Atualizações 2018, COBRA

COBRA – Atualização Planetária 03.02.2018

Partilhar no Facebook

Isis Astara, minha amada alma gêmea, deixou o plano físico. Muitas vezes, foi brutalmente atacada com armas de energia direcionadas e o ataque a 25 de janeiro de 2018, foi demasiado brutal. Não conseguimos protegê-la e o seu coração não resistiu. O Movimento de Resistência não pôde intervir diretamente, caso contrário, as bombas toplet seriam denotadas.
Ela passou com sucesso pelo plano do plasma e agora está com os seus guias espirituais, cercada pelo Amor, muito alegre, uma vez que finalmente está livre. Após o evento, ela retornará num corpo clonado que irá replicar extamente o mesmo corpo físico em que viveu nesta vida. Ela viverá numa área de Luz, ancorando as energias da Deusa e vivendo uma vida alegre na Era de Ouro que ela sempre quis viver.
Este foi um ataque direto à presença amorosa da Deusa feminina com graves implicações exopolíticas.
Até agora, as Forças da Luz estavam usando uma abordagem lenta e cautelosa para a libertação planetária, para evitar que as forças das trevas matassem muitos reféns (população da superfície). Numa situação relativa aos reféns, esta fase é chamada de fase de negociação (ou fase de impasse):
Durante uma fase de negociação, não há muito progresso aparente e há muitos atrasos, porque as negociações de reféns são longas, onde o desejável é que os reféns sobrevivam ilesos:
Com o assassinato de uma personagem chave, como Isis Astara, a libertação de reféns foi alterada para uma fase final terminal e, durante uma fase terminal, rápidas ações físicas são desencadeadas para libertação de reféns.
No dia 27 de janeiro de 2018, pela manhã, o Alto Comando Galáctico decidiu relocar a sua frota na órbita média da Terra:
Esta informação veio de duas fontes de forma independente, dos Pleiadianos e do Movimento de Resistência. As fontes do dragão confirmaram isso afirmando que a “invasão ET começou”.
A Órbita Terrestre Média, é uma zona curiosa entre a Órbita Terrestre Baixa e Órbita Terrestre Alta com poucos satélites posicionados nela. A única exceção são alguns satélites na órbita de Molniya, entre eles satélites de telecomunicações russos e satélites de reconhecimento ELINT, classe Trombetas:
A razão pela qual a Órbita da Terra Média está quase vazia, é porque a região de altitude entre 1.000 milhas (1600 km) e 8000 milhas (12750 km) é a região onde o anel mais interno de posicionamento da frota Draco controlada pelo grupo quimera estava protegendo a quarentena da Terra desde a sua chegada em 1996.
Este anel de defesa frota Draco foi rompido dia 27 de janeiro de 2018, pela frota da Confederação Galáctica, onde a maioria das forças Draco foi eliminada nos dias seguintes.
 
Aqui você pode ver naves nuvens que são naves mães camufladas da Confederação Galáctica que estavam participando em “operações especiais” no dia 28 de janeiro de 2018, numa região exopolítica chave na Europa Central:
Nas próximas 2 semanas, a Confederação Galáctica limpará todas as fações negativas com capacidade de viagem espacial, seja extraterrestre ou programa espacial secreto, que não aceitem o Código Galáctico.
Então, eles vão metodicamente e sistematicamente limpar tudo abaixo da superfície do planeta e depois disso, as operações na superfície começarão.
Devido à dinâmica na mudança da situação dos reféns, o plano original para o Evento foi expandido e agora está mais robusto. Altos cargos nas Forças Armadas Positivas nos EUA, China e Rússia foram contactados e instruções foram dadas. Havia muita informação classificada sobre as operações do evento que circulavam na internet até agora.
A situação de reféns na superfície é bastante delicada, de modo que haverá completo silêncio de informações via rádio (EMCON) sobre as operações de superfície, a partir de agora. Haverá muita especulação, mas nenhuma informação real sobre as operações de superfície será libertada pelas forças da Luz.
O único que posso dizer é que o Evento ainda incluirá:
– Reset Financeiro
As prisões em massa da Cabala podem ou podem não acontecer. Todos serão informados sobre as operações do evento, em tempo real, na medida que acontecerem, através dos meios de comunicação de massa.
Durante este momento crítico de transição planetária, é de extrema importância que todos se conectem à presença feminina da Deusa, nutrindo qualidades de Amor, compaixão e ternura para estabilizar a transição e contrariar a crueldade tão predominante na superfície do planeta.
Uma postagem especial será dedicado a isto.
A Deusa deseja o Amor e o Amor haverá de ser.

mais atualizações / entrevistas de COBRA clique no menu COBRA

Quem é COBRA?

Partilhar no Facebook

2 Comments on “COBRA – Atualização Planetária 03.02.2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *