Movimento de Resistência, O Evento

Movimento de Resistência

Partilhar no Facebook

perguntas e respostas

O MR é uma civilização (70 milhões) que vive como a de Agartha, no seu próprio mundo abaixo da superfície da Terra. A população à superfície não está consciente disso.

Será que o Movimento de Resistência é considerado o maior apoio e interação com grupos de milícias baseadas na Terra? E eu estou supondo que estes são na sua maioria ex-militares que conhecem os horrores da guerra e tinham sido utilizados como peões e agora estão dispostos a intensificar  o trabalho de forma positiva. Isso é provavelmente o que eles significam. Vai haver algum alcance para quaisquer grupos locais dessa maneira? C: O MR não pode contactar a população da superfície antes do Evento porque a cabala iria retaliar fortemente. Mas, no momento do Evento, o MR entrará em contacto com certas milícias – especialmente as milícias mais equilibradas e mais regulamentadas – e inclui-los nas operações.

Quando foi que os agentes do Movimento da Resistência começaram a ser infiltrados na superfície? COBRA: Na verdade, houve um pequeno número de agentes, infiltrados no final de 1970. Não era o Movimento de Resistência e sim o seu antecessor, chamado de Organização. Todavia, a infiltração real, começou a acontecer por volta de 1998.

E eles estão infiltrados em redes políticas e empresariais? C: Estão infiltrados em todos os lugares: política, bancos, tecnologia, desenvolvimento, serviços secretos, militares, em todos os lugares.

O seu número aumenta progressivamente? C: O número está mudando, não aumentando progressivamente, muda em relação à situação planetária e a necessidade do dia, não é um número constante.

Que tipo de ações e coisas poderiam as pessoas fazer para serem notados pelo Movimento de Resistência, para se tornarem parte do contacto da primeira onda, talvez? C (2014): Primeiro, a RM não está fazendo contacto com a população da superfície neste momento. Isso não é possível. Em segundo lugar, a RM entrará em contacto com as pessoas certas no momento do evento, e dar-lhes-ão algumas orientações de como podem ajudar no processo real do evento. E em terceiro lugar, não estamos à procura de seguidores. Estamos à procura de líderes. Assim, cada pessoa precisa ir para dentro e encontrar orientação interior sobre o que fazer. Eu não estou aqui para dizer a ninguém o que fazer. Eu apenas estou libertando informações para tornar mais fácil para você estar informado, e então, você é o único que precisa dar um salto e decidir o que fazer. As pessoas estão sempre me questionando o que devem fazer? Como podem ajudar? Eu não estou aqui para dizer-lhe como ajudar. Você é o único que precisa ir para o interior de si e encontrar os seus talentos, encontrar a sua inspiração, encontre o seu poder interior e encontrará a unidade para fazer alguma coisa.

Quando você fala sobre a Resistência, você está falando especificamente sobre o grupo do Planeta X, que limpou os Dracos e a cabala do seu planeta e pediu à Confederação para vir aqui e começar a ajudar a remover esta força negativa, correto? C: Sim, isso é correto, mas eu gostaria de acrescentar que muitas pessoas das redes de Agartha que foram integrados no MR nos últimos 15 anos. Houve uma onda que foi integrada no início dos anos 2000, e houve outra onda que está sendo integrada no final de 2014.

história

O corpo principal do Movimento de Resistência chegou à Terra do Planeta X com a ajuda de câmaras de tele-transporte em Dezembro de 1999. Eles estabeleceram-se em bases subterrâneas que já tinham sido limpas no decorrer de duras batalhas entre as Forças das Trevas e o remanescente do Reino de Agartha e da chamada Organização. A Organização foi uma precursora do Movimento de Resistência e foi a principal força de resistência contra as trevas ao longo da história humana. Entre 1975 e 1999 eles tinham o seu principal centro de comando a cerca de 305 metros por debaixo do sistema ferroviário subterrâneo de Nova York. Quando as forças enfraquecidas da Organização foram renovadas com membros do Movimento de Resistência, elas renovaram muitas moradias subterrâneas e transferiram seu principal centro de comando para um novo local.

Agora o Movimento de Resistência tem a maioria das suas bases por baixo das maiores cidades à superfície entre os 30 metros e 13.8 quilómetros subterrâneos. A maioria dos locais estão entre 46 e os 457 metros de profundidade. Todas as suas bases estão seladas hermeticamente e isoladas das influências da superfície como vírus, poeiras, ar poluído, micro/nanochips… As habitações são construídas de forma a evitarem especificamente as estruturas subterrâneas que foram construídas pela civilização de superfície para as suas necessidades, tais como instalações militares, sistemas de abastecimento de água, túneis de mineração, reservatórios de água potável, oleodutos e perfurações, laboratórios científicos… Alguns dos mais importantes centros da Resistência estão localizados nas seguintes cidades: Nova Iorque, Los Angeles, Salt Lake City, Londres, Munique e Liubliana (na Eslovénia). Os locais que estão perto da superfície são, por vezes, iluminados por luz solar que é orientada para lá com um sistema de espelhos especial. Os locais que estão a maiores profundidades são iluminados por uma luz suave e dispersa que é emitida a partir de câmaras de luz de energia livre. Essas habitações são isoladas termicamente visto que a rocha circundante tem uma temperatura bastante alta sobretudo quando se desce mais do que alguns quilómetros de profundidade.

O Movimento de Resistência é composto por três círculos concêntricos. O círculo interno tem dezenas de membros que são os líderes do Movimento de Resistência. Apenas aqueles com habilidades e talentos extraordinários e que estão dispostos a aceitar grandes responsabilidades são qualificados para essas posições. O círculo intermediário consiste de centenas de milhares de membros com dons especiais a nível do planeamento, organização, pesquisa e desenvolvimento tecnológico, psicologia, medicina, cura, espiritualidade, criatividade, arte, música… O círculo exterior são as forças militares. Eles não são soldados no sentido a que estamos habitualmente familiarizados na superfície, mas experientes combatentes interplanetários que lutam, não apenas com força cega, mas também alcançaram um elevado nível de desenvolvimento espiritual. O seu objetivo é o de libertar a superfície da Terra das Forças das trevas e ajudar a Humanidade a construir uma nova civilização.

As Forças das trevas ainda estão a bloquear quase toda a atividade do Movimento de Resistência na superfície com a sua superioridade militar. O Movimento de Resistência tem os meios para remover todas as doenças e a pobreza da Humanidade e eles vão usá-los quando a vitória militar sobre as forças das trevas for alcançada. O Movimento de Resistência também tem vastos recursos financeiros de mais de 100.000 biliões de dólares. Esta massa monetária está agora bloqueada, mas será usada para o benefício da Humanidade com a vitória do Movimento de Resistência.

O dinheiro não é necessário no seio do Movimento de Resistência visto eles terem a tecnologia que lhes provém tudo aquilo de que precisam na vida. Eles usam quantidades mínimas de dinheiro para as suas atividades na superfície que ainda não são muito frequentes. Todos no interior do Movimento de Resistência desempenham as tarefas para as quais têm mais talento. Ninguém é forçado a trabalhar. Todo o trabalho é feito a partir da necessidade interna de Criar. Os talentos são encorajados e não suprimidos como acontece na superfície. Os artistas podem criar música nova ou destacar-se em pintura ou escultura. Existem museus especiais no círculos intermediários do Movimento de Resistência com objetos de arte da Atlântida e de outras culturas altas, em particular da cultura greco-romana, que servem como fonte de inspiração. Todo o pessoal do Movimento de Resistência tem acesso a informações importantes que são transmitidas pela rede de informações dos Pleiadianos. A célula básica da sociedade não é a família como é o caso na superfície, mas a família da alma, onde as pessoas se encontram e misturam de acordo com as conexões de alma que têm. Os seus relacionamentos são muito mais abertos, a expressão das energias emocionais e sexuais é permitida. Isto apesar de nem todos os seus relacionamentos serem completamente harmoniosos, já que o Movimento de Resistência ainda não se recuperou completamente das severas batalhas com as Forças das Trevas há alguns anos atrás.

A ciência e a tecnologia são muito desenvolvidas dentro do Movimento de Resistência. O Movimento de Resistência está a cooperar ativamente com a Confederação Galáctica que tem as suas fortalezas por todo o sistema solar. Eles usam câmaras de teletransporte para os transportes de longa distância, em particular para as viagens para o cinturão de asteróides e ao Planeta X. O Movimento de Resistência usa câmaras de materialização para materializar o que eles precisam da substância etérica. Eles usam essas câmaras para fazer máquinas, equipamentos, objetos para uso diário e alimentos. Algumas pessoas preferem preparar os alimentos da forma maneira tradicional – cultivando vegetais e cozinhando. As câmaras de energia livre são a principal fonte de energia dentro do Movimento de Resistência e produzem energia física a partir da substância etérica. Esta tecnologia está a ser substituída recentemente pela Taquiônica, que não é baseada na radiação eletromagnética e é uma fonte desobstruída da energia da luz. Com recetores taquiónicos é possível permear a matéria física com Táquions para que se tornem num emissor de Luz pura. Esse processo é chamado de taquionização. Usando este processo fazem bebidas maravilhosas que refrescam e as transformam num elixir da vida e que rejuvenesce as células dos seus corpos. A Tecnologia de clonagem é desenvolvida para a sua perfeição e com a sua ajuda, todos podem escolher um corpo físico de acordo com o seu gosto. As pessoas não têm problemas de saúde, exceto sintomas ocasionais que têm origem emocional. Eventuais problemas com órgãos internos não são removidos com operações, mas com câmaras especiais de materialização. Os seus biotecnólogos desenvolveram uma película sintética que pode curar qualquer ferida física em alguns momentos. Com o uso da nanotecnologia eles desenvolveram robôs em miniatura para a remoção de vírus e biochips prejudiciais. Os seus programadores de computador entraram no computador mainframe das forças das trevas. Este computador tem um programa que controla os processos de pensamento da Humanidade com uma rede de microbiochips que são implantados no cérebro de cada ser humano vivo na superfície do planeta. Um bom exemplo deste programa é mostrado no filme The Matrix. Quando o programa no computador mainframe estiver completamente fraturado, a rede de biochips começará a desmoronar-se e as pessoas perceberão com espanto que eles viveram psicologicamente durante anos a fio num mundo virtual sem qualquer contacto real consigo mesmos, uns com os outros ou com a natureza e o Universo. Quando foi a última vez que você assistiu ao pôr do Sol?

A orientação espiritual do Movimento de Resistência é a Rede Atlante. A Rede Atlante também é composta por três círculos. O círculo interno é composto por algumas dúzias de sacerdotes da Atlântida que se retiraram da superfície há 25 mil anos. Eles ainda têm os mesmos corpos físicos desde que eles alcançaram a imortalidade. Eles estiveram completamente isolados durante todo esse tempo sem qualquer contacto com a superfície, a fim de preservarem a pureza da sua Consciência. Eles são os últimos remanescentes da Atlântida. Eles vivem juntos num ponto energético específico dentro dos Himalaias e estão conectados de forma especial com a Grande Fraternidade Branca dos Mestres Ascensos e com o Senhor do Mundo, Sanat Kumara. O seu propósito é o de ser um intermediário entre o mundo dos Mestres Ascensos e o mundo dos seres humanos que não ascenderam.

O círculo intermediário da Rede Atlante é composto por algumas centenas de seres que têm contacto apenas com o círculo interno e com a Confederação Galáctica. O seu objetivo é o de preservar o legado da Atlântida. O círculo exterior consiste nalguns poucos milhares de membros que têm contactos físicos com o Movimento de Resistência e oferecem-lhes orientação espiritual sob a forma duma escola de mistério que é uma sucessora direta das escolas de mistério da antiga Atlântida. Às vezes eles também influenciam a superfície do planeta enviando impressões espirituais para aqueles seres humanos que estejam recetivos à orientação espiritual no plano mental superior. No passado, alguns indivíduos altamente desenvolvidos da superfície foram aceites no círculo intermédio e exterior da Rede Atlante. Alguns deles já atingiram a Ascensão, alguns deixaram a Terra e outros ainda fazem parte da Rede Atlante. Os Palácios subterrâneos da Rede Atlante são maravilhosos, adornados com cristais, rodeados por cascatas e água corrente. Nos templos de cristal da Rede Atlante o legado da Atlântida aguarda o tempo em que à superfície seja fundado o justo mundo da Nova Atlântida.

clique aqui para o menu O Evento, para mais artigos importantes

 

Partilhar no Facebook

13 Comments on “Movimento de Resistência

  1. Venho por este meio dar os parabens ao criador ou criadores deste blog. muito boa informação , bem estruturado , bastante esclarecedor muito bom. Continuação de bom trabalho. Um grande abraço deste vosso irmão. Sérgio

  2. Hoje é ekadasi. Dia do Senhor Hari. Jejum de cereais. Só frutas e água de preferência. Um bom dia a todos os galáticos. Hare Krishna.

      1. Agradeço por sua resposta. Estou assistindo Cosmic Disclosure (David Wilcock e Corey Goode) e estou na sexta temporada. Em minhas pesquisas, acabei vindo parar aqui. Vi muita semelhança nos conteúdos. Vou procurar o link a que você se referiu, e continuar assistindo Corey Goode. Ele menciona duas alianças, uma da Terra e outra do espaço.
        O Movimento de Resistência é o que ele chama de “Earth Alliance”?

        1. se ainda vai na sexta temporada, então já muita coisa mudou entretanto. Corey Goode é um informador, COBRA é outro totalmente diferente. Continue assistindo. Todos os informadores vão dar ao mesmo: O Evento

  3. Quero participar da resistência, se possível. Quero ajudar em tudo que puder, mas fico me perguntando da necessidade desses bilhões de dólares após a vitória. Se a economia pode ser baseada em recursos e ainda teremos tecnologia super avançada, onde entra o uso do dinheiro, da moeda nesse novo mundo? Temos mão de obra, temos matéria prima e, como vemos na superfície, o dinheiro só cria pobreza e exploração, além de travar o progresso em geral.

    1. após o evento tudo mudará. O melhor a fazer é informar as suas pessoas mais chegados sobre o Evento, de uma forma leve. muitos poucos estão preparados e admitir o Evento

  4. Qual será a função dessa reserva de dinheiro? Me perdoem insistir nesta questão mas, o dinheiro (a moeda, economia monetária) é a principal ferramenta para criação da pobreza e exploração dos ricos contra os pobres, é seu uso que cria as classes sociais. Não posso imaginar nenhuma sociedade justa, inteligente, prática, eficiência, progressista, justa e moral onde exista o uso desnecessário de moeda de troca. Nenhum animal usa isso, ursos não pagam aluguel para abitar uma caverna, quando deixam de utilizá-la simplesmente outro urso a usará em quanto lhe for útil ou interessante, sem posse deste bem comum.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *