Informantes, Máfia Khazariana - Rothschilds, QAnon, Vaticano

QAnon revela conexão entre Vaticano, família Rothschild e os Reptilianos

Partilhar no Facebook

Numa recente série de posts, o denunciante anónimo QAnon fez uma conexão importante entre o Vaticano, a família Rothschild e o simbolismo reptiliano. Esta conexão é uma influência satânica de outro mundo sobre o Vaticano, os Rothschilds e outras forças que compõem o Estado Profundo.

Uma análise mais detalhada, no entanto, sugere que o que QAnon está realmente se referindo ao simbolismo é uma influência muito física “deste mundo” sobre o Estado Profundo: extraterrestres Reptilianos.

Em 3 de abril, o QAnon fez o seguinte post, onde anexou uma imagem postada por outra fonte anónima perguntando: “Se os satanistas assumissem o Vaticano, você perceberia?”

A imagem é de um auditório construído pelo Vaticano concluído em 1971, com capacidade para 6.300 pessoas. Chama-se a Sala de Audiências de Paulo VI e está repleto de imagens Reptilianas e alude claramente a uma poderosa influência exercida por tais seres sobre o Vaticano.

https://en.wikipedia.org/wiki/Paul_VI_Audience_Hall

No vídeo a seguir, o narrador apresenta cinco razões pelas quais o simbolismo da Sala de Audiências leva à conclusão de que o Vaticano é dirigido por seres Reptilianos.

Então, o simbolismo na Sala de Audiências de Paulo VI realmente mostra o controlo reptiliano sobre o Vaticano?

QAnon ajuda a responder a essa pergunta pela sua resposta à imagem postada: “O simbolismo será a sua queda, DINHEIRO. PODER, INFLUÊNCIA. ”Ao enfatizar o simbolismo, QAnon está dizendo que precisamos examinar de perto a imagem reptiliana na foto para realmente entender quem controla o Vaticano.

A referência de QAnon a “DINHEIRO, PODER, INFLUÊNCIA” aponta para um nexo de atores que enfatizam o controlo do Vaticano. É aqui que outro post QAnon se torna útil para entender esse nexo de atores:

Ele ressaltou que o Banco do Vaticano (Instituto para as Obras de Religião) está no ponto fulcral da sua influência financeira por meio da sua relação obscura com a CIA (“Clown connection”).

De facto, esta estreita relação entre o Vaticano e a CIA deu origem à Operação Gladio, que foi alvo de organizações de esquerda que ameaçaram tirar a Itália da OTAN, para uma relação mais próxima com a União Soviética. Para entender o papel do Vaticano na Operação Gladio, recomendo o livro de Paul Williams, Operação Gladio: A Aliança Profana entre o Vaticano, a CIA e a Máfia.

No entanto, a referência mais intrigante de QAnon foi o empréstimo de 1832 por parte de Rothschild. QAnon sugeriu aqui que o empréstimo de 1832 tornou o Vaticano dependente do financiamento da Rothschild na época e essa dependência continua na era moderna. Isto não é surpreendente, uma vez que na época, o Vaticano estava desesperado para manter a sua autoridade temporal decrescente sobre o território remanescente dos Estados Pontifícios (754-1870), que estava sendo cada vez mais desafiado pelos nacionalistas seculares italianos.

Foi esse esforço para manter o controlo político sobre os Estados Papais que tornou o Vaticano cada vez mais dependente dos Rothschilds, que poderiam levar os seus agentes a altos cargos na hierarquia da Igreja Católica. Isso incluiu a Ordem Militar Soberana dos Cavaleiros de Malta, que continua a ser uma força poderosa que liga as finanças de Rothschild com as elites de todo o mundo.

QAnon está nos dizendo que a influência da família Rothschild é muito importante para entender o poder financeiro por trás do Estado Profundo, e como o Vaticano é um peça-chave em tudo isso. No entanto, há mais para a família Rothschild do que simplesmente possuir influência financeira sobre o Vaticano.

É aqui que se torna muito útil relatar uma história contada por Bill Deagle, MD, ex-médico da Força Aérea dos EUA, que descreveu em um projeto Camelot um misterioso encontro com um dos principais membros da família Rothschild, o barão Guy De Rothschild em 1992:

“Acordei no meio da noite, endireitei-me e sentei-me. Eu tinha todas as luzes acesas porque eu tinha que ir periodicamente ao WC (banheiro). Esse sujeito estava em pé na minha frente com o que eu chamo de um smoking.

Eu disse: como você chegou aqui? E ele diz: É maravilhoso ver você, meu filho.

Eu disse: você não é meu pai. E eu olhei para esse sujeito e ele parecia de uma nobreza francesa. Certo? E eu disse: quem é você? Ele diz: Eu sou o Barão Guy de Rothschild, o Píndaro.

E eu tive isso realmente, o que eu chamo de cheque ou uma espécie de medo no meu espírito. E eu soube imediatamente, porque tenho esse dom. Certo? Sem entrar em uma grande discussão longa, eu soube imediatamente.

Eu disse: eu sei quem você é. Você é o representante do poder luciférico que controla a Terra. Ele diz: Sim, eu sou o CEO da Terra e eu sou o homem que ocupa a 13ª cadeira do Conselho Druídico. Eu quero que você seja o meu substituto e quando eu transcender quero que você assuma o meu trabalho.

E eu disse: não, eu não vou. Ele disse: Nós conhecemos as suas linhagens; nós conhecemos a sua genética; nós sabemos tudo sobre você e você é um substituto perfeito para mim.

E eu disse: não!

O que é interessante aqui é a afirmação de Rothschild de que ele era o “Píndaro” e era o “CEO da Terra”. Isso sugere que ele está apenas dirigindo a Terra em nome de outros, mas quem?

Para uma resposta, podemos procurar informações sobre o Pindar fornecido pelo pesquisador britânico David Icke. Icke escreveu sobre o Pindar em The Biggest Secret depois de entrevistar um ex-participante de cerimónias ocultistas satânicas, Arizona Wilder. Icke escreveu:

Pindar significa “Pénis do Dragão” … Arizona Wilder diz que Píndaro, como todos os reptilianos quando mudam de forma, tem olhos hipnóticos muito poderosos (o “mau olhado” da lenda) e em sacrifícios o rosto da vítima é transformado em Píndaro no momento da morte para ele roubar a alma ou a energia da pessoa através desse processo magnético do “olho do mal”. Pindar frequenta as principais cerimonias satânicas na Europa e, em seguida, voa para a Califórnia para os rituais lá. [página 302-3]

A ideia de que um membro de alto escalão da família Rothschild, Guy de Rothschild, era um reptiliano que muda de forma, ou um híbrido de algum tipo, será um choque para muitos que não acreditam que a vida extraterrestre seja uma realidade física na Terra!

Sala de Audiências Papa Paulo VI. Na foto o Papa Francisco

Esta descrença será marcadamente o caso para aqueles que vêm de um passado cristão, que atribuem a influência satânica / luciferiana na Terra a entidades demoníacas de outros mundos associadas com o Inferno, conforme descrito em passagens bíblicas.

Papa Francisco e os seres Reptilianos por trás

No entanto, apenas na semana passada, o Papa Francisco declarou que não há inferno! Em uma entrevista, ele foi citado dizendo:

Eles não são punidos, aqueles que se arrependem obtêm o perdão de Deus e entram no ranjo de almas que o contemplam, mas aqueles que não se arrependem e não podem, portanto, ser perdoados, desaparecem. Não há inferno, há o desaparecimento de almas pecaminosas.

Enquanto o Vaticano tentou imediatamente desmentir os comentários do papa, a sua intenção era muito clara. O inferno não é uma mera dimensão espiritual onde Satanás governa e age como uma influência distante, mas disruptiva, na Terra através de sua legião de espíritos demoníacos.

O Papa esclareceu que o Inferno é uma realidade muito física e corresponde ao mundo criado em torno de nós por almas pecadoras que participam de rituais satânicos envolvendo sacrifício humano e pedofilia. A implicação aqui é que Satanás é um ser muito físico que está presente na Terra e tem o domínio sobre o planeta através de intermediários híbridos, como os Píndaros, que coletivamente formam o Estado Profundo.

Ao fazer a sua declaração sobre o Inferno, o Papa Francisco parecia estar rompendo com a hierarquia do Vaticano, e aludindo à terrível verdade sobre a influência reptiliana encoberta sobre a Igreja Católica de uma maneira muito física e tangível.

Conclusão Final

O Vaticano está em grande parte sob a influência de entidades extraterrestres reptilianas que optaram por se revelar através do simbolismo, como encontrado na Sala de Audiências de Paulo VI.

QANON afirma ainda que maio de 2018 será um mês quente no Vatiano!
Audiência Paulo VI, CIDADE DO VATICANO – 2016/11/30: Papa Francisco

fonte do artigo:

QAnon reveals Vatican Rothschild Reptilian Connection behind the Deep State

artigos relacionados:

Reptilianos

Arizona Wilder

Máfia Khazariana – Rothschilds

Arcontes

 

Partilhar no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *