A Lei do Uno, A lei do Uno - LIVRO 1

A LEI DO UNO – resumo da sessão 14 – Pirâmides – Colheita – Densidades

Partilhar no Facebook

14.1 Você disse que a segunda densidade se esforça na direção da terceira densidade, que é a densidade da autoconsciência ou autoperceção. O esforço se dá através de formas de segunda densidade mais elevadas, investidas por seres de terceira densidade. Você poderia explicar o que quis dizer com isso? RA: Bem como você colocaria uma vestimenta, seres de terceira densidade investem ou vestem alguns seres de segunda densidade com autoperceção. Isto geralmente é feito através da oportunidade que vocês chamam de animal de estimação. Também tem sido feito por vários outros meios de investidura. Estes incluem os muitos assim chamados complexos de práticas religiosas, que personificam e enviam amor para vários seres naturais de segunda densidade, na sua forma de grupo.
14.2 Quando esta Terra era de segunda densidade, como os seres de segunda densidade nesta Terra foram então investidos? RA: Não existia esse tipo de investimento que falamos, mas o simples investimento de terceira densidade que é a linha de luz espiral chamando a distorção para cima, de densidade a densidade. O processo leva mais tempo quando não existe investimento realizado por seres de terceira densidade, encarnados.
14.3 Então qual era a forma de segunda densidade – como ela se parecia – que se tornou o homem da Terra em terceira densidade? Como ele se parecia na segunda densidade? RA: A forma dos corpos de segunda e terceira densidade seria, em muitos casos, semelhantes. No caso da sua esfera planetária, o processo foi interrompido por aqueles que encarnaram aqui, da esfera planetária que vocês chamam de Marte. Eles foram ajustados por alterações genéticas e, portanto, existia alguma diferença que era de uma variedade bem notável, em vez do crescimento gradual das formas bípedes, em seu nível de segunda densidade, para o nível de terceira densidade. Isto não tem nada a ver com a assim chamada colocação da alma. Isto tem apenas a ver com as circunstâncias do influxo daqueles vindos daquela cultura.
14.4 Eu entendo, a partir de materiais prévios, que isto ocorreu há 75.000 anos. Então, era o início de nosso processo evolutivo de terceira densidade. Você poderia-me dizer a história, destacando apenas os pontos de desenvolvimento, digamos, que ocorreram dentro destes 75.000 anos, algum ponto ou momento em particular onde as tentativas foram feitas para aumentar o desenvolvimento desta terceira densidade? RA: A primeira tentativa para ajudar as suas pessoas foi há 75.000 anos. Esta tentativa há 75.000 dos seus anos já foi descrita anteriormente por nós. A próxima tentativa foi há aproximadamente 58.000 dos seus anos atrás, continuando por um longo período nas suas medidas, com aqueles de Mu como vocês chamam esta raça ou complexo social mente/corpo/espírito. A próxima tentativa demorou a ser realizada e ocorreu há aproximadamente 13.000 dos seus anos atrás quando algumas informações inteligentes foram oferecidas àqueles de Atlântida, tendo sido do mesmo tipo de cura e trabalho com cristais sobre os quais nós já falamos anteriormente. A próxima tentativa foi 11.000 dos seus anos atrás. Isto são aproximações, já que não somos totalmente capazes de processar o seu sistema de medidas do continuum espaço/tempo. Isto foi no que vocês chamam Egito e sobre isto nós também já falamos. Os mesmos seres que vieram connosco retornaram há aproximadamente 3.500 anos, a fim de tentar ajudar o complexo social mente/corpo/espírito Sul-Americano uma vez mais. Entretanto, as pirâmides daquelas, assim chamadas, cidades não eram usadas de maneira apropriada. Portanto, isto não foi mais perseguido. Houve um pouso há aproximadamente 3.000 dos seus anos atrás também na América do Sul, como vocês a chamam. Houve algumas tentativas de ajudar as suas pessoas há aproximadamente 2.300 anos atrás, isto na área do Egito. A parte restante do ciclo, nós não mais passamos da sua quinta dimensão e temos trabalhado neste último ciclo menor nos preparando para a colheita.
14.5 A visita ao Egito há 11.000 anos atrás foi a única onde vocês, de facto, andaram sobre a Terra? RA: Eu entendo a sua questão distorcida na direção de selfs em vez de outros selfs. Nós do complexo de som vibratório, Ra, andamos entre vocês somente naquele tempo.
14.6 Eu entendi que você disse em uma sessão anterior que as pirâmides foram construídas para circular a Terra. Quantas pirâmides foram construídas? RA: Existem seis pirâmides balanceadoras e outras 52 construídas para cura adicional e trabalho iniciatório entre os seus complexos mente/corpo/espírito.
14.7 O que é uma pirâmide balanceadora? RA: Imagine, se desejar, os muitos campos de força da Terra na sua rede geometricamente precisa. Energias fluem para os planos Terrenos, como você os chamaria, a partir de determinados pontos magnéticos. Devido ao crescimento das distorções de forma-pensamento em entendimento da Lei do Uno, o planeta em si foi visto tendo potencial para o desbalanceamento. As estruturas piramidais balanceadoras foram carregadas com cristais, que drenaram o equilíbrio apropriado dos fluxos dos campos de força para os vários centros geométricos de energia eletromagnética que envolvem e modelam a esfera planetária.
14.8 Deixe-me fazer uma sinopse e me diga se estou correto. Todas estas visitas pelos últimos 75.000 anos tiveram o propósito de dar ao povo da Terra um entendimento da Lei do Uno, e, desta maneira, permitir que eles progridam acima através da quarta, quinta, sexta densidades. Isto deveria ter sido um serviço para a Terra. As pirâmides foram usadas também para promover a Lei do Uno das suas próprias maneiras. As pirâmides balanceadoras, eu não estou tão certo. Estou correto até agora? RA: Você está correto nos limites da precisão permitida pela linguagem.
14.10 O balanceamento se refere ao balanceamento do indivíduo que é iniciado na pirâmide ou ele se refere ao balanceamento físico da Terra em seu eixo no espaço? RA: As estruturas piramidais balanceadoras poderiam e eram usadas para iniciação individual. Entretanto, o uso destas pirâmides era também destinado ao balanceamento da rede energética planetária. As outras pirâmides não estão colocadas apropriadamente para cura terrena mas para cura de complexos mente/corpo/espírito. Veio à nossa atenção, que a sua densidade estava distorcida na direção do que é chamado pela sua distorção/entendimento de terceira densidade de processo de envelhecimento prematuro. Nós estávamos tentando ajudar dando aos complexos mente/corpo/espírito de terceira densidade, na sua esfera planetária, mais do continuum espaço/tempo num padrão de encarnação, a fim de terem uma oportunidade mais completa de aprender/ensinar as Leis ou Caminhos da distorção primordial da Lei do Uno que é o Amor.
14.11 Você pode me dizer se estou correto: da forma que eu entendi, as pirâmides balanceadoras deviam fazer o que nós chamamos de aumentar a expetativa de vida das entidades aqui, de forma que elas poderiam ganhar mais sabedoria da Lei do Uno enquanto no físico durante uma única encarnação. Isto está correto? RA: Isto está correto. Entretanto, as pirâmides não referidas por nós pelo complexo de som vibratório, pirâmides balanceadoras, eram mais numerosas e eram usadas exclusivamente para o propósito acima e o ensino/aprendizado de curandeiros para carregarem e possibilitarem estes processos.
14.12 George Van Tassel construiu uma máquina no nosso deserto ocidental chamada de “Integratron”. Esta máquina funcionará para este propósito, de aumentar a expectativa de vida? RA: A máquina está incompleta e não funcionará para o propósito acima descrito.
14.13 Quem deu a George a informação sobre como a construir? RA: Houve dois contactos que deram à entidade com o complexo de som vibratório, George, esta informação. Um foi da Confederação. O segundo foi do grupo de Orion. A Confederação foi motivada a considerar a distorção no sentido do não-contacto devido a alteração dos padrões vibratórios do complexo de mente daquele chamado George. Então, o grupo de Orion usou este instrumento; entretanto, este instrumento, apesar de confuso, era um complexo mente/corpo/espírito devoto de coração ao serviço a outrem, então o, digamos, pior que poderia ser feito seria desacreditar esta fonte.
14.14 Seria de alguma valia para o povo deste planeta agora, neste momento, completar esta máquina? RA: A colheita é agora. Não existe, no momento, nenhuma razão para incluir esforços nestas distorções na direção da longevidade, mas, ao invés disso, encorajar as distorções na direção da busca do coração de cada um, pois é nisto que reside claramente o campo de energia do raio violeta, e será determinante na colheita de cada complexo mente/corpo/espírito.
14.15 Voltando ao início deste período de 75.000 anos, houve uma colheita 25.000 após o início, ou seja, 50.000 anos atrás, eu presumo. Você poderia me dizer quantos foram colhidos de nosso planeta naquela época? RA: A colheita foi nenhuma.
14.16 Não houve colheita? O que houve há 25.000 anos atrás? Houve uma colheita naquela época? RA: Uma colheita começou a ser feita na última porção, como vocês medem tempo/espaço, do segundo ciclo, com indivíduos buscando o portal para a infinidade inteligente. A colheita daquele tempo, apesar de extremamente pequena, eram aquelas entidades de distorção extrema na direção do serviço às entidades que então deveriam repetir o ciclo maior. Estas entidades, portanto, permaneceram em terceira densidade, apesar de poderem, em qualquer ligação momento/presente, deixar esta densidade, através do uso da infinidade inteligente.
14.17 Então, na colheita de 25.000 anos atrás, as entidades que poderiam ter sido colhidas para a quarta densidade permaneceram aqui em serviço a esta população planetária. Isto está correto? RA: Isto está correto. Então, não houve colheita, mas havia entidades colhíveis que devem escolher a forma das suas entradas na quarta dimensão.
14.18 Então pelos últimos 2.300 anos vocês têm trabalhado ativamente para criar uma colheita tão grande quanto possível no final do ciclo total de 75.000 anos. Você poderia declarar, com relação à Lei do Uno, porque vocês fazem isto, apenas como uma declaração das suas razões para isto? RA: Eu falo pelo complexo de memória social denominado Ra. Nós viemos entre vós para ajudá-los. Os nossos esforços pelo serviço foram pervertidos. O nosso desejo então é eliminar tanto quanto possível as distorções causadas por aqueles que não compreenderam a nossa informação e orientação. A causa geral do serviço tal como a Confederação oferece é aquela da distorção primordial da Lei do Uno, que é o serviço. O Ser Uno da criação é como um corpo, se você aceitar essa analogia de terceira densidade. Nós ignoraríamos uma dor na perna? Um corte que se inflama? Não. Não existe ignorar um chamado. Nós, as entidades da dor, escolhemos, como serviço, a tentativa de curar a dor que nós consideramos análoga às dores do complexo de distorção de um corpo físico.
14.19 Em qual nível de densidade está Ra? RA: Eu sou sexta densidade com uma busca forte na direção da sétima densidade. A colheita para nós será em apenas aproximadamente dois e uma metade de milhões dos seus anos e é nosso desejo estarmos prontos para colheita, na medida em que ela se aproxima em nosso continuum espaço/tempo.
14.20 E vocês se preparam para colheita através do melhor serviço que podem oferecer. Isto está correto? RA: Isto está correto. Nós oferecemos a Lei do Uno, a resolução dos paradoxos, o equilíbrio do amor/luz e luz/amor.
14.21 Quanto tempo tem um dos seus ciclos? RA: Um dos nossos ciclos computa para 75.000.000 dos seus anos.
14.23 No seu serviço de ofertar a Lei do Uno, vocês trabalham com mais algum planeta além da Terra neste momento, ou apenas a Terra? RA: Nós trabalhamos apenas com esta esfera planetária, neste momento.
14.24 Você declarou que foi chamado por 352.000 entidades terrenas. Isto significa que este número é o número que entenderá e aceitará a Lei do Uno? Estou correto? RA: Nós não podemos estimar a exatidão da sua declaração, pois aqueles que chamam não são, em todos os casos, capazes de entender a resposta a seu chamado. Sobretudo, aqueles que não estão chamando anteriormente podem, com grande trauma, descobrir as respostas a seus chamados quase simultaneamente com o seu chamado atrasado. Não existe tempo/espaço no chamado. Portanto, nós não podemos estimar o número de seus complexos mente/corpo/espírito que irão, em sua distorção de continuum espaço/tempo, escutar e entender.
14.25 Como vocês realizam o  seu serviço normal? Como vocês têm dado a Lei do Uno nos últimos 2.300 anos? Como vocês têm dado isto normalmente ao povo da Terra? RA: Nós usamos canais tais como este, mas na maioria dos casos os canais sentem-se inspirados por sonhos e visões sem estarem cientes, conscientemente, da nossa identidade ou existência. Este grupo em particular tem sido acentuadamente treinado para reconhecer tal contacto. Isto torna este grupo capaz de perceber uma fonte de informação focal ou vibracional.
14.26 Quando você contactou as entidades em sonhos e de outras formas, estas entidades, eu presumo, têm que estar primeiramente buscando na direção da Lei do Uno. Isto está correto? RA: Isto está correto. Por exemplo, as entidades da nação do Egito estavam num estado de panteísmo, como vocês chamam as distorções na direção da adoração separada de várias porções do Criador. Nós fomos capazes de contactar aqueles cuja orientação era na direção do Uno.
14.27 O trauma, eu apenas chamarei disso – eu presumo que isto terá, na medida em que o ciclo termina, alguma inconveniência. Haverá algumas entidades que iniciam a procura ou se tornam catalisadas, poderíamos dizer, na procura, devido ao trauma e irão, então, talvez, escutar as suas palavras possivelmente através da telepatia ou material escrito, tal como nós publicaremos este livro. RA: Você está correto, exceto no entendimento de que as inconveniências já começaram.
14.28 Você poderia-me dizer quem foi o responsável pela transmissão do livro Oahspe? RA: Este foi transmitido por um dos complexos de memória social da Confederação cuja ideia, tal como oferecida pelo Conselho, era usar um pouco da história física conhecida das assim chamadas religiões ou distorções religiosas do seu ciclo a fim de cobrir, e parcialmente descobrir, aspetos ou distorções primárias da Lei do Uno. Todos os nomes podem ser tidos como criados pelas suas características vibratórias. A informação enterrada dentro tem a ver com um entendimento mais profundo do amor e da luz, e as tentativas da inteligência infinita, através dos muitos mensageiros para ensinar/aprender àquelas entidades de sua esfera.
14.29 Existiram outros livros, que você poderia nomear, que estão disponíveis para este propósito que foram dados pela Confederação? RA: Nós não podemos compartilhar esta informação, pois isto distorceria os seus padrões de discernimento no seu futuro. Você pode perguntar sobre um volume em particular.
14.30 O Livro Urantia, que eu não li. Quem o deu? RA: Este foi dado por uma série de entidades desencarnadas dos seus próprios planos terrenos, os assim chamados planos internos. Este material não foi passado pelo Conselho.
14.31 O material de Edgar Cayce. Quem falou através de Edgar Cayce? RA: Nenhuma entidade falou através de Edgar Cayce.
14.32 De onde veio a informação que Edgar Cayce canalizou? RA: Nós explicamos anteriormente que a infinidade inteligente é trazida na forma de energia inteligente a partir da oitava densidade ou o octavo. Aquele complexo de som vibratório chamado Edgar usou este portal para ver o presente, que não é o continuum que você experimenta, mas o potencial do complexo de memória social desta esfera planetária. O termo que as suas pessoas têm usado para isto é “Registros Akáshicos” ou o “Salão dos Registros”.

29 de janeiro de 1981, fonte: http://www.llresearch.org

Partilhar no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *