Owen K. Waters, Reencarnação

OWEN K. WATERS – “Contratos de reencarnação, decretos para se libertarem dos mesmos” 25.02.2018

Partilhar no Facebook

“Se você está lutando hoje com problemas de dinheiro, relacionamentos íntimos, ou sente uma falta de iniciativa que poderia resolver os seus problemas, provavelmente você fez um voto de pobreza, de castidade e de obediência em vidas passadas”

Voltando à Idade Média, na Europa, o caminho popular para a espiritualidade era se tornar um monge ou freira.

Os Mosteiros e os Conventos eram extremamente bem financiados, pois as suas populações locais eram obrigadas por lei a não somente ir à Igreja aos domingos, mas também a doar 10% dos seus rendimentos para a Igreja.

Monges e freiras assumiam votos que os aliviavam das distrações de ter que ganhar a vida.

Eles faziam votos de pobreza, de castidade e de obediência.

Livres das distrações de trabalhar por um salário, ou de sustentarem uma família, eles eram capazes de passar muitas horas por dia em adoração e contemplação. A parte do voto de obediência, convinha muito àqueles que estavam no comando.

O problema é que, uma vez que o voto é feito, ele fica armazenado na sua mente subconsciente que, ao contrário do seu cérebro físico, vive após a morte e reencarna com o seu espírito a cada nova vida.

Se você está lutando hoje com problemas de dinheiro, relacionamentos íntimos, ou sente uma falta de iniciativa que poderia resolver os seus problemas, provavelmente você fez um voto de pobreza, de castidade e de obediência em vidas passadas.

Tais votos pareciam uma boa idéia na época, mas, porque a reencarnação foi banida dos ensinamentos da Bíblia, ninguém percebeu o que isto iria causar em vidas futuras.

Estes votos foram feitos sem data de validade. Não houve um tipo de cláusula incluída “até que a morte nos separe”, assim as mentes subconscientes destes indivíduos registravam fielmente os votos como obrigações que iriam continuar até novo aviso.

Hoje, você poderia estar lutando para pagar as contas e querer criar a prosperidade em sua vida para acabar com a luta. Mas, se tiver um bloqueio subconsciente que diz: ”Você não deve ter dinheiro”, ou “O dinheiro é ruim”, então o bloqueio irá prevalecer e você continuará a lutar.

A partir de um ponto de vista neutro, imparcial, é óbvio que o dinheiro, que é apenas outra forma de energia, não pode realmente ser “pior” do que a eletricidade.

Funcionalmente, o dinheiro nada mais é do que a moeda da energia pessoal.

Ele representa o trabalho que você fez e a sua capacidade de pagar pelo trabalho de outros, para suprir as suas necessidades. Se você tiver um bloqueio mental em relação ao dinheiro, então, talvez, seja o momento de parar de sofrer e eliminar o bloqueio!

Enquanto que a parte dos votos de pobreza produzirá dificuldades financeiras, a parte da castidade criará relacionamentos insatisfatórios.

A parte da obediência leva a uma crença de que as pessoas que ganharam posições de autoridade têm mais conhecimento. Esta postura de abnegação não é mais apropriada no mundo de hoje, pois estes são os dias em que a Era da Espiritualidade está emergindo.

Hoje vivemos em uma era de auto-capacitação, que pede o domínio individual da vida, e não a obediência cega de quem afirma conhecer mais.

Há um perito neste mundo que sabe realmente o que é melhor para você e você vê esta pessoa a cada vez em que olha no espelho!

Olhe para o reflexo dos seus olhos – as janelas da alma – e peça a sabedoria eterna que se encontra dentro de você, para que venha à tona. Você já conhece a resposta a cada desafio pessoal. Apenas dê a sua mente consciente, a permissão de ouvir esta sabedoria interior.

Mais cedo ou mais tarde, todos os votos obsoletos precisam ser liberados a fim de que você se liberte das cadeias invisíveis da limitação auto-imposta. Quaisquer votos assumidos em vidas passadas, sem data de validade, são geralmente inapropriados da maneira com que eles afetam vidas posteriores.

As circunstâncias que tornaram apropriado um voto de uma vida passada naquela época, já não existem, porque cada vida é uma aventura diferente, em um ambiente diferente.

A fim de desenvolver o seu próprio potencial, você precisa estar livre de obrigações obsoletas de vidas passadas.

Apenas você pode desenvolver o seu potencial.

Ninguém mais pode fazê-lo por você.

Esta vida é a sua aventura e é o seu momento para crescer, a fim de realizar o seu verdadeiro potencial, ou de ser impedido constantemente pelos bloqueios que desaceleram tudo.

Se você suspeitar de que a sua mente subconsciente pode estar abrigando votos inadequados, você poderá liberá-los muito simplesmente através do esforço consciente.

Veja como se libertar com a sua própria Declaração pessoal de Independência:
Entre em um estado tranqüilo e faça esta declaração necessária há muito vencida:

“Eu agora renuncio e libero todos os votos que eu assumi, que sobreviveram aos seus propósitos e que agora limitam o meu potencial para o crescimento. Eu recupero a minha liberdade pessoal e declaro que renuncio e libero estes votos, a partir de agora. Substituo os antigos votos pelo conhecimento de que sou amado e que eu sou o Amor.”

Para um melhor efeito, repita-a duas ou mais vezes, acrescentando sentimento e significado a cada vez.

Continue a rever a declaração, até que se sinta realmente liberto e capaz de avançar para evoluir e prosperar naturalmente nestes dias em que se inicia a Era da Espiritualidade.

Liberte os seus amigos!

Deixe-os saber como liberar limitações ocultas…

Mais artigos de Owen K Waters, clique aqui

artigos relacionados:

Reencarnação e forma de cancelar o Contrato (este é o artigo mais lido do site e um dos mais polémicos, porque contradiz muito livros espíritas, mas a verdade tem de ser divulgada)

 

Partilhar no Facebook

4 Comments on “OWEN K. WATERS – “Contratos de reencarnação, decretos para se libertarem dos mesmos” 25.02.2018

  1. Reencarnação e mais ou menos assim,
    Voce nasce entra neste mundo, sem saber de nada, com 80 anos, ainda não aprendeu quase nada, ai…
    você morre… entra na outra dimensão sem saber de nada, quando voce começa a compreender algunha coisa… você tem que nascer novamente….
    você não evolui e nem sai do circulo vicioso…
    sem chance de sucesso….
    Minha humilde opinião

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *