se reúnem no Bosque da Boémia. A sua sede é o complexo da família Rothschild em Zug, na Suíça, embora tenham muitas outras bases. A principal fonte de sua força é o sequestro do sistema financeiro mundial e a escravidão da dívida mundial por meio da criação do dinheiro “Majick” – ou seja, moeda fiduciária – a criação de dinheiro a partir do nada.

Finalmente, nos voltamos para a White Dragon Society / Sociedade do Dragão Branco. O WDS é uma ampla aliança, cujos membros incluem linhagens reais europeias, líderes dos Illuminati Gnósticos, instituições militares e industriais, o FSB russo, a polícia secreta norte-coreana, inteligência militar japonesa, sociedades secretas asiáticas, etc. A aliança WDS foi formada, numa reação ao planos genocidas dos khazarianos. Além disso, eles estão alarmados com a incrível incompetência das pessoas que atualmente administram o planeta.

O WDS está pressionando pela paz mundial e por uma campanha maciça, em escala semelhante a uma 3ª Guerra Mundial, para acabar imediatamente com a pobreza e a destruição ambiental. Eles também querem que a tecnologia oculta (por exemplo, as 6.000 patentes suprimidas nos EUA por “razões de segurança nacional”) seja libertada para lançar uma nova era de prosperidade sem precedentes e expansão exponencial pelo Universo.

A chave para fazer isso acontecer é remover o controlo do sistema financeiro mundial das mãos dos khazarianos. A ofensiva de outono deste ano, terá como objetivo fazer isso, onde uma atenção especial será dada ao Banco de Compensações Internacionais (BIS) e suas subsidiárias, como o Federal Reserve Board, Banco Central Europeu, Banco do Japão, Banco da Inglaterra, etc.

Os khazarianos sabem que, se a verdadeira extensão dos seus crimes, incluindo o sacrifício humano, o canibalismo, o envenenamento dos alimentos e dos sistemas médicos, o fomento à guerra etc., for revelada, eles serão punidos. Vamos fazer acontecer.

Fim, artigo completo de Benjamin Fulford, segunda-feira, 6 de agosto de 2018

artigos relacionados:

O que é a máfia khazariana?

oevento.pt/2017/04/19/evento-o-apos/

oevento.pt/2017/04/23/codigo-galactico-galactic-codex/

A tradução foi feita numa mistura de Português do Brasil e Português de Portugal.

Fonte: http://benjaminfulford.net

mais artigos de BENJAMIN FULFORD clique no menu BENJAMIN FULFORD

Quem é BENJAMIN FULFORD?

Partilhar no Facebook

2 Comments on “BENJAMIN FULFORD ~ Sociedades secretas, serviços secretos e religiões: o atual equilíbrio do poder ~ 06.08.2018

  1. Talvez algumas pontas soltas sejam propositais.
    Talvez algumas opiniões do Fulford estejam corretas ou, ao contrário, intencionalmente colocadas no artigo.
    O que dá pra ter certeza é de que o jogo é duro e muita coisa não é o que parece.
    Namastê

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.